Universidade Federal da Bahia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Estudantes indo para o lab para ler o artigo
Você não ia entender mesmo a aula, continue lendo o artigo
Este artigo foi feito para ser lido durante sua aula de Cálculo. Se você conseguir terminar de ler antes do fim da aula, edite-o e torne-o suficientemente grande.



331px-Longcat.jpg Prepare-se para ler:
Esse artigo é muuuuito grande e pode causar cegueira.
Pense duas vezes e não seja tão idiota antes de ler algo assim

joelino, o mordomo

Cquote1.png Você quis dizer: BUFA Cquote2.png
Google sobre Universidade Federal da Bahia
Cquote1.png Experimente também: FUBÁ Cquote2.png
Sugestão do Google para Universidade Federal da Bahia
Cquote1.png Baiano só sabe tocar berimbau porque só tem uma corda Cquote2.png
Coordenador do curso de medicina da UFBA sobre Estudantes da UFBA
Cquote1.png Baixo QI dos baianos. Cquote2.png
Coordenador de Medicina defendendo seu corpo docente sobre nota baixa dos alunos da UFBA no Enade.
Cquote1.png Quando você está lá fora acha que o difícil é entrar, mas quando entra vê que na verdade o difícil mesmo é sair Cquote2.png
Estudante padrão sobre UFBA
Cquote1.png Quem tá fora quer entrar, mas quem tá dentro não sai Cquote2.png
Estudante padrão forrozeiro sobre UFBA
Cquote1.png Odeio eles, são muito imaturos! Cquote2.png
Marion 'Cobra' Cobretti sobre Vandalos
Cquote1.png Nunca na hiftoria defe paíf, uma univerffidade feifz tanto bafhareu. Cquote2.png
Lula sobre UFBA
Cquote1.png Nooossa... Cquote2.png
Milena do Enem, depois de olhar a escada da Escola Politécnica
Cquote1.png É uma cilada Bino! Cquote2.png
Pedro para Bino sobre fazer vestibular da UFBA
Cquote1.png Eu tenho medo Cquote2.png
Regina Duarte sobre UFBA
Cquote1.png Papai! Cquote2.png
UFRB sobre UFBA
Cquote1.png ...Ronaldo! Cquote2.png
Corinthiano sobre UFBA
Cquote1.png ...Ionaldo! Cquote2.png
Estudante sobre maluco que se acorrentou em frente a Reitoria
Cquote1.png Já subi a escada da Politécnica, duas vezes, sem usar as pernas Cquote2.png
Chuck Norris sobre UFBA
Cquote1.png PQP! Cheguei na casa de Capricórnio e nem percebi!!! Cquote2.png
Calouro sobre bode misterioso nos arredores da escada da Poli
Cquote1.png Abra o compartimento! Cquote2.png
Jack Bauer sobre UFBA
Cquote1.png A maioria das pessoas ficaria CHATEADA!!... DESMOTIVADA!!! Cquote2.png
Narrador sobre greves da UFBA
Cquote1.png hum? Cquote2.png
Joseph Climber sobre greves da UFBA
Cquote1.png Na União Soviética, a aula mata VOCÊ!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre UFBA
Cquote1.png O jardineiro é Jesus... Cquote2.png
Estudante de Filosofia na UFBA
Cquote1.png ...e as árveres somos nozes. Cquote2.png
Estudante de Biologia na UFBA
Cquote1.png Felomenal!! Cquote2.png
Giovanni Improtta sobre UFBA
Cquote1.png Toda caminhada começa com um primeiro passo Cquote2.png
Estudante de Filosofia sobre a estrada de São Lazaro
Cquote1.png ... Agora vou subir para o 'Olimpo' Cquote2.png
Estudante de Administração indo para aula em Direito
Cquote1.png Eu gostcho mucho! Cquote2.png
Compadre Washington sobre a UFBA
Cquote1.png Vagabundo!!! Vagabundo!!! Cquote2.png
Prefeito Kassab sobre Estudante da UFBA
Cquote1.png Pô meu!!!Essa é a maior página do desciclopédia de todos os tempos!!! por isso que dizem que baiano não tem o que fazer!!! Cquote2.png
Faustão sobre Estudante da UFBA
Cquote1.png Mas que mentira!! A da UFSC é maior! Cquote2.png
Estudante da UFSC contestando o título de maior página de Instituições Federais de Ensino Superior do Brasil.
Cquote1.png Essa galera é FOGO! Cquote2.png
Estudante da Ufba sobre Alunos de Química da UFBA
Cquote1.png Não vá que é BARRIL!!! Cquote2.png
Estudante de Química sobre o 5º andar do prédio após o incêndio
Cquote1.png Ai que Burro! Cquote2.png
Estudante da UFba sobre Estudante da UniJorge
Cquote1.png Não vai subir ninguém! Não vai subir ninguém!!! Cquote2.png
Capitão Nascimento sobre a escada da Politécnica
Cquote1.png É aqui que fazem paf paf? Cquote2.png
Mestre Kame sobre o PAF
Cquote1.png paf,paf! Cquote2.png
Estudantes da UFBa jogando dominó e atrapalhando os estudos dos outros na biblioteca central

FUBÁ - Federal University of Bahia[editar]

Professor Luiz Mott e seu moleque ideal.

Cquote1.png Mainha! Cquote2.png
escada do Instituto de Química sobre escada da Politécnica sobre UFBA

A FUBÁ ou Universidade Federal da Bahia é um local onde crianças são alfabetizadas no período da noite, após aquela cervejinha estupidamente gelada com um pagodinho de fundo. A faculdade é freqüentada por filhinhos de papai, pois, êstes têm condições de pagar as altas mensalidades de colégios particulares e cursinhos pré-vestibulares, alunos do CEFET-Ba, alunos do Colégio Militar de Salvador(CMS)e Colégio da Polícia Militar (CPM)- cujos alunos roubam todas as vagas de cotas para colégio público e pelos maiores nerds do estado. Os principais campi da UFBA ficam sediados em Salvador. A UFBA também tem o maior Campus de Botânica do país, o qual envolve, curiosamente, a Universidade inteira. A UFBA concentra 78% de toda a Mata Atlântica brasileira constituída principalmente de plantas exóticas, cortada por estradas que levam do nada a lugar algum. A UFBA começou com apenas um prédio, lá em Calabetão. Mas, com esses mensalões altos investimentos, conseguiu crescer o suficiente para ser instalada onde agora está e abrigar todos os filhinhos de papai, nerds, maconheiros, e ex-patricinhas neo hippies que insistem em torrar suas humildes mesadinhas em maconha, cocaína, ecstasy, cigatitos, oxi etc.

Vestibular[editar]

02 + 08 + 64 = 74

Hoje em dia para entrar na UFBA você terá de fazer o ENEM (o que fodeu e quebrou vários filhinhos de papai que faziam cursinho apenas para a finada prova da UFBA). Ninguém sabe exatamente como isso começou, mas dizem as más línguas que a adoção do ENEM pode-se comparar a uma doença sexualmente transmissível, onde primeiro atingiu apenas a primeira fase mas, depois do sexo oral, alastrou-se para a segunda também. O vestibular se dividia em duas fases, na 1º é analisado a sua paciência, com questões medíocres e sem lógica, na 2ª questões FDP, pra você, que um FDP, nem pensar em passar e ainda para que você perca boa parte de suas férias estudando. A UFBA, curiosamente, apresenta questões de somar em todas as matérias (inclusive redação). Os assuntos mais cobrados são: Cultura Afro-descendente, Império Bizantino, aspectos religiosos da Bósnia-Herzegovina e Lençóis Maranhenses (pré-requisitos para que se responda qualquer questão). Curiosamente, Viva O Povo Brasileiro (um pouco maior que dois exemplares da Bíblia comentada) é um dos livros adotados pelo vestibular, desde os seus primórdios, sendo que ninguém jamais o leu, nem mesmo seu autor, Carlos Fernando de Abreu. A UFBA realiza seu vestibular em conjunto com a UFRB (Universidade Federal Resultada de Brotamento) a qual se originou de uma meiose (mitose?) da UFBA. Ninguém jamais tirou mais que 12% no vestibular da UFBA, e jamais vai tirar a não ser que se chame Zantie... ops, Chuck Norris. A UFBA disponibiliza Francês como opção de Língua Estrangeira, mas ninguém jamais aceitou fazer a prova. A Universidade tem a tradição de adiantar, todo ano, a data do vestibular em um mês e estima-se que logo teremos o vestibular em Janeiro, dando aos alunos 15 dias para concluir o assunto do terceiro ano.

A correção da prova escrita da segunda fase do vestibular da UFBA é feita por uma junta de seguidores de uma seita misteriosa, que vivem isolados do mundo exterior numa clausura subterrânea acessível somente através de uma escada de mesmo tamanho da escada da Poli, à qual se pode descer, mas jamais se conseguiu subir de volta, e cuja entrada se encontra em algum lugar no coração da floresta, talvez próximo à escola de medicina veterinária (dizem que Chuck Norris conseguiu chegar ao local para resgatar um velho amigo e trazê-lo de volta com vida). As provas do vestibular são levadas em um balde amarrado a uma corda de 200 km de extensão, corrigidas em poucos minutos (cada uma é corrigida por um monge diferente), e a demora que ocorre na divulgação do resultado se deve ao tempo que a corda leva para fazer o trajeto de ida e volta da caverna. As provas ficam lá, pois servem como combustível para os monges, e se o estudante alegar parcialidade na correção, a UFBA dá a ele o direito de ficar calado, se espernear no prédio do SSOA, ou de processá-la, sendo que alguns daqueles que escolheram a última opção conseguiram expressivas vitórias, sendo a mais marcante a de um estudante que teve direito a uma isenção na taxa de inscrição do vestibular 5 anos depois da abertura do processo.

Agora esqueça tudo o que leu porque o vestibular da UFBA (e não UFBa) agora é pelo ENEM e SiSU (e não SISU) a partir de 2013. Ou seja, em 2014, vamos ter apenas calouros paulistas, cariocaxxx ouvidores de funk, mineiros (O RU vai passar a servir pão-de-queijo) e sulistas-tchê.

Estudante da UFBA way of life[editar]

Pré-UFBA (o ganho do sentido da vida)[editar]

Assim que a classe média baiana conclui o ensino médio, os típicos adolescentes nerds, as patricinhas que vivem rondando o 3º piso do Iguatemi atrás de novidades acima de 500 reais, os maconheiros ricos tirados a indies revolucionários latinoamericanos que fumam um beck numa seda e os mauricinhos acéfalos frequentadores do EvaNave e do Trivela arrumam um sentido para a vida: passar na UFBA e se sentir a elite intelectual brasileira mesmo antes do início das aulas, uma vez que a USP e a Unicamp, por exemplo, não são considerados por estes como universidades, e talvez sejam uma mera escolinha, sendo eles a única elite intelectual brasileira.

In-UFBA (o puro sentido da vida)[editar]

Consta na grade de todo curso as disciplinas "Introdução à Boçalidade", "Desprezamento de Pobres, Favelados, Seguranças, Tias da Cantina e Alunos da BIF FIB", "Desprezamento de Pseudo-universidades" e, mais adiante, a "Boçalidade Aplicada a Qualquer Merda Que Esteja Cursando I e II" e "Boçalidade Avançada". Assim, o graduando da UFBA, que já aprendeu em casa a arrotar "UFBA" na mesa com um gole de Coca-cola, sentir-se-á apto o suficiente para se achar o profissional mais qualificado do mundo, isso tudo antes do 4º semestre.

Durante o curso, os alunos sentir-se-ão angustiados por não terem uma Mercedes e uma Ferrari e passarão a tratar seus Tucsons como um favelado trata um Fusca: aos trancos, xingando o carro e dizendo o quão ele é ruim por não conseguir fazer as ultrapassagens no colega de curso. Também sentir-se-ão angustiados se não puderem frequentar diariamente as boates mais caras do momento, mesmo sabendo que, em Salvador, a boate cara de hoje é a boate de 10 reais de amanhã com Psirico como atração principal. O aluno da UFBa proveniente de locais sub-sub-em-desenvolvimento como Jequié, Xique-Xique ♥,Ruy Barbosa, Feira de Santana e Acre voltará à terra natal se, e somente se, houver tapetes vermelhos esterilizados em todos os locais em que colocará o seu consagrado pé superior de aluno da UFBA.

  • Filosofia do alunado

Os alunos seguem à risca a máxima filosófica da UFBA: estudo na UFBA e você na FTC! Cale-se agora, eu sou melhor do que você! (exibindo a língua ao finalizar)

Não importa quão rico possa ser o aluno da outra faculdade, ele sempre será inferior por ser mais burro e, principalmente, por não estar na UFBA. Assim, o aluno de outra instituição é automaticamente enviado ao setor cerebral responsável por tratar dos menos favorecidos (ou seja, simplesmente não tratar porque eles não são nada na sociedade).

O aluno da UFBA também possui conceito formado sobre algumas instituições, a saber:

  1. USP: Lixão localizado na cidade de São Paulo.
  2. Unicamp: Lixão localizado na cidade de Campinas.
  3. UFRJ: Lixão próximo as praias cariocas.
  4. UNEB: local para os baianos desfavorecidos intelectualmente conseguirem um papel escrito "diploma", mesmo que o mesmo não possua validade no mercado de trabalho.
  5. UEFS:(A Harvard do sertão) sede do local para os baianos desfavorecidos intelectualmente oriundos do interior e sem condições financeiras num bairro afastado de Salvador.
  6. UFRB: ladra de prédios públicos e uma sub-pseudo-universidade com um "F" depois do "U" na sigla, tendo como propósito ao ser criada de afastar da capital os pseudo-inteligentes e ricos vindos do interior.
  7. FTC: local de acasalamento de animais.
  8. Unijorge: Local de alimentação de animais.
  9. Faculdade Ruy Barbosa: local de adestramento de animais e também pré-projeto da UFRB, sendo adicionado o "U" posteriormente.
  10. Unifacs: tem dinheiro e é gatinha(o), pena que é burra(o) pra caralho.

Já em relação aos desfavorecidos financeiramente, os alunos da UFBA dão a mesma atenção que a Xuxa dá pra Cláudia. Inclui-se nesse grupo: porteiros, empregadas, pedreiros, pessoal da cantina, bibliotecários, mendigos e qualquer pessoa que ande com menos de 5 cartões de crédito e 800 reais em dinheiro.

