Vila Velha

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Vila velha)
Ir para: navegação, pesquisa
BandeiraES.JPG Este artigo é CAPIXABA!

Ele só aparece na televisão quando acontece tragédia, tem o pulmão preto de tanto pó de minério, torce pra time carioca e passeia na Vitória-Minas. Apesar disso, é trabalhador gente-fina, ao contrário dos seus primos sulistas.

Nós não vivemos apenas de Roberto Carlos.



Vala Velha
FAVELA.jpg
Bandeira de Vila Velha
Clima Calor infernal, o inverno tem dois dias de frio (25 graus)
Dialeto Carioquês
Prefeito Vasco da Gama(Vasquinho)
Hino "Rap das armas".
Gentílico Aba-reta, maloqueiro, muleque piranha.
População 400 mil Aba-retas,funkeiros e prostitutos.
PIB Menor que o de Vitória (que não é grande coisa).
Densidade demográfica 50 pessoas em cada barraco.
IDH Vila Velha(1,00) BRASIL(0,8

00)

Área 3 campos de futebol.
Religião Carioquismo e Baianismo.
Dia comum em Vila Velha : Vilavelhense tentando ir para o trabalho sem seu meio de transporte, o barco
Dia tranquilo em Vila Velha para se pegar ônibus. Vilavelhense viaja solitariamente.


Cquote1.png Você quis dizer: vala velha Cquote2.png
Google sobre Vila Velha
Cquote1.png Você quis dizer: Boné de Aba Reta Cquote2.png
Google sobre Vila Velha
Cquote1.png Você quis dizer: Veneza Capixaba Cquote2.png
Google sobre Vila Velha
Cquote1.png Você quis dizer: Niterói Cquote2.png
Google sobre Vila Velha
Cquote1.png Você quis dizer: Roça de Vitória Cquote2.png
Google sobre Vila Velha
Cquote1.png Estava querendo ir para o Rio, mas cansei, neh, agora moro aqui Cquote2.png
Baiano, futuro vilavelhense sobre Vila Velha
Cquote1.png Max, Neucimar... Tsc. Temos que avisá-los: não se vota no pior candidado a prefeito Cquote2.png
Capitão Óbvio sobre Vila Velha
Cquote1.png Vila Velha tem um sítio histórico, a Praia da Costa e o Convento da Penha! Cquote2.png
Você sobre Vila Velha
Cquote1.png Eu tenho medo. Cquote2.png
Regina Duarte sobre aba retas em Vila Velha
Cquote1.png Na União Soviética, a Praia da Costa vai em VOCÊ!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre a Praia da Costa de Vila Velha
Cquote1.png Adoro esse lugar. Cquote2.png
Aedes aegypti sobre Vila Velha
Cquote1.png Perdeu, Praiboy, passa o celular Cquote2.png
Ao ver um walkman, Aba-reta sobre Vilavelhense
Cquote1.png Semáforo Já! Cquote2.png
Jardel dos IdoS.O.S. sobre Vila Velha
Cquote1.png Em Vila Velha você tem 3 opções: ou se corrompe, ou se omite, ou vai a guerra. Cquote2.png
Capitão Nascimento sobre Vila Velha
Cquote1.png Vamos lá em Vila Velha pegar a mulherada e quebrar aqueles bocós! Cquote2.png
Carioca sobre Vila Velha
Cquote1.png Pô, pelo menos temos praia, néh, melhor que os mineiro! Cquote2.png
Canela Verde sobre Vila Velha
Cquote1.png Quero ir pro Darwin de Vitória, mãe! Cquote2.png
típico estudante do Darwin de Vila Velha
Cquote1.png O nome da cidade já diz tudo... Cquote2.png
Habitante de Vitória sobre Vila Velha
Cquote1.png Tem Vilavelhense q se acha riquinho de Vitória... Cquote2.png
Playboys e Patys de Vitória sobre Vilavelhenses
Cquote1.png Corre Bino, é cilada!!! Cquote2.png
Pedro ao ver a placa "Bem-vindo a Vila Velha"
Cquote1.png Isso é uma vergonha! Cquote2.png
Bóris Casói sobre valão de Vila Velha
Cquote1.png Na União Soviética, Vila Velha inunda o valão Cquote2.png
Reversal Russa sobre o valão de Vila Velha
Cquote1.png Eu não moro em Vila Velha... moro em Vitória Cquote2.png
Típico Vilavelhense que sonha em morar na capital de playboys e patys e não na roça
Cquote1.png Eu não moro em Vila Velha... moro em Vitória Cquote2.png
99% dos habitantes de Vila Velha, qnd alguém de Vitória pergunta onde mora
Cquote1.png Eu não moro em Vila Velha... moro em Vitória Cquote2.png
Resposta de qualquer um de Vila Velha, por ter vergonha de morar em uma "Vila" "Velha"
Cquote1.png O problema em Vila Velha é a educação! Cquote2.png
Cristovam Buarque sobre Vila Velha
Cquote1.png Nunca vou morar lá, nem morto! Cquote2.png
Habitante de Vitória sobra Vila Velha
Cquote1.png Graças a Deus a 3ª ponte nos separa Cquote2.png
Vitória sobre Vila Velha

