Universidade Federal de Mato Grosso

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Aviso importante: Politicagem aqui NÃO, cazzo!
A Desciclopédia é um site de humor, logo, NINGUÉM aqui se importa com sua opinião sobre o Neoliberalismo, os tucanos ou a privatização. Seja engraçado e não apenas idiota.
60px-Bouncywikilogo.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: Universidade Federal de Mato Grosso.

Cquote1.png É A MELHOR, É A MELHOR! Cquote2.png
Aluno da UFMT sobre Enade
Cquote1.png Eu não fiz. Cquote2.png
Usp sobre Enade
Cquote1.png Nem eu. Cquote2.png
Unicamp sobre Enade
Cquote1.png Você quis dizer: UFMG Cquote2.png
Google sobre UFMT
Cquote1.png Nosso dinheiro bem investido! Cquote2.png
Aluno da UFMT sobre o gabario do Enade
Cquote1.png Odonto? A gente nem tem dente! Cquote2.png
Cuiabano sobre UFMT
Cquote1.png Universidade para os índios Cquote2.png
Lula sobre UFMT
Cquote1.png "Pedra" na geologia??? imagina!! Cquote2.png
ex aluna UFMT
Cquote1.png Tarados na Civil??? sou menino e nunca fui assediado Cquote2.png
estudante da FAET
Cquote1.png Droga no ICHS Cquote2.png
Cogu. ops com certeza mada a ver kkkkkk
Cquote1.png Ritalina na Medicina??? imagina Cquote2.png
estudante internada com overdose no Julio Miller

Cquote1.png La só tem riquinho, estuda não pra você vê Cquote2.png
Professor Oscar do Cuiabavest sobre UFMT

Cquote1.png Desde o cuiabavest, sao mais de 15 mil alunos que ja passaram pela UFMT Cquote2.png
Prefeito da cidade sobre Transporte Coletivo
Cquote1.png Até eu paffo lá Cquote2.png
Lula sobre Como é gostoso passear de rolls royce na UFMT
Cquote1.png O campus da Universidade Federal do Mato é Grosso Cquote2.png
Clodovil sobre UFMT
Cquote1.png Peguei 'Pano Branco' na Piscina? Cquote2.png
Michael Jackson sobre UFMT

UFMT
ufmt.jpg
Logomarca globosatanica
Localização Pela metade da cidade
Clima Tenso
População Tupiguarani
Área Metade da cidade
Densidade Cuiabano não sabe o que é isso.

História[editar]

A União dos Filhinhos-de-papai de Mato Grosso, ou UFMT, foi criada em 10 de dezembro de 1971 através da Lei n.º (5.647-45)+3³ na cidade de cu du capeta Cuiabá (mais conhecida como "O grande buraco que ferve", pois o município possui apenas duas estações durante o ano, verão e inferno, é uma instituição de muito orgulhos pelos nativos cidadãos da cidade. Nesse cenário inicial foram ofertados 11 cursos, entre eles:
Direito
Esquerdo
Do Meio CFC A e B
CFST
CFC pra cabo
Ensino fundamental
Ensino Médio
Superior Normal
Ciências Filosoficas com especialização em viagens emaconhadas
Médico dos animais com especialização em seres cuiabanos
Superior tecnologico normal com duração de 1 ano e 3 meses.

A criação da UFMT foi uma das maiores besteiras da humanidade, já que naquela época nunca havia se ouvido falar do 2º Grau (hoje Ensino Medium) por aquelas bandas do Centro-Oeste. O único grau que o povo da chapa e cruz conhecia era os 45°C, isso quando era de noite.

Voltando ao que interessa, por um bom tempo a UFMT funcionava mais como centro de pesquisa, já que a quantidade de alunos que aparecia por lá ao ano era extremamente insignificante. Havia pesquisa de estupro de calouro, plantação de maconha e muitas outras coisas abomináveis possíveis.

Nas décadas de 70 e 80 até o inicio da década de 90, a quantidade era de apenas 1 aluno matriculado por semestre. Estes candidatos a alunos eram errantes que transitavam pelo sertão do Mato Grosso no tráfico de drogas e, ao acaso, achavam enfim uma oportunidade de serem alguém um dia.

Desses marginais errantes se formaram na UFMT, nas décadas iniciais, alguns advogados, médicos e até um conhecido professor de história, que na UFMT aprendeu tanta scanagem que agora se passa por cuiabano e "trabalha" como político na capital onde fica a UFMT. Nessa mesma leva onde se formou o professor de história safado político formaram-se também os profissionais do caos da saúde pública dos dias de hoje no estado de Mato Grosso.