Outra vertente filosófica dos alunos da UFBA: "sou da UFBA, meu curso é o melhor do estado, o melhor do Brasil e o melhor do mundo, possuo os professores mais fodas, os laboratórios mais fodas e minhas notas, mesmo sendo em sua grande maioria 2, equipara-se a um 10 em qualquer outra universidade."

Pós-UFBA (perda do sentido da vida)[editar]

Um aluno graduado na UFBA sempre será saudosista, dizendo aonde quer que vá "sou formado na UFBA". Porém, perceberá que assim como ele caga pro mundo, o mundo caga pra ele, e voltará a reencontrar antigos colegas num bar luxuoso (nada de Chuleta) para relembrar os bons tempos em que eram (ou pelo menos se sentiam assim) valorizados como seres humanos. A depender do grau de saudosismo, o já graduado da UFBA voltará para a universidade para cursar a pós-graduação em Boçalidade Superior.

A saber, o que os graduados de alguns cursos fazem durante a vida:

Arquitetura: projeta um prédio quadrado na Pituba, com denominação em francês ou italiano, onde divulgará ser a nova 9ª maravilha do mundo (porque a 8ª ele já fez)

Engenharia Civil: foder-se-á constantemente para pôr de pé a proposta do prédio quadrado do graduado em arquitetura, chamando os graduados da UNEB para pedreiros.

Administração: filho do dono da construtora, entrará na empresa para levá-la à falência.

Contador (ciências contábeis): será o responsável pelas contas do condomínio a ser construído, ficando feliz por não ser mais um desempregado.

Economia: desempregado.

Ciência da computação e Sistemas de Informação: São cursos com grades quase que iguais, dizem que tem foco diferente, mas no final os alunos descobrem que irão trabalhar como programadores em alguma empresa de fundo de quintal.

Direito: tentará inúmeros concursos públicos para juiz até atuar como advogado de porta de cadeia, isso tudo depois de 10 anos para conseguir a carteira de membro da OAB.

Medicina: terá dificuldades porque após anos de graduação, especialização e pós, começará a trabalhar na senilidade. Independentemente da idade, os convênios não pagarão consultas e procedimentos, e o governo pagará um soldo de fome. Embora na miséria, será chamado de mercenário ao cobrar de caloteiros. Vantagens: carteira de passe livre do idoso e aposentadoria pelo INSS após contrair doença gravíssima e incapacitante.

História, geografia, biologia, letras, ciências sociais e filosofia: sendo os cursos responsáveis por 99,95% dos maconheiros e por 40% dos gays e lésbicas ingressos, serão desempregados em militância a favor da esquerda ou darão aulas em colégios em militância a favor da esquerda.

Belas Artes: responsável pelos outros 60% dos gays, viverão em Paris com a herança da família, uma vez que o status de apreciador das artes é melhor que o de desempregado no Brasil para eles, casando-se antes na Argentina com arquitetos.

Cursos do Bacharelado Interdisciplinar (BI): sendo o curso mais aloka da UFBA, com os alunos mais alokos, descobrirão que não se formaram em porra nenhuma e certamente voltarão a ser graduandos na UFBA num curso de verdade.

História[editar]

No Cenozoico, são plantadas as primeiras árvores da UFBA.

Em 1808, D. João VI, ao chegar em Salvador, criou a primeira Faculdade de Medicina do país. Desde então, a UFBA vem usando os mesmos equipamentos e os mesmos professores para formar os futuros médicos baianos.

Em Abril de 1946, os cursos de Medicina, Direito, Engenharia e Estudos Afro-descendentes são unificados na Universidade Federal da Bahia. Em Setembro do mesmo ano, um cometa caiu em Salvador e dividiu a Universidade em campi espalhados por Salvador. Reza a lenda que quem encontrar todos os campi e juntá-los invocará o antigo dragão Shei-Long, que realizará qualquer desejo.

Em 1986, a UFBA foi definida pela ONU Patrimônio Mundial da Humanidade, por apresentar uma biodiversidade que só perde para a Amazônia. No ano seguinte, o Governo Federal declarou a UFBA como primeiro Parque Ambiental de Salvador.

Em 2001, devido à fraude do painel eletrônico do senado por ACM, Imperador da Bahia, a UFBA aproveitou para declarar sua independência, o que gerou uma guerra em Salvador. Mediante a invasão da Universidade pela Polícia Militar, a revolta separatista foi massacrada.

Em 2004, o reitor democraticamente eleito(isso quer dizer, pelo Demo) Frank Aguiar Naomar deu um golpe de estado e se declarou Ditador da UFBA. Em Julho de 2005, diante do fluxo de caixa negativo, Naomar vendeu o mais importante campus da Universidade Falida da Bahia: a Faculdade de Agronomia, em Cruz das Almas; criando assim a UFRB. Desde então, a UFBA jamais foi a mesma. Com o dinheiro da venda, Naomar implementou, em 2007, seu plano mais maquiavélico, o REUNI. (risada maléfica ao fundo)

Cquote1.png MUAHAHAHAHAHAHAAHAHA Cquote2.png
Risada maléfica sobre fundo

Reuni[editar]

Aprovado pelo reitor Nalmar(leia Malmar), a partir de 2009, a UFBA contará com mais 2183,78 funcionários e 1135,2 professores. Serão concluídas as obras do PAFTRÊS e do Campus de São Lázaro(?). Também será instituído o Bacharelado Interdisciplinar(?), com o qual você terá o status de formado em PN pela UFBA. Está prevista também a criação de 179,62 cursos, a exemplo de Estudos Socioeconomicoculturais do Sahel Africano, Formação em Umbanda, Orgulho Afro-descendente, Dança Afro-descendente, Licenciatura em Afro-descendência, Bacharelado em Afro-descendência, Direito Afro-descendente, Medicina Afro-descendente, Arquitetura Afro-descendente e Cinema errr... afro-descendente.

Estrutura[editar]

Campus da UFBA


PAF'S[editar]

  • PAF 1 - 120% dos alunos são homens do sexo do masculino, sendo que destes apenas 0,5% gostam de mulher. Ultimamente, todos os bebedouros foram vedados, deixando os alunos com poucas opções, entre elas: ficar com sede, beber água da torneira, coletar o próprio suor em um copo e tomar. Boatos afirmam que essa é uma estratégia da cantina do PAF, que arrecadaria mais dinheiro vendendo água. Porém alguns alunos têm certeza de que a água dos bebedouros não era filtrada, e todo mundo que a bebia começou a apresentar sintomas como vômitos e diarréia, chamando a atenção da vigilância sanitária, que constatou o problema e vedou os bebedouros; como a UFBa relmente se importa com os alunos, provavelmente os bebedouros permanecerão vedados, ou serão reabertos sem a menor modificação. Tem o prazer de ter como funcionário na xerox o Chiquinho da Eliana.
  • PAF 2 - Originalmente chamado de Pavilhão de Aulas Adolf Hitler. No Pavilhão de AULAS da Floresta Federação 2 não há aula nenhuma. Isso porque a PETROBRAS resolveu roubar pegar emprestado o prédio, transformando-o em uma base futurista com seguranças e catraca. Ninguem sabe o que rola lá.
  • PAF 3 - Há pouco, encontrava-se em construção. Estimava-se que ficaria pronto no dia da morte de ACM. O prazo acabou e ele não foi construído... Houve um pequeno atraso! Porém, a profecia foi cumprida: ACM morreu e o PAF III foi construído. Na verdade, trata-se de um prédio da Unifacs dentro da UFBA.
  • PAF 4 (tambem conhecido como plataforma 9 ³/4 de harry potter)- Reza a lenda que quando terminarem a construção da nova sede do SMURB, a sede atual será reformada e virará o PAF4. MAs ninguém sabe onde está sendo construída a nova sede, estudantes de Engenharia que tomam aula de Descritiva I e Desenho Técnico I no SMURB dizem que existe um portal pra lá no subsolo, mas ninguém teve coragem de verificar.
  • PAF 5 - A profecia do PAF 5 se cumpriu, ele não tem água, algumas salas não tem janelas, e só o banheiro do 1º andar pode ser usado. Além disso, a luz é gato puxado do PAF III. Para arrematar sua arquitetura esdrúxula, pôs os banheiros à distância de cinquenta metros das escadas,as salas não são climatizadas(se alguem soltar uma bufa "morre todas") e dá uma vista privilegiada para o nada.
  • PAF 6 - Também conhecido com antigo SMURB. É o único prédio dos PAFs que não é localizado no campus de ondina, sendo preciso subir a querida escada de arquitetura para alcança-lo. Lá são realizadas aulas de laboratório de quimica e desenho, cujo andar foi projetado suficientemente perto do inferno para que o calor nunca acabe.

Chumbinho[editar]

Localizado no PAF IV, encontra-se o oásis de Chumbinho, vendedor de lanches. Responsável por um investimento sui generis em Gastronomia Aplicada, lá você pode comprar iguarias como Quibe, Coxinha, Pastel, Enrolado, Bauru, e tudo com suco de Cajivis, Umbivis ou Maracujivis. Retalho de Carlton também, para quem é preguiçoso e não quer andar até a portaria da UFBA pra comprar um maço de Hollywood. Mas atenção, a kombi de Chumbivis só chega a partir das 16h. Chumbinho é uma entidade muito louvada pelos frequentadores da varandinha da Facom, composta por 20% de estudantes de Comunicação, 20% por estudantes de Letras, 50% por estudantes de Biologia e 0,1% de outros cursos que vão fumar maconha lá (alguns agregados e rastafaris randoms também fazem parte). A razão para tal adoração é simples: depois de fumar uns becks, a galera desce pra matar a larica em Chumbinho.

Canela[editar]

Ovos, farinha de trigo, açúcar, leite e manteiga. Dá um ótimo bolo!

IM - Instituto de Matemática[editar]

100% das pessoas iam lá apenas para usar os computadores dos laboratórios de informática (lê-se: entrar no Facebook), mas agora que sites como o Facebook foram bloqueados, o movimento foi reduzido em 435%. Há fortes suspeitas de que o Instituto seja, na realidade, uma xerox gigante, já que não se vê movimento por lá. Também abriga algumas sedes de colegiados e departamentos, que funcionam de acordo com o horário:

     *10h-10:01h - Aberto (mas normalmente não tem ninguém)
     *10:01h-15h - Fechado para almoço
     *15h-17h - Fechado para o lanche da tarde
     *17h - Final do expediente
Escada da politécnica.

Escola Politécnica (Olimpo)[editar]

A Escola foi fundada por Caiuby, formado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal da Mesopotâmia, fez pós em Paris(a cidade conhecida como cidade-luz não é a toa). Há quem fale que quando Deus disse "faça-se a luz", foi ele que puxou toda a fiação.

É justamente na escola de engenharia que há os elevadores mais fudidos do campus. Todos que entram neles têm a sensação de que aquela é a última vez que entram em um elevador, sendo que pouco depois de entrarem se confirmam as expectativas. Há um buraco enorme em um dos elevadores, que frequentemente é coberto com papelão para enganar os trouxas estudantes. O elevador é utilizado na maior parte pelos alunos que estudam Física, para entenderem na prática o conceito de "Queda Livre". O sonho de todo calouro de engenharia é passar a pegar matérias de verdade lá (já que nos primeiros dois anos de cursos de engenharia a coisa que menos se estuda é engenharia) e o de todo veterano é sair de lá formado, não jubilado. Possui uma escada de 5.435 km de extensão, cenário onde foi gravada a saga das 12 casas dos Cavaleiros do Zodíaco. A Mata Atlântica ao redor serviu de inspiração para o jogo de videogame "Metal Gear Solid 3", onde o personagem Snake precisa sobreviver na selva. Ninguém foi capaz de alcançar o topo da escada com vida (apenas um cadáver acoplado a um míssil Tomahawk). A mais promissora tentativa é de dois casais acompanhados por uma parteira e seu marido. Espera-se que a terceira geração desse grupo alcance o topo. Eles se encontram hoje na casa de Câncer. Quando chove, a escada se torna a "escada da morte", com lama para todos os lados. Há relatos de alunos que caíram de propósito nela, só para receberem uma bolada do governo. Em 2002, foram iniciadas obras para a construção de um Plano Inclinado bem ao seu lado. Hoje, as ruínas dessa obra faraônica estão escondidas sob a densa vegetação. As obras deverão ser retomadas e concluídas a tempo de transportar o caixão de ACM. Um fato pitoresco é que o projeto só previa uma cabine, ou seja, quem perdesse a viagem, teria que esperar uma ida e volta completas, o que tornaria a ideia de encarar a escadaria deveras tentadora. Acredita-se que, assim como a morte de ACM estava para a construção do PAF III, a morte de ACM Neto (incrível cabeção que não cabia nos santinhos políticos) está para a construção do Plano! Então só nos resta torcer... err... digo, esperar que um dia isso aconteça.

As matérias com mais assiduidade na Politécnica são: Dominó I, Dominó II e Dominó III. Os alunos praticam essas materias nos DA's, que ficam na área da cantina e a maioria deles está com a gestão vencida e são usados apenas para assistir tv, dormir e esquentar o almoço no microondas.

Os alunos que não cometeram suicídio e após a quarta e última chance, antes de serem jubilados, conseguem ser aprovados em Resistência dos Materiais I, Eletromagnetismo, Fenômenos de Transporte III, Concreto e Controle de Vibrações são venerados pelos outros, se tornam mitos na Faculdade passam a andar pelos corredores sem cumprimentar os outros pobres mortais e já vislumbram a possibilidade de deixar de frequentar a Politécnica.

Na hora do almoço, os alunos da Poli têm muitas opções:

  • Cantina da Pol'i - Este local segue fielmente a Lei de Lavoisier: "Na Natureza nada se perde, nada se cria, tudo se transforma". Ou seja, a farinha suja de hoje será a farofada de amanhã.

Frequentemente, encontram-se caspas e cabelos na comida, porém como os alunos demoram 13 anos para se formar, o organismo acaba se adaptando a essas condições hostis. Sem dizer que caspa é uma boa fonte de Folato e B12, aliados da inteligência.

36 A - Uns alunos preferem comer em uma Casa de Ração que existe nas proximidades da Poli. Reza a lenda que a ração preparada aqui é feita pelos mesmos fabricantes da Pedigree. Alguns chamam essa ração de "arrumadinho". O calor é infernal, cerca de 44 graus Celsius. O tempo médio de espera é 3 horas e 47 minutos.

Tampinha - Idem ao 36 A, porém a ração vem com 3 pedacinhos de salsicha queimada.

