Urbanismo Planejado de La Chaux-de-Fonds e Le Locle

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Urbanismo Planejado de La Chaux-de-Fonds e Le Locle é um tradicional pedaço da França na Suíça muito conhecido na Europa pela paisagem cultural que lembra uma aldeia feudal misturada com prédios em arte moderna do século XXII, proporcionando uma experiência única em arquitetura nouveau, mas o atrativo mesmo são aquelas loiras de suspensórios.

La Chaux-de-Fonds e Le Locle foram incluídas como patrimônio mundial por representarem o mais tradicional ramo de relógios cucos artesanais.

La Chaux-de-Fonds[editar]

Um típico habitante de La Chaux-de-Fonds.

Tradicional cidadezinha suíça, o seu nome que vem do francês significa "O caldo do fondue". Essa cidade com nome de queijo é responsável pela produção de 90% dos relógios artesanais do mundo, lá existe até relógio feito de queijo. Durante séculos, foi apenas uma vila qualquer nas montanhas, habitada por aqueles tiozinhos de bigode que passeavam pelos vales gritando "Ioeleriuuuu!". Ela permaneceu assim até o dia que criaram a Suíça, daí a cidade foi separada da França.

Destaca-se por seu urbanismo planejado, onde indústrias de relógios dividem espaço com casas, restaurantes de tira-gostos, bancos e cabarés. Tudo num mesmo complexo de portas e escadas. Algo jamais visto no resto do mundo.

No século XIX, ficou famosa por ter servido de estudo do proletariado pelo filósofo marxista Karl Marx, que atingiu a conclusão que é possível transformar pessoas em robôs: claro, todos os habitantes de La Chaux-de-Fonds não fazem nada além de construir minuciosos relógios, comer queijo no almoço, construir mais relógios, comer chocolate no jantar, construir mais relógios e comer as esposas antes de dormir. Sem mencionar o fato de que todas essas atividades são cronometradas.

Le Locle[editar]

Cidade que parece uma cópia idêntica de La Chaux-de-Fonds, só que mais fudida e desconhecida. É como se fosse Araguari em comparação com Uberlândia. Mas o povo insiste em usar aqueles bigodes, chapéus e suspensórios.

É considerada a cidade com o maior número de vendedores de rolex por metro quadrado, e por isso foi incluída junto com La Chaux-de-Fonds como patrimônio mundial.