Urotsukidoji

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.


Urotsukidoji
超神伝説うろつき童子
A lenda do demonio.jpg
O DVD, comigo é 10 conto
Gênero Guro, Hentai, Seinen
Mangá
Autor Toshio Maeda
Divulgação Shueisha
Onde sai Nas bancas
Primeira publicação 1986
N° de volumes 6
Anime
Dirigido por Hideki Takayama
Estúdio West Cape, Team Mu
Onde passa Japão, Brasil, EUA
Primeira exibição 1987
N° de episódios 16
Filmes
OVAs

Cquote1.png Você quis dizer: A Lenda do Demônio Cquote2.png
Google sobre Urotsukidoji

Demitri-dr.gif

Urotsukidoji é um clássico anime de horror e putaria, muito conhecido inclusive pelos brasileiros, pois foi bastante exibido nos anos 90 durante o Cine Band Privé. Acredite, eu não estou mentindo ainda.

Visão geral e exibição no Brasil[editar]

Um dos muitos bichinhos fofinhos presentes no anime.

Baseado em um mangá escrito por algum tarado cujo nome não interessa, Urotsukidoji na verdade é um OVA composto por seis séries que somam 16 episódios no total, exibidos no Japão entre 1987 e 1995.

O primeiro OVA não demorou para chegar ao Brasil e recebeu o título nacional de A Lenda do Demônio. Porém, naquela época, qualquer desenho animado era considerado produto infantil, então como diabos lançar um hentai dublado?

A solução foi exibi-lo aleatoriamente nas madrugadas da Band, que sempre passava alguma pornochanchada escrota nesse horário aos sábados para entreter os onanistas pobres sem internet ou televisão por assinatura.

A audiência de Urotsukidoji na Band foi bem satisfatória, tanto que o anime foi reprisado várias vezes e todos pensavam que tratava-se apenas de um filme, porque o restante da série nunca veio para o Brasil graças à censura, que proibiu sua exibição quando descobriu que um desenho tão vil e demoníaco vinha sendo vinculado em nosso inocente e casto país.

História[editar]

Em Urotsukidoji, existem três mundos: o dos humanos, que é este onde vivemos; o dos monstros, que é onde vivem os youkais e o das trevas, que é o inferno. Os dois últimos acreditam em uma lenda que diz que um deus supremo renasce na Terra a cada 3000 anos para unir os três mundos em um só.

Como toda crença, alguns são a favor e outros são contra. Portanto, habitantes dos mundos dos monstros e das trevas dirigem-se ao mundo dos humanos a fim de encontrar o tal deus supremo, alguns para impedirem seu surgimento e outros para protegê-lo.

Colégio Myojin[editar]

Olha o Ozaki aí. Cquote1.png Lindo, lindoooo! Cquote2.png
Nagumo sem vergonham! Cquote1.png Fap, fap, fap, fap Cquote2.png

É aqui que a história realmente começa. Está acontecendo uma partida de basquete e Ozaki, o galã do time, leva a plateia feminina à loucura enquanto faz uma cesta atrás da outra. Em meio a tantas putas, o novo aluno Jack Amano observa atentamente cada movimento do bonitão, mas sem fazer escândalo. Seria ele um gay enrustido?

Enquanto isso, o punheteiro Tatsuo Nagumo observa escondido as meninas trocando de roupa no vestiário. Até que ele estava conseguindo ser bem discreto, mas é só sua musa Akemi Ito aparecer e tirar a calcinha que Nagumo se descontrola e bate uma punheta tão furiosa que até um surdo seria capaz de ouvir. Antes de ser pego no flagra pela própria Akemi e suas amigas, ele consegue se camuflar a tempo entre as bolas de vôlei.

Ozaki percebe a sem vergonhice que Nagumo estava fazendo e arremessa de propósito a bola de basquete em direção às de vôlei, acertando a cara do infeliz e fazendo-lhe um corte na bochecha. Para não deixar dúvidas de que é um baita cínico filho da puta, Ozaki pede desculpas a Nagumo, diz que foi querer e, em um ato de extrema putice, lambe o corte provocado por ele mesmo e o chama de gatinho.