Quitanda de Santa Bárbara - Também conhecido como Barraco da Lili, ou Cafofo do Osama. Quem come aqui tem sua flora intestinal dilacerada. A comida é esquentada no sol quente. Vantagem: A comida é baratinha. Se quiser comer em pé, fica pela metade do preço.

Obs: Na Poli, principalmente, no curso de Elétrica os alunos tem aulas de 11 ás 13 e de 13 ás 15. Logo, é de se esperar que os nerds não almocem. Pois, não querem perder nem 1 segundo de aula. Agora você sabe porquê a maioria dos nerds da Poli pesam menos de 50Kg.

Arquitetura e Urbanismo[editar]

Na composição básica, 60% são mulheres, 30% indecisos e o resto é homem ou tijolos decorados que padecem expostos desde de o trote de 2017.1. A partir do 3o semestre, os alunos iniciam-se nas disciplinas Maconha I e II, e uso de escalímetros vibratórios. Quanto a estrutura física, não se permite a presença de alunos obesos devido ao risco de quebrar as escadas flutuantes.

Ah! Arquitetura é... É... Esqueci.

Instituto de Física[editar]

Mais parece o navio pirata do Jack Sparrow, lá você apenas encontra barbados, cabeludos e canhões. Além de que apresenta a maior concentração de Nerds por metro quadrado. Mulher lá é igual a caviar, nunca ví nem comi, só ouço falar. É famoso pelas festas em que 98% das pessoas são homens (não é o lugar ideal para ir quando se está na seca), pelas rodas de RPG e pela mesa do xadrez (aquele que sujá-la será amaldiçoado pelo resto da vida). Há também a escada-pântano, utilizada por alunos que vêm do PAF I para assistir às aulas de Fisíca Experimental. E como os alunos de Física querem provar que tudo que sobe desce, o portão do corredor dos laboratórios é trancado, obrigando os alunos a subirem mais um andar para descerem depois pelo outro lado (e vice-versa na hora de irem embora). É também o único lugar da UFBA que vende Coca-Cola de 2 litros (mas nunca tem, apesar do cara da cantina sempre ludibriar os alunos), ou seja, a cantina é ponto de encontro dos alunos de Engenharia que vão lá para comer barato e conversar sobre Ronaldo e os travecos.

Cquote1.png A diferença entre cagar e dar o cu é meramente vetorial Cquote2.png
Encontrada no banheiro do IF

Diz a lenda que o Instituto de Física foi o primeiro hospício do Brasil fundado por Thomé de Souza em 1560 e para não perder a velha freguesia foi reformado e construído o Instituto de Física. Também não existem banheiros femininos nesse prédio, todos estão ocultos. Para visitá-los é necessário um ritual complexo que envolve rodar todo o instituto 3 vezes, repetindo o nome "banheiro", voltar ao andar da biblioteca e ver o banheiro feminino surgir em um portal camuflado ao lado do bebedouro junto ao elevador dos horrores (que possui o carinhoso apelido de Sinistro). Outra opção constitui em seguir, disfarçadamente, alguma das poucas mulheres do curso, até que elas retirem sua chave mágica, que faz apareer o banheiro especial (só para elas), la no quinto andar. Já foram registrados 753 casos de pessoas que perderam parte dos corpos ao tentar entrar ou sair do elevador dos horrores, sendo que 72% têm certeza que ouviu uma risada malévola ao fundo no momento fatídico. Na biblioteca desse prédio você pode entrar em uma lista de espera do livro fictício, Halliday, que tem mais de 975899 estudantes de engenharia em sua frente,sendo que algumas jamais vieram pegar o livro, só colocaram o nome de sacanagem pra você ficar esperando eternamente sem nunca poder usá-lo. A outra opção consiste em utilizar o famoso Moyses Nussenzveig, amado pelos físicos (e aparentemente, só compreendido por eles, além de uns poucos nerds de elétrica). Os moradores desse lugar costumam fazer comentários e se envolver em discussões acaloradas utilizando um idioma estranho, dificílimo, desenvolvido por eles próprios e por mais que você tente compreendê-los, dificilmente conseguirá. Caso pergunte do que se trata, responderão em portugues claro: nada demais, só uns conceitos básicos.

Instituto de Ciência da Informação[editar]

Inicialmente surgiram boatos que era só parar na ladeira do canela que o prédio aparecia. "É que nem caviar. Nunca vi, nem comi. Só ouço falar!". Hoje, com a evolução, descobriu-se que fica localizado no meio do matagal (mata atlantica) chamado UFBa em algum lugar perto da faculdade de Musica. (isso foi tão tedioso quanto os cursos que existem no ICI). É o prédio mais completo da FUBÁ. Tem tudo: Cantina, Xerox, Vaga para os alunos etc. O problema é que é que nem o prédio. Quando se acha o prédio, estes itens tornam-se fantasmas. Sumariamente somem do campo real da existência.

Instituto de Química[editar]

350% das pessoas acham que o prédio poderia se resumir a apenas o elevador, 92% almoça lá pois tem preguiça de subir ate o IGEO ou pagar mais caro no PAF. Estranhamente não existem banheiros no 3 andar, e o cheiro de produtos químicos já deixou 25% dos frequentadores desse instituto com sensações estranhas e variáveis. A galinha preta, animal típico desse instituto, é o único ser que conseguiu sobreviver à esses efeitos colaterais prolongados. No elevador desse predio (local mais movimentado) geralmente as portas se abrem para alunos-fantasma do além, isso quando eles nao se revoltam e quebram o elevador, so pra você usar a escadaria ao lado do instituto de química, onde habitam seres incríveis e assassinos na floresta da Ufba. Já houve casos de quem jurasse ouvir vozes no mato enquanto usava a escada, e os poucos aventureiros que nao desapareceram apos usa-la contam que tiveram a mente um pouco adulterada pela passagem nos portais entre as dimensoes paralelas do mundo real e imaginario. O prédio foi totalmente destruído por um incêndio, algumas pessoas acreditam que pode ter sido provocado por algum aluno jubilado ou algum calouro revoltado, ou ainda os bolsistas do permanecer, revoltados por não receberem o tão suado dinheirinho de pagar as xerox no final do mês, mas há eviências de que o que causou mesmo o incêdio foram as péssimas condições da rede elétrica dos laboratórios; para economizar com fiação a PCU (prefeitura do campus universitário) "armengava" todos os fios o que possibilitou o curto-circuito causador do incêndio. A grande dúvida agora é se o curso vai continuar ou se vai ser extinto, pois a reconstrução do prédio pode demorar até 20 anos, como todos os outros da UFBA e a aquisição dos equipamentos imprescindíveis à formação dos alunos leva de 50 a 100 anos através do processo de licitação.

Instituto de Geociências (IGEO)[editar]

Famoso pelo trote mais violento do Brasil, onde os calouros do curso são oferecidos como oferenda para um ritual de sacrifício à deusa Gaia (também conhecida como Mão Terra), é também o mais etílico, quase sempre começando do lado de um tronco fossilizado na frente do instituto, passando pelo boteco na frente da escola de Arquitetura, peregrinando pelos botecos mais fedidos da Federação e terminando no cemitério do Campo Santo.

Território das ciências da Terra da UFBA, é também conhecido como covil da Geologia.

É o terror dos estudantes das engenharias e biologia, que nada entendem sobre geociências, e assim vivem perdidos nas aulas; os mesmos só conseguem passar nas disciplinas do IGEO após muita bajulação e humilhação, ou pela maneira mais difícil: raciocinando geologicamente. Menção honrosa aos professores PAvanzo e Joaquim "Chá de Ervas", figuras clássicas do Instituto.

No IGEO encontra-se a terceira maior concentração de maconheiros da universidade, sendo que 70% deles são bicho-grilo da Geologia, e vivem para jogar xadrez no Diretório Acadêmico, ao som de Pink Floyd e outras psicodelias infestando o corredor inteiro com o cheiro dos seus entorpecentes; na sua maioria, são estudantes profissionais, alguns com mais de 15 anos na universidade, os "quase-jubilados".

O IGEO era conhecido até meados dos anos 2000 como Navio Pirata, por abrigar normalmente homens cachaceiros e canhões (mulheres feias); com o advento da popularização dos cursos de Geologia e de Oceanografia, passou então a ser conhecido como Cenário de Malhação, pela quantidade de calouras patricinhas, filhinhos de papai malhados e de baitolas (esses últimos históricamente endêmicos do curso de Geografia), além de abrigar também os nerds da Geofísica onde incrivelmente 145% do curso usa óculos, é claro que estes dados são restirados com base nas cinco ou seis pessoas que são vistas pelo IGeo já que os diferentões ficam escondidos no bloco secreto deles.

Atualmente, o IGEO virou um centro de peregrinação para profissionais desempregados das diversas áreas das Geociências, que buscam oferta de bolsas de pesquisa remuneradas nos cursos de mestrado e doutorado, além de qualquer trabalho-escravo-disfarçado ou outra fonte de renda financiada pelo MEC.

Facom[editar]

Conhecida também como Faconha, alguns a chamam de Facoca... bem... não pecisa falar mais nada. As pessoas lá tem o estranho hábito de cheirar o sal do restaurante no almoço. Os alunos são basicamente divididos entre Indie e Neo-Hippie. Alguém que não se encaixe em nenhum dos estilos citados, acaba por deixar o curso depois de 3 anos - tempo mínimo de permanência na faculdade devido à Maldição da Varandinha. As vestimentas dos alunos que frequentam a faculdade são formadas essencialmente por 54.785 camisetas listradas, 112.547 All Star's ou sandálias de couro. Cada um de acordo aos estilos supracitados. As aulas são tão importantes, que ao final das disciplinas obrigatóris (13h) os alunos se reúnem por conta própria para estudar na Varandinha. Lá, participam de oficinas e mini-cursos com os professores dos núcleos Verde e Negro. A exemplo, temos: Culinária Jamaicana (onde se aprende a fazer o famoso "Bolo Doido"); Música Austro-Húngara e suas Vertentes na Baianidade Nagô e Como Lotar o Chuleta de Mulher Bonita (matéria esta muito procurada por alunos da Politécnica, mas nunca há vagas); dentre outras. Além disso, a faculdade conta com o S.O.E., pelo qual são resposáveis Baga Man, Paulão da Moto e Seu Antônio (do famoso e exótico pastel de gala). Hoje já há duas salas de livre acesso com ar-condicionado na Facom: uma é a da Rádio Facom (a mais ouvida do sul do extremo sul do campus de Ondina), que ainda tem um belo sofá e a Sala dos Computadores, sendo que para entrar nesta é preciso entrar antes numa fila, lá no Canela para pegar uma senha e só então entrar na fila normal, na Federação.


Dialetos particulares

Os alunos da Lupa e das optativas nas quais Gracilouca ministra podem ser iniciados no aprendizado de um novo dialeto: o Gracielês além de aulas intensas a respeito de feminismo e de como uma mulher deve amar a menstruação e não se depilar, já que esta é uma atividade invasiva.

Faculdade de Ciências Econômicas[editar]

Também chamada de Egrégia, abriga uma grande quantidade de mauricinhos revoltados porque a sede da faculdade não é no canela, junto com ADM e perto do Olimpo. Funciona no antigo edificio sede do sindicato dos mendigos, que até hoje protestam por terem sido roubados pela UFBa defecando em frente ao prédio e residindo em seus arredores, que inclusive foi usado nas filmagens de "Carandiru" (qualquer semelhança não é impressão sua). O prédio é hermeticamente fechado e 90% da população é do sexo masculino (estudos conjunturais revelaram que somente 3% destes podem ser tidos como heterosexuais) e o restante ou é do sexo feminino - mulheres realmente feias, acredite - ou é indeciso por questões biológicas ou psicológicas.

Pra não ser injusto, até tem mulher que se possa chamar de mulher em economia, se é que você me entende. Isso se dá graças ao efeito economia, que transforma as feias em bonitinhas, as bonitinhas em gatinhas, as gatinhas em realmente gatas e as realmente gatas, err... tudo bem eu me empolguei. Enfim, as mulheres que sobrevivem ao efeito economia se tornam mulheres com certos hábitos masculinos (elas passam a jogar dominó bem, beber tanta cerveja quanto você e, pasme, entender de futebol!).

Lá é possível visitar o único cacaueiro que não foi descrito nas obras de Jorge Amado, "O cacaueiro da ufba", que além de cacau ainda dá maconha já catada e apertada.

Não se pode esquecer de dizer que o prédio também é mal assombrado. Reza a lenda que os estudantes de contabilidade ao morrerem por terem bebido água misturada com xixi dos ratos presentes em seu D.A. passaram a desarrumar as cadeiras e escrever coisas totalmente sem utilidade nos quadros das salas todos os dias.

A grade é composta pelas matérias Dominó I, II e III, Totó I e II, Ping-pong I, II, III e IV, Sinuca I e II e Maximização da Utilidade da Cerveja, que fazem parte da expertise de seus estudantes e também contemplam os temas de "economia da banca de cachorro-quente", "liberalismo sexual", "matemática aplicada às decisões racionais dos jegues de carga no polígono da maconha", e "Economia aplicada às relações mendigo/estudante" (matéria ministrada com louvor pelo professor toby).

Apesar de não ter doutorado em economia, a faculdade de ciências econômicas da UFBA oferece doutorado em Marx. Não é em cima de Marx, nem em baixo de Marx, mas tenha certeza que Marx vai entrar em você! Você pode pegar as matérias Economia Marxista, quer dizer, Política I, II, III, IV, e há relatos de que Política V já está sendo psicografado e entrará na reforma curricular.

No meio de tanto comunista que ama Marx, e seguramente daria pro Che, ainda sobra espaço para as correntes liberal e neoliberal - são famosas as linhas de pesquisa "Liberar geral", "Sair do Armário" e "Soltar a Franga", seguindo tanto a ortodoxia das opções irracionais (irreais, imbecis, ignóbeis, etc) de Milton Friedman como os liberais da escola austríaca de Friedrich von Hayek (que, como todo bom europeu, era especialista em liberar tudo para todos)(o amigo Leonardo de 2010.1 sabe explicar direitinho sobre a escola austríaca).

Recentemente [email protected] (não se sabe bem) do curso criaram a banda "brilhantes, brilhantinas, pérolas (dane-se) do coroa", na qual os cantores, segurando pedrinhas luminosas e de maozinhas dadas sentão no cabeção do vovô (hohoho). A ideia de ficar sentadinho na cabeça foi resultado dos vários árduos segundos de estudo de Pingpongue I:(Introdução: como se livrar das bolas).

