Volta Redonda

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


Poluicaoatmosferica01.jpg
Image27.gif
Este artigo está poluído!

Portanto pegue sua Máscara de Oxigênio e uma Garrafa vazia, para carregar ar COF COF COF... ARGHH!!!
60px-Bouncywikilogo.gif
Para os fanáticos religiosos entre nós que escolhem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Volta Redonda.
Fatos.png
O Deslistas tem uma lista sobre
Volta Redonda


Nota: o trecho seguinte está "compactado" de modo a despoluir visualmente o contexto da página toda.

Cquote1.pngVocê quis dizer: Cidade do açoCquote2.png
Google sobre Volta Redonda
Cquote1.png O cééu, já foi azuul, maaaas, agora é cinzaa. Cquote2.png
Renato Russo sobre Volta Redonda em sua música Fábricas
Cquote1.png Em Volta Redonda, é o barramansuíno que zoa você, tomando icegurt! Cquote2.png
Reversal viciada de Volta Redonda sobre a relação amigável com Barra Mansa
Cquote1.png Na União Soviética, VOCÊ causa problemas respiratórios na CSN! Cquote2.png
Reversal Russa sobre a poluição da CSN
Cquote1.png Putz, me fudi!!! Cquote2.png
Barramansense sobre quando Volta Redonda se emancipou
Cquote1.png Putz, me fudi!!! Cquote2.png
Voltaredondense sobre Volta Redonda quando a CSN foi privatizada
Cquote1.png Putz, me fudi!!! Cquote2.png
Voltaredondense sobre depois de passar um tempo com alguém de Barra Mansa
Cquote1.png Putz, me fudi de novo!!! Cquote2.png
Voltaredondense sobre perder pela trigésima vez a mulher para alguém de Barra Mansa
Cquote1.png Putz, to fudido!!! Cquote2.png
Voltaredondense sobre após saber que a CSN vai fazer mais uma leva de demissões]]
Cquote1.png O céu é azul! Cquote2.png
Voltaredondense sobre suas lembranças de viagem a qualquer outro lugar do mundo
Cquote1.png Aqui... Cquote2.png
Voltarredondense começando uma conversa sobre qualquer assunto
Cquote1.png Não ande por esses lados, aqui é muito PERIGOSO, meu filho!! Eu NUNCA andei por aqui. Cquote2.png
Sua mãe sobre Jardim dos inocentes
Cquote1.png É mesmo?!Ainda bem que eu nunca andei por lá, mãe Cquote2.png
Você sobre aviso da sua mãe
Cquote1.png Eu só acredito.. VENDO! Cquote2.png
Sílvio Santos sobre Seu comentário
Cquote1.png É sério menino, não vai pra lá! A única vez que eu fui lá, aconteceu você! Cquote2.png
Sua mãe sobre os traumas da infância dela.
Cquote1.png Na União Soviética, os gases da CSN são intoxicados por VOCÊ!! Cquote2.png
Reversal Russa sobre Voltarredondenses, Barramansuinos e o resto do hemisfério sul
Cquote1.png Eu tenho medo! Cquote2.png
Regina Duarte sobre a poluição de Volta Redonda
Cquote1.png Adoro andar de Volta Redonda! Cquote2.png
Carla Perez sobre Volta Redonda
Cquote1.png Meus pulmões viraram tijolos. Cquote2.png
Cidadão que mora na cidade a 1 ano sobre Volta Redonda
Cquote1.png Olha esse foguinho da CSN que lindo Cquote2.png
Turista retardado sobre CSN
Cquote1.png Naum falii malx da minha xidadii, aqui tudo eah linduxo, ati tudinho é perfeitúdoh, tenhú meux miguxos ki vein di Barra Manxaa e queimam a rosca junto cum eu Cquote2.png
EMO sobre Volta Redonda e Todos os comentários acima
Cquote1.png Nunca vi a poluição de Volta Redonda Cquote2.png
Stevie Wonder sobre sobre Volta Redonda
Cquote1.png Véi...! Cquote2.png
Volta redondense se comunicando com outro volta redondense
Cquote1.png Sempre to comendo alguma putinha de Volta Redonda Cquote2.png
Carioca comedor de vadia

Vista Panorâmica


Volta Redonda, é uma cidade situada dentro da CSN, também conhecida como Mordor, é a única cidade da região sul do Estado do Rio de Janeiro feita em tons de cinza, devido ao gasto de verba para a construção da CSN. É também chamada de "Cidade do Aço", porque o presidente da CSN e o prefeito gostam de meter o ferro aço nos moradores. Isso acaba causando indignação nos voltarredondenses, e inveja nos cidadãos de Barra Mansa (que não reclamariam nada se fosse com eles).