Vila Velha é uma favela-bairro-roça do município de Vitória que fica no Estado do Espírito Santo. Em geral, vive do turismo de baianos, cariocas e mineiros que são atraídos pelas (belas?) praias. Na verdade, os baianos acabam ficando na cidade e contribuindo para a taxa de desemprego dos habitantes nativos, já que se submetem a trabalharem em péssimas condições.

Praia da Costa[editar]

Um bairro que concentra a maior parte da burguesia vilavelhense (ou melhor dizendo... os menos pobres?). Lá se concentram os maiores edificios do município (mas continuam sendo a roça de Vitória). Este bairro é um alvo constante dos assaltos promovidos pelos Abas-Retas.

Um verdadeiro vila-velhense nunca confessa morar em Vila Velha (é claro, pq é a roça(leva as mina pro mato é taca a rola é pah) de Vitória). "Moro na Praia da Costa", mesmo que seja no IBES... é muito seqsu

Este bairro também é conhecido como "Praia da Bosta"!!! E muito comum você ver uma merda boiando na água, pois a praia é muito frequentada por idosos e crianças, e de pessoas da região do mais baixo escalão de vila velha.

Lá a prática do frescobol é restrita, para não incomodar alguns ilustres moradores da orla. Mas fumar maconha enquanto finge que pesca SEQSU ANALLLLLL!!!!!!!!!!!!!!!

Soteco[editar]

Soteco é um bairro de altos contrastes! É divido entre parte baixa e o morro (chamado carinhosamente de Morro do Soteco). Obviamente a parte baixa do bairro é mais rica (principalmente ali perto do CEG). No morro, concentram-se 70% dos abas retas do bairro. Neste lugar, também é facil o acesso a drogas ilícitas (especialmente o Crack). Curiosamente, alguns habitantes deste bairro são migrantes das regiões norte do estado (Colatina, São Gabriel da Palha, Nova Venécia, e etc...) e eles mantém seu sotaque interiorano (algumas palavras ditas por eles: tálba=tábua, pranta=planta, bicicreta=bicicleta, dentre outras...) e trouxeram alguns de seus constumes locais, como por exemplo: Vira e anda você dá de cara com uma casa com criações de galinhas, porcos e até mesmo cavalos!! Além disto, muitas casas possuem suas próprias hortas!! Muitas das ruas deste bairro também não são asfaltadas, o que nos dá a impressão que estarmos em plena roça! As gangues do Morro de Soteco são rivais das do Morro de Boa Vista (bairro vizinho, onde as pessoas andam no meio da rua e os carros andam na calçada). Na disputa pelo comando do tráfico, Soteco ainda é aprendiz dos aba-retas de Boa Vista, que andam pelas ruas de Vila Velha aterrorizando a população aos gritos de 'UH BV TAÊ'.

Araçás[editar]

Araçás é um bairro isolado do centro de VV e que consegue alagar com uma simples variação na umidade relativa do ar do bairro vizinho.

