Urussanga

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Gnome-searchtool blue.png Urussanga é uma pequena cidade desconhecida.
Você pode estar perdendo seu tempo à-toa ao ler sobre essa joça.
A prefeitura fica no mesmo quarteirão que o cartório e o da única agência bancária do Banco do Brasil.

Sciences de la terre.svg.png


Município de Urussanga
"Capital do Porre de Vinho"
Bandeira urussanga.JPG Garafao.jpg
Hino: "Oh, oh, oh, bella polenta cosi!"
Aniversário 8 Dezembro
Fundação 1500
Gentílico Talianon
Lema Vino, amore e Embriagazione
Prefeito(a) Luiz Carlos Tudo Numa Nice Zen
Localização
Localização de Urussanga
Estado Bêbado
Região metropolitana Criciúma
Municípios limítrofes Lauro Mulla, Cocale, Fumaça, Sidera
Distância até a capital 200 km
Características geográficas
Área Contando o interiô? km²
População 10 mil no inverno, 20 mil nas férias das sorveterias alemãs hab. 25/10/2020
Idioma Não disponível
Densidade Baixa, muito Baixa hab./km²
Altitude 3000 m nos Alpes metros
Clima Segundo o Coutinho, chove! Mas no Belvedere neva!
Indicadores
IDH 1 25/10/2020


Cquote1.svg Carro é Gol e moto é Honda!!! Cquote2.svg
Pobre cidadão urussanguense que nunca comprou um automóvel de qualidade
Cquote1.svg Fim do mundo? Cquote2.svg
Google sobre Urussanga
Cquote1.svg DAÍ DJOOOOW!!! Cquote2.svg
Pirralho Urussanguense te dando 'oi'
Cquote1.svg Te pégo na bocha... Cquote2.svg
Renatão sobre você
Cquote1.svg Mas coitados, eles são tudo meio doente. Cquote2.svg
Bocardo sobre Povo Urussanguense
Cquote1.svg Eu tavá era bebendo nu inferno! Cquote2.svg
Jeremias José sobre Beber no Bar do Luisinho
Cquote1.svg Todo Mundo Acusa, Quando eu vo da uma aCusadinha, todo mundo mete o PAU Cquote2.svg
Sandrini, para Reportagem da radio Marconi.
Cquote1.svg Pra todos vcs um Bom dia e um dia FEEEEEEEEELiz Cquote2.svg
Padre Daniel para a Auvorada do Cristão
Cquote1.svg Você traiu o movimento do vinho goethe véio Cquote2.svg
Dado Dolabella sobre Urussanga
Cquote1.svg Me da um Real!? Cquote2.svg
Nego Lucas em alguma balada por ai
Cquote1.svg Mas de que gente que tu é? Cquote2.svg
A primeira frase que as crianças de Urussanga aprendem na escola
Cquote1.svg Má, me passa a polentáááá Maaaaaaama! Cquote2.svg
Criança Urussanguense na hora do jantar
Cquote1.svg O senhor é um fanfarão!! Cquote2.svg
Capitão Nascimento ao encontrar Zé Catarina.
Cquote1.svg Ai oma nô U!! Cquote2.svg
Zé Catarina sobre Capitão Nascimento
Cquote1.svg Os estudantes pedem Bolsas de Estudo, senhor prefeito! Cquote2.svg
secretária da prefeitura conversando com Sandrini.
Cquote1.svg Então passa na papelaria e compra umas trinta bolsas, porrrrra!! Cquote2.svg
Sandrini sobre bolsas de estudo.
Cquote1.svg Eu já fui colono burro igual voces Cquote2.svg
Sandrini em campanha á prefeitura
Cquote1.svg Me ajuda geeeente Cquote2.svg
Sandrini, de novo, em campanha á prefeitura
Cquote1.svg Te rodeio o c* de bala Cquote2.svg
Aires Frozi naaaaaaaaa Marcoooooneeee
Cquote1.svg Foi o Brinku`s que boto pra nois bebe Cquote2.svg
Geremias sobre Urussanga
Cquote1.svg Vai trabaiá o vadio Cquote2.svg
Renatão sobre você
Cquote1.svg BOM DIA, BOM DIA, BOM DIIIIAAAAAAA, HOJE EU ESTOU TÃO FELIIIZ ♪ Cquote2.svg
Irmã Diva no retiro da Crisma
Cquote1.svg Techau Techau e Teachauuu Cquote2.svg
Hélio Florentino em despedida clássica
Cquote1.svg Blém, Blém, Blém Cquote2.svg
Adão Bettiol batendo os sinos
Cquote1.svg Xero, já ganhasse os cabritinhos? Cquote2.svg
Pessoal no bar do Luizinho
Cquote1.svg Ao Vivente, Bom dia, Bom dia, vamo comprar um apartamento Cquote2.svg
Folchini em suas caminhadas pela Praça
Cquote1.svg Eli quia faze VUCO VUCO migo Cquote2.svg
Galo dizendo sofrer assédio sexual
Cquote1.svg Festa é do Vinho; Som é Cotempo; E Jornal é Panorama Cquote2.svg
Sérgio em uma das Festas do Vinho
Cquote1.svg Que que Adianta limpar por fora se a sujeira tá por dentro, ah é verdade é verdade! Cquote2.svg
Brisola( in memorian) quando passava pela prefeitura e via que estavam lavando o prédio da P.M.U.
Cquote1.svg Ôoo Pithulyn, ôoo bicho heim!? Cquote2.svg
Tulio, vulgo Guarda Belo, comprimentando você