Tabela de conteúdo

Economia

Torre Uruk Hai. P&B, logicamente.

Volta Redonda, sobrevivia principalmente da exportação de poluição, e água contaminada via Rio Paraíba do Sul, para as cidades vizinhas. Além disso e também a maior venda de veículos batidos ou roubados do estado do Rio de Janeiro. A CSN não está em Volta Redonda, Volta Redonda é quem está na CSN.

199% da população trabalhava na CSN, usina do mal criada por Darth Vader e Sauron e atualmente comandada por Joseph "Rabinobitch" Stalin. Agora a indústria será acionada por robôs a distãncia de um kibutz. Atualmente a cidade está sob o comando de uma dinastia. O poder público é dirigido por um grupinho que tem a perspicácia de ludibriar velhinhos, que por sua vez são capazes de te agarrarem pelo pescoço caso tente avisá-los. O prefeito é o Sr. Antônio Francisco Neto.

Volta Redonda é a cidade com maior número de ataques do coração e surgimento de chifres. O sujeito não respira ar, qualquer coisa tipo benzeno, enxofre, monóxido de carbono, e aí morre cedo e quando não morre envenenado pelo ar, morre de desgosto ao ver sua mulher dando para os rapazes de Barra Mansa que socorrem as mulheres mal amadas devido a um gás utilizado na segunda guerra para desmoralizar as tropas inimigas e que os sacanas dos americanos mantiveram no projeto da CSN, putos com a pífia campanha dos expedicionários que só subiram em Monte Castelo para comer peixe.

A cidade tem a maior frota de carros por chifre do Estado. E que para comprar um pão tem que pegar a variant na garagem. Para comprar jornal tem de ir de condução qualquer.

O mercado de auto peças é promiscuo e promissor. Os cornos como são chamados os habitantes pelos barramansuinos da cidade ao lado, eles compram peças de origem duvidosa, com isso o carro sai da oficina funcionando na sexta para ser roubado no sábado.

E o único natal do mundo onde fazem uma festa nada familiar num puteirão no Jardim Amália.

A cidade é de um senhor chamado Beijamim, que é dono de tudo. Em Volta Redonda não há para onde crescer. Quando é pobre metido a rico vai morar em Pinheiral. Pelo menos não convivem com os barramansuinos e sim com os pinheirenses que em termos de ornamento são verdadeiras árvores de natal

Capital brasileira do Divórcio

Corno conformado dividiu a casa no Eucaliptal, levando a outra parte para o Conforto, bairro feito para os chifrudos serem confortados.

Segundo dados do IBGE (Intrometidos Bicões Guardadores de Estatíticas) a cidade de Volta Redonda é a capital do divórcio. O motivo é simples em cada 10 casamentos ocorridos 7 não chegam a durar 5 anos, e 3 acabam por motivo de morte do marido, velhice, morte da mulher ou dos dois. A maior causa para alta incidência dos divócio é a quantidade de motéis, substância toxica que brocha, e os garotões de Barra Mansa que roubam o seu marido. Ou seja CHIFRE.

Cquote1.png Em Volta Redonda, é VOCÊ que pega a mulher do Ricardão, tomando Icegurt! Cquote2.png
Reversal viciada de Volta Redonda sobre os divórcios em Volta Redonda

Chamada também de Cornolândia carinhosamente pelos vizinhos de Pinheiral e Barra Mansa, seus habitantes são muito pacíficos e já aprenderam a dividir os bens como nenhum povo. Observe a foto de uma casa no Eucaliptal onde a metade ficou para a mulher e a outra metade para o marido levar para o conforto (bairro que conforta todos os cornos doídos).

