Virginópolis

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Virginópolis é um município onde todos que moram nele estão o mais longe o possível de estar virgens. Ao contrário do que você pensa todos os jovens da cidade não são virgens, mas estou dizendo que eles não são mais virgens de Bunda, isso é uma tradição do município desde que o chefe do povoado disse que todo mundo fazia isso em Juiz de Fora.

História[editar]

Um lugar com uma "boa" fama como Virginópolis tinha que ter uma estátua paraguaia do cristo redentor mesmo.

Virginópolis era um povoado como qualquer outro que foi patrocinado por um maníaco sexual para que um bando de otários viessem participar. Após lerem a descrição e confiarem um papel vários imigrantes ou camponeses otários chegaram em Virginópolis e começaram a fazer festas para comemorar terem chegado em uma anarquia selvagem que é o mato de Minas Gerais.

Os planos do chefe, sobretudo, era mostrar como a cidade era uma merda comparada as outras e fazer de Virginópolis a capital da queimação de rosca, por isso a maior parte dos habitantes eram homens solteiros que receberam os panfletos, se eles trouxeram mulheres era azar delas segundo o chefe do povoado.

Então, após fazer tudo direitinho ele implanta essa história de que a cidade era péssima e só seria melhor se todo mundo queimasse a rosca começando pelo líder do povoado antigo de Virginópolis.

Após tirarem no palitinho quem ia ser a caça e o caçador começa a primeira "festa do pão e salsicha" em Virginópolis, que tinha essa tradição de antes. Os poucos homens do município fugiram e foram morar em buracos caipiras.

Se esperava que a população da cidade diminuísse mas aumentou devido a terem essa liberdade nessa Anarquia.

Atualmente[editar]

A cidade que de virgem não tem nada tenta se esquecer desse passado bárbaro de sua história. Apesar de tudo o líder do povoado tem uma estátua em sua homenagem no pseudo-centro da cidade. O prefeito, após descobrir que sua cidade era o maior festival de queimação de roscas do mundo moderno decidiu queimar os registros da antiga Virginópolis.

Atualmente, a nova Virginópolis é uma cidade igual à antiga só que a queimação de rosca rola às escuras e escondida. Até mesmo os idosos fazem isso, claro os velhos com velhos pois as velhas só estão lá para ir a igreja e dar esses espaços de tempo para os velhos "voltarem ao passado".

O playboy também no escapa e provavelmente é o mais ativo de lá, os caipiras fazem o mesmo e até combinam churrascos para fazerem essa coisa.

O lema de Virginópolis é: "você pode ser virgem em Virginópolis, mas também não pode ser", tá certo que isso parece mais a Equilíbrio Espanhol, adotado pela prefeitura para evitar que aparecesse um carola/gay enrustido após descobrir que todo mundo na cidade dava a bunda.

Esse tipo de pessoa usa A "Ofensiva Maltesa" só que com "virginópolis" no lugar de Malta. Aí soa meio irônico.

Ver também[editar]