Vargem Grande do Rio Pardo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
A bela recepção organizada pelos vargengrandenses para receber os turistas. Não é uma beleza?

Vargem Grande do Rio Pardo é uma cidadezinha deserta localizada no estado de Minas Gerais. Por conta do nome, muitos turistas vão para Vargem Grande do Rio Pardo achando que essa é uma cidade grande, porém, quando chegam lá, eles percebem que caíram em uma grande cilada, pois de grande Vargem Grande do Rio Pardo só tem o nome.

História[editar]

Não importa qual rua de Vargem Grande do Rio Pardo você escolha para seguir, você estará fudido de qualquer forma.

Contam os matutos da região que Vargem Grande do Rio Pardo foi fundada no século XVIII, por alguns desbravadores europeus que já estavam de saco cheio de ficar entrando em matagais abandonados para procurar ouro. Ninguém sabe se isso é realmente verdade, até porque os matutos que contam isso estão sempre drogados e bêbados, porém, como não temos outra versão para apresentar para os nossos queridos leitores, suponhamos que isso seja verdade mesmo... Bem, mesmo que não for, estamos na Desciclopédia mesmo, então se for mentira, foda-se, ninguém vai se importar.

Poucos anos após terem fundado o vilarejo de Vargem Grande do Rio Pardo, como não tinham absolutamente nada para fazer a não ser ficar pescando pacus nos riachos próximos, os desbravadores aposentados resolveram fazer uma encomenda de putas varzelandenses. Essas putas era exatamente o que os desbravadores precisavam para se sentirem vivos de novo, e esquecerem que estavam bem na fronteira do cu do mundo com a casa do caralho.

Por conta da "diversão" entre os desbravadores de Vargem Grande do Rio Pardo e as putas varzelandenses, nasceram diversos caipiras, que foram os primeiros vargengrandenses puros. Como também não tinham nada para fazer, alguns desses vargengrandenses que eram mais espertos fugiam para outras cidades. Os mais burros, que resolviam permanecer em Vargem Grande do Rio Pardo mesmo, tinham como única diversão ficar "brincando" com as profissionais do séquiço que eram encomendadas das outras cidades - Esquema esse de população que prevalece até os dias de hoje.

Cidade[editar]

Atualmente, Vargem Grande do Rio Pardo continua sendo um grande pasto sem absolutamente nada para fazer. Nem mesmo os sinais de televisão chegam até esse fim do mundo. A única coisa que os vargengrandenses fazem para esquecerem que estão nessa desgraça de cidade é ficar ouvindo as incríveis e excitantes músicas da Inezita Barroso, que tocam em seus modernos radinhos de pilha - A única coisa ruim é que as pilhas não são inclusas, e sempre que elas se esgotam, os moradores precisam viajar até a cidade vizinha mais próxima para comprar novas, viajem esta que dura cerca de seis meses.

Economia[editar]

Inexistente. Nenhuma cidade brasileira se interessa em comprar mato, que é a única coisa que existe em abundância em Vargem Grande do Rio Pardo.