Universidade

Além de exportar poluição, Mordor Volta Redonda se preocupa com a educação dos habitantes, já que a saúde já era! A cidade conta com um Centro Universitário situado na pequena e muito poluída zona rural da cidade. A FOA (Fundação de Otários Autistas) é o lugar onde os filhinhos de papai acabam estudando que não passaram numa Federal, já que perderam o tempo assistindo ao BBB comendo pipoca no sofá da sala da casa de seus pais. A FOA sobrevive atraindo alunos de outras cidades que não passaram no vestibular para o seu curso de Medicina inconcorrido.

Outros acabam indo para o campus UBM (Universitários Burros e Medíocres) situado na Floresta desmatada da Cicuta, onde não aprendem porra nenhuma e bebem o dia inteiro, como na UGB (antiga FERP), outra instituição onde os menos favorecidos que trabalham de manhã, à tarde e as vezes à noite e alguns dias de madrugada arranjam tempo para estudar.

Volta Redonda ainda possui uma Universidade Federal Fácil, a UFF Campus VOLTA REDONDA, diferente do Campus NITERÓI, ela tem a concorrência de 0,3 candidato/vaga. Uma novidade também são os novos cursos para futuros cobaias (tanto na faculdade como depois de formado), um deles é Engenharia de Agronegócios, visando profissionais suicidas para trabalharem nas plantações de coca e maconha da cidade vizinha Barra Mansa.

Lazer

Volta Redonda é reconhecida pela agitada vida noturna, já que com os turnos da CSN, as casas dos peões ficam movimentadas com as suas mulheres dando pra algum barramansuino.

Tirando as casas noturnas como o "Cana Café", cuja lotação maxima é de assustadores 219,75 pessoas por m² (se duvida, tente entrar lá), e a boite Porão que concorre ao título de casa noturna mais antiga do universo já que que seus eventos vêm desde 1420 a.C. com rara arquitetura do período paleolítico brasileiro foi local de grandes acontecimentos, tais como a festa 15 anos de Dercy Gonçalves a aproximadamente 2000 anos atrás.

Falando em diversão, a cidade, com toda a sua hospitalidade e caridade, montou uma casa noturna especialmente dedicada a enorme comunidade GLBTS-CPMF-FOA-UGB-TRE-CPF, denominada "AUÊ" , com ótima localização embaixo de um dos viadutos mais limpos da cidade. É um local não apenas de diversão, mas de grande fonte de renda para os catadores de lixo, onde recolhem cerca de 1,5 toneladas de camisinha para reciclagem de látex por semana!

Há também um lugar chamado Jardim dos Inocentes, onde de inocente não se encontra nada. Durante o dia playboys e patricinhas passam fumando maconha e durante a noite putas e assaltantes rodeiam o local.Isso pra não falar dos Rockeiros malucos que andam por lá!

Shopping:

-Sider Shopping: um lugar bom agradável, mais que já morreram pessoas de bala perdida! Nesse shopping as lojas estão sem lugares para abrir, pois é muito cheio de lojas enquanto o cinema fica com 1 andar INTEIRO só pra ele!

-Pontual Shopping: Não sei pra que construíram aquele shopping! Quando você entra você fica até com medo pois não encontra se quer 1 pessoa!!! Esse shopping ainda tem uma torre de muitos andares que desde a inauguração(que já faz muito tempo) até hoje a torre não funciona!!!!

Costumes

O município abriga todas as cozinhas mundiais, mas com sua peculiar cultura de consumir todo e qualquer tipo de alimento defumado, fenômeno natural que ocorre também em cidades como Cubatão, Cidade do México, Caracas e Bogotá.

Outro costume do voltarredondense vem do fato dele não conseguir distinguir muito bem as cores, o que faz com que grande parte da cidade seja em tons de cinza, que variam de acordo com a falta de limpeza do local e o acúmulo de poeira.

