Vampire Hunter D

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Night creature.JPG Vampire Hunter D surgiu das trevas!!

Vamos mergulhar o mundo nas trevas!!

Puro osso.gif
Cquote1.png Você quis dizer: D de Drácula Cquote2.png
Google sobre Vampire Hunter D

Cquote1.png Você quis dizer: Romance Italiano Cquote2.png
Google sobre Vampire Hunter D

Cquote1.png ... Cquote2.png
D sobre ...

Cquote1.png Nunca ouvi falar Cquote2.png
Qualquer amigo seu sobre Vampire Hunter D
Cquote1.png Ele copiou meu estilo de ser Cquote2.png
Batman sobre D
Cquote1.png Uma história do balacobaco que vai mexer com seus corações! Cquote2.png
Narrador da Sessão da Tarde sobre Vampire Hunter D
Cquote1.png Um bom partido, eu diria Cquote2.png
Doris sobre D


Vampire Hunter D é um OVA cult japonês que conta as desventuras do vampiro D em um futuro pós Guerra Nuclear. Foi inspirada na coletânea de livros de Hideki Kikushi, seja lá quem ele for, que deu origem ao OVA e a um filme, Vampire Hunter D:Bloodlust.


Vampire Hunter D
フルメタル・パニック
Vampire hunter D flecha.jpg
D
Gênero ficção científica, horror e faroeste italiano
Mangá
Autor Mad House
Divulgação Mad House?
Onde sai Japão
Primeira publicação 1983
N° de volumes 12
Anime
Dirigido por Mad House
Estúdio Mad House
Onde passa Japão e computadores de pessoas com bom gosto
Primeira exibição 2012
N° de episódios ?
Filmes Vampire Hunter D:Bloodlust
OVAs este é o OVA


História[editar]

Doris Lang, filha de um finado caçador de lobisomens, contrata os serviços de D, um caçador de vampiros muito gato, charmosão e gótico homão da porra, para salvá-la de um vampiro feio e velho, de uma linhagem importante de vampiros, inclusive a mesma que a de D, que a escolheu como esposa por ser meio bonitinha. Ela acaba se apaixonando por D (assim como todos nós), mas no final ele vai embora e você fica sem saber se ele se apaixonou por ela também ou não. Provavelmente não.

A história se passa no futuro, quando o mundo foi destroçado pela Guerra Nuclear, com a posterior ascensão dos vampiros como raça dominante, e depois de sua queda vergonhosa nas mãos humanas, onde a igreja católica aplaudiu de pé. Nesse meio existem vários tipos de monstros e demônios e essas caralhadas todas, alguns bichos que você nunca pensou que veria na vida. Sinceramente, os japoneses precisam ser estudados. Neste cenário de pós guerra meio caótico, acontece uma decadência tecnológica terrível, rola muito bang-bang à italiana, sangue, dor e sofrimento.

Vampiros e Dampiros[editar]

Mulherão bem conservada no formol

Os vampiros são os seres orgulhosos, fodões e chupadores de sangue, com pele branca (ás vezes azul, verde, etc) e orelhas pontudas bonitinhas. Possuem aversão ao sol e lugares sagrados (igrejas), embora os mais poderosos possam se expor limitadamente a luminosidade e derreter crucifixos. São mortos com a exposição solar, decapitação e golpe no coração. Alho, cebola, estaca de madeira e bala de prata não funcionam aqui. Mas quando um vampiro dá uma trepadinha com um humano, nasce um damphir ou dampiro, que nada mais é um hibrido que mais se parece com um vampiro, mas é desprezado tanto pelos vampiros como pelos humanos. Ou seja, um merda na vida destinado a sofrer, assim como nosso querido D.

Personagens[editar]

D. Sempre que vejo esse homem eu choro, não disse por onde
  • D: Filho de Drácula com uma humana, de onde herdou a cabeça de mulher e corpo de homem. Nos livros ele usa batom. Veste uma roupa preta colante e monta um cavalo preto enquanto está salvando donzelas, trabalho pelo qual é bem pago. Ele é muito fechado e quieto, estilo Batman. Dizem que recebeu o nome do pai, mas como é brega demais ser chamado de Drácula Jr., ele optou somente por D, que está mais na moda depois do V, L, e os agentes J e K de Homens de Preto. Ele acredita que não é capaz de amar.


A mão esquerda de D, muito bela, muito fina
  • Mão Esquerda: É um buraco de merda do vento igual ao do monte tarado de Inu Yasha, porém o buraco do vento de D fala, escuta e enxerga. O que é bastante incômodo para D, que tem que se policiar para coçar o saco com a mão certa.
  • Doris Lang: Piranhuda que foi escolhida pelo vampiro Magnus Lee como esposa. Se apaixonou por D, pensando que como os dois tinham nomes que começavam com "D", iria dar certo. Bom, nitidamente não deu certo porque ele simplesmente foi embora.
  • Larnica Lee: Filha do conde Magnus Lee, que não quer que o pai case com Doris e tê-la como sua madrasta porque acredita que Doris não é digna por ser uma humana, mas no final ela se fode porque descobre que a mãe dela também era. Logo após esse acontecimento, ela tem uma crise existencial e se mata.

Ver também[editar]


v d e h
Este artigo fala sobre um anime.