Cariacu

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Veado)
Ir para: navegação, pesquisa
Viado
Um veadão na moita
Um veadão na moita
Classificação científica
Reino: Animal
Filo: Acordados
Superclasse: Quadrúpedes
Classe: Mamadores
Ordem: Pé-de-pano
Família: Servos
Gênero: Enrabadus
Espécie: Viado
enrabadus viadinhus

Cquote1.png Você quis dizer: Justin Bieber Cquote2.png
Google sobre Cariacu
Cquote1.png Na União Soviética, o Veado caça VOCÊ!!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Veado
Cquote1.png Aiii. É o meu animal predileto. Cquote2.png
Clodovil sobre Veado
Cquote1.png Vamos São Paulo, Vamos São Paulo, vamos passar baton!!!!. Cquote2.png
São Paulino cantando no zoológico com seus parentes veados

Cariacu, ou o mais popular Veado, são mamíferos da ordem dos artiodáctilos pertencentes, em senso estrito, à família Cervidae, ou seja, são gays e cornos, já que veado gosta de dar o cúzinho para todo macho que tiver por perto.

Um veado tarado.

Vida Sexual - analogia animal/humana[editar]

Os veados são animais muito perigosos

Tudo deriva de um inesperado conhecimento de nosso povo sobre a vida e a reprodução dos veados. Explicarei agora como isso se dá. A veada (ou veado fêmea) entra no cio e passa, com suas emanações, a atrair os machos. Obviamente, muitos machos se candidatam, mas ela é uma natureza fiel, e manterá relações com apenas um dos animais. Como muitas vezes acontece na natureza, não será ela que escolherá seu parceiro. Serão eles que travarão uma série de lutas para decidir quem a merecerá. Durante essas refregas, a produção de esperma dos machos intensifica-se e eles ficam inteiramente voltados para disputa, sendo que muitos deles, neste ínterim, perdem 15% de seu peso.

Depois disso, o veado vencedor aproxima-se da veada e eles mantêm um longo coito em que ele deposita enorme quantidade de sêmen na fêmea e que é assistido pelos perdedores. Ora, eles não se retiram do local porque ainda tem algo a fazer. Quando o macho vencedor desprende-se da veada, eles, um a um, formando uma fileira desorganizada, denominada nos círculos científicos de “Fila de desopilação”, montam às costas do machos penetrando-o, com a finalidade de aliviarem-se. Claro, a natureza é sábia: eles, após produzirem por volta de 300 ml de esperma em cada testículo, mal podem caminhar – então como poderiam ir de árvore em árvore para alimentar-se ou fugir de algum animal maior? Nos homens, este fenômeno é chamado por muitos – e aqui meus leitores e crianças hão de me perdoar – de “dor nas bolas” e ocorre quando uma grande excitação sexual acaba em malogro.

Após este ritual, é comum que alguns destes veados perdedores passem a demonstrar certa afeição ao macho vencedor e acompanhem o casal até o nascimento do veadinho, mas sempre com acentuado interesse pelo macho. Eles passam a fazer parte da família e, quando da ocorrência de outro embate por uma fêmea, eles escolhem perder, brigando apenas até obterem maior produção de esperma. Dir-se-ia que cumprem carnê.

O Viado e o Surdo (Clique para ampliar)

Ora, estes seres cujas escolhas parecem inadequadas à preservação da espécie não devem ser escamoteados ou considerados de menor importância, pois são eles que se atiram em sacrifício quando da presença de algum animal mais forte e ameaçador à fêmea, muitas vezes rasgando-se todos.

Por que o “Animal`s Planet” e os programas sobre a vida animal não divulgam tais verdades? A resposta é clara. Primeiro, temos de considerar que, de cada dez palavras que circulam pelas agências internacionais de notícia e que de cada dez minutos de transmissão televisionada no mundo, temos, respectivamente, nove palavras e 8 minutos e 7 segundos de responsabilidade ou norte-americana ou de entidades religiosas, sejam estas católicas, protestantes ou muçulmanas. Sabendo-se que tais sociedades caracterizam-se por uma forte deturpação de evidências, é normal que fatos de indiscutível veracidade venham a ser omitidos ou mesmo falseados.

Não vejo motivo para que continuemos a turvar a realidade desta maneira, não vejo que prejuízo nossas crianças teriam de soubessem da fila de desopilação dos veados e sempre fui de opinião de que A los niños hay que decirles siempre la verdad, no hay que asustarlos con cucos, brujas, ogros, temibles personajes imaginários pero con cosas más reales: un lobo, una araña, una víbora, como nos ensina a melhor pedagogia argentina.

Não sei como, quando e nem quem passou a chamar nossos homossexuais de veados, mas esta pessoa certamente tinha informações privilegiadas sobre a vida animal e fez uma analogia como a vida humana que demonstrava grande cultura. Ou seja, o neologismo nos chegou através do conhecimento dos que o criaram e quaisquer outras considerações são inválidas.

Onde se pode encontrar os Veados[editar]

Eles são encontrado em todas as partes do Mundo, menos na Austrália, por ser proibidos gays e Cornos por lá, sob pena de morte, enfim, poderão ver veados em Florestas, Bailes Gays,são mais encontrados em um pequeno vilarejo no noroeste do Espírito Santo (Brasil) chamado São Vicente(Perto de São Rafael), jogos do São Paulo Fashion Clube, na casa da sogra, na beira de um cemitério, Japira, num motel...

Etimologia[editar]

O veado mais famoso (depois de Clodovil) da TV!

Etimologicamente falando vamos analisar essa história de dizer que veado é uma coisa e viado é outra, vide aviso no início do artigo. Os bichos dão apelido aos comportametos das pessoas algunas fazem sentido logo de cara outros não mas, as palavras não mudam pra diferenciar a pessoa que é elogiada com o nome do animal.

Exemplos:

  • Piranha (peixe) e Piranha (sua namorada)
  • Pavão que abre o rabo (ave) e Pavão que abre o rabo (você)
  • Galinha (ave) e Galinha (sua irmã)

Portanto:

  • Veado (antílope) e veado (Felipe Oliveira Silva, novamente, claro) se escreve com e...

Mas sejamos tolerantes com a mensagem inicial, até mesmo porque tem muitas pessoas que acham melhor uma palavra para o bicho e outra para a bicha, e o termo acaba por ser popularizado.

Agora, se você é um vIado mesmo, daquelas bichas perfeccionistas, vai preferir dizer que viado é contração de transviado, feita pelo seu tio-avô gay, afinal toda bicha é surda, que ouviu errado a musiquinha "Olha a Cabeleira do Zezé, será que ele é [...] será que ele é transviado?" , ou feita pelo pit-bicha de orelha deformada que não entendeu a letrinha de "Telma Eu Não Sou Gay" de Ney Matogrosso.

Ligações externas[editar]