Um costume muito peculiar na cidade, ainda fonte de vários estudos científicos, é o fato de todos os voltarredondenses cederem suas mulheres aos vizinhos barramansuinos. Seja por espontânea vontade(delas, é lógico) ou por falta de competência sexual dos voltarredondenses, que pela poluição gerada por Mordor, não conseguem praticar sexo (com o pênis), fato esse explicado pelo excesso de vazos entupidos por enxofre, o que impede a passagem do sangue aos órgãos genitais, tornando-os impotentes. Dizem os estudiosos estar associado ao furto das mulheres da Cornolândia, ops.. Volta Redonda, é o inchaço e roxidão nos olhos, posto que um voltaredondense quando tem sua mulher furtada por um barramansuino, costuma ir tirar satisfação e apanhando por sequência. Fato caracterizado de um costume voltaredondense, é o prazer de apanhar de um barramanSUINO tendo sua mulher tomada ou não. Ou seja, importante para o cidadão é mostrar que é morador da Cornolândia, seja com sua mulher nas mãos de um (ou vários) moradores de Barra Mansa, seja por escoriações no corpo que entregam um conflito típico entre as duas cidades, em que apenas um suíno(BM) bate em vários cornos(VR), ou vários suínos(BM) batem um um único corno(VR). Depois de apanhar de um barramansuíno, ter sua mulher tomada por um deles, e ter o pulmão defumado, o cidadão de Mordor é aceito pelo resto da cidade.

Os voltarredondenses também têm o costume de colocar nome de frutas cítricas nos bairros da cidade como Laranjal, Tangerinal, Limoeiro, entre outros. So que nestes bairros não tem frutas, as frutas andam no aterrado.

Turismo

Se você está curioso em conhecer Volta Redonda, esqueça. Não há lugar para se fazer turismo lá. Ciente disso, todo voltarredondense se muda em grandes caravanas para Angra dos Reis (ou melhor, num lugar esquecido por Deus chamado Perequê, que é o bairro de Volta Redonda mais próximo do mar), ou então em Cabo Frio (ver peculiaridades dos mineiros) locais onde cerca de 90% da população voltarredondense tende a ser encontrada nos meses de dezembro a fevereiro de cada ano.

Não há turismo. A vida de um voltaredondensse se baseia no que passou ontem na novela e em músicas criativas de funk. E também do que acontece dentro da CSN.

Para aqueles mais alternativos, no Memorial Zumbi (também conhecido como lixão) há um encontro de jovens de preto para beber vinho vagabundo, falar de músicas incrivelmente ruins, usar correntes roubadas do portão lá de casa e serem parados pela polícia.

Existe uma irrelevante Biblioteca pública na cidade, onde os livros provavelmente estão sendo reunidos para futura incineração nos fornos da usina, uma vez que a população em geral só sente necessidade de possuir uns 5 volumes de tamanhos variados por família, para serem usados como eventuais calços de pé de mesa. O que explicaria a existência de apenas uma livraria na cidade.

Religião

Volta Redonda é uma cidade predominantemente católica, onde os fiéis não costumam ir à missa porque freqüentemente dormiam nas celebrações do Padre Sono, digo, Padre Sano! Existem também a parcela dos evangélicos, que se fazem de santas mas são as mais fáceis de comer no fim de noite e adoram um boquete. O número de evangélicos fanáticos também é grande, esses costumam distribuir seus agentes peregrinadores na Amaral Peixoto e Vila para entregar panfletinhos que ninguém lê, onde diz que a sua religião é ruim, você não presta, e não será salvo! Pode-se destacar também um grande grupo de ex-drogados que frequetam uma tenda gigante que só vive em obras, tamanha a arrecadação do seu safado, digo, fundador, que se empenha em fazer lavagem cerebral contando testemunhos duvidosos para jovens marginais e boiolas encubados.

Noite

Volta Redonda tem uma vida noturna bastante agitada e diversificada, espalhada por toda cidade. Clubes como: Comercial, Náutico, Aero, Clubinho do Laranjal, Umuarama, Funcionários e casas noturnas como Boite Porão, Maestro Hall, Cana Café, Fazenda Café e Auê bar, fazem com que a vida noturna seja bem 'animada'.