Direito[editar]

Localizado no Monte Olimpo, 50% dos estudantes acreditam serem semi-deuses e os outros 50% têm certeza de que são. O prédio de aulas, na verdade, faz parte de um grande projeto mundial de pesquisa sobre o efeito estufa, sendo completamente rodeado por janelas de vidro que não abrem. A estrutura do prédio também conta com o lendário 4º andar, local apenas alcançado pelos estudantes que utilizam “meios de transportes alternativos” para a viagem. É também neste 4º andar que os estudantes estacionam seus helicópteros que vêm de mansões luxuosas em bairros caros buscá-los na hora do almoço.

Outra importante característica da Faculdade de Direito, também conhecida como FDUFBA é a presença de uma misteriosa, porém imponente Fundação. Dizem que ela se localiza perto da xérox do térreo, porém ninguém nunca viu nem entrou na mesma. Boatos não-confirmados sugerem que portais multidimensionais saiam diretamente de Brotas para essa tal Fundação que ninguém sabe se existe mesmo ou é boato. Existe um projeto paralelo de instalação do Cassino da FDUFBA, atualmente em fase de implantação,já promovendo jogos de poker de segunda a sábado, depois do segundo horário.

Todo aluno da FD precisa cumprir as seguintes matérias: Introdução ao Estudo do Dominó 1 e 2 (IED 1 e 2), Prática Etílica, Dominêutica. Porém, a matéria mais procurada pelos alunos da faculdade é “Técnicas de Xorissagem”, matéria cujo professor emérito e vitalício é Francisco Cuspsel, que durante as aulas faz demonstrações práticas de como dar em cima das alunas não tão indefesas. Os dois grandes eventos da faculdade são o trote e o baba semestral.

Também com a finalidade de incentivar a envolvência e o clima quente, tudo naquela intimidade gostosa, acontece o baba semestral. O baba já contou com times do mais baixo gabarito futebolístico, tais como “Las Bibas Brutas”, “Cevada Mecânica”, “Prática Etílica”, “Xorisprudência”,”Só Cana Dura”, “Reale Madrid”. Durante muitos semestres houve o grande confronto de cachacistas entre o “Cevada Mecânica” e o “Prática Etílica”. Pesquisas sugerem que a boa forma e a efetiva habilidade dos times de futebol da Faculdade derive da dieta especial, baseada em salgados dormidos da Cantina, consumo excessivo de álcool no fim de semana e da rotina de exercícios na Faculdade, como as competições de Levantamento de Tomos e Corrida até a Fila, que ocorrem em todos os intervalos de aula nas enormes filas que se formam em frente às salas da Xérox.

Após longos anos de obscuridade, os alunos da faculdade finalmente começaram a perder o pudor, graças a figuras do quilate de Diego Ressurreição, vulgo Beição, um dos maiores xorisseiros da faculdade.

A FDUFBa não funciona à tarde, mas ninguém tem certeza do porquê. Cientistas sugerem que a maioria dos estudantes e professores sejam descendentes de espanhóis e pratiquem a "siesta"; outra teoria, especialmente defendida pelo Capitão Óbvio, é no sentido de que os estudantes de lá são preguiçosos mesmo. Também chamada de Olimpo, Egrégia Academia, Sacrossanto Templo do Saber, Cemitério (graças aos enormes saguões ocupados por nada com porra nenhuma) entre outros apelidos, a Faculdade de Direito tem um porte imponente e possui uma das estátuas mais velhas do Brasil, a de Teixeira de Freitas, que apesar de ter vivido até recentemente, foi homenageado por uma estátua que aparenta ter no mínimo 7367 anos, 2 meses e 23 dias. Uma visita aos arquivos secretos da FDUFBa, guardados nos calabouços da Academia no sub-solo, pode ou não confirmar que a obra de arte seria uma doação de Dercy Gonçalves, realizada à época em que se emancipava de seus pais, Adão e Eva, como forma de agradecer ao estudante esperto que lhe deu a dica. Foi mais ou menos nessa época que começaram as obras do auditório da FDUFBA, um dos maiores mistérios da faculdade, já que sua obra se arrasta há décadas mesmo com operários trabalhando lá todos os dias. Pesquisas indicam que os mesmos gastam seu tempo na verdade com partidas de strip-poker e beer pong, eventualmente quebrando algumas pedras para mostrar serviço. Os tapumes da obra prejudicam a bela e poética visão dos estudantes do matagal de ADM e da estátua dourada de Orlando Gomes pedindo esmola.

Após propostas da “Chapa Dinheiro” ocorreu a maior reforma estrutural da FDUFBa nos últimos tempos foi a construção da tão-sonhada escada que liga Direito e ADM. Houve projetos que fariam a mesma ligação via tirolesa (também proposta pela “Dinheiro”) ou carruagens sem cavalos, infelizmente nunca foram concretizados, assim como a piscina e o campo de golfe.

A fauna da política estudantil é extremamente diversificada. Vai desde os usuários de helicópteros até a turma que fuma maconha na longínqua selva de adm. Grandes suprimentos de óleo de peroba e ferramentas de jardinagem são constantemente fornecidos para auxiliar os estudantes que insistem em dizer que não são do ParTido.

A Biblioteca da FDUFBa é a biblioteca com o maior acervo das bibliotecas do sistema UFBA. Logo, não possui nenhum dos livros que o estudante procura, a não ser poucos livros que são tão velhos que desfazem na mão (vide "Se é preto, prenda" de Nina Rodrigues♂) e 20 livros extremamente novos e não usados doados pelos mestres publicantes da casa. A área de estudos da Biblioteca da FDUFBa é o ponto mais concorrido da faculdade. Antes um dos portais mais assustadores que ligavam o Olimpo ao submundo de Hades, depois de ser fechado por Buffy se tornou o paraíso na Terra para se dormir, jogar uno, falar alto, e quem sabe estudar. A distribuição é igualitária (como tudo que você aprende nesse antro sagrado) com grandes mesas espalhadas pela sala, encostadas do lado que possui janelas com cortina(?), onde apenas uma pessoa desconhecida e sem amigos, com olhares pouco amigáveis, acessa o Orkut no seu VAIO na mesa ao lado da pilastra com a única tomada da sala inteira.

O status das aulas desse ambiente maravilhoso varia entre: em aula (começou a 40 min, você está atrasado e ele fez chamada), confirmada (pode ser que ele não venha, só se passou meia hora), cancelada (ele nunca vem mesmo / "MAIS UM FERIADO!? Eu só tive 01 aula dele!"), em suspensão ("COMO ASSIM QUINTANILHA FUGIU COM AS NOSSAS PROVAS?") e docente a contratar (espere até semestre que vem).

O elevador de Direito tem personalidade própria e acredita que o título de "pior elevador da UFBA" não pode ser do elevador da Politécnica, visto que ele é um elevador de "finesse" e temperamento forte (como todos os alunos e professores que embarcam nele). Reza a lenda de que ele possui um gêmeo, mas ninguém nunca o viu. Existe até indícios de que ele existiu (vide o buraco na parede) mas ele provavelmente foi sequestrado quando jovem (a lenda se estende para dizer que foi parar na residência de luxo de Celso Castro). Ele tem um limite de peso que comporta 4 patricinhas, 2 amigos gays enrustidos, 2 caras bombadinhos -calouros, porque veterano anda sozinho- ou um professor e 5 nerds ferozes que ainda possuem dúvidas sobre a aula do dia. Possui dias de folga específicos como fins de semana, segundas, quartas e sextas.

Contabilidade[editar]

Ja existe um prédio desta faculdade atras do pac,mas seus alunos assistiam aula na Faculdade de Economia, que por piedade cedeu suas salas para este fim. Por isso a rivalidade. Estacionamento? É grátis e com segurança! É so colocar no shopping. Lanchonete? A faculdade não tem! Mas há um estudante de economia vendendo lanches na porta, vulgo TOBY! Todo ano tem o Campeonato Ecocopa e Copacic, organizado pelo D.A de economia,onde existem dezenas de times de Economia, e apenas um punhado (seleção do curso) de times de Contábeis. O Campeonato de 2007 não terminará esse ano, ficou decidido começar a segunda fase em 2008. Os times de contábeis sao bem melhores,apesar de só ter vencido o campeonato em uma oporunidade, e alguns estudantes de economia querem fazer o campeonato apenas com os times de Economia. Vão chorar no pé do caboclo! E tem também uma população de mendigos (78% da população de mendigos em salvador) que fica vagando pela Praça da Piedade e usando a frente da fcc (fce) como ponto de número um e dois...além de pegar água para tomar banho.

Biblioteca Central[editar]

Departamento extremamente desorganizado, é também conhecido como "Barulhoteca". Lá ninguém te atende bem, e se você for muito educado vai levar um coice. Há diversos armários em péssimo estado, sendo frequentemente utilizado como ferramenta de aprendizado do curso de Assalto, na discicplina de "Arrombamento de cofres I". Lá você encontra o maior acervo de livros Marxistas do Universo. No acervo existem obras como: "O sonho de Marx", "Marx, uma criança infeliz", "Marx morreu virgem", "Eu quero ser Marx", "Como ser Marx", "O Segredo de Marx" "O Doce Veneno de Marx", "Depois de Marx", "Isso tá esta errado, porque Marx nunca disse isso!", "Eu já vi um ET", "Teoria Orkutiana x Teoria Marxista", "As aventuras de Bruna Marxistinha", "As aventuras de Marx e Marcos Frota", "Harry Potter e o Enigma de Marx". Na biblioteca existe o Mezzanino que é frequentado por pessoas, de qualquer instituição exceto a UFBA, focadas em fazer um estudo profundo do Orkut, leitores da Desciclopédia, taradas olhando o Paparazzo e aborrescentes atrás de pornografia. Nas sextas feiras é local de encontro de RPGistas satânicos que sacrificam virgens, contam piadas infames e atrapalham os estudos no local. Na Biblioteca Central Reitor Macedo Costa a onda agora é levar notebooks e ficar lá na parte de periódicos (até então um lado esquecido da biblioteca, mas algumas pessoas veem descobrindo que nesse lado o ar condicionado é mais forte) filando a rede de internet da Facom e outras localidades.

Instituto de Biologia[editar]

Mais um dos prédios decadentes da universidade. Cheio de móveis novos que se misturam às “sucatas”, nele abrigam-se hippies, maconheiros, bêbados e gays (muitos gays). As patricinhas e mauricinhos encontrados por lá terças e quintas pela manhã, são calouros de Medicina que se acham donos do mundo (a maioria é também gay!). A densidade populacional de gays no instituo de biologia é de colocar inveja em qualquer outro lugar. Dados oficiais publicados em periódico Qualis A afirmam que 75% dos "XY" do instituto são gays; 20% ainda não descobriram que também são; 3% são héteros comprometidos e 2% são simplesmente assexuados. Acredite: isso existe, lá. Possuía, na sua área externa, um forno a lenha, onde eram preparadas pizzas de maconha o ano todo, onde 99% dos consumidores nem estudavam na UFBA, mas, iam lá pra fumar unzinho. Local onde os bichos-grilos habitam! Hoje o habitat destes indivíduos é o SAF (Sistema de Abrigo para Fumadores). Abrigou Osama Bin Laden (Bin Laden não os odeia ele Os Ama) desde 2001, o qual teve que sair na reforma do campus em 2010 (O Que denunciou seu paradeiro para os EEUU e causando sua morte em 2011). Entretanto, continua sendo refúgio de famosos. (É o que afirmam os frequentadores).

O Instituto de Biologia possui 68 pessoas que se dizem professores. Na verdade, apenas 30% dão aulas. Os outros 70% são esquizofrênicos nas mais variadas formas de manifestação desta doença: 39% pensam ser deuses fazendo favor aos estudantes de graduação do nordeste (e que estão loucos para voltar para suas casas); 11% se acham semideuses que esperam a saída dos deuses para ocuparem algum lugar no prédio; 10% são verdadeiros inúteis e não fazem nada além de nadar na piscina olímpica que se forma após as chuvas na entrada lateral. Entre os 5% que restam, existe uma plétora de figuras bizarras. Tudo o que se espera de um hospício pode ser encontrado neste prédio: a paquita (com cara de 50 anos) que pensa que o instituto vive uma eterna reprise do Xou da Xuxa e, portanto, se veste como uma menina de 15; barbie, que já fez mais de 30 plásticas (continua horrível); a lagartixa-muda que só balança a cabeça; matusalém e sua barba insalubre são apenas alguns exemplos dos doutores esquizofrênicos. Até uma filial de Hogwarts funciona neste prédio, mas, “Harry Potter” trabalha no Instituto de Geociências.

Um estudo publicado em outro jornal Qualis A identificou que, o único contraste ao figurino maltrapilho dos professores do Instituto é a verdadeira Lady Gaga (que afirma em sala de aula ser alérgico à pobreza), só usa roupas Versace e Dolce Gabbana e sapatos de plataforma (isso sem mencionar as fivelas enooooooormes). Vamos ver se ele também será contaminado pelo arbovírus miserabillis favelli e se une a ralé biológica.

Não tão recentemente, um grande monstro antigo tem tomado proporções preocupantes. Trata-se da temida BIO010, mais conhecida como BIOHELL (Ou triocel para os repetentes. É lecionada por um anjo de 1,50cm, voz fofinha, chama a todos de "meu menino(a)" e adora pintar toda a sua prova com caneta vermelha. Atribui notas com 4 ou 5 dígitos após a vírgula (ex. real: 0,0745). Nos dois últimos semestres foram 5 aprovados (somando todas as turmas). (seu reinado já está terminando, com o surgimento de dois novos esquizofrênicos para a cadeira).

Uma informação ocultada pelas gerações anteriores é que o túnel do elevador, escavado desde o cretáceo inferior, algum dia funcionará como ponto de ligação entre o instituto e o anexo flutuante que está sendo construído em Pandora.