História

Inscrição encontrada nas imediações do que mais tarde seria a Sociedade Recreativa Urussanga. Até hoje é cultuada por milhões de urussanguenses.
Antigo aqueduto Romano que passava por Urussanga
Utilização das modernas técnicas de abastecimento de água do SAMAE - Aqueduto
Marca da mistura cultural
Urussanguense sabe desde cedo o que quer

Urussanga é uma grande metrópole ítalo-brasileira (muito ruim), localizada nas imediações do fim do mundo. Fundada pelo engenheiro Joaquim Vieira Ferreira quando se perdeu no sul do Brasil, apesar de muitos dizerem que Padre Agenor foi o fundador da cidade, isso é uma inverdade, Padre Agenor foi na verdade o primeiro padre PMDBista enviado de Portugal ao Brasil.

Os primeiros imigrantes de origem duvidosa italiana, vindos de longínquos vales, tentaram criar um "pedacinho" da Itália, que logo perdeu suas características, pois os americanos acabaram com o fascismo italiano e inseriram uma nova cultura na região.

"Nós Somos de Urussanga, a turma toda é da pesada, mas se a pátria amada precisar da macacada, puta merda que cagada" (trecho de uma "música", de autor desconhecido).

Geografia

Morro do Dendê da Glória.

A cidade apresenta relevo diversificado, cercada pelos Alpes de Belvedere, Serra de Santana e Santaninha, Morro da Lagoa, o Morro do Dendê da Glória e a pelas depressões no solo do Buraco Quente e Baixada Fluminense.

Hidrografia

Também conhecida como "Mesopotâmia" (ou "cidade entre rios"), Urussanga é destaque na questão hidrográfica superando a Bacia do Rio Amazonas no Norte do Brasil, expedições recentes mostram que o Rio Amazonas é um afluente do Rio Maior (o maior do mundo). Os rios também se destacam por serem os mais poluídos límpidos de Santa Catarina permitindo o consumo imediato sem o tratamento da Samae.

Eis os principais:

Rio Urussanga, Rio Deserto, Rio Carvão Alto, Rio Carvão Baixo, Rio Perso, Rio Molha (o único que a água molha), Rio Maior (o maior do mundo), Rio Salto, Rio América.

Polo industrial

A cidade de Urussanga conta com um super pólo industrial que engloba um montante de empresas: Alumasa, Esaf/Ibrap e Ceusa. Como a população é muito casquinha, recebem um salário de 600 reais por mês nas empresas e mesmo assim ainda conseguem comprar golzinho e fan para sair "abafando" nos postos de combustíveis.

Quem recebe um salário de 2000 já é considerado rico. Se uma das três empresas falirem, Urussanga também quebra, pois os lucros anuais das três empresas supera os inacreditáveis 6000 reais, necessários para manter toda a cidade.

Uma das vantagens (ou não) de morar em Urussanga é que todo mundo conhece todo mundo, afinal a cidade possui pouco mais de 800 habitantes (fora os colonos, que são considerados indigentes) tornando assim fácil de se conseguir um emprego no comércio (claro que com um salário mais modesto, de cerca de 350 reais).

Quem tem um curso técnico na cidade já é considerado "uma pessoa estudada". Encontrar alguém com nível de ensino superior em Urussanga é tão fácil quanto achar cabelo em um ovo.

Vegetação

Na época da colonização, Urussanga apresentava matas verdes e exuberantes; anos mais tarde, com a ascensão da ganância e do capitalismo, Urussanga foi transformada em uma área desértica e inóspita devido à extração de carvão. Mas com a onda ambientalista atual, está sendo feito reflorestamento com eucalipto mata podre nativa da região.

Esporte

Em Urussanga encontrava-se o único campeão de tiro com funda do mundo que só tinha um braço. Também eram famosas suas frases, dentre elas: "A polícia até pode me prender, mas quero ver eles me levarem algemado".

O futebol de pasto grama também é muito praticado pela classe barriguda que só quer beber depois do jogo alta classe de atletas.

Outros esportes que reúnem multidões são os torneios de canastra, sinuca e bocha pelos bares do município, onde só meia dúzia joga e os outros 500 enchem a cara.

Lazer

Todo sábado de manhã, os moradores do interior (interior?) urussanguense se reúnem e pegam o São Jerônimo rumo ao grande centro comercial metropolitano da cidade.