Em seguida, o ginásio inteiro começa a rir e debochar de Nagumo, inclusive Akemi. WTF? Foi Ozaki quem o lambeu e ainda por cima passou uma cantada escrota nele! Desde quando levar uma bolada é pior do que colocar sua masculinidade em dúvida quando se é o pegador do colégio?

O primeiro demônio[editar]

Não vai imitar o Nagumo, hein!?
Até porque ele se arrependeu depois... Ou não.

Já recuperado da vergonha que passou, Nagumo observa sua professora Togami com cara de quem não caga há uma semana e decide segui-la, na esperança de flagrá-la defecando e bater outra bronha. Sim, japoneses tem fetiches estranhos...

Mas a professora gostosa não vai ao banheiro, mas sim ao encontro de Akemi e pede para que a garota acompanhe-a até sua sala. Melhor ainda! Parece que Nagumo vai presenciar uma cena de lesbianismo! Aparentemente, é o que acontece, pois Togami começa a beijar Akemi à força e arranca suas roupas... Com a força do pensamento?!

Muito assustado e ao mesmo tempo muito excitado, Nagumo fica sem saber o que fazer, até que do nada aparece Amano e começa a espiar também, provando que não é gay porra nenhuma. Os dois começam a brigar pela fresta da porta e, de repente, Togami se transforma em um bicho feio com tentáculos saindo pelo corpo todo e enfia-os em todos os buracos possíveis de Akemi.

Nisso, Amano revela que também não é um ser humano e trava uma luta ridícula com Togami, retalhando-a facilmente e dizendo que Ozaki é o deus supremo. Nagumo ficou apenas assistindo toda a esbórnia com cara de cu, mas Akemi, que havia desmaiado, acha que foi salva por ele e o abraça nua, ficando milagrosamente apaixonada e provando que é uma vagabunda interesseira.

Novos monstros[editar]

Cquote1.png Akemi, eu preciso falar com você. Cquote2.png
Epa, a conversa tá ficando boa!
Parece que essa professora tem muito o que ensinar...

Após o incidente com Togami, Akemi e Nagumo saem para um romântico encontro no parque, onde ambos ficam mentindo para si mesmos que Akemi nunca sofreu nenhum estupro por tentaculofilia e Nagumo ainda promete que sempre irá protegê-la, mesmo sendo um loser completo.

Amano, por sua vez, recebe a visita de sua irmã Megumi e seu servo Kuroko, que assim como ele, vieram procurar o deus supremo. Amano conta que já o encontrou, mas Megumi não dá bola e aposta com ele que o encontrará primeiro. Amano aceita, pois está crente de que o dito cujo é Ozaki, o qual ele vai espionar junto com Kuroko.

Já Megumi segue seu faro (literalmente) e chega até Akemi e Nagumo, que segundo ela, tem o odor do deus supremo e sua experiência inalando substâncias ilícitas lhe ensinou que cheiros não mentem. Após ser assediada por um otário, Megumi decide fazer o mesmo com Nagumo para ver se ele desperta seus poderes sobrenaturais, mas só o que consegue é despertar a fúria de Akemi, que vai embora. Nagumo vai atrás dela, mas para no meio da rua e pensa se não valeria a pena voltar e transar com Megumi, que é bem mais gostosa. Ele não chega a tomar sua decisão, porque é atropelado.

Amano e Kuroko, enquanto isso, observam Ozaki, que está em seu apartamento com três vadias peladas e doidas para serem comidas por ele, que não consegue esquecer da lambida inesquecível que deu em Nagumo e por isso não dá a mínima para elas. Antes mesmo que ele pudesse pensar em mudar de ideia, dois demônios invadem o local e deixam as vadias em pedacinhos, mencionando o fato de Ozaki ser o deus supremo. Como bom macho que é, ele sai correndo e gritando desesperadamente, enquanto é perseguido pelos demos.