Faculdade de Medicina[editar]

Fantástico prédio de função indefinida, onde quase não se tem aulas, já que a maior parte delas ocorre no HUPES e no ICS. Sua população é constituída por 60% de bozengas, 20% de boçais afetados, 10% de psicopatas e tarados e 10% de indefinidos, a maior parte alcoólatras ou viciados em drogas controladas. Seus alunos são famosos pela boçalidade e boiolice e suas alunas pela feiura e dondoquismo, criando um ser híbrido: as patrões (patricinhas + canhões). Conta-se nos corredores da Fameb que o estacionamento, que por vezes é usado para fazer trotes ou Chopadas (onde você compra o ingresso e ganha de brinde 2 olhos roxos e uma multa por estacionar em local indevido), também já foi usado para testes com bombas atômicas. No entanto hoje em dia apenas são realizados campeonatos de Off Road, mas infelizmente devido as grandes crateras que lá se encontram já morreram 3 pilotos e 5 encontram-se em coma. Os estudante de medicina entre uma aula e outra tem 10 segundos para almoçar e os locais mais próximos são a cantina do ICS ou o Restaurante de Enfermagem Non ecxiste!. Na cantina do ICS, também conhecida como "Morte Lenta", o cliente tem o bônus de almoçar num calor de 70°C comendo uma ração feita a base de restos de materiais dos laboratórios de imunologia e de parasitologia. No entanto a especialidade do local é o sarapatel a base de restos de órgãos dos cadáveres do laboratório de anatomia e sangue de pacientes HIV+ coletados no laboratório de imunologia. No restaurante de enfermagem também conhecido como “torre de babel”, você tem a chance de almoçar em uma sauna e acompanhado com americanos e europeus. No entanto para chegar lá primeiro o acadêmico de medicina deve subir a escadaria das lamentações ou também conhecida escadaria “já fui assaltado lá”, neste local impar você pode encontrar todo tipo de gente dez, do maconheiro ao estuprador. Uma outra opção de alimentação é comer os pratos de macumba que estão espalhados por todo campus, no menu dos bozós sempre tem um charuto para depois do almoço ou uma pinga pra limpar a garganta.

Escola de Enfermagem[editar]

É o único curso da UFBA sediado numa escola e não numa faculdade o que leva a dúvidas quanto à veracidade da existência de Enfermeiras Graduadas pela UFBA. 99,9% dos estudante do curso são mulheres, das quais 90% não conseguiram passar no vestibular para medicina, e 5% desistiram de biologia para cursar enfermagem. Os 0,01% de estudante do sexo masculino ou não tiveram sua existência comprovada ou são homossexuais. Curiosamente na faculdade de Enfermagem não existem banheiros masculinos e todos as aulas, palestras e afins são ministradas para o sexo feminino. Reza a lenda que toda estudante de enfermagem ao entrar na UFBA misteriosamente termina o relacionamento com namorado, marido, amante, o fato aconteceria porque o prédio é amaldiçoado pela fundadora da Enfermagem, Florence, uma velha que morreu solteirona. Estranhamente o edifício da ENFUFBA tem o formato de um “F”. Reza a lenda ainda que antes de nascer o destino das estudantes de enfermagem e medicina é traçado: as feias serão médicas e as gostosas serão enfermeiras

Farmácia[editar]

É o curso onde 90% dos alunos não conseguiram entrar em medicina, 5% entraram pois não conseguiram passar em outro curso na área de saúde, 3% realmente queriam fazer o curso, e 2% entraram pois queriam formular sua própria droga. Lá é onde se encontra Ritalina por um preço 300% mais caro do que no mercado. O pré-requisito pra cursar farmácia é: ser escroto e se sentir superior mesmo sabendo que depois de 5 anos vai estar colocando crédito no celular dos outros. Ponte aérea entre o PAFI e o IF, utilizado por alunos para irem para suas misteriosas aulas de Física Experimental. Outra finalidade dessa unidade é atender pacientes dos SUS que vão fazer exames, o quais dormem na imensa fila (que às 04:00 da manhã já está perto da orla) para conseguir marcar um exame para onze meses depois, demorando de um ano e meio a dois anos para receber o resultado. Uma parte essencial da Faculdade de Farmácia são seus cachorros, que sempre estão deitados nas rampas e que ninguém tem ideia de quantos são exatamente, ou de onde vieram ou pra onde vão. Em 2015 um novo nível foi atingido quando a reforma da faculdade, que já durava 30 anos, foi finalmente concluída, e assim aposentando de vez a entrada que fica ao lado do LACTFAR e atrás da mesa do segurança. O local também foi utilizado durante longo tempo como locação de filmes de terror e da famosa serie twd, sendo que a fox nem sequer precisou de figurantes pois os próprios alunos que se ferram pegando diversas vezes matérias como: QUIB13, QUI138 e todas as outras matérias dependentes destas, foram devidamente contratados, ganhando um comprimido de Ritalina por episódio.

ICS[editar]

Habitat dos professores mais predadores e cruéis do universo, abrigando toda sorte de assassinos e monstros da mitologia grega, além de comedores compulsivos. Para piorar a situação, inúmeros alunos (e principalmente alunas) dos mais diversos cursos passam (morrem) por lá, ampliando o leque de destruição. Seus professores são tão cruéis que não é raro o canibalismo e a superpredação entre eles. Fazem parte do corpo docente Darth Vader, Freddy Krueger, Chuck Norris, Jig Saw e Jason. Por piedade e misericórdia (entenda-se pena), foi cedida uma pequena sala na qual encontram-se o Colegiado, a Secretaria, o DA e o Karaokê de Fonoaudiologia.

RU - Restaurante Universitário[editar]

Melhor vista do mundo: Obras inacabadas de Todos os Santos. O desgraçado aluno da UFBa anda quilometros para comer a pior 
gororoba da terra dos fantásticos quitutes, sempre recheada de perninhas de barata, pedras, gorgulho, cabelos das cozinheiras.

Recentemente foram concluídas as obras do RU no campus de Ondina, o qual teve sua construção iniciada no mesmo ano em que Tomé de Souza fundou a cidade de Salvador em 1549, a qualidade da obra é tamanha que dentro de um ano já passou por diversas reformas, sem ao menos ter sido utilizado, estima-se que o tempo previsto para a abertura do RU demore mais 500 anos, a explicação do REItor é de que o processo de licitação para escolha da empresa que se responsabilizará pelo serviço é um pouco demorado, e que isso é normal dentro da Universidade. Enfim, após aberto,o RU se especializou em colocar os estagiários de nutrição para fazer número na frente dos pobres alunos que comem lá. Diariamente são servidas 800 refeições, sendo que alunos e alunas perdem provas, terminam namoros e até saem de casa por conta da fila amaldiçoada do RU, para se comer o pobre aluno chega na fila às 09:00 da manhã, que nesse horário já se encontra na portaria da universidade. Depois de catarem do chão o que sobrou da Feira de São Joaquim, as cozinheiras seguem à risca os três R's (Reciclar, reutilizar e reaproveitar) e fazem dessa porcaria toda uma bela de uma gororoba que é servida aos porcos alunos.

Após uma longa espera em duas filas, o estudante saboreia quase sempre stick de frango, omelete de Frios ou Almôndegas industrializadas, bebem um suco com muito açucar (se fosse na época do colonialismo,esse líquido seria precioso)e de vez em quando são premiados com objetos não identificados em seu prato. Tudo isso pelo ma-ra-vi-lho-so preço de 2,50! Caso alguém venha a Bahia, não esqueçam de visitar o RU da UFBa.


R.U e o Bicarbonato

São muitas as especulações acerca do uso de bicarbonato nos pratos do R.U. 

O famoso tempero das cozinhas indústrias, tem como princípio ativo: plutônio,mercúrio e tungstênio, esses elementos são catalisadores e sobre determinada temperatura e pressão (mais especificamente 5000 Kelvin por 354atm) podem cozinharum delicioso quitute em aproximadamente 0,2s, possibilitando servir 500.000 bocas nervosas em menos de 3h (caso não fosse a enorme fila). Sobretudo ainda não se conhece os danos causados por essa venenosa iguaria,estimasse que 100% dos alunos que se deliciaram com os pratos do R.U, tiveram danos irreversíveis ao cérebro, os primeiros sintomas são: Mania de revolução, dread-locks, "pererê" nos cabelos, saiotes indianos, falta de coerência nas palavras, uso abusivo e explorativo das palavras che-guevara e comunismo, caganeira frenética e desesperadora e estufamento anal. Pesquisas recentes dos mais famosos centros de inteligência, vem realizando testes da quantidade de Bicarbonato usado nos pratos, e dados alarmantes foram revelados, um autor anônimo revela:Os pratos do R.U, tem como matéria prima o Bicarbonato, ele é usado como adubo das herbáceas, alimentos dos animais, na água, no sal e durante todo processo. ,existem hipóteses de que até mesmo a farinha não vem da mandioca e sim do Bicarbonato. Além disso existe uma enorme variação de pratos (todos banhados a Bicarbonato),como: " Abóbora com abobrinha", "mandioca com mandioquinha", "salsa com salsinha",dentre outros. A vasta pluralidade de combinações acentua os efeitos "bicarbonático"o que se compara um prato do R.U ao veneno de que bobeira.... mês passado eu ouvi alguém falando a respeito, mas não avreditei... 30 jararacas. Por isso se você come no R.U todos os dias tenha extremo cuidado! faça ingestão de 50l de água diariamente,tome bastante yakult e opte por sólidos como: fibras, mamão, pepino, banana, mandioca, berinjela, quiabo e outros alimentos de aspecto fálico são os mehores para desintoxicar o canal do reto!Lave bem as mãos e se possível não coma lá!

Sai a Dall e entra a Chalé

Com a saída da empresa Dall da gestão do R.U. e a entrada a Chalé, houve uma grande evolução inicial: o almoço agora tem cardápio, as comidas são variadas, não se serve mais frango todo dia e etc e tal. Porém, para a desgraça dos alunos, apesar a comida melhor na primeira semana começaram a aparecer coisas estranhas no cardápio: peixe ao molho de maracujá (que ainda penso que precisa ser analisado pelo pessoal de farmácia sobre sua real composição), frango ao molho branco (que parece mais um peixe) e etc e tal, além de o fato de agora está sendo servido o almoço em uma bandeja de presidiário. Recentemente, a pós o caso de 80 alunos serem internados com problemas de infecção intestinal devido ao "peixe" que foi servido no almoço, foi definido que o R.U. será reformado e que após a reforma a empresa VEGA ira assumir o lugar da Chalé.

OS animais do R.U.

Todos os alunos que já almoçaram no R.U. provavelmente já viram os lindíssimos animais que se juntam para degustar essa cumida maravilhosa... só que não! Você pode ver algumas larvas na sua salada, cachorro sarneto se roçando em você querendo um pedaço de carne, o gato que só anda com rabo levantado por debaixo da sua perna, além do ninho de passarinho que tem na iluminação do restaurante.

Residência Universitária III[editar]

 Quem pensou que as maiores estalactites do mundo se encontravam somente nas cavernas da Chapada 
 Diamantina enganou-se, está comprovado que a maior estalactite do mundo encontra-se na Caixa d'água
 da lavanderia da  R3 da UFBa, formação esta que até então só existia em Cavernas. Há quem acredite 
 que a estalactite gigante é a base de sustentação da caixa d'água, que foi contruída há milhares de
 anos sem nenhuma manutenção até o momento, não é possível saber exatamente a quanto tempo essa
 Residência foi construída, pois nas cavernas para se formar um centímetro de uma estalactite leva
 de 30 a 40 anos.

Falando em residência universitária, já começou a construção de uma nova residência em cima do "barranco" da Garibaldi, onde seus moradores serão engavetados num cubículo (mini-apartamento) de 2 m² para cada 8 residentes, onde haverá dois beliches com duas pessoa dormindo por cama, ou seja, quatro por beliche, a fim de abrigar todos 500 residentes e mais os 1500 que virão junto com o Reuni. A previsão para inauguração é aproximadamente 2109. Sem contar que o prédio é mau assombrado e caido das pernas.

Escola de Belas Artes da UFBa (EBA/UFBA)[editar]

A mais de 149 anos ministrado numa antiga mansão do Canela(que mais parece a mansão do prof, Xavier) onde já funcionou um manicomio, a EBA (Escola de Belas Artes) tem a maior concentraçãoo de autistas plásticos da Bahia e dispoe de um Atelier onde os artistas pobres que ainda não ficaram ricos para terem seu próprio atelier se encontram para tocar violão, cantar e usar po de pilimpimpim ativando o processo criativo, o Atelier Livre que na verdade é o porão mais quente do quintal da EBA é o ponto de encontro de alunos, ex-alunos, artistas, pseudo-artistas, músicos, pseudo-musicos, vizinhos de música, vizinhos de teatro, pombos sujos e os demais membros da sociedade protetora da santa erva. Em níveis diferentes existe uma interação entre Alunos de Arte, Música e Teatro, positivas, negativas e controversas mas todos se unem para um salve `a Jah!

Curiosidades: Por increça que parível e contradizendo o esperado no curso de artes plásticas o nivel de viadagem entre os ditos "homens" é de 30%, o nível de viadagem feminina entre as ditas "mulheres" é de 44% dentre essas 35% são bisexuais. Em contra-partida no curso de decoração 100% dos ditos bixas são bixas mesmo e o resto é mulherzinha. O Curso de design é composto de 10% heterosexuais, 10% homossexuais e 80% de nerds. O restante dos alunos pediram licença pra fazer Licenciatura em Desenho e Plástica.

A EBA (Escola de Belas Artes) é dividida em várias partes:

Casarão, que por sua vez se divide em:

PARTE DE CIMA:

DEP 1 - departamento de borreiras em telas.
DEP 2 - departamento bagunças em lamas e rabiscos.
DIRETORIA - onde fica a cadeira do diretor.
MESTRADO - onde se organizam os cursos das pessoas que pensam que sabem mais que as outras.
SALAO NOBRE - antigo alojamento de doidos do tempo que o lugar era um manicomio, hj penduram quadros lá
ANPAP - Salinha onde se confabulam maneiras de ****** arte alheia.

PARTE DE BAXO:

COLEGIADO - onde se bate papo e se implora por informacao
SALA DE INFORMÁTICA - museu de computadores
GALERIA DO ALUNO - mais conhecido como corredor
LAB DE FOTOGRAFIA - casinha da luz vermelha onde entram os cara e trancam a porta e ficam no escuro... han..

Existem outras locações no EBA como um Lugar chamado:

ANTRO, onde pessoas se reúnem e...  e... esqueci
Atelier Livre do Aluno, um depósito de lixo onde se reúnem pessoas pra fazer batuque.
Biblioteca ou piscina em dias chuvosos.
Atelier de gravura, casa do Mestre Duda, um ermitão que vive na EBA.
Pavilhão de 3D, de onde nascem os monstros de lodo, fibra de vidro, tijolos celulares etc.
Galeria Canizares, Almoxarifado
Atelier de Papel, faz papel?
Atelier de estudos de materiais, um lugar obscuro.
Quintal, ex-pomar, onde existiam as maiores árvores do campo grande, hoje existe uma favela e um cemitério de árvores.
ahh na EBA também tem salas de aula, mas isso nem é importante.

