Valor

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar

Cquote1.svg Pra você é de graça. Cquote2.svg
Puta acertando comigo.

Cquote1.svg Dez centavos Cquote2.svg
Você dizendo o valor da tua bunda.

Cquote1.svg Sem valor. Cquote2.svg
Alguém sobre baixaria que vai ficar esse artigo.

Valor está apenas na cabeça de quem tem cérebro. Tá bom, explico: Quem tem cérebro costuma querer estimar quanto algo vale ou não, mas o valor é sempre relativo. Por exemplo se você estiver dentro de uma vala, onde passa gente de ano em ano, preferiria que caísse uma corda ou barras de ouro que valem mais do que dinheiro? Depois disso não teria mais o que explicar, mas apenas isso não formará um artigo, então continuemos e me acompanhe.

Valor real[editar]

Só dá valor quando perde.

O real já teve algum valor, mas a equipe foi trocada e o pt conseguiu fazer essa moedinha virar latão de vez. Latão enferruja muito rápido e com ele a economia e ninguém consome mais quase nada. Padrão de vida sem valor, nem seu bichinho pet tem mais o que comer e tem que se desfazer dele, quem manda valorizar bichinhas de estimação? O valor real já é um fim em si mesmo.

Mesmo valor nu-nutritivo, mas sabe a história do destaque.

Pois valor sequer faz parte da realidade, apenas toma forma no cérebro, sobretudo humano(não há forma de não falar desse animal, apesar de que eu não sou humano), pois o valor é ideológico na maior parte das vezes e não real, esqueça a nossa moedinha por enquanto, ela está cada ve mais sem valor graças à você sabe quem. Apenas chupe essa realidade como se fosse qualquer coisa que você gosta de chupar.

Coisas de valor mesmo o tem por algum sentido. Eu deveria salvar você ou carregar pedrinhas preciosas, elas não são preciosas pelo brilhinho, mas sim, porque servem para muitas coisas, inclusive que nem se sabe. Essas coisas viram porcarias apenas quando usadas como adorno sobretudo no mal gosto ocidental, que nem fazer um designe decente pras petecas que amam se adornar. Os orientais são melhores nisso, mas o valor dessas pedras e metais está mesmo no que se pode fazer de fato com eles. Apenas admirar é um valor que só existe na cabecinha de algumas pessoas.

Valores são em 90% inexistentes. Por exemplo ter uma camisetinha com um emblema ridículo, pra muitos mongos pode ter valor, mas é só uma porra de camiseta, o mesmo acontece com todas as roupinhas e adereços que a macacada põe ou dependura na carcaça, tudo para aparecer, coisa que não tem valor por si só. Quanto mais quer aparecer, mais sem valor fica, ou seja, o valor é relativo pois quem tem valor pra mãe e pro pai, por exemplo, mas nem eles aguentam e mandam pra coitada da vó, daí fica fácil dizer que eles têm um(a) filho(a) de valor, mas tanto que nem eles suportam.

Aumentando o valor[editar]

Já que o valor está no cérebro, melhor avaliar ele primeiro.

Se 90% das coisas não têm valor, é impossível aumentar algo que nem existe. Como todo valor é reltivo, por exemplo você manda aumentar seu bigolinho, mas continua sem sabe usar: Compreende como isso de valor é muito relativo e depende de uma série de fatores? As predas têm valor, mas a maioria das vezes perdem o valor por causa da forma como são usadas, mas para pelo menos aumentar o valor de um colar que seja, ao menos que o pescocinho que que está pendurado seja bom, isso se se pode avaliar chupando, mas não pense que deve chupar tudo que queira saber do valor, isso é perigoso e ainda pode causar transtornos sexuais, também pestes, pois nunca sabe se o que está chupando é limpo.

Pra aumentar mesmo o valor pessoal, antes de tudo é preciso de um espelho, após se lamentar muito olhando para ele, veja o que pode ser feito por essa desgraça. Depois, se conseguiu esse milagre, ainda tem que pensar no valor de tudo isso: caráter, desempenho sexual, inteligência, utilidades, habilidades, esperteza, etc, etc, etc... Nem é preciso explicar todos os etceteras, você já deve imaginar do que se trata todos os itens. Consiga melhorar isso tudo e assim mesmo não se valorizar, não dar a mínima, não ser metido, nem se preocupar se está sendo metido: Pode-se considerar um ser de valor, mas lembre-se que sempre existe alguém em cima de você, nem pense que isso tem conotação sexual, em cima de você mesmo no sentido de valor, mas se valoriza alguém em cima de você, seja macho ou fêmea, daí é você quem sabe.