Vampire Princess Miyu

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Kawaii!!^^
Nyaaa!!!
Vampire Princess Miyu é algo relacionado a Shoujo

Esse artigo contém altas doses diabéticas de romances ou idiotices que podem te levar a morte
P.S.:Não vandalize, onegai. Senão, você terá que ver a Konata
comer esse doce o resto da vida, como você vê aí do lado.
Caovampiro.jpg
Este artigo é vampiresco!

Vampire Princess Miyu tá de olho na sua jugular!
Nota: Se você tem HIV, não leia este artigo!

Vampire Princess Miyu
吸血姫美夕
Vampire princess miyuu.jpg
Ela quer chupar você
Gênero Terror, Sobrenatural
Mangá
Autor Narumi Kakinouchi e Toshiki Hirano
Divulgação Akita Shoten
Onde sai Nas bancas
Primeira publicação 1988
N° de volumes 10
Anime
Dirigido por Toshiki Hirano
Estúdio AIC
Onde passa Japão, Brasil, EUA
Primeira exibição 1997
N° de episódios 26
Filmes Não
OVAs Sim

Cquote1.png Se pudesse eu matava Miyu! Cquote2.png
Jeremias José do Nascimento sobre Vampire Princess Miyu
Cquote1.png Mil princesas vampiras? Oba, eu quero! Cquote2.png
Conde Drácula sobre Vampire Princess Miyu
Cquote1.png Sinto inveja dela. Cquote2.png
Bella Swan sobre Vampire Princess Miyu
Cquote1.png AI, QUE NOJO! Cquote2.png
Edward Cullen sobre Vampire Princess Miyu

Vampire Princess Miyu é um anime supostamente de terror, muito aclamado por emos e posers, inspirado em um mangá que fez muito sucesso no Japão entre as MENINAS. Sim, Vampire Princess Miyu foi publicado em uma revista shoujo com a intenção de ser uma versão adolescente feminina do Drácula. Até que deu certo. Pelo menos ficou bem melhor que Crepúsculo (como se isso fosse algo muito difícil).

A princesa vampira[editar]

Miyu uivando para a lua.

Miyu Yamano é uma bishoujo que vive como qualquer adolescente normal: vai à escola, tem amigas e blá-blá-blá, mas na verdade ela esconde um segredo (que já é revelado no próprio título da série), pois é uma vampira. E não uma vampira qualquer, mas uma princesa vampira! Mas como isso é possível Mister M?

Há cerca de 3 mil anos atrás, quando Miyu tinha 13 anos, seus sentidos vampirescos despertaram. Desde então, ela é imortal e está fadada a viver eternamente com a aparência de uma jovem na puberdade, mesmo sendo mais velha que a Dercy Gonçalves e a Hebe Camargo juntas.

Ela possui genes vampíricos desde o nascimento porque seu pai era um rei vampiro muito poderoso e caçador de shinmas, que são demônios inimigos da raça. Se a história fosse ocidental, os tais shinmas certamente seriam substituídos por lobisomens, mas como é japonesa...

E a mãe de Miyu? Esta era uma mulher normal, por isso a filha só tornou-se vampira aos 13 anos. Se fosse filha de um casal de vampiros, Miyu seria uma chupadora de sangue logo ao nascer. Mas tanto faz, os pais dela só servem mesmo para explicar sua origem, pois nem aparecem e são citados como mortos. Logo, Miyu é uma princesa vampira órfã.

Miyu ao despertar seu lado vampírico.

Miyu tem o dever de continuar a tradição de sua família e caçar shinmas, mas como seu amante Larva é um deles, ela não tem coragem de matá-los. Mas nem por isso deixa de cumprir com sua missão vampírica: ela caça e captura os shinmas, mas ao invés de exterminá-los, manda-os de volta para o inferno.

Ela costuma realizar essas atividades durante a noite. Durante o dia, é uma estudante normal. Normal mesmo, pois mesmo sendo vampira, ela pode tomar sol, se ver no espelho e é imune a crucifixos ou água benta. Afinal, o que essa porra tem de vampiro? O fato de precisar se alimentar de sangue humano para sobreviver.

Como é muito educada e bondosa, Miyu pede permissão da vítima antes de matá-la e sugar seu sangue. Parece ridículo, mas ela faz questão de escolher pessoas que sofram de depressão e pensem seriamente em suicídio. Assim, a proposta dela surge como um sonho para esses losers, que acabam aceitando. Em troca de servirem de comida para ela, Miyu concede às vítimas a vida eterna em um mundo perfeito.

O deus demônio[editar]

Miyu e seus shinmas de estimação.

Larva Zergling é um shinma de algum país da Europa que recebeu a missão de matar Miyu ainda bebê, antes que ela se tornasse vampira. Mas como algo tinha que dar errado para a história acontecer, Larva fica com pena e não tem coragem de tirar a vida de uma criança.

Se um shinma falha e tem compaixão de um vampiro, ele é amaldiçoado pelos demais de sua espécie e torna-se um escravo eterno do vampiro de quem falhou em assassinar. Então, desde o dia em que Miyu virou vampira, o rosto e a voz de Larva foram selados eternamente em uma máscara kabuki.

Porém, ao invés de ser uma maldição, isso acabou tornando-se um benefício tanto para Larva quanto para Miyu, que eram seres solitários antes da companhia um do outro. E ao invés de maltratar Larva, Miyu o trata muito bem, então o shinma passa a amá-la e protegê-la a todo e qualquer custo.

O guardião dos mortos[editar]

Miyu posando de hentai girl.

Miyu passa a apreciar tanto a convivência com Larva que chega a adotar outro shinma, com a aparência de um coelho rosa. Essa criaturinha kawaii possui poderes ilusórios e premonitivos, além de orelhas elásticas e olhos injetados com sangue. Um perfeito pokémon. Aliás, ele é idêntico ao Clefable.

O espírito feminino de neve[editar]

Vampire Princess Miyu não tem vilões, mas tem uma antagonista chamada Reiha, que assim como Miyu é uma caçadora de shinmas. Porém, Reiha é violenta e não hesita em matar não só eles como também qualquer um que cruze seu caminho para impedi-la de concluir algum objetivo.

Reiha é uma youkai das neves cujo pai era responsável por garantir a segurança de Miyu na infância, e acabou morrendo protegendo a vampira de um ataque de shinmas. A última coisa dita por ele foi o nome de Miyu, motivo pelo qual Reiha odeia mortalmente e sente muito ciúme de Miyu, desejando a todo custo ser uma caçadora de shinmas melhor que ela.

Reiha tenta matar Miyu desencadeando uma nevasca, mas é decapitada por Larva, que salva a princesa. Mesmo sem cabeça, a vilã jura que vai voltar e cobrar sua vingança. Ah, esqueci de avisar que esse parágrafo tinha spoiler...

v d e h
Este artigo fala sobre um anime.