Na década de 1980 é implantado o Sanatorio Universitário Júlio Müller, onde diversos voluntarios se prontificam para pesquisa em troca de dinheiro. São criados os campi de Roda nos póhlis, do Meridiano do Araguaia e de Sinop (Sindicato dos idiotas não oprimidos). Começa também a oferta de turmas retardadosespeciais de aprendizagem à distância, em diversas cidades e pólos espalhados pelo estado, que nem sabiam até então o que era ensino superior.

A instituição[editar]

Esta faculdade está localizada no meio de um matagal, na cidade verde Cuiabá. Ela também é conhecida como ponto de encontro de maconheiros. No restaurante, a comida é R$ 11,00, mas pra aluno é cobrado apenas R$ 1,00. Mas mesmo a R$ 11,00 muito dos cuiabanos esfomeados vão comer lá, andando até 5 quilômetros, saindo das mais diversas tribos da região. A única vantagem que a UFMT oferece para os cuiabanos é a comida a R$ 11,00 e também os eventos culturais que acontecem de vez em nunca. Os alunos que lá estudam na sua maioria (cerca de 100%) vêm de outros estados, como Tucanotim, Tocantins, Goiás, Mato Grosso do Sul, Migrantes do Rio Gaynde do Sul Mato Grosso do Norte e Distrito Federal. Só não vem alunos do Amazonas, nem de Rondonia pioro do Acre. Como de praxe, na UFMT, assim como pelo resto da cidade, você pode ver jacarés por todos os lados, até mesmo dentro das salas de aulas. A UFMT ajudou muito no crescimento da cidade de Cuiabá, já que a área da mesma é a metade da área da cidade.

Campus[editar]

Hoje em dia a UFMT conta com 4 campus fora de cuiabá, que são:

  • Só o pó Campus de Sinop (UFMT)
  • Pontal do Araguaia (Onde fica isso?)
  • Várzea Grande (a várzea é tão grande que nem campus eles tem)
  • Rondonopolis (conhecido também como Maggipolis)
  • Campus de futebol (onde rola a pelada do fim de semana)

Estrutura[editar]

O inferno universitário abriga também: - a rejeitoria

- as pro-bemfeitorias

- a Biblioteca Central

- o Restaurante Universitário ou R.U.

- o Teatro Universitário

- a TV Universitária

- o Centro de Processamento de Dados, onde á possível ter amostras de RPG

- o zoológico, com amostras de Cuiabanos, Poconoeanos e outros seres bestiais como manadas de veados, originados do sul do país.

- o complexo esportivo, complexo de Golgi, complexo de inferioridade, complexo de Édipo (o que num faltam são complexos)

- o Hospital Geral e Pronto Socorro Municipal Veterinário

- a editora universitária (a EdUFMT)

- o centro escultural

- o Museu Rondão, no dialeto dos cuiabanos sendo pronunciado Rondon

- o Museu do Arte Popular, e mais esculturas.

- Em Cuiabá também fica a fazenda experimental, onde pode ser degustado o melhor da cultura gastronomica.

A UFMT também conta com o bloco da FAET - Faculdade dos Arquitetos viados e Engenheiros Tarados, que tem a Rodoviária, que na verdade não tem nada a ver com rodoviária, pois não tem como entrar nenhum tipo de veículo, onde os estudantes se encontram para matar aula, jogar magic e truco e fumar maconha.


Atração do povo da biologia, que cuida do zoológico que é uma beleza, pode ser vista nessa sessão de massoterapia, que a Faculdade de Massagistas oferta também aos animais:

R. U. ou Restaurante Universitário[editar]

COMIDA À LA CARTE POR APENAS 1 REAL É AQUI!!!
O Restaurante universitário foi uma das grandes inovações para o desenvolvimento psicosocial-cuiabanase. Isso por que a proposta gastronômica é a inclusão de ingredientes incomuns da culinária nacional, com ingredientes todos importados da Malásia somando com o convencional da comida brasileira. Os estudantes não chamam pelas letra R e depois o U, mais sim pelo som ruuuu.
Os ingredientes excepcionais são:
- Pentelhus Fritus
- fiosdofiofolatos
- Pedregulhitês de France
- Baratus mortus
- Crostus de Panelus
- Pelus Gatus

Alguns Pratos
- Prato Fundo
- Prato Raso
- Bandeja do quartel

Comidas que são servidas
Carnes
- Carne a portuguessa
- Carne moida com isca de Ovo
- Bife a la Rambo
- Geleia de Carne moida
- Gatus Felix
- Miaus empanados