Amano vibra com a situação, pois tem certeza de que Ozaki enfim vai despertar o deus supremo que existe dentro dele. De fato, o rapaz se transforma em um demônio e destrói os outros dois, mas logo depois volta a ser humano e morre incinerado.

Cagando e andando para a vida de Ozaki, Amano só fica inconformado com o fato de ter errado seu palpite sobre o deus supremo. Kuroko então diz que, se alguém receber diretamente sangue ou sêmen do mesmo, pode adquirir seus poderes durante um curto período, mas logo morrerá por não ser capaz de suportá-los.

É então que Amano lembra-se da lambida extremamente homossexual que Ozaki deu na bochecha cortada de Nagumo e chega à conclusão de que o deus supremo é aquele em quem Megumi depositou suas fichas.

A ressurreição[editar]

Nagumo morrendo atropelado.
Nagumo percebendo que ressuscitou.
Cquote1.png A-KE-MI! Amiga, você nem sabe quem voltou... Maior babado, fofa! Cquote2.png
Amano contando sobre a ressureição de Nagumo para Akemi
Cquote1.png Já que está vivo, agora você vai se ver comigo! Cquote2.png
Akemi querendo tirar satisfações com Nagumo sobre Megumi

No hospital, Nagumo é dado como morto. Todos deixam a sala em que seu corpo se encontra, exceto uma enfermeira, que convenientemente, é uma puta gostosa. Mais convenientemente ainda, ela deixa cair sua caneta, que rola até a maca onde está Nagumo. Sem maiores problemas, ela abaixa-se para pegar o objeto, mas ao levantar-se, alguém segura seu braço. OMG, Nagumo está vivo! Não, espere... Ele está diferente! Ele está parecendo com isto! Ah não, desculpa, isso foi logo depois de ser atropelado. Ele agora está parecendo com ISTO!

Nagumo (ou seja lá o que ele se tornou) joga a enfermeira contra a parede, rasga sua roupa e a estupra, enquanto fica murmurando com voz cavernosa que ela é sua primeira mulher em 3000 anos. Que seca, hein! A profissional da saúde, no entanto, não aguentou o tranco, e explodiu durante o sexo.

De volta ao colégio Myojin, estão todos comentando sobre as mortes de Nagumo e Ozaki. A professora Togami devia ser muito odiada por sinal, já que ninguém se preocupou em mencioná-la.

Mas nem todos estão tristes com a perda dos alunos: Niki, colega de Akemi que é apaixonado por ela e odiava a dupla de falecidos, finalmente toma coragem para dar em cima da moça e decide convidá-la para um show no fim da aula.

Porém, Amano aparece na saída e revela a Akemi que Nagumo está bem. Milagrosamente, este surge correndo em sua direção totalmente normal, e Akemi vai toda serelepe ao seu encontro. Niki tenta puxá-la para junto de si, mas tudo que consegue é arrancar o chaveiro de sua mochila, ficando com a maior cara de panaca enquanto contempla o casalzinho feliz.

Aparentemente, nem tudo está perdido para Niki, pois logo em seguida uma gata o abraça por trás e diz que vai consolá-lo.

O tal consolo, na verdade, consistia em fazer Niki ser humilhado diante de várias outras garotas praticando podolatria. A piranha que se ofereceu a ele não admitia que Akemi fosse considerada melhor do que ela, então pisou no chaveiro que Niki arrancou de sua mochila. Ao vê-la fazer isso, o garoto jurou que ia matá-la, mas não foi preciso cumprir sua promessa, pois dois demônios encarregaram-se de aparecerem ali mesmo e realizarem um massacre.

Niki então faz um pacto com os demônios: ele amputará seu pênis e o substituirá por um tentáculo demoníaco. Após fazer isso e beber o sangue de duas pessoas, ele se tornará um ser invencível e conseguirá tudo que sempre desejou.

A vingança[editar]

Ozaki em seu aparamento sendo agarrado por duas putonas...
...Enquanto uma terceira fica se esfregando sozinha na mesa, que é de vidro e pode quebrar e cortá-la toda. Boa ideia, moça!
E as putas são arremessadas para longe. Sim, isso faz muito sentido!
Então, do nada, elas explodem.
Ah, foi tudo obra dos demônios! Mas é claro, agora tem lógica...