No final do mês de dezembro, ocorre em Urussanga um grande êxodo rural, toda população da cidade migra em direção à grande metrópole praieira Esplanada Beach Copacabana, a maioria para a casa de parentes onde podem economizar com alimentação e gastar em bebida, foguete e curtição, grande parte tentando esquecer o fato de que em 2 meses terão que voltar à escravidão agitação da vida europeia.

Com uma vasta população jovem, a cidade conta com um gigantesco número de atrativos como o já fechado Café Pub, De Villa Club, Rosa Palmeirão, frequentados pela elite urussanguense e recebendo atrações mundiais, como o Dj Jovis Brasil e banda etc e tal.

Outro bar que vem sendo muito frequentado pela high society urussanguense se localiza no Rio Carvão, onde você pode receber uns agradinhos na beira do rio.

Uma das práticas mais comuns em Urussanga são aqueles que formam bandos que migram para Criciúma, o polo de desenvolvimento e consumismo mais próximo de Orleans. Ao chegar nas rodas sociais da cidade vizinhas são conhecidos como colonos idiotas metidos e riquinhos de merda urussanguenses de fino trato.

Festas populares

A cidade possui duas festas importantes, a Festa do Porre de Vinho, onde a população se mantém 5 dias bêbada com música pop; e a Festa Ritorno Alle Origini, onde a população se mantém 5 dias bêbada com música italiana. Outros dois eventos são marcantes como o Carnaval de Inverno, onde a população se mantém 1 dia bêbada com marchinha de carnaval e o Motovinho, onde a população se mantém 3 dias bêbada ao som de Hondas CG de motor estourado, potentes máquinas sobre duas rodas.

Comunicação

O primeiro programa de rádio veiculado no mundo, logo depois que Guglielmo Marconi inventou o rádio foi o programa Andorinha Mensageira, apresentado pelo Padre Agenor.

A Vox dos Vinhedos - rádio local - mantida pela igreja proibiu a divulgação das músicas "banda alheia local" de maior sucesso por suas músicas expressarem vontades satânicas.

Migração

Urussanga é polo na exportação de mão de obra escrava latino-americana semianalfabeta para a Europa, achando que vão ficar ricos e conseguir o pé de meia em um ano. Na Europa postam fotos de suas "férias" de um dia em meio a neve e lugares famosos para iludirem os que ainda ficam na terra natal que levam uma vida tranquila.

Os urussanguenses possuem a maior gangue concentração de brasileiros na Alemanha, e são os responsáveis pelas maiores vendas das concessionárias no Brasil durante dezembro/fevereiro. Além de sustentarem o comércio de autoelétricas da região com seu passatempo predileto, o Tuning, usando de muita "criatividade" e "bom gosto", os boia-frias ítalo-germano-brasileiros dão personalidade a suas boates motorizadas piscantes de neon obras de arte.

Atrativos turísticos

Um dos maiores atrativos de Urussanga são as sinaleiras e casas velhas caindo aos pedaços belos casarões históricos no centro da cidade e alguns entalhes de madeira artesanatos. O nem tão bom assim ótimo vinho, meio de subsistência de desempregados produtores artesanais.

O shopping center é o responsável por concentrar a maior parte da população urussanguense em época de natal, onde todos se encontram para beber e contar vantagem pros outros enquanto suas mulheres estouram os limites do cartão do maridofazem compras.

O chafariz na praça possui uma placa em bronze em homenagem aos primeiros colonizadores primeiros flamenguistas que vieram da Itália. O local é cultuado por uma fanática religião de rubro-negros, onde se reúnem anualmente para comemorar o título do campeonato carioca e para comemorar o brasileirão de 17 em 17 anos.

Urussanga é uma cidade frustrada bem sucedida na questão turística: todo ano atrai muitos idosos turistas que todos os dias vêm visitar a estátua da santa de mármore que se encontra na igreja da cidade e que tem origem duvidosa italiana. Depois disso eles pegam o trenzinho rumo a um jantar caro e ruim típico na pousada Mazon.

Em toda esquina pode-se encontrar bares restaurantes frequentados pela população bêbada esclarecida da cidade.

Galeria

Dicionário

  • Porco Dio: Não existe uma tradução literal, pode ser usada para tudo, desde elogio até xingamento. Normalmente, a cada 5 frases, 4 contém essa expressão;
  • Porco Cane: Igual a porco dio;
  • Porca Madonna: Igual a porco cane;
  • Dio furbo: Igual a porca madonna;
  • Cudiu: Quando alguém fica impressionado, usa-se essa expressão;
  • Camadóia!!: Grito de exclamação ou surpresa;
  • Tchuco: "Emocionado" pela bebida - Bêbado;
  • Lavoro: Em italiano, trabalho - em urussanga apenas uma teoria;
  • Tuti insieme: Todos juntos e misturados mas nunca embolados