  • O Aero e o Umuarama são redutos de mini-traficantes e semi-marginais que vão a esses lugares para arrumarem pancadaria ao som de muito funk; sempre no final de cada baile, em um desses dois lugares, duas pessoas (no mínimo) morrem.
  • O Clube Comercial, que é dominado por um dos coronéis da cidade, realiza todos os domingos a sua "domingueira", onde só desocupados frequentam, pois não tem que trabalhar na segunda-feira(papais os sustentam). Nesse clube ocorre anualmente a micareta de Volta Redonda, "VR Folia", em que as patricinhas que se fazem de difíceis durante o ano todo, liberam geral para os que passam na frente delas, chegando ao ponto de agarrarem todos os homens. Em média, no VR Folia, cada mulher fica com cerca de 70 a 85 homens por noite. É um bacanal coletivo ao som de axé e funk. Depois do VR Folia as meninas voltam a ser "difíceis", passam a consumir bastante açúcar e o expele pela fossa inferior.
  • O Auê Bar, é bastante frequentado por todos de nossa cidade, é praticamente um ponto de encontro do pessoal, onde rola diversas brincadeiras divertidas. Como o bar não comporta toda a população de bibas, algumas vão às ruas e fazem programas homossexuais a preços promocionais.
  • Le Fetichê A maior cópia do Auê Night bar também é conhecido como "Le Fetichê" ou "Le Roça", pois o bairro onde é localizado ainda não chegou na era asfalto. É frequentado pelas bibas falidas e prostitutas velhas. Dizem que o proprietário do local se inspirou em suas experiências frustadas como padeiro em Campinas-SP, queimando roscas para abrir o local em turnos de 12 horas.
  • O Clube Náutico, já teve seus tempo áureos, mais caiu em decadência, pela má administração que não teve criatividade, pois em todos os eventos que o clube produzia, levava sempre as mesmas atrações, fazendo com que o público enjoasse; hoje sobrevive as custas de shows de pagodes esporádicos que ocorrem por lá. É bastante frequentado por metidos-a-cantores e "maria-cavaquinho" (é o mesmo que maria-chuteira, mas buscam pagodeiros ricos).
  • O Clubinho do Laranjal é um espaço onde os playboys que moram no bairro Laranjal arrumaram para colocar suas bandinhas de rock para tocar música emo, já que não conseguem oportunidade em casa noturnas como Boite Porão.
  • O Clube dos Funcionários se divide em sede social e PET (local onde se depositam todas as garrafas de coca com vodka). Os grandes eventos ocorrem na PET, onde durante eventos, jovens drogados e patys liberadas, vão pro meio do mato para 'se conhecerem melhor'.
  • Boite Porão é uma casa pré-histórica. Fotos do aniversário de 15 anos da Derci Gonçalves(REALIZADA ALI) enfeitam o lugar, onde, preferencialmente, pessoas de meia idade, separadas ou encalhadas frequentam na tentativa desesperada arrumar alguém para namorar. Povo jovem marca presença quando acontecem eventos de funk ou música eletrônica, convidam um DJ de algum outro país, com um nome diferente, e todos os moradores da cidade metidos a "doidos da rave" vão fazer seus malabares. A população marca presença nas tradicionais festas de Natal e Ano Novo, lotando absurdamente o clube. Nestas festas, após a ceia regada de comida pesada (tutu, lombinho de porco - porque quem frequenta lá não tem R$ pra comer coisa melhor) é um festival doido de peido. Os únicos espaços que são vistos nestes dias indicam a presença de gás metano. Levam bandas de Rock regionais e muitas bandas novas, como a "Céu de Libra" dentre outras. No ano novo o nível dos freqüentadores cai ainda mais, já que só vão pessoas que não tiveram dinheiro suficiente para passar o ano novo em alguma cidade melhor, ou pessoas que tinham R$ 10,00 e foram para o Perequê.
  • Maestro Hall é um bom ambiente para curtir a noite, mas como o proprietário não tinha dinheiro suficiente para abrir essa casa noturna em locais badalados da cidade (como Vila St. Cecilia, Jd. Amália ou Colina ), inaugurou o Maestro num dos bairro mais fuleiros de Volta Redonda - São Luiz - que além de ser longe, é extremamente perigoso, com as brigas constantes de gangues dos bairros vizinhos.
  • O Cana Café Lugar onde os vendedores de caldo de cana guardavam seus carinhos para tomar café. É a menor e mais ridícula boate do mundo. Não perguntem onde é a saída em caso de emergência chama-se Portal da Saudade. E um cubículo, onde as vagabas da cidade, vão para encontrar trouxas para sustentarem elas e curtirem o som do "famoso" grupo Dito & Feito, onde meia dúzia de playboys fudidos resolveram se juntar, só não pergunte o que eles tocam, pois ninguém saberá informá-lo. Essa casa noturna está sempre cheia pois somando o garçom, a garçonete e o segurança que levo uma pedrada um tempo atrás, a lotação está em 90%.
  • A Fazenda Café é um local longe demais (perto da rodovia presidente Dutra), onde acontecem festas raves e GLS em Volta Redonda. Como é muito distante do centro da cidade (se localiza no meio do nada), seus frequentadores aproveitam isso para praticarem as mais diversas loucuras (sejam sozinhos ou acompanhados). Quase sempre essas festas GLS são organizados por Flávio Lavigne primo fruta esquecido de Avril Lavigne.