Nos tempos que Dercy Gonçalves era quarentona Araçás era um brejão da porra, cheio de mosquitos, urubus e outras criaturas nojentas. Graças ao filho da puta... ops.. digo Vasco Alves, o este bairro surgiu através de uma série de invasões e aterramentos mal feitos durante a gestão deste prefeito. Aí vemos o resultado dessa merda, um lugar onde bastam-se 5 minutos para um grande alagamento ocorrer.

Mais isso não é tudo!

O bairro também conta com um entreposto de abas retas e outros seres flamerdistas bandidos, local este denominado "Invasão de Araçás", que constantemente fazem seus assaltos e homicídios nas redondezas.

Divino Espírito Santo[editar]

Lá está concentrada 90% dos aba-retas que "botam o terror" na cidade. Além deste detalhe, o Divino é um dos bairros mais abandonados pela Prefeitura desta cidade (é por isso que este lugar é um verdadeiro covil dos abas retas)!!

Barra do Jucu[editar]

Lugar turístico de Vila Velha, totalmente sem-graça. Usa esse nome mais ou mesnos disfarçante para não dizer que faz parte da Grande TERRA VERMELHA (região muito popular mostradas no Jornal ATribuna nas páginas policias, e é considerada nascente dos Aba Reta).

Grande Santa Rita[editar]

Uns bairros da periferia que fica quase no centro, outro grande local de abas retas e que tem uma tantas filiais de boca do rio, esta "grande santa rita" na verdade é subdividida em alguns bairros:

-Primeiro de maio: uma ilha rodeado de belas praias com uma coloração preta, que os moradores chamam cariosamente de valão onde fica o saneamento do bairro, um bairro com grande taxa de mortalidade por habitante é também um dos bairros mais sem graça e perigosos para passear. -Santa Rita: o principal bairro da "Grande Santa Rita" um local com um comercial bem ativo e movimentado, a principal concentração do comercial é na avenida principal do bairro, o policiamento na rua principal também é bastante invejado pelas ruas restantes do bairro. -Zumbi dos Palmares: Bairro de baianos que um dia pensaram em ir para o rio e acabou ficando por aqui. Para terminar se você é pobre mora em zumbi dos palmares um dia resolvera mudar para primeiro de maio, mora no primeiro de maio resolvera mudar para santa rita e de santa rita para a cidade dos pés juntos antes de consiguir ir para soteco.

Escolas[editar]

Vila Velha tem muitas escolas, umas delas a mais conhecida pelos aba-retas e pelos mini traficante é a adolfina zamprogno ou "carandiru".é uma escola que de tarde existe só playboys e guardas que usam cassete e ficam tomando café e assenando enquanto os traficante do bairro vizinho entra e faz um arrastão. Os playboys estão concentrados no Drawin( onde tem futuros "médicos " e para sempre retardados também conhecido como smurfers ),Marista( "santinhos de VV"),UP( união de putas - formigueiro humano) e COC(Sebalunos)).Também tem a Escola Santa Adame e a contec, mas qualquer um que mora no íbes e quer tentar ser alguém na vida, ou a mãe está obrigando, tem acesso facul a uma bolsa e conseguem adentrar nessas instituições.

População[editar]

A população de Vila Velha tem tudo: menos capixabas. Você pode encontrar pessoas puxando o "s" no sotaque, falando que nem caipira ou então perguntando onde será a próxima micareta. No entanto, você não encontra um capixaba. Em Vila Velha, há idolatria muito forte para com todos os retardados baianos que cantam axé. Artistas menores que não conseguem nem pagar por vagas em trios elétricos do interior da Bahia, acabam vindo para o Estado afim de se estabilizarem financeiramente. O que você encontra na população de até 18 anos e acima de 18: Até 18: Playsson: Indivíduo que anda de qualquer jeito, mas sempre descolado e pagando uma de assaltante armado. Playboy: Estudantes do Darwin, Up, Colegio São josé e Marista. Nerds: Zuados pelos playboys das escolas, mas que tem um futuro na vida. 46% dos Abas-Retas: Filhos de traficantes. Roqueiros: Estranhos. Coloridos: Se encontram em todo o mapa da cidade, da parte mais pobre até a mais rica. Funkeiros: Esses são 99,9% da população de jovens, sejam playboys pensando que botam medo, ou filhos de traficantes.

