Vintersorg

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Wikisplode.gif
Para os neo-ateus que preferem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Vintersorg.
Hitler curtindo um som do Fresno. Vintersorg é emo.

Se você não respeitá-lo(a), um deles chamará o Adolfinho para lhe transformar em purpurina.
Cquote1.png Mais uma dessas bandas desafinadas da Suécia vindo tocar por aqui! Cquote2.png
Você sobre Vintersorg
Os membros da banda querendo pagar de macho, caso raro pra emos.

Vintersorg é uma banda emo de folk/viking metal com elementos de black metal sueca e em uma tradução literal significa "Tristeza de Inverno", mas o nome da banda foi retirado da série Isfolket de Margit Sandemo para retirar a visão de que o grupo era gay, o que não deu muito certo isto.

A sua biografia[editar]

O projeto começou com uma banda completa de idiotas que não tocavam porra nenhuma, chamada Vargatron (O trono do lobo) em 1994 com a intenção de levar o black metal a novas dimensões, de viadagem pura. O objetivo era misturar um vocal limpo, guitarras acústicas e riff's pesados, que deu uma surubada grande nas notas e melou tudo no final.

Depois de muitas mudanças na formação da banda o projeto foi arquivado em 1996 como um fracasso que já era desde a sua inauguração. Mas o vocalista e guitarrista, Vintersorg, decidiu continuar sozinho a banda tocando também os demais instrumentos para tentar ressucitar essa banda de perdedores.

O Ep Hedniskhjärtad, lançado no verão de 1998, foi o resultado positivo com a bença do Deus Metal. E mais tarde no mesmo ano o álbum Till Fjälls atingiu relativo sucesso, pois removeram tudo que havia de viadagem na música e colocaram mais temas relacionado ao sexo. A paixão de Vintersorg pela música folk ficou evidente e ficou ainda mais exposta no álbum Ödemarkens Son, lançado em 1999, mostrando todo o seu amor ao folk.

O novo trabalho em estúdio da banda foi lançado este ano por terem muita pressa de ver o fracasso sucesso da sua nova música. O álbum intitulado Solens Rötter, trás de volta os elementos musicais que tornaram famoso o projeto - como vocais em sueco - que eram integralmente contidos nos álbuns anteriores ao Cosmic Genesis, mas sem aquelas músicas emisses que tinham.

Viking.jpg
v d e h
Os bárbaros vêm aí... Olê olê olá!