Aves
- Bobó de Pele
- Estrgadosnoff de Cartilagem
- BaBa de Frango

Acompanhamanetos
- Arroz com Resto Arroz Boliviano ou arroz enrriquecido
- Isca de batata com queijo
- Batata banhada a òleo
- Feijao com osso, ou, Feijao com pedras soutê
- Arroz a La Tijolu

- Salada de água-pé

Outros pratos:
-Tuiuiu assado (prato ecologico)

-e como resultado da alta quantidade de salito que é adicionada a comida você entra em regime forçado, pois depois de almoçar a comida continua conversando com você fazendo com que você dispense a janta, o que ainda te garante 1 real de economia para fins alternativos.

Café da manhã:
A partir das últimas gestões, e em função da demanda principalmente pelos estudantes, o café da manhã, oferecido a R$0,25, contém: - Toddynho da marca Nene: responsável por efeitos sonoros e olfativos na primeira aula do dia. - Pão com manteiga e geleia de avião.

Dia dia da UFMT[editar]

Sinalização Adeqüada
A UFMT se preocupa com o bem estar dos aleijados portadores de deficiência física
Zoologico
Pelo menos o Zoo é bem sinalizado

DCE[editar]

O DCE é atualmente presidido pelo Partido dos Operários Sem Causa (POSCA), Partido dos Miseráveis Sem Aula (PAMSA), coligados com o Partido Sacana dos Trabalhadores Inúteis (PSTI), o Partido Bacanal (PBAL), o Partido Unido das Trabalhadoras Alternativas do Sexo (PUTAS), o Partido Operário Sindicalizado do Curral Revolucionário (POSCR), o Partido Comodista Brasileiro (PCB), Partido do Comando Vermelho(PCV), Primeiro Comando da Capital(PCC), Partido dos Maconheiros Grevistas (PAMG), Partido dos Professores Grevistas (PPG) e o Partido Unificador dos Trabalhadores Analfabetos (PUTA). A oposição do DCE conta com o grupo apolítico politizado do Movimento Sem Rumo (MSR) que conta com diversos maconheiros---- estudantes que reprovam constantemente para continuarem na universidade sendo bancados pelo papai e pela mamãe, além das bolsas que conseguem pela reitoria para que façam menos de 5 quebras-paus por mês. A oposição aos dois últimos grupos é composta por aquele grupinho de alunos apolitizados que matam aula de manhã porque ficaram jogando playstation até de madrugada e que depois que se graduam aparecem na televisão se candidatando aos cargos políticos de maior interesse econômico, pagando de seres sabedores de política.

Fatos Bizarros[editar]

No ano de 2007 aconteceram coisas terríveis. Devido ao aquecimento global, as forças da natureza se revoltaram e coisas bizarras foram acontecendo pelo mundo. E na UFMT não foi diferente. Meia dúzia de alunos cúdiabanos cuiabanos passaram no vestibular da UFMT, mas apenas um teve capacidade de concluir a matricula, porque os cuiabanos não sabiam o dia de fazer a matricula caso passassem. Com a aprovação e matricula deste único aluno, o safado prefeito da cidade onde está localizado o Campus determinou feriado nacional, e anunciou em todas as mídias mais importantes de comunicação do mundo, como a TV BLOBO e o Portal DEsciclopedia da rede Desciclomidia, sobre o ocorrido. Outra medida importante, além de dar mais um dia de folga pros cuiabanos preguiçosos, é o estímulo para os cuiabanos fazerem o vestibular, pagando meia entrada para quem estuda no Cuiabavest.

Lendas[editar]

                                                                     A lenda das abduções

Muitas pessoas dizem ser abduzidas por ET's na UFMT, relatam que quando realmente conseguem ver a fisionomia extremamente brilhante desses seres apagam completamente e acordam somente depois de muito tempo em um lugar totalmente diferente, as principais aparições ocorrem no estacionamento atrás da biblioteca.

                                                                     A lenda do Campim

Dizem os mais antigos que os professores de alguns cursos abduzem os alunos para cometerem rituais satânicos de queima de capim sagrado.

                                                                      A lenda do Gatos

Rez a Lenda que as pessoas que jubilam em seus cursos (passam mais tempo pra concluir do que o permitido) viram gatos e ficam perambulando pelo campus, o que justifica a presença de tantos.