Alguns Bairros

  • Açude: Colônia iraquiana em Volta Redonda, dividida em americanos (Açude 1), xiitas (Açude 2), sunitas (Açude 3) e curdos (Açude 4). O clima de guerra e a pobreza é semelhante ao Iraque.
  • Aero: Bairro tão calmo que até adultos brincam de esconde-esconde, e por isso não é encontrado nenhuma alma viva no bairro em qualquer horário do dia. O movimento cresceu 0,002% depois da construção da Radial Leste, pois ouve-se o barulho dos carros em alta velocidade. Seu comando é disputado por um PM (que mora perto da padaria) e por um ex-PM chamado Gessey (que foi expulso da PM por ser um merda). Tem também um trailer construído numa área de posse ao lado da quadra, de propriedade de um cara maneiro pra cacete(Dinei é o nome dele), porém, sua mulher expulsa todos os clientes com aquela cara de quem está com dor de barriga, mas o lanche é o melhor da cidade, demora pra cacete, mas é bom.
  • Rua 208(Conforto): Localizada entre os bairros São Carlos e Eucaliptal, tem a maior concentração de igrejas evangélicas (lá fica uma das mais antigas da cidade, a igreja "Bate-Palminha" inspirada na lendária boneca da Estrela dos anos 80) e botecos nojentos da cidade. Lugar onde aposentados e desocupados passam o dia inteiro jogando baralho e à noite perambulam por lá alcoólatras, doidos que fugiram de Quatis, mendigos e todo topo de criaturas da noite.
  • Aterrado: Bairro que serve de passagem da periferia para o centro da cidade. Tem comércio variado, com edifícios modernos (como o Edifício Redondo), e se encontra de tudo pra comprar lá em qualquer esquina: comida, bebida, cigarro, maconha, cocaína, crack, mulher,travestis e ingresso pra entrar no Raulino. E depois que veio o tal do Mínimo pra cá, quer dizer, Máximo, os outros mercadinhos resolveram se arrumar para recebê-lo também... Que disputa mais ridícula de qual mercadinho agora é o maior!! Tem uma população muito peculiar, que anda de carro novo com as prestações atrasadas, devem todas as lojas e bancos da cidade mas à noite tomam cerveja nos bares posando de patrão.
  • Belo Horizonte: Um bairro atrás da Vila Brasília. Nenhum playboy do lado desenvolvido da cidade ousa entrar nesse bairro.
  • Brasilandia: Bairro em forma de retângulo, suas ruas tem nomes bem interessantes: Rua 1, 2 ,3... O bairro só possui um mercado, padaria não tem, se quiser comprar pão tem que ir até os bairros vizinhos ou comer pão de ontem que sobrou de outra padaria, e pra melhorar ainda mais a situação possui um trem que não deixa os moradores durmirem a noite.
  • Barreira Cravo: onde se encontra os 'traficantes' filinhos de Papai, na maoria usam dread, frequentam raves, porém fazem parte da população ribeirinha de Volta Redonda, é o primeiro bairro que alaga, a presidencia da associação de moradores já é jurássica devido a moradora ser vereadora e ela só aparece em dias de enchente.
  • Centro vulgo Amaral Peixoto: a Av. Amaral Peixoto se resume a um emaranhado de lojas e um excessivo número de pobres atrás dos ofertões. Uma cópia mal feita do mercado popular também é encontrado nesse bairro, onde mais sacoleiros se reúnem pra comprar presentes baratos e defeituosos e distribuírem para a família. As calçadas da avenida são tomadas por todo o tipo de andróides enferrujados distribuindo papéis que você não quer pegar, e quando pega, joga fora. Velhos em banca de jornais, mortos de fome saboreando um péssimo churrasquinho de gato e todo o tipo de rico comprando CD pirata também são atrações do Centro. As habitações humanas se restringem a minúsculos e feios apartamentos em cima das lojas, onde os moradores tem a vista privilegiada da movimentação dos pobres que se sentem ricos para comprar todo o tipo de bugiganga que se vende ali.
  • Caieiras: Bairro de adolescentes que pagam lanche pros jovens "cara-de-mal" da Água Limpa, eles tem rolo com quase toda a cidade e só apanham! e sao um bando de viados.
  • Colina: Se localiza na parte nobre da favela de São Geraldo, os moradores desse "dito" bairro, temem em achar que a Colina é algo totalmente independente da favela que os rodeia. Se trata de um amontoado conjunto de quitinetes que possui visão panorâmica para o então muquifo chamado de Clube Comercial. A Colina é uma grande exportadora de drogados que sonham em ser playboy, tal tribo de pelas sacos pode ser encontrada na tumultuada Praça da Colina que é modelo em segurança pública sendo vigiada por flanelinhas que tomam conta do local como tomar rádio-cd de carros, relógios, roupas, tênis, celular, carteira e cueca de marca dos demais, ou então os pseudo-playboys se escondem num lugar com proporções mínimas em tamanho no Cana Café (seu habitat natural) para "tomar Café e pagar um Cafezinho" para seus colegas.
  • Conforto: Um dos bairros mais antigos da cidade, onde moram os velhos aposentados da CSN. Todas as casas do Conforto tem um tom em comum: o cinza, já que o bairro teve a infelicidade de ser construído de frente para a CSN.
  • Dom Bosco: Bairro situado as margens do Rio Paraíba do sul, um dos rios mais poluídos do mundo, aonde se encontra um peixe a cada 983463,34 m³ de água , os moradores que ali residem hoje estão vegetando pois viviam da pesca, O bairro tem duas entradas, 1ª pelo posto