ICADS - Instituto de Ciências Ambientais e Desenvolvimento Sustentável[editar]

Parte da extensão da UFBA no interior, mais especificamente em Barreiras, criada às pressas nas vésperas das eleições como pretexto de aumento de número de universidades federais no país, acabou sendo um campus "fantasma" por pelo menos 1 semestre. Os alunos não tinham cadeira pra sentar, água era servida em galões na sala mais distante do prédio, as aulas eram regidas pelos professores sobre uma densa camada de fumaça de giz ao belo som de 10 mil cigarras zuadentas que davam boas vindas aos condenados. A Biblioteca do campus por um bom tempo contou apenas com livros de histórias infantis e prateleiras vazias, há quem diz ter visto uma ninhada de morcegos no fundo da sala. Atualmente um novo campus está sendo construído para abrigar os universitários, no momento o pavilhão de laboratórios estão sendo utilizados para as aulas, e apesar disso os estudantes continuam sofrendo (claro), a água do predio é salobra, o ônibus que transportam os estudantes em uma linha de uma em uma hora passa pelo menos meia hora dessas quebrado, sem falar nos motoristas maníacos que conduzem a linha, alguns esquecem o caminho fazendo a rotatoria de volta ao centro, outros caem nas valas feitas na estrada de terra pra escoar água da chuva, só falta cair da ponte da morte caindo aos pedaços. É uma vida de aventuras radicais.


Lendas:[editar]

motorista possuído

sempre que você está esperando o busão, atrasado, o diabo toma conta do corpo do motorista que só de ruim espera você correr até chegar na esquina para dar a partida no "comboio do Inferno" e deixar você esperando o próximo, que vai estar lotado e abarrotado de calouros adoradores do diabo que ocupam todos os lugares e entopem as portas por que são burros demais para passarem da roleta imaginaria.

Homen invisivel

uma vez um FDP muito escroto pensando estar invisível saiu nú pelos corredores de um dos cursos, parou em frente a uma das salas, balançou seu bingulin para todo mundo ver. após o ocorrido, ao notar que os seguranças andavam perto e que sua invisibilidade havia terminado assim que os seguranças olharam para ele, o homen invísivel saiu correndo e entrou nas matas selvagens, até hoje não se sabe quem era tal personagem.

SMURB[editar]

Dito um Serviço médico, mas não é o que se pode chamar de saudável por seus frequentadores, normalmente estudantes atrás de um atestado fácil. É uma parte da UFBA que seleciona seus funcionários em uma prova, cujos critérios de avaliação são: Mostrar falta de educação ao não cumprimentar o fiscal da prova e demorar para terminá-la.Tem como estrela uma mulher na marcação dos exames, conhecida como a famosa quem. Dona de um rostinho bonito e um corpo não tão bonito, tem como maiores aspirações na vida ficar parada atrás de um balcão empoeirado, gritando o número das senhas com 10 minutos de atraso apenas para maltratar o dono do número. Reza a lenda que ela é filha bastarda do Kassaby.

Instituto Multidisciplinar de Saúde - Campus Anisio Teixeira - Vitória da Conquista.[editar]

Instituto que se encontra na cidade de Vitória da Conquista, e tem um aglomerado de cursos que são: Biotecnologia, Ciências Biológicas, Enfermagem, Farmácia, Nutrição e Psicologia. Os primeiros alunos a se formar, serão os de Enfermágem, Farmácia e Nutrição, que lutam para pegar as milhares de matérias que tem atrazado devido ao longo tempo de implementação do campus da UFBA na cidade (e ainda não acabaram as obras). O instituto fica próximo à uma policlinica do SUS (provavelmente na tentativa de engloba-la no futuro) e conta com 2 pavilhões (localizados exatamente no meio de uma roça que conta com enormes piscinas... de lama toda vez que chove). O instituto também é berço de terroristas, supostos estudantes de biotecnologia que estudam tecnicas avançadas para construção de armas biológicas e se fazem de santos, prometendo acabar com a fome mundial através dos trangênicos (na realidade ainda querem monipólio comercial na agricultura). Juntos com os terroristas, ingressaram também no instituto pessoas amigas da natureza, que curtem insetos e mato, os estudantes de biologia. O ultimo curso a ser incorporado pelo campus foi o de Psicologia, no qual pessoas sem o que fazer passam a maior parte do tempo pensando na morte da bezerra e filosofando sobre a vida alheia.

Cursos[editar]

  • Administração o curso é frequentado por cidadãos pertencentes à elite baiana, porém, como esta elite constitui a famosa "classe invisível", devido a compromissos típicos das elites, os indivíduos são muito ocupados, vê-los se torna um exercício de espera insuportável. 60% são mulheres, das quais 90% são gatas e 10% são modelos profissionais. 2% são homossexuais, pois "viado" é coisa de pobre, 5% são marxistas que se arrependem de não terem ido para São Lázaro ("marxismo" é um termo complexo, dialético, que explica inclusive a sexualidade - ou assexualidade), mas que agora seguem as doutrinas do Adam Smith e 90% tem o carro do ano, os outros 10% pegam carona(em carro do ano - requisito essencial!). A Bahia de administração é nórdica, de origem europeia e costumes de consumo americanos, a língua portuguesa é desconhecida no recinto. Este curso é considerado por muito estudiosos mundialmente conhecidos como o melhor curso de Business Administration do mundo, na frente da FGV inclusive,entretanto, não se sabe para que serve isso, já que os empregos dos formandos desta faculdade são tomados pelo pessoal de contábeis. A utilidade do curso é desconhecida.Quem escreveu essa parte foi um estudante pobre de Administração, já que os ricos estão por aí participando de puteiros congressos e afins e não têm tempo a perder acessando a internet pelos seus iphones, já que preferem gastar esse tempo tuitando inutilidades.
  • Desenho Industrial Americanosamente chamado de DESAIGUIN
  • Arquitetura e Urbanismo – Conhecido não apenas pela fama dos professores carrascos de Atelier – com exceção do exímio Claudio Lísias, melhor professor do curso –, mas também por ser a maior fábrica de maquetes da Bahia (?). É uma escola meio retrô, e sempre corta as asas da imaginação de seus pequenos e humildes alunos, sendo preciso a estes recorrer ao uso de substâncias ilegais para que sejam bem sucedidos em seus trabalhos. Porém, apesar do conservadorismo, existe um movimento liberal ativo constituído de poucos gatos pingados. Devido à Ditadura do corpo Coordenador de arquitetura, obviamente não seria conveniente citar seus nomes.
  • Biologia - Este curso é também chamado de Boiologia (ou Biolorgia), devido à quantidade de frutas e bichas estudadas ao longo do tempo. É o único curso que possui estufas, mas estas são mais eficientes como sala de aula que as próprias salas de aula. Uma das principais diversões dos alunos é dissecar animais e plantas e experimentar o uso de novas ervas como remédios para criação de loucura passageira. No meio de tudo isso você pode comer os lanches do senhor (bi)Xandinho, que nunca tem troco se você paga com qualquer quantia acima de R$ 0,10.
  • Ciência da Computação - Este curso é frequentado por seres estranhos, que na falta do que fazer ou brincar na sua infância, passavam o tempo em frente de computadores e vídeo games, como não tinham interesse em outras atividades fizeram a terrível escolha de fazer Ciência da Computação. O frustrado, que passou a adolescência sem pegar ninguém, chega na faculdade e ver que o curso não é o que imaginava e que ele vai passar mais tempo estudando matemática do que brincando no computador(leia navegar na internet), e pior, é recheado de machos NERDS na mesma situação que ele. O resultado óbvio é que é extremamente comum ver os alunos de Ciência Computação filando aula para jogar dominó, truco, bang, joguinhos eletrônicos e outros jogos mais estúpidos ainda. Todo semestre eles tentam fazer uma super festa, o MUSICOMP na tentativa de atrair mulheres, mas sempre pecam ao colocar muito Metal na festa, o que faz o público feminino manter a distância, o qual já é mais raro do que ver um Dodô dizer papai no IM.
  • Ciências Naturais - Ciências o que?! Esse curso existe? É B.I.?!
  • Sistema da Informação - Curso novo na UFBA, e mais outro cheio de machos que não pegam ninguém e se acham os caras da computação. Curso onde 99,9% da turma se pergunta porquê tem calculo se não vai ser usando pra nada. Curso que tem matérias que graduam o aluno em vagabundagem, como administração que ensina os alunos a aprender a jogar dominó e bater papo porque tudo tá bloqueado nos pcs do IM mesmo.

Obs.: Apenas 0,01% dos alunos desse curso não são NERDS, não sabem porque escolheram computação e desistem dessa vida antes do meio do curso.

  • Ciências Contábeis - Curso onde as pessoas aprendem a calcular todos os impostos possíveis e imagináveis para depois, sonega-los.
  • Comunicação - Os alunos desse curso são bem comunicativos (ÓBVIO) e passam mais tempo conversando do que estudando. É possível encontrar os alunos comunicadores a qualquer hora em um pagodão eterno que ocorre todos os dias, o dia todo. Os professores se queixam sempre da extrema comunicação paralela que ocorre durante as aulas.
  • Dança - Aproximadamente 100% dos estudantes do curso é formado por garotas de shortinho colado que ficam pulando de um lado para o outro da sala sonhando em ser uma Ana Botafogo, ou pelo menos a nova loira do Tchan. Somente 0,00...01% dos alunos são "homens".
  • Direito - Este é o curso mais certo da UFBa. O menos errado de todos e o mais ideológico de todos. Rodeados de patricinhas de saias curtas e saltos agulha e mauricinhos de camisa polo por dentro da calça, esta unidade de conhecimento legal ( e Certo) possui a maior das verbas da universidade e por isso, são os sócios majoritários de lá (Pena que nada da verba vai parar na própria faculdade, que já foi, inclusive, limpa pelos próprios alunos). Sobre os legados do curso, nota-se que os alunos aprendem as brechas das leis para então burla-las, tal fato liga os 'aDEvogados' com os 'Contadores', pode ser por isso que tantos desses profissionais sejam bacharéis em ambos os cursos!
  • Engenharia Sanitária e Ambiental - Esse é o curso que a galera pensa ser engenharia ambiental, mas de ambiental quase nada tem, tendo inclusive os professores reclamando que esta tudo errado. A maioria na hora de escolher como opção, sabe-se lá porque não enxerga o nome Sanitária. Acha que vai trabalhar muito com o meio ambiente, que vai ajudar a protegê-lo e defendê-lo com toda garra, mas lá dentro só vê cálculo e companhia limitada, professores de física dignos de você degolar e mostrar a cabeça, assim como fazem os terroristas do Oriente Médio. O curso na verdade forma engenheiros civis incompetentes, e engenheiro químicos muito mais incompetentes, pois estes dois cursos em separados fazem 357% melhor que o engenheiro sanitária (e ambiental??), já que em engenharia sanitária se pega até concreto 1, e engenheiro civil pega concreto 1 e 2, além de obras de saneamento, que o engenheiro sanitarista devia fazer. Pra acabar com tudo, as matérias do tipo tratamento de água, ar e solo, dentre outras, é muito mais bem feita pelo engenheiro químico. Só resta a esses profissionais cuidar do lixo... ops, gerenciamento de resíduos sólidos! A grnde vantagem deste curso é que este é disparado o que tem mais mulher gata de qualquer outro curso da Poli. Equivalente ao Deus Deméter.
  • Engenharia Civil - Este curso possui uma grande rivalidade com o curso de arquitetura. Eles acreditam que sem o engenheiro, o arquiteto nada é, mas eles são pinto e bolas: Um não produz sem o outro.Há quem diga que as aulas de calculo A e B são mais disputadas que a própria Olimpíada de Matemática, porém, o mais matemático dos cursos entre a arte de construir, este curso sempre está a frente de seu tempo. Visto que inova em suas matérias, nunca antes vistas em outro curso de engenharia de qualquer outra universidade, sequer do mesmo curso, têm matérias como: Gestão Empreendedora de Mestre de Obras I e II; Técnicas de colher de pedreiro com ênfase em argamassa e quebra de blocos; Processamento de Acarajés inserido no processo macroeconômico da construção civil, além do clássico: "Materiais Superfaturados: como proceder em obras públicas". Alunos guardados pela Deusa Héstia.
  • Engenharia de Minas - (Minas??? COMASSIM???? A UFBA não fica na Bahia????) Piada comum sobre o curso. Discípulos do Grande professor de Desenho Belico Técnico Mineiro Filobaldo a.k.a. Talibã! Quer reconhecer um aluno de Minas, vá na Politécnica e dentre os playboys e as patys, a única pessoa que estiver de sandália, bermuda e tiver cara de vagal, pode ter certeza.. faz Engenharia de Minas! Fora a habilitação em petróleo, que é solicitada pelos mais vagabundos (sim, há dois tipos de estudantes nesse curso: os vagabundos e os mais vagabundos) porque a grade é dez vezes menor que a de lavra e beneficiamento. É também um grande celeiro para alunos de Geologia (que é quase a mesma merda de Minas, só que tem menos cálculos e a maconha é mais acessível). A principal função do curso é projetar minas bonitas e inteligentes (ou pelo menos bonitas) para a Politécnica. O estudante desse curso é defendido pelo Deus Hades no Monte Olimpo.
  • Engenharia Elétrica - Os alunos deste curso têm muito o que fazer, além de espionarem a professora Cristiane Paim (Capitão Nascimento) dançar arrocha e descer até o chão no Camarote Universitário. Tá certo que ela é uma gostosa (ou não), mas isso não vem ao caso. Aluno protegido pelo Deus Apolo .