                                                              A lenda do RU, o cozinheiro psicopata

Certo dia em uma data remota uma aluna encontrou um pedaço de dedo humano no meio da comida do RU, assustada com o fato intrigante, deu piti e escandalosamente esperneou no meio do restaurate universitário chamando atenção dos seguranças que acionou a polifia federal, após a investigação descobriu-se que se tratava de um cozinheiro serial killer que esquartejava suas vítimas e jogava no meio da comida do RU para esconder as provas do crime.

Corrupção[editar]

Sim, na UFMT não é diferente da demais universidades. Agora a instituição está abrindo filiais pra todo lado, pra ficar mais fácil desviar verba. Não pensem que o assassinato dos pró-reitores em Rondonópolis no final de 2007 foi por causa de troco do picolé não. Enquanto isso, os alunos que lá estudam pegam doenças como o tétano, hepatite e até Wiite, doenças causada por causa da falta de investimento de infra-estrutura pois na UFMT os alunos nem tem água potável pra beber.

Outra lenda suburbana que percorre os corredores dessa famosa universidade é o fato de a atual reitora eleita seja filha da ditadura militar. Mas depois do resultado da eleição isso deixou de ser lenda e passou a ser fato. Até o almofadinha do Alexandre César do PT apareceu na apuração dos votos (que levou seis dias, isso com urna eltrônica) com uma mala de dinheiro e pagou a todos os mesários e fiscais para que visessem vista-grossa do resultado.

Resultado? A ditadora venceu de maneira vergonhosa, mas dizem ela se transforma em bruxa e mata alunos que usam drogas no campus. Meus Deus , a universidade vai ficar sem alunos.

Esportes[editar]

Dentre os esportes preferido dos alunos, os mais praticados são o truco e o enterro de cadáveres. Maratona da Travessia Mortal, praticado pelos alunos do IL e ICHS onde enfrentam o sol do meio dia para almoçar no Restaurante Universitário, este nome peculiar foi dado por que a maratona é iniciada quando o estômago ronca, à partir dali você é obrigado a correr uma distância de vários quilômetros de sol e animais selvagens, antes que a fome, sol, desidratação ou um daqueles felinos do demo te mate. Há quem diga que o recordista conseguiu completar uma vez e meia a prova (até ficar com fome, desidratado, pegar câncer de pele, morrer carbonizado pelo sol e servir de ração para os tais felinos). Quanto aos esportes dos professores, a preferida é a modalidade permanecimento em distância de aulas, uns a 1 km (em casa) e outros a 100 ou 200 km, com "justificativas" de que estariam fazendo mestrado, mas na verdade só estão prolongando das férias nas pescarias do Pantanal.

On-Line[editar]

Existe existe varias paginas e sites sobre a UFMT que mostram detalhes sobre o campus, há mais importante é a da própria universidade, onde tudo o que você precisar não é lá que vai encontrar. Nem seu próprio brasão você encontra em um site confiável. Também há o siga, onde você (com a misericórdia de Deus) consegue refazer sua matriculais pois ou está em manutenção ou está travado. Também existe uma pagina chamada de VNME-Você não sabe nem eu, onde todo mundo da palpite sobre todo mundo anonimamente, lá além putaria ocorre "informação", como de bichos nas saladas do RU.

Bandeira do Brasil
v d e h
Universidades federais do Brasil

Acre: UFAC · UNIBLAH · UFTSMURF | Alagoas: UFAL | Amapá: UNIFAP | Amazonas: UFAM | Bahia: UFBA · UFRB | Ceará: UFC | Distrito Federal: UnB | Espírito Santo: UFES | Goiás: UFG | Maranhão: UFMA | Mato Grosso: UFMT | Mato Grosso do Sul: UFGD · UFB · UFMS · UFPAN | Minas Gerais: UNIFAL · UNIFEI · UFJF · UFLA · UFMG · UFOP · UFSJ · UFU · UFV · UFTM · UFVJM | Pará: UFPA · UFRA · UFOPA | Paraíba: UFPB · UFCG | Paraná: UFPR · UTFPR | Pernambuco: UFPE · UNIVASF · UFRPE | Piauí: UFPI | Rio de Janeiro: UNIRIO · UFRJ · UFF · UFRRJ · IME | Rio Grande do Norte: UFRN · UFERSA | Rio Grande do Sul: · UFCSPA ·UFRGS · FURG · UNIPAMPA · UFPel · UFSM | Rondônia: UNIR | Roraima: UFRR | Santa Catarina: UFSC | São Paulo: UFSCar · UNIFESP · UFABC · ITA | Sergipe: UFS | Tocantins: UFT

Como você está mal com sua vida a UFMT que é um centro de referencia para o Brasil, de muitas coisas boas, você deve estar Broxa em tudo.