Borbagato,você se depara com viados, putas e caminhoneiros, e a outra entrada você se depara com crianções de porcos selvagens que avançam em você na rua. Existe uma avenida chamada paraiba,cuja a movimentação de pessoas no fim de semana eh comparada com a movimentação de Honkong, todos ficam no meio da rua. Bairro com muitos artistas que estão constantemente na midia (programa dario de paula). Bairro onde cada esquina tem um bar/boteco/Forró/Bocas de fumo, noites badaladas com Forró do Pato, Forró da branca e Forró da Deja. Com uma popução de 1,934,930 Habitantes somente 1 pessoa não eh viciada em drogas, pois eh recem nascido, bairro considerado o m² mais caro e também o maior número de cornos da região.

  • Retiro: Também conhecido como Cubatão, é uma cidade dentro de Volta Redonda. Sua avenida principal, a Sávio Gama, é conhecida por ter um comércio maior que Brás (SP) e Saara (RJ), e por não ter clientes. O povo que anda na rua geralmente está esperando o ônibus ou entregando folhetinhos. É incrível como o número de atropelamentos é baixo, dada a quantidade de veículos que passam pela avenida, aproximadamente 300.000 veículos por hora.
  • Jardim Amália I: Área nobre do Jardim Amália. Resume-se em uma Escola de Crianças patricinhas e mauricinhos, um Hospital todo reformado pelo prefeito para sua família com o dinheiro da Prefeitura, um cubículo onde mauricinhos jogam paralelepípedos na cabeça do dono, chamado "Cana Café" e uma espécie de construção medieval denominada como "Boite Porão".
  • Jardim Amália II: Lugar onde mora os frustrados que não conseguiram comprar uma casa, ou,na maior parte dos casos alugar, no Jardim Amália I.
  • Água Limpa: Também conhecido como Jardim Amália III, é comandado por um xerife da PM que já trabalhou como dublê do Choque Norris. É muito comum encontrar moradores que já testemunharam cenas protagonizadas na vida real pela mente "fértil" deste infeliz policial-projeto-lutadordekung-fudecinema-fracassado. A origem do nome do lugarejo é uma forma irônica às valas que percorrem o bairro.
  • Jardim Belvedere: Localizado na Zona Sul de Volta Redonda de um lado fica a Cohab Vila Rica, e do outro lado a Favelinha do São Geraldo que é comparada a Cidade de Deus. Bairro com algumas peculiaridades como o fato de não ter ônibus e dentro dele ter duas empresas deste ramo... pela tranqüilidade e segurança que oferece, contendo o maior número de playboys (Que não pegam ninguém, só querem saber de ficar doidão) e patricinhas (Que pegam e dão para geral e fazem de difíceis) da cidade, onde rola altas festinhas soçaites para marcar encontro no AUÊ, Cana, Colina, Clubinho, Porão, etc... Com muita agitação e animação na night, paisagens lindas e maravilhosas, pastos com capim gordura pra todo lado e o famoso brejão logo na saída onde muita gente da cidade, e também de fora, gosta vir aqui para viajar pois existem vários playboys drogadinhos que oferecem a casa em troca de uma bola no bagulho ou um papelzinho para ficar drincado e curtir o ar puro vindo de bairros vizinhos. Duas das empresas de transporte público que servem