Acima de 18: Traficantes. Abas-Retas. Playsson: Pobre que parte pro roubo. Estudantes da UFES: Serão algo na vida. Favelado: Um paysson bem sucedido que tem seu barraco armado e 15 filhos. Burgueses: Moram em itapuã, praia da costa, ou em Itaparica e sonham em morar em Vitória, mas como em Vila Velha é mais barato viver optam em morar nesses bairros q são considerados da "burguesia" (cof, cof), mas q na verdade tentam copiar os bairros nobres de Vitória. Eles nunca dizem q moram em Vila Velha, por terem vergonha em morar em uma Vila que é Velha. Seus filhos estudam no Darwin (q fica no centro da roça... quer dizer, cidade), mas sonham em estudar no Darwin de Vitória, pra variar... Esse burqueses passam o final de semana no Shopping Vitória, pois o Praia da Costa não é tão bom assim, e se vc perguntar pra algum deles onde eles moram, ele nunca dirão Vila Velha.

Capixabas[editar]

Os filhos de pais cariocas e/ou mineiros que se transferiram para o local. Os primeiros compõem o grupo dos Aba-retas. O segundo, os dos Darwinianos. Nenhum dos dois grupos parece ter apego à cultura. Satisfazem-se com agitos noturnos. Especula-se que milícias não permitem que estes grupos leiam mais que um livro por ano.

Aba-retas[editar]

Cquote1.png Vô mandá um papo reto... Cquote2.png
Aba-reta iniciando uma conversa
Cquote1.pngmuleque piranha mermão! Cquote2.png
Aba-reta justificando o fato de ter 5 filhos aos 15 anos
Cquote1.png Framengu até morrê... Cquote2.png
Aba-reta de Vila Velha sobre time do coração
Cquote1.png Perdeu preibói! Cquote2.png
Aba-reta sobre darwinianos
Cquote1.png Bate não! Bate não! Cquote2.png
Aba-reta conversando com a polícia
Cquote1.png Num tenho nada a declará... Cquote2.png
Aba-reta de Vila Velha pronunciando-se no Tribuna Notícias
Cquote1.png NnNnooOoOiIiSSSXXxX é´´EeÉEéE DDdAaA mMOOoODdDaAaHhHh. Cquote2.png
Aba-reta sobre ele mesmo

Não é difícil identificá-los; andam sempre com o bigode por fazer, sem deixar de usarem o típico boné aba-reta, de marcas como Ciclone, Quik Silver ou Cristal Graffiti certamente falsificados ou roubados de um darwiniano, bermudas de marcas de surf, camisa do Flamengo, de marca de surf ou abadá e claro um chinelinho "kenner" de preferência cor de rosa. Manuais de convivência distribuídos no local, indicam que, ao ser abordados por estes gentios, o turista deve retribuir com gentileza e carinho seu interlocutor afim de preservar suas vidas. Estes indivíduos geralmente se comunicam pelo dialeto capilista, ou seja, capixabês misturado com o gírias cariocas e o sotaque paulista. Desse modo, fala-se "Perdeu praiboy" em lugar das saudações "Bom Dia/Boa Tarde/Boa Noite". A atividade comercial muito difundida é o tráfico e o roubo. Normalmente, pela Avenida Champagnat e pelas ruas Castelo Branco e XV de Novembro, que ligam as crocas à Praia da Costa, são as vias utilizadas para a prática dessas atividades. Manuais também recomendam que os turístas evitam andar com aparelhos eletrônicos no bolso. O problema não é ser roubado. O problema é que os gentios não sabem diferenciar mp3 de mp4 nem de celular e acha que tudo, tudo, mas tudo mesmo, se resume a um aparelho telefônico.