O novo assunto do colégio Myojin agora é sobre a mudança repentina de Niki. De um baixinho sardento, ele tornou-se um valentão sarado que espanca os homens e obriga as mulheres a ficarem com ele.

Ao encontrar-se com Akemi e Nagumo, Niki tenta aplicar sua nova filosofia ao casal, mas a garota recusa-se a ir com ele e o poder oculto do deus supremo impede que Nagumo seja machucado.

À noite, na casa de Nagumo, ele e Akemi estão prestes a fazer um 69, mas como o idiota tem ejaculação precoce, goza na cara da namorada antes mesmo dela encostar a boca em seu pau. Exigente, a garota exige que pelo menos seja compensada com uma siririca da parte dele.

Mas antes mesmo que Nagumo possa colocar seus dedos em ação, surge Niki da puta que pariu e sequestra Akemi, intimando que o rival vá buscá-la na velha fábrica. E, antes de partir com sua refém, ele lambe o que Nagumo havia esporreado na cara dela. E depois reclamam que a Desciclopédia chama todo cara de gay e toda garota de puta... Olha só o comportamento dos personagens desse anime!

Na tal da velha fábrica, adivinhem quem resolve aparecer? Amano e Megumi! Como sempre, só para olhar e não fazer nada de útil. Mas o importante é que Nagumo está aqui! Sim, ele veio resgatar sua amada! E é esmagado por canos de ferro logo em seguida. Sim, era tudo um plano maligno de Niki para eliminá-lo e ficar com Akemi.

Provando que guria retardada também tem cérebro, ainda que minúsculo, Akemi diz que "já" percebeu que Niki adquiriu habilidades paranormais, e implora que ele ajude Nagumo. Em troca, ela se oferece para fazer qualquer coisa que ele desejar. E Niki ordena que ela masturbe-se ali mesmo, naquele instante.

Akemi faz o que Niki manda, deixando-o louco de tesão e ele tenta avançar o sinal. Então, uma voz cavernosa que já escutamos antes grita que Akemi é sua mulher e Nagumo reergue-se debaixo dos escombros, novamente com aquela aparência demoníaca, atacando Niki.

Mas como Niki havia lambido a porra de Nagumo que estava em Akemi, ele também vira um demônio gigante, e ambos começam uma discretíssima luta que por milagre ninguém além de Akemi, Amano e Megumi consegue ver.

No final, Nagumo sai vitorioso, e Niki morre com o chaveiro de Akemi nas mãos. Ambos voltam às suas formas humanas e Nagumo fica horrorizado com o que fez, fugindo aos gritos feito uma bicha. Akemi vai atrás dele e os irmãos imprestáveis Amane e Megumi continuam imprestáveis.

A revelação[editar]

Escondido em um lugar que parece ser um galpão velho, mas provavelmente é apenas sua própria casa com as luzes apagadas, Nagumo recusa-se a sair porque tem medo de voltar a transformar-se em um monstro e matar mais gente. Pela primeira vez, ele está sendo sensato.

Mas Akemi, mais imbecil do que nunca, vai atrás dele e relembra da promessa feita no parque, de que ele sempre iria protegê-la. Malditos adolescentes! Claro que Nagumo se derrete todo e deixa ela entrar.
Nagumo oferecendo um sorvete a Akemi, sendo que ela quer chupar é outra coisa.
Será que as maiores cantadas infalíveis vão colar?

Muito confuso, Amano dá uma passadinha no mundo dos monstros, seu lugar de origem, e vai tirar umas dúvidas com seu mestre (que não é o Dohko de Libra, mas também é um ancião). Ele pergunta como pode Nagumo ser o deus supremo fazendo uma merda atrás da outra. Como um noob desses conseguirá unir os três mundos num só?