à cidade têm sede no Jardim Belvedere: a Viação Agulhas Negras e a Viação Elite (Quase quebradas, só sobrevivem hoje devido a ajuda da prefeitura). O bairro conta ainda com um mini shopping (nunca visto por ninguém), a não ser o salão de festa SUO SPAZIO que tem no shops (que vive tendo festas maravilhosas!!!!!), onde ocorre as melhores festas da Nata da cidade (nunca ninguém foi). Lá se refugiaram os "novos ricos", sonhadores do padrão novelistico de vida da rede Globo e/ou funcionários de alto escalão da CSN com seus filhos (emos, gays e lésbicas consumidores de drogas) e seus cães poodles. Os moradores se dividiram em condados denominados Village Sul, Cidade Nova , Samoa.Lugar inútil onde pessoas inúteis que adoram se exibir tendo suas excessões é claro.Bairro Parado uma bosta de se viver ônibus de uma em uma hora e olhe lá,Morros que parecem favelas casas de ricos inuteis cujos os filhos drogados lésbicas e tudo de ruim desse mundo além de vacas ambulantes pessoas gordas que não olham na sua cara.
  • Jardim Tiradentes: Também conhecido como Vila Rica II, é na verdade o lugar onde os vilariquenhos aprendem a ter um futuro digno: O Local abriga a escola CET (Centro de Estorsão de Trouxas) na qual os alunos entram burros e saem burros e os pais entram duros e saem fudidos, sem contar a Pista de Skate que reune todos os adolescentes que passaram por todas as fases de desenvolvimento da boa educação de Volta Redonda.
  • Jardim Esperança: Lugar nobre da cidade, onde se encontra uma espécie rara de humanóides conhecidos como "os galões do esperança" caçadores astutos do sexo feminino, normalmente quando um galão for falar com você ele irá dizer uma série de bobagens sem fundamento, ao perceber que tu não esta dando bola dirá que mora no "experança/barra" e tem um carro (normalmente, audi, bmw ou mercedes). Quando um galão diz que pegou 20 numa noite, utilize a seguinte conta para saber a quantidade verdadeira: pegue o nº informado, diminua por ele mesmo e depois diminua novamente pelo quadrado. Então perceberá então que ele não pegou ninguém e ainda está devendo.
  • Jardim Europa: Bairro de pessoas invisíveis pois não se vê uma alma viva nas ruas. Apesar das ruas terem nomes de capitais européias, o bairro é famoso por abrigar o mais antigo clube de quilombolas da região e lá de madrugada só se escutam sons de tambores.
  • Jardim Suíça: Pequeno recanto europeu localizado na divisa da cidade com Barra Mansa. Reduto de playboys e patricinhas que não tiveram a sorte de nascer na Suíça original. O bairro tem vista panorâmica do maravilhoso e marrom rio Paraíba do Sul, da fábrica de cimento e cal, da CSN, da fábrica de ração falida e dos pobres residentes nos bairros circundantes. Estranhamente, nem as maiores tempestades conseguem fazer com que a luz acabe. Uma estação de esqui foi construída no ponto mais alto do bairro (e bota alto nisso) na esperança de que neve algum dia.
  • Laranjal: Outro bairro de playboys e patricinhas e fúteis semelhantes localizado no alto de um morro. Nele fica o Colégio Getúlio Vargas, que todo dia na hora da saