Vladímir (óblast)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Drácula.jpg
ESTE ARTIGO VEIO DA ROMÊNIA!

No topo de todas suas aldeias há um castelo mal-assombrado pelo Drácula, seus habitantes sabem fazer ginástica e comem pizza de cérebro de porco. Acredite ou não, também somos latinos.

Se vandalizar, um vampiro vai te morder!
Nadia comaneci.jpg
Cquote1.png Sangue!! Cquote2.png
Vladimir sobre Vladímir

Vladímir(em russo, Влaдюмиp), o enclave romeno na Federação Russa. O reduto das bestas, chupa-cabras e vampiros que se deleitam na região.

História[editar]

Vladímir XXXVII. Atual conde do Óblast de Vladímir.

Uma das maiores personalidades da história da Romênia, Vlad, o Empalador criou o que até hoje é reconhecido como o mais vasto império sinistro da história da humanidade, o Império Romeno de Vlad.

Espalhando terror pelo leste europeu, o Império de Vlad ceifou muitas vidas para satisfazer as necessidades fisiológicas de seus líderes.

Orlas de bárbaros mongóis tentaram conquistar o Império RomenoO Vaticano durante os séculos XI, XII e XIII, mandavam para o Império Romeno seus padres exorcistas que sabem lutar espada numa guerra sem fim para empalar os líderes romenos. A igreja não estava conseguindo sucesso, apenas Van Helsing conseguiu matar um dos líderes do Império Romeno, nada que abalasse a estrutura do país dos vampiros.

Apenas quando os russos, um povo que os vampiros nem ligavam, pois tinham um sangue ruim com gosto de estragado, além do alto teor de álcool, esses bárbaros que falavam esquisito sob o comando de Ivan, o Terrível (uma outra espécie avançada de vampiro, personagem principal em Castlevania) conseguiram conquistar as regiões correspondentes ao atual Óblast de Vladímir. A projeção original de Ivan, era conquistar toda a Romênia, porém o Drácula assinou acordo com os russos sze comprometendo a apoiar a União Soviética, daí a popularidade de vampiros em produções hollywoodianas, nunca os americanos foram tão atacados por vampiros.

Os russos acentuaram a palavra Vladímir, para tornar a região um local mais original, pois existia Vladimir em tudo quanto é região, além de tornar mais fácil a pronunciação em sua língua.

Hoje em dia, a Romênia não passa de um paiseco esquecido, com alguns vampiros de jejum e o Óblast de Vladímir é um glorioso território russo.

Etnia[editar]

Formado por vampiros e bestas em geral, Vladímir é o maior exportador de filmes de terror do mundo.

Humanos na região apenas aqueles aldeões com cara de vou morrer que servem de alimento para os líderes do Óblast e vivem no sopé dos castelos de topo de colina. Ninguém sabe até hoje por que eles não se mudam de região.

Economia[editar]

O Grande Palácio Imperial de Vladímir.

Dono de um dos melhores hemocentros do mundo, Vladímir se interessa apenas em negociar sangue com outras nações, os pescoços favoritos são os americanos (os alimentos gordurosos sempre são saborosos), romenos, brasileiros e cazaques, repugnam porém pescoços franceses que vem com um fedor da porra e japoneses.

Política[editar]

Vladímir é o único oblast russo que não deve nada a Moscou, quem manda por ali é Bucareste. O Óblast de Vladímir também possui um aliado poderoso quando o papo é assustar pessoas, possui uma união aduaneira com a sinistra região do Óblast de Samara, além de tratados bilaterais com Udmúrtia e Mordóvia para conseguir com o mínimo de impostos, o máximo de sangue.

Geografia[editar]

Formado por várias colinas com castelos mal-assombrados em seu topo, em Vladímir parece que sempre é noite. Acontece na região o fenômeno curioso denominado de Névoa Sinistra Permanente.

Ver Outras Coisas Sinistras na Russia[editar]