O mestre não apenas diz que está tão confuso quanto Amano como também revela que está quase morrendo. Mas para provar que não é tão esclerosado quanto parece e que ainda tem alguma utilidade, o velho permite que Amano realize uma bad trip até o futuro e veja como será o novo mundo unificado pelo deus supremo.

Na visão, Amano surpreende-se ao ver que os três mundos unidos não são nada daquilo que ele imaginava. Só se vê destruição por todo lado (e muito sexo, claro, afinal Urotsukidoji é um hentai). Quando está prestes a adentrar o castelo do deus supremo e desvendar seu segredo, o mestre morre e Amano retorna ao presente.

Completamente alheios a toda essa bagaça, Akemi e Nagumo finalmente conseguem dar uma boa trepada sem interrupções, enquanto Kuroko e Megumi praticam voyeurismo do telhado. Claro que, novamente, isso faz com que Nagumo vire um chupa cabra gigante e saia por aí destruindo tudo que encontra pela frente.

Quando o casal atinge o orgasmo, porém, algo diferente acontece: os mundos dos monstros e das trevas vem à tona e Nagumo vai destruindo-os sem dó nem piedade junto com o dos humanos. Apavorados, os seres sobrenaturais chegam à conclusão de que Nagumo não é o deus supremo bosta nenhuma, mas sim alguma espécie de demônio maligno. Uau, o QI dos personagens dessa joça é mais baixo que o da Carla Perez!

O verdadeiro deus supremo[editar]

Aqualitis, um antigo rival de Amano que todos pensavam já estar morto, surge das profundezas se achando a última esperança do universo e invoca um monstruoso demônio marinho para dar cabo de Nagumo. Mas a porcaria não dá nem pro cheiro e Aqualitis é aniquilado, dizendo para Amano que agora ele é a única chance de acabar com o deus supremo.
Niki durante o ritual de amputar o pênis e trocá-lo por um tentáculo demoníaco.
Não entendo... Por que um desenho tão puro e inocente foi censurado?

Indignado e achando que Kuroko e Megumi também estão mortos, Amano parte para cima de Nagumo, toma uma surra fenomenal e ainda por cima é absorvido para seu interior, onde encontra Akemi flutuando completamente nua e com cara de drogada.

Amano tenta falar com ela, mas quem responde é uma outra voz vinda de seu útero que afirma ser o verdadeiro deus supremo, filho de Akemi e Nagumo. Este, por sua vez, é o demônio da destruição, responsável por acabar com os três mundos existentes para que um novo possa ser criado dali a 100 anos, quando a gestação acabar.

Amano tenta argumentar e negociar se um novo mundo não pode ser construído a partir dos três já existentes, mas o deus supremo simplesmente responde que não gosta dos atuais. Nisso, Akemi desperta de seu transe e sai de dentro de Nagumo levando Amano consigo.

Do lado de fora, Amano reencontra Megumi e Akemi suplica para que Nagumo mate-a, assim ela não será mais controlada pelo deus supremo. Consequentemente, Nagumo também morrerá, e ambos ficariam juntos na eternidade, enquanto o deus supremo deixará de existir.

Bem que Nagumo tenta, mas o destino do deus supremo já está selado e de qualquer forma ele renascerá daqui a 100 anos, portanto é impossível matar seus pais antes disso. Amano jura que viverá para conhecer o novo mundo criado por ele e impedi-lo se for preciso.

Concluindo[editar]

  • O deus supremo é mau.
  • O mundo dos monstros é a favor do seu renascimento, a princípio, pois acredita que unir os três mundos fará surgir um mundo melhor.
  • O mundo dos demônios, desde o início, é contra seu renascimento porque sabe que essa ideia de unir os três mundos é um cocô.
  • Ou seja: demônios são bonzinhos. Monstros são burros ingênuos.
  • Jack Amano é uma versão idiota do Amanojaku.

Resumo do anime em imagens[editar]

Ficou com preguiça de assistir ou nem sequer leu todo o artigo acima? Tudo bem, a galeria abaixo resume tudo:

v d e h
Este artigo fala sobre um anime.