Antes de entrar no curso, os alunos de Engenharia Elétrica fazem um um ritual da sacrificação, nesse ritual eles sacrificam todos os finais de semana e feriados pelos próximos 5 anos (ou mais), sacrificam toda e qualquer vida social, se desliga da família e amigos e passam a sobreviver apenas com um lápis, papel e uma HP. Não há registros de aluno que tenha formado com média maior que 7. As mulheres são proibidas de ingressar no curso, pois ficou provado que elas atrapalham os estudos dos Nerds de Elétrica. São os unicos alunos que não passam em ciencias do ambiente e fingem que esnobam a materia

  • Engenharia Mecânica - Estão doidos para aprender a fazer Ferraris. Graxa, parafuso e teoria não faltam nas mochilas de seus alunos, que estão sempre se perguntando como os aparelhos de casa funcionam. Desmontaram todos os aparelhos das salas em que estudam para ver o circuito interno, principalmente o mecânico.É um curso que de semestre em semestre trazem para o conhecimento mundial historias de calouros lendas como Megazord e O Projetista. Regidos pelo Deus Hefesto.
  • Engenharia Química - atualmente comandada pela dona das altas grifes do Iguatemi e Salvador Shopping que desfila (em raras aparições) pelos corredores do DEQ exibindo as roupas mais caras da cidade. Tem em seu quadro docente o famoso e internacionalmente conhecido Osama Bin Kalid. Após passar em matérias como PTC, Controle e Termo II o estudante do curso passa a ser visto como uma lenda e passa a ser considerado um ídolo pelos calouros. Após desbloquear o orkut e o MSN do LIDEQ, o movimento cresceu assustadoramente provocando fortes brigas. A grade do curso foi criada pelo eminente Serginho Malandro, que colocou mais matérias de Física do que de Química, fazendo mais uma de suas pegadinhas e enganando os calouros, que sonham em ganhar 15 mol de reais em barris de petróleo na Petrobras. Seu CA existe apenas em nome e para ocupar espaço, pois ninguém nunca viu nenhum membro dentro da sala. O evento mais forte é o FEIJEQ, que serve de desculpa para tomar cachaça e jogar umas partidinhas de dominó.
  • Estatística - sim, existe (?). Dos 60 alunos que ingressam, é esperado que 40 se matriculem, 20 passem de primeira em Probabilidade I, 10 passem de primeira em Probabilidade II, 5 sejam aprovados sem prova final nas disciplinas obrigatórias do 6º semestre e que, também devido às greves, apenas 2,5 estudantes consigam concluir o curso em exatamente 4 anos. Dado que não se faça nenhum aproveitamento de estudos, a probabilidade de terminar a graduação em menos de 4 anos é zero, quase certamente. Caso você seja calouro, se conforme, estude muito e, como é o único jeito, espere!
  • Farmácia - dos 120 alunos que ingressam, 121 perdem em Química Orgânica logo no primeiro semestre. é o curso mais promissor da UFBa, todos os drogados querem ter um amigo de Farmácia. Se produz de tudo na Faculdade de Farmácia, rouba-se de tudo das aulas práticas, é uma maravilha. todo dia inventam uma comemoração diferente pra filar aula e comer água. Sem esquecer dos congressos que são verdadeiras orgias.
  • Filosofia - 50% dos aprovados cursam, os outros 50% aprovados fizeram para testar por causa da baixa concorrência, 99,9% dos inscritos neste vestibular fumam maconha, 0,01% dos aprovados plantam por causa das 'intermitências da morte' de Saramago, vai entender?! tem que fazer filosofia mesmo... Normalmente, cursam pessoas que tem problemas pessoais ou são mal resolvidas na vida, casualmente, fazem sexo com capivaras. Quem sou?? Onde estou? De onde vim?? Para onde vou?? ESTATÍSTICAS GERAIS DOS ALUNOS: 25% são cachaceiros assíduos do bar de Silvinha. São a elite do curso e a parte que se salva; 25% são excelentíssimos fumadores de maconha: colé?, cáu foi?, e essa massa? são perguntas altamente filosóficas que insistem em permanecer nas bocas dessa parcela do curso; 25% são formados por falsos intelectuais que inventaram a quarta filosófica para discutir Kant, Heideeger e Wittgenstein (três filósofos que: passaram a vida inteira sem comer ninguém e que infelizmente é a única coisa que alguns professores tentam ensinar no curso. Wittgenstein era viado, Heideeger era nazista e Kant, se muito fez na sua pacata vida na cidade de Königsberg, foi bater punheta na intenção de sua empregada); 24,9% são de nerds criados com vó e que tinham como passatempo predileto na adolescência se masturbarem vendo calendários de bolso; 0,1% são de mulheres gostosas (mulher gostosa não faz filosofia pois não estão envolvidas em crises existências do tipo: ninguém me ama e ninguém me quer). Todos os anos é esperado com ansiedade a chegada dos calouros, para ver se dessa vez entrou mulher pelo menos pegável no curso.Em Filosofia se você tentar ir além do pensamento (capacidade) do Professor, vai ser limado.
  • Física - 120% homens, 10% canhões, todos% barbudos e 820% cálculos. Os alunos de lá passam por um treinamento pior que o do bope, por isso, é o curso com mais "pede para sair" da UFBA. 87.9% dos estudantes de física (homens) são especialista em se comunicar na lingua nussenzveig-niana que só eles conhecem, pois a outra parte, só esta em física por que é um dor cursos mais faceis de entrar da UFBA, e ainda não pediram para sair. O curso mais parece com o de Hogwarts onde seus professores são anssiões imortais que ensinam ali desde os primordios da UFBA.
  • Geofísica - Ninguém conhece aluno desse curso, apesar de pesquisas recentes mostrarem que é uma fusão de Ciências da Computação, Cálculo, Geologia Básica e Física, porque de mês em mês 2 ou 3 nerds são avistados dentro do DA jogando uma versão desatualizado de Pro Evolution e mais recentemente praticando a arte do Dominó. Diz-se que se for implantado o psicoteste na 2ª fase do Vestibular, os candidatos a Geofísica serão os únicos dispensados. Reza a lenda sobre que se você entonar as palavras " Petrobras, dinheiro, concurso" um aluno é magicamente projetado na sua frente. São chegados em uma cachaça para aliviar a depressão pós 5º semestre ( mais conhecido como inferno), onde você abdica da sua vida para ler uma série de livros em inglês e pensar que aprendeu alguma coisa.
  • Geografia - Situado na inferno e habitado por todas as formas de vida, dos estudantes 15% acha que vai mudar o mundo e os outros 35% (os geógrafos se destacam pelo impressionante desempenho na disciplina Complementos de Matemática) esqueceram o motivo. Metade dos estudantes passam o dia no CA reclamando da falta de mulher gostosa e sonhando em entrar para Arquitetura, a outra metade é boiola. Durante o horário de almoço todos se reúnem no refeitório a espera das mulheres de outros cursos (bofes gostosos de outro cursos também), e das loiras de Oceanografia. Além disso há um curso Noturno, que na verdade é um curso para todos os ladrões e estupradores da cidade e boiolas que podem sempre arranjar um celular ultrapassado.
  • Geologia - A rocha pode ser dividida em dois tipos: as rochas terrestres e as rochas humanas (mais conhecidas como cabeças duras). Este curso é bastante técnico. Os calouros tem duas opções de classes, a galera da fumaça(os alunos que não fazem porra nenhuma, a não ser fumar maconha embaixo das arvores; e a galera da cachaça, os alunos que estudam ate alguém falar em regge, ou bar... como lá na UFBA falam nisso a todo momento, eles não estudam). Munidos de pedras para jogar nos professores chatos e nos funcionários que costumam fazer greves, estes representam-se bem na universidade. O IBGE estima que estes alunos são os descendentes diretos dos primeiros habitantes das cavernas brasileiros, devido o seu amor por pedras.
  • História - A história estudada abrange mais de 5.000 anos, mas estes são estudados em apenas 4 ou 5, pra no fim das contas ser professor e ensinar o que aprendeu em 4 em apenas 1 ano... Vida de historiador é Foda! São todos tirados a diretores de cinema. O estereótipo masculino dos estudantes desse curso são: barba grande e fétida, alem de uma surrada sandália havaiana. Já o feminino é: sandália de couro cru e roupas estilo indiana. Detalhe: Nenhuma delas leram os Vedas e o bhagavad-gita.
  • Letras - Curso composto por mulheres adeptas ao Cristianismo/Catolicismo Apostólico Românico e/ou frequentadoras assíduas da Igreja Universal do Reino de Deus. Os homens, geralmente, tendem a habitar o lado colorido da sexualidade. Os que não optam, porém, apresentam níveis intelectual e de masculinidade superiores aos dos homens de todos os outros cursos.

Os professores, em sua grande maioria, são mulheres indignadas com sua falta-de-talento matemático ou frustradas no âmbito sexual e homens que, ao fazer a pós-graduação, se viram na obrigação de ler 3 livros: porém, leram apenas um. E este, por incrível que pareça, foi o único cobrado na prova. Vale ressaltar que as características atribuídas acima dirigem-se, somente, aos professores da área de Linguística. Os da área de Literatura são apenas professores. Frase clássica: "Já leu 'fulaninho'? Tem que ler!!!!!" (com cara de intelectualoide esnobe). Dizem até que lá tem um time bi de futsal, que, para ficar completo, só falta um "Ba". Divide-se em três colegiados: 401, 402, 403 e noturno (não conta). Os do 401, Letras Vernáculas, são bicho-grilo, caracterizados por uma tradicional vestimenta São Lázaro: saias longas, sandálias de couro, barbas e havaianas. 402 são os pobres, que fazem Vernáculas e Lingua Estrangeira ao mesmo tempo para tentar aumentar o salário de merda que vai ganhar. 403, Língua Estrangeira, são os deslumbrados com a vida que sonham em ir para Londres, arrogantes, wannabe cults e indies, quase todos usam all star. Noturno não conta.

  • Matemática - Primeiro eles aprendem a somar. Depois, subtrair, multiplicar e dividir. Depois, eles aprendem a usar uma calculadora, e desconcertados, procuram outro curso. Formado 125% por homens e 97% por mulheres que parecem homens. Esses seres possuem a estranha vontade de decorar PI.
  • Medicina - Os alunos tem Q.I. baixíssimo, e não sabem tocar berimbau. Para resolver o problema, serão implementadas novas matérias no currículo: Berimbau I, II, III, e Introdução a Instrumentos de mais de um Corda, que é opcional por ser difícil demais. O curso conta com aparelhagem de ponta, todos os instrumentos foram comprados 200 anos atrás, quando o curso foi fundado.
  • Museologia - Não foi encontrado nenhum ser em pleno estado de espírito que se afirma como estudante desse curso. AHHH!!!!!!!!!!!.... têm duas participantes do D.A. que têm cara de chincheiras, mas são gostosas.
  • Nutrição - O banheiro masculino do prédio de nutrição é mais limpo que o da sua casa.
  • Oceanografia - 95% não sabem o que significa oceanografia, 99% acham os golfinhos lindos e as baleias animais fascinantes. O CAOS, o nome já diz tudo, é governado pelas mesmas pessoas há 700 anos. É a maior ditadura imperial na historia recente da UFBA, 30% fumam maconha, 98% deveriam estar fazendo biologia.

Ninguém sabe ao certo se esse curso se encontra na área de exatas ou biológicas, pois apesar de se encontrar na área 1 no site da Ufba, curiosamente a segunda fase do vestibular tem Biologia, e não tem Matemática. 95% não sabia que tinha Cálculo e Física como matérias obrigatórias antes de entrarem no curso, 98% desistem do curso, 0,01% insistem em responder que sabem exatamente o que fazer depois de formados. 300% acha que vai ficar rico e ir trabalhar na Austrália, 57% tem certeza que vai ser feliz estudando seres estranhos que quase não se mexem, o restante (aproximadamente 203,5%) escolheu oceanografia de última hora ou faz porque o papai tem dinheiro pra dar um barquinho de presente, além do carrinho e do apartamentinho. As turmas mais antigas curiosamente se resumem a uma ou duas pessoas.

  • Odontologia - Seja bem-vindo a faculdade de OONTOLOGIA.. a ausência de um "D" e de recursos para consertarem o tão carente prédio da FOUFBA começam a dar as primeiras boas-vindas aos calouros de odonto da nossa tão amada FUBá!

80% mulheres, 10% gays, 10% homens que queriam Medicina e acabaram não passando. É o curso que possui as mulheres mais bonitas de toda a UFBA. Portanto, as festas de lá sempre contam com muitos homens de diversos cursos tentando descolar uma dentista, mas acabam saindo, em geral, sem pegar ninguém.

  • Pedagogia - "Fique quieto menino, ou vou te quebrar na porrada e colocar você de castigo por 1 mês, sem água e comida!".

99% são mulheres e o resto estão para chegar. Lá são lecionadas as disciplinas: Como Maltratar seus Aluninhos, Tópicos especiais reclamar salário 1 e 2, Teoria do Castigo, Introdução a Técnicas de Tortura 1 e 2, Alunos também são gente 1, Psicologia para quem já matou seu aluninho,Musicas Infantis 1,2 e 3, Esconde-esconde, Cirandinha 1 e Amarelinha. Além de grupos de pesquisa, cujo foco está nas biografias de Adolf Hitler e ACM.

  • Psicologia -

70% de mulheres(piriguetes-NÃO, FINAS,EDUCADAS,INTELIGENTÍSSIMAS- em sua maioria ávidas por ca$amento com um ótario bem nascido), 25% de homens e os outros 5% não souberam responder a pergunta pois "nunca foram bons em matemática (???)". ÁVIDAS POR UM CASAMENTO COM UM PSIQUIATRA LINDO QUE POSSA ABRIR UM CONSULTÓRIO JUNTO COM ELA. AÍ FUDEU,ELA TÁ RICA. Apesar de ser de humanas, o curso é formado basicamente por pessoas desinteressadas com política, sociedade- NÃOOOO! AS PSICÓLOGAS SÃO SERES SUPER SOCIÁVEIS! e essas bobagens, o importante é o show do "ANITTA" que vai ter no sábado, e compras no shopping SHOPPING CENTER LAPA,JÁ QUE NÃO TEM MUITA GRANA. Há muito tempo atrás era um curso que tinha um corpo discente com um corpo decente, mas hoje em dia essa média de garotas bonitas vem reduzindo, o que nos faz pensar: qual a importância da psicologia agora, se já não tem mais as gostosas? Boa pergunta.
  • Saúde Coletiva(novo)* - Curso novo ,e ninguém sabe o que é! É uma especialização da área de saúde que virou graduação.Invenção do reitor (Naomar) que estuda os temas da área.Mas o verdadeiro sentido da criação do curso foi dizer que na

época na qual ele era reitor criou vários cursos.Quando formados vão lutar pela saúde pública,tentando gerir os minimos recursos para um hospital .São conhecidos os "socialistas da saúde" mas na verdade não fazem nada.