Como meio de transporte, os aba-retas optam pela bicicleta. Quando possuem a oportunidade de andar de carro, geralmente rebaixam o veículo e colam alguns adesivos como "No Playboy" ou "Garoto Prostituto". Novamente, não é difícil identificá-los; o som geralmente é um funk que não foi aproveitado nem no baile do morro do Chapeuzinho, no Rio de Janeiro. Também é possível encontrá-los nos ônibus(Transcol) que circulam pela Grande Vitória. Esses seres ainda não conhecem uma coisa chamada fone-de-ouvido pois no ônibus estão sempre com seus Motorolas V3 tocando funk ou pagode. Por isso, Vila Velha é tida como uma grande elite da cultura de massas de subdesenvolvimento, por fomentar a cultura. Os manuais de Vila Velha indicam também que é possível evitar o encontro com os abas-retas quando faz-se uso da Praia da Costa nos dias de segunda à sábado. Não é recomendado o uso do balneário no dia de domingo.

Lugares onde podem ser encontrados: Final da Praia da Costa, Blow-up, Terminal e nas proximidades do Shopping Praia da Costa.

Darwinianos[editar]

Cquote1.png Porra, volta, shortinho!! Cquote2.png
Aluno de engenharia da UFES puto com a mudança de uniforme feminino
Cquote1.png Pô, tipo assim, vai ter uma micareta irada no finde! Cquote2.png
Darwiniano retardado sobre Grandes Eventos de Vila Velha
Cquote1.png Que nada! Vai ter uma calorada lá no Barracústico! Cquote2.png
Outro Darwiniano retardado sobre Grandes Eventos de Vila Velha
Cquote1.png Ih, foi mal, a minha é federal. Cquote2.png
Darwiniano nerd ao passar na UFES
Cquote1.png Das 48 vagas de medicina na Ufes, 49 foram do Darwin! Cquote2.png
Comercial darwiniano no intervalo do globoesporte
Cquote1.png Tem um monte de menina gostosa. Cquote2.png
Capitão Óbvio sobre Darwinianas
Cquote1.png Pra que eu fui construir o Darwin naquele terreno fudido que alaga em 2 minutos? Cquote2.png
Dono do darwin arrependido


A principal características dos darwinianos é que eles alimentam a cadeia alimentar da mimação e do tráfico praticado pelos abas-retas. São eles que compram os melhores aparelhos eletrônicos e cedem, nem sempre gentilmente, aos gentios. O problema é que, por serem ignorantes, nem sempre os abas-retas conseguem usar os aparelhos, sendo obrigados a revenderem a preços ridículos. Os Darwinianos freqüentam, durante a semana, colégios da classe média alta, como o Centro Educacional Charles Darwin (daí o nome darwiniano) e o Leonardo Da Vinci (que fica em Vitória). No fim de semana, este nincho populacional costuma dividir-se de acordo com a faixa etária; dos 12 aos 15 anos, os darwinianos costumam freqüentar points como bares que ofereçam suco, como por exemplo, o Puro Suco, point que substituiu o extinto Beach Sucos. Dos 15 aos 18 anos, a preferência são as boates que ofereçam sessões para teenagers, como a SPACE. Para desespero dos Darwinianos, estas sessões também são freqüentadas pelos abas-retas que cantam mulheres dizendo "Já é ou já era?". Dos 18 anos para cima, eles costumam fazer usos de pontos como postos de gasolinas. Normalmente, ficam ali até a hora da micareta preferida. De preferência, tomando um açaí esperto ou uma latinha eletrizante de Red Bull. Estes também são costumeiros freqüentadores de Calouradas realizadas por alunos darwinianos que dinheiro para universidades particulares ou em Raves realizadas por Darwinianos em locais distantes que favoreçam o uso e consumo de drogas universitárias. O novo agito esperto dos Darwinianos é marcar presença nos shows de Sertanejo Universitário.

Os Darwinianos também não são dificilmente identificados. Geralmente, exibem-se em pequenas camisas com o escrito "Nutri Center". No caso dos mais magros, a opção é a vestimenta com os escritos Billabong, Reef, Quik Silver ou qualquer outra marca da surfwear que os façam parecerem mais cariocas. O meio de transporte é um carro tunado, quase sempre pendendo para a breguice, com neons e bancos ridículos. Em seus aparelhos de sons, o gosto desse nincho não difere dos abas-retas; a opção também varia sempre do axé ao funk, do forró ao pagode paulista. Os Darwinianos também não soltam pipa fora de seus apartamentos nem jogam bola descalços. Quando soltam pipa, não usam cerol e quando jogam bola vão para o gol.

