Vologda (óblast)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Rugal mandou uma cartinha para este artigo.
Gaste todas suas fichas para tentar derrotá-lo!

Vologda(em russo, зоралода федерьного значениярьаче дерьнралде), o estado russo que não passa de um estorvo para Moscou.

História[editar]

Entrada de Vologda e o visual de como este óblast não é um dos melhores da Rússia.

Vologda é mais um dentre vários óblasts incovenientes russos, que existem apenas para fazer número e manter para a Federação Russa o status de país mais extenso do mundo. Logo, Vologda é uma das várias extenssões de gelo que a Rússia possui e não serve para nada.

Vologda se orgulha apenas de um aeroporto, que na verdade nada mais é do que um pátio descampado de gelo, e seus vários rios congelados que permitem com que a marinha russa possa ir de Moscou ao Oceano Russo.

A grande sensação histórica de Vologda, foi na época em que Ivan, o Terrível que andou por toda a Rússia chegou em Vologda. Ao notar que a região era uma grande merda, mandou construir uma capela profana em seu nome para constar que ele fez alguma coisa por aquela região e aproveitou ainda para saquear o vilarejo.

O Óblast de Vologda é tão tedioso, que a única peculiaridade relacionada a essa terra, é o fato de que sua capital não é a maior cidade do óblast.

Geografia[editar]

Conhecido como Sibéria do Oeste, Vologda é a opção mais acessível para os habitantes de Moscou que não quiserem ter que cruzar metade do mundo para chegar à Sibéria.

Economia[editar]

A única utilidade do óblast de Vologda são suas fazendas de criação de vacas, que dão o único leite e derivados naturalmente gelados no mundo.