  • Sociologia - É de lá que saem os intelectuais e comunistas deste estado.E que, atualmente, estão desfrutando dos cargos inventados pela estrutura e pelo regime Wagnerianistapetista.Qaundo acabar a onda petista e comunista (não vai demorar muito)eles retornam para o curso para estudarem a obra "Marx Depois do Óbvio Lulante-Wagnerisssssssssssmo".
  • Teatro - São uns verdadeiros atores. Fingem que estudam, mas na verdade ficam batendo palminha e fazendo brincadeiras idiotas durante as aulas. Peça que é bom, nadaaa!
  • Veterinária - Responsáveis por 357% de todos os animais exóticos (ou não) que habitam o campus de Ondina. Bodes, Tamanduás, Sariguês, Jararacas, Macacos albinos, Ovelhas, Vacas, Touros etc. são vistos, frequentemente, pastando nos campos próximos à escada da Politécnica ou devorando os livros da Biblioteca Central. A cantina da escola de veterinária fica extremamente lotada na hora do almoço. O CAFA, que se localiza ao lado da xérox, é o ponto de encontro de todos os alunos de Veterinária que não tem o que fazer, ou que moram tão longe da UFBa que precisam levar suas marmitas pra esquentar no microondas de última geração, utilizado por Dercy Gonçalves em sua mocidade para esquentar a sua cera de depilação, e não se sabe quem diabos o levou pra lá, ele simplesmente surgiu do nada em uma manha como outra qualquer, e há relatos de que a radiação gerada por esse microondas causa mutações nos alimentos esquentados nele. Os alunos de veterinária são obrigados a dividir o campus com os calouros de zootecnia, apesar de nunca serem vistos e terem existência duvidosa (VIDE ACRE).
  • Biotecnologia (novo) - Na verdade Bioterrorismo, a Universidade já faz acordo de intercambio com Afeganistão, Israel, Cazaquistão, Coreia e Iraque. Na grade curricular existem matérias como: Toxicologia de Massas, Anticultura americana, Envenenamento por agentes biológicos nível A, Fundamentos do terrorismo molecular, Tópicos em Microbiologia de armas biológicas. O curso foi criado por que na inspeção do curso de farmácia verificaram que eles só sabiam fazer perfumes e não estavam preparados para receber incentivo internacional da OMBB (Organização mundial de Biobombas). O presidente da organização Alad Maloch fez um comentário onde afirmava a área como promissora visto que a máfia italiana vai investir também na área com o “Parco biotecnologgico D’Itália”.
  • Serviço Social (novo) - Este é o curso mais necessitado da UFBA. Como não foi planejado, não têm nada e sobrevive de caridade do Instituto de Psicologia. Neste curso todos caminham bastante entre favelas e vivem pedindo coisas a outras cursos.

Educação Física: É de longe o curso mais esquizofrênico da UFBA.Composto por uma gama de ex-atletas frustrados, ex-gordos e aspirantes a abrir uma acedemia.Os estudantes são tuaregues que vagam por todos os campus, sem faculdade definida e usam a piscina do "Isbinha " para aprender a nadar - a poça que se forma na esca da Politecnica também é útil. Sob o domínio da Margareth Thatcher brasileira e irmã de nosso goleiro da seleção de 1994, Celi Zulke Taffarel é tão promissor que os menos lesados entram para o LABORATÓRIO DE ESTUDOS E PESQUISAS MARXISTAS (LEMARX)e se filiam aos partidos políticos.

Eventos[editar]

  • Recepção Calourosa - Ocorre uma vez no ano mesmo sem a autorização da SUCOM. Nesse evento vários stands são expostos para mostrar o que os grupos de pesquisas fizeram durante o ano anterior, ou seja, nada. Nesse evento também é entregue aos calouros o Kit Calouro com a Mochilinha Calouro que tem a principal função de identificar os calouros para facilitar os alvos dos trotes. É facilmente visualizada num raio de 50 km pela corrente de fumaça ascendente que faz com que os urubus que se arriscam a passar muito perto fiquem subitamente relaxados, causando alguns transtornos no bairro de Ondina ao caírem em redes de alta tensão ou se chocarem com janelas e automóveis desavisados.
  • Facom Fest - Acontece toda a sexta feira na FACOM. Há boatos que é possível ver a fumaça da Facom Fest de alguns pontos da cidade como Ribeira e Farol de Itapuã. 69% ds mulheres são lésbicas, as outras "estão pra chegar".
  • Facom Som - Popular festival de música alternativa gratuito promovido pela Produtora Júnior, empresa júnior de comunicação, que junta mais de 2 mil pessoas por edição. Ah, e claro, todos os indies e as groupies de Salvador aparecem por lá.
  • Musicomp - Festa onde os nerds do curso de Computação se encontram para discutir sobre processadores e memórias. Festa regada a muito refrigerante e música em 8 bits (Não sabe o que é isso? Nem eu, é coisa de nerd, joga no Google para ver se descobre). Segundo contam, em um Musicomp rolou até mulher, mas era a baiana do acarajé.
  • Bar da Moita - Evento que ocorria nas sextas na biologia, entre os anos de 2007 e 2008, idealizado por amantes de pererecas, e frequentados por alunos do Instituto de Matemática que iam em busca do leilão de revistas Playboy.
  • Adm Bar - "Organizado" uma ou duas vezes por semestre na Eaufba, é conhecido por reunir todas as tribos menos os estudantes de administração, que jamais largariam as festas de Sauípe ou de Madri para estar na Bahia. É o farol de esperança das estudantes de secretariado executivo, que comparecem para tentar laçar um administrador(a) rico e dar o golpe da barriga - em geral, toda vez que pegam alguém é um falido estudante de economia disfarçado.
  • Forró de Farmacia - Festa de São João que acontece umas 7 vezes durante o ano, no estacionamento da Faculdade de Farmacia(únicos eventos em que este lugar é utilizado, já que nenhum aluno ou professor da faculdade possui carro próprio) e como toda festa Junina(do mês de Junho) na Bahia Ocorre nos meses de Abril, Maio, Junho e Julho. Não é cobrada ingresso, a cerveja custa R$1,50; em cada noite mais de 4 bandas(geralmente formada por alunos petistas, cabeludos, pseudo-intelectuais e que fumam maconha) se apresentam, sendo nenhuma delas propriamente de forró, mas sim forró-pop, forró-rock, forró-axé, forró-arrocha, forró-ópera... Frequentada por alunos de Filosófia, Música, Geofísica, Biologia e os organizadores do D.A de Farmácia. Ninguém dança forró em casal, ninguém conhece ou entende as letras das músicas cantadas, mas todos que vão dizem que foi a melhor progamação do final de semana e prometem ir ná próxima.
  • Feijoada de Contábeis - E quem disse que Contábeis não tem festa? Bommm a festa acontece todo início de semestre com objetivo de interagir os calouros. Mas na última só apareceram 3. O feijão dormido tem uma cara boa, só que 100% dos que comeram a feijoada tiveram dor de barriga no dia seguinte... Diante disso, os organizadores resolveram trocar o feijão pelo churrasco.É a única Feijoada onde o prato principal é um churrasco. Advertência: o churrasco não é recomendado p hipertensos.
  • Arrasta Pet - Forró organizado pelos pesquisadores de extensão de letras com a intenção de tomar mais dinheiro dos estudantes comuns e fingir que os participantes do PET não se acham superiores. O forró é estranho, sai de um sonzinho pré-histórico e os estudantes de letras vão para poder beber, sair do armário e puxar o saco dos professores afim de serem chamados para os grupos de pesquisa.

Curiosidades[editar]

  • Quando não está em greve está parada!
  • O Pavilhão de Aulas da Federação (PAF) fica em Ondina... Mas como fica feio dizer que "Vai descer pro PAO", o nome ficou deslocado.
  • O Pavilhão de Aulas da Federação (PAF) é também conhecido por Pavilhão de Aulas da Floresta.
  • Existem matérias extra-curriculares para todos estudantes, tais como Dominó I, II e III (o III é para quem já passou na matéria sobre as leis das (cos)senas), Táticas avançadas de Dominó (com Mestrado em Buchada), Baralho I, II e III e Táticas Avançadas do Baralho. Algumas são específicas para certos cursos, como Patiologia I e II, e o mais procurado de todos, Enrolamnto de Baseado I, II, III e IV, estas são exclusivas para os alunos de São Lázaro, embora alunos de outros cursos se interessem e acabem cursando como ouvintes, fumantes, cheirantes, etc.
  • Pesquisas revelaram que os alunos de São Lázaro que se saem melhor nas disciplinas de Enrolamento de Baseado, são aqueles que normalmente retornam a universidade depois de formados para serem os futuros professores.
Dragão de Komodo, animal típico da UFBA, vive geralmente próximo ao IM.
  • Foram catalogados 4.523 gatos (dos quais 3470 são aleijados de uma das patas e o restante é cego ou surdo por intoxicação das sobras da comida do refeitório do PAF), 348 cachorros, 97 sariguês,28 espécies de micos, 112 aves,incluindo uma galinha preta despenada fugida do despacho que habita o instituto de química (há suspeitas que seja radioativa,por andar pelo instituto de física nuclear,ainda em construçao), 1 codorna, 1 pato, 1 bode e 1 dragão de Komodo habitando a UFBA, todos alimentados pelo professor de Matemática Discreta I e II, Peter Malcom Johnson, vulgo Peter Macintosh. Em tempo, destaca-se a participação ativa de Seu Antônio (do IB-UFBA) na reprodução em massa de gatos. Há suspeitas de se reproduzirem por bipartição, fato provavelmente desencadeado por algum problema de cálculo na cultura desenvolvida por alunos destinada ao cheiramento de gatinhos. Na corrente oposta, destaca-se a participação castrativa de D. Dália, da xerox do Instituto de Letras. As pesquisas constatam que ultimamente os gatos sofreram uma digi-evolução e transformaram-se em cachorros, mas ainda não se sabe se foi um processo espontâneo ou se foi causado pela comida levemente temperada com estranhos ingredientes ou ainda efeito da variação da composição do ar somado com a derivada terceira do quadrado das espécies de parasitas mutantes encontrados nos pelos desses animais. Dizem ainda as más línguas que o sumiço dos gatos deve-se ao recém adquirido vício do Rei-tor No-mar Tubarão Filho. Conta-se que antes de dar uma coletiva, ele estava tão tenso que cheirou sozinho todos os gatinhos. Ficou tão doidão que, na coletiva, prometeu dar um notebook para cada aluno que se matricular nos BI (Bacharelado em PN). Ele ainda prometeu que não vai mais reformar o próprio apartamento com dinheiro da UFBA, mas nada disse sobre futuras aquisições...
  • Na embarcação comandada por D. João VI, havia um estranho bode que, cansado de viver viajando, acabou fugindo da nau, perdendo-se pela Mata Atlântica. Hoje, ele ainda é visto nos arredores por alunos que juram ver esse animal transmutar-se, à noite, tornando-se um zelador que vende maconha. Estranhamente, o bode adquiriu poder de se teletransportar, estando assim em todos os campus ao mesmo tempo. Recentemente, foi visto nas proximidades de Letras, por uma estudante que desabafou " MACONHA DELE EU NÃO COMPRO!"
  • 85,7% das plantas já foram beijadas e/ou abraçados por Taís, professora hippie de Cálculo e por Cidinha (a professora Hippie de Botânica IV - mantenedora de uma plantação atípica de pteridófitas sob o sovaco [chamada carinhosamente de "Rapunzel"]).
  • O Colegiado de Matemática disponibiliza (empurra) a professora Taís como opção (única) em Cálculo A para pobres turmas de calouros, para os quais não há qualquer chance de aprovação ou possibilidade de troca de turma. Ela possui um extenso currículo de reprovação que inclui 394,67% dos alunos que cursaram matéria com ela, pois em prova elaborada por ela a maior nota é a dela mesma - 3,7. Os alunos que porventura são aprovados (empurrados após a Final) adquirem respeito dos demais e ostentam esse feito em seus CVs, grande diferencial numa busca por trabalho.
  • Cidinha também implementou no curso de Farmácia, a partir de 2008.1, o estudo das plantas Fumófitas(Phuphopytas) nas aulas práticas, pioneiro no universo.
  • O campus foi usado como cenário de filmes e séries de tv, como Lost e A Bruxa de Blair.
  • A maioria dos livros da Biblioteca Central foi retirada da antiga biblioteca de Alexandria, da biblioteca de Nínive e uma outra parte foi psicografada por Chico Xavier ou comprada em Sebos antigos.
  • Reza a lenda que alunos do Acre(?) e da Inglaterra estão se alistando inscrevendo para os BIs só para ganhar de brinde um dos laptops. Esta iniciativa é única no mundo inteiro. Uma revolução na educação que não poderia ter outra mente criadora além da de Naomar de Almeida Filho.
  • Dizem que da escada (aquela que liga química aos PAFx)dá para ler o futuro, através da visão colocada frente às árvores da Mata Atlântica. Tal ciência recebe o nome de Bioflorest-verde-mancia.

Ver também[editar]

Ligações externas[editar]


v d e h
Universidades da link={{{3}}} Bahia
Bandeira do Brasil
v d e h
Universidades federais do Brasil

Acre: UFAC · UNIBLAH · UFTSMURF | Alagoas: UFAL | Amapá: UNIFAP | Amazonas: UFAM | Bahia: UFBA · UFRB | Ceará: UFC | Distrito Federal: UnB | Espírito Santo: UFES | Goiás: UFG | Maranhão: UFMA | Mato Grosso: UFMT | Mato Grosso do Sul: UFGD · UFB · UFMS · UFPAN | Minas Gerais: UNIFAL · UNIFEI · UFJF · UFLA · UFMG · UFOP · UFSJ · UFU · UFV · UFTM · UFVJM | Pará: UFPA · UFRA · UFOPA | Paraíba: UFPB · UFCG | Paraná: UFPR · UTFPR | Pernambuco: UFPE · UNIVASF · UFRPE | Piauí: UFPI | Rio de Janeiro: UNIRIO · UFRJ · UFF · UFRRJ · IME | Rio Grande do Norte: UFRN · UFERSA | Rio Grande do Sul: · UFCSPA ·UFRGS · FURG · UNIPAMPA · UFPel · UFSM | Rondônia: UNIR | Roraima: UFRR | Santa Catarina: UFSC | São Paulo: UFSCar · UNIFESP · UFABC · ITA | Sergipe: UFS | Tocantins: UFT