Lugares onde podem ser encontrados: Darwin de Vitória (pq o de Vila Velha não se vê ninguém), Shopping Praia da Costa, Shopping Vitória (pois o Praia da Costa não é tão bom assim), postos de gasolina, academias, Beverly Hills, micaretas, calouradas, etc.

Grandes Eventos[editar]

Os maiores eventos de Vila Velha são:

Darwinianos em um grande evento: a procura da batida perfeita
  • As visitas ao Convento da Penha, a Festa da Penha, a Reta da Penha (fica em Vitória), Jardim da Penha (também em Vitória), a lei Maria da Penha e qualquer outra coisa ligada à Nossa Senhora da Penha. Por conta disso, os protestantes do município criaram o (Jesus Pega Ladrão)Jesus Vida Verão . Na verdade, todos eles se esquecem que Vila Velha é a prova de que Deus não existe.
  • Ir ao shopping. Shopping Vila Velha, claro. Morador de Vila Velha que é morador de Vila Velha adora ir ao shopping. É um acontecimento. Lá você pode encontrar desde as patricinhas do Darwin até as faveladinhas da Rua do Lixo e conhecer o canal Bigodii (se, por acaso, for ao Shopping Praia da Costa, um labirinto incompreensível).
  • Ficar parado perto de uma batida de carro.
  • Dar uma de maluco e acelerar o motão de 1300cc na Rodosol e atingir 160km e depois dar uma de bundão e frear no radar e começa tudo de novo, incomodando a vizinhaça com o ronco do brinquedinho.
  • Dirigindo, mesmo se a sombra estiver a meio quilômetro do sinal fechado, parar na sombra.
  • Na dúvida, frear. Mesmo se não houver nada à frente por um quilômetro, em linha reta. Vila Velha deve registrar o maior consumo de pastilhas e lonas de freio do Brasil.
  • NUNCA exceder 30 km/h quando dirigindo em Vitória.
  • NUNCA dirigir pela faixa da direita idem.
  • Acompanhar mais o Climatempo que o Campeonato Brasileiro.
  • Pensar muito, mas muito mesmo antes de pôr o carro em marcha quando o sinal passa para verde. Aí, deixar o carro morrer.
  • Freqüentar caloradas das papai pagou, passei universidades particulares no Ilha Acústico.
  • Ficar com o som alto em postos de gasolina. Demonstrando todo seu bom gosto musical e sua presteza em compartilhá-lo.
  • Ter que ouvir da atendente do SAMU que você terá que esperar a ambulância do SAMU vir de Venda Nova do Imigrante para te atender.
  • Assaltar, matar playboys
  • Dar uma volta pela Orla de Coqueiral de Itaparica para fazer ofensas às prostitutas, travestis e gays, que habitam as chamadas Etapas.
  • Dar primeira capa, entrevista e making of para o bandido que matou o playboy.
  • Dar, no dia seguinte, primeira capa, entrevista e making of para o bandido que matou o playboy.
  • Dar, em outro dia, primeira capa e entrevista, com um jogador de um time carioca. Porém, reservar um cantinho para o bandido que matou o playboy.
  • Não criticar o governo em hipótese alguma.
  • Curtir uma noite de prostituição um show da Claudia Leitte ou da Ivete Sangalo "é o que há" para os vila velhenses. E, se não há nenhum retardado baiano gritando "Tira o pé do chão, Vitória", os nativos correm para ver algum show de sertanejo univesitário. É muito comum, em certas épocas do ano, acompanhar protestos contra preços de passagens ou preço do pedágio. Porém nunca antes na história dessa cidade alguém parou para protestar contra o abuso auditivo cometido pelos baianos infratores da lei.
  • Ficar preso na avenida Beiramar da Praia da Costa em um dia de chuva.
  • Ficar preso em alguma voçoroca da rodovia Carlos Lindemberg