Dr Marlo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Engenheiro01.jpg
Este usuário é Engenheiro e

não está nem aí se você não sabe o que um engenheiro faz.

Predefinição:UB/funkeiro
Marlo é um cara legal, bonito e inteligente

Estudo[editar]


Estudo engenharia elétrica (ingual o supershox) e já posso calcular QUALQUER coisa, toda a matemática está na palma da minha mão, não há nada sobre números que eu não saiba.
Troquei minha Casio por uma planilha do Excel.
Aliás toda a engenharia pode ser substituida por planilhas dinâmicas d excel.
O mundo é uma névoa de números complexos imerso em irrealidades únicas, que também pode ser trocado por uma planilha interativa.
Você é apenas um limite infinitesimal à esquerda, seria perca de tempo adicioná-lo dentro de uma planilha, embora provavelmente já esteja incluso em algum dimensão escura entre as células e colunas de sua mãezinha.

Músicas[editar]

Sou muito eclético em relação a estilos musicais Ouço funk e rock, hip hop, músicas eletrônicas, funk, reggae, funk, etc.

Funk[editar]


Ouvo funk diariamente, principalmente os funks oriundos do Rio de Janeiro, meu estilo preferido, posso dizer que retrata o desejo ancestral superior da alma da humanidade, é uma filosofia de vida totalmente livre de regras e julgamentos.
Todo lugar que eu vou levo comigo minha caixa de som:

  • No bonde.
  • Na faculdade.
  1. Nas aulas.
  2. Na biblioteca.
  3. No laboratório.
  • No banco.
  1. da praça.
  2. Santander, lá na agência o guardinha já me conhece.
  3. Banco do Brasil.
  • No mercado.
  • Na rua.
  • No meu trabalho (obs: apenas no celular).
  1. Vendendo planos.
  2. Almoçando.
  3. Reuniões (aqui é o único momento que a música está com som baixo).
  • Na praia (muito bom).
  1. Na beira.
  2. Tomando sol.
  3. No mar (tem umas camisinhas que posso plastificar a caixa de som, para não entrar água.
  • Na casa dos meus amigos.
  • Na casa das minhas amigas.
  1. Rock com as rockeiras.
  2. Pagode se tiver no clima.
  3. No music (há uma excessão especial para a preferência musical alheia).
  • No parque.
  • Em casa Exceto em casa, porque eu respeito minha família, nem todos gostam de ouvir funk comigo.

Ninguém nunca reclamou sobre volume alto ou musica ultrapassada. É algo totalmente espontâneo e eu respeito sempre os gostos de outras pessoas. Por exemplo: em uma ocasião, estava eu ouvindo Mega da Aldeia, do MC Brunynho, no ônibus indo embora da faculdade e um jovem de uns 18 anos falou:
-Ow! abaixa o som ai por favor!
E eu educadamente indaguei-lhe:
-Você não está gostando?
-O ônibus ta cheio nem todo mundo quer ficar ouvindo isso - Disse ele
-Mas ninguém tá reclamando, só você.
-Mas pode abaixar ai?
-Se você não tiver gostando eu te empresto um fone de ouvido - Eu disse isso e acabou a conversa, ele não aceitou os foninhos que ofereci e algumas paradas depois o indivíduo desceu do ônibus.
Se existe uma coisa muito importante entre nós, é o respeito pelas pessoas que convivem conosco nas comunidades. É fundamental.
Principais MC's e DJ's que ouvo:

  1. Kevin o Chris
  2. MC Brunyn
  3. DJ Ery
  4. Henrique de Ferraz
  5. DJ nenê
  6. Yasmin Turbininha
  7. Mc Cabelinho
  8. MC Ysa
  9. Toprê
  10. Chacalzinho
  11. Dj Guuga
  12. MC GW

Rock[editar]

Devido á toda minha família ser a ovelha negra, e apenas eu a ovelha branca solitária, desenvolvi alguns gostos musicais diferentes além do universal mundo do funk. Inevitável ouvir rock, e ao ouvir me vem boas lembranças, e não tenho preconceito nenhum com alguns bons rocks:
Não sei o nome dos MC's responsáveis pelas músicas, nem os DJ's, mas tá ai algumas da minha playlist:

  1. Foda Suey - System of a Foda
  2. Born to Baile - Lana del Baile ou Lana del Zica
  3. Smeels Like a Teen Novinha - Bonde do Nirvana
  4. Summertime Sarradnes - Lana del Baile ou Lana del Zica
  5. We are Funk You - Quen
  6. Numb Ostentation - Bonde do Linkin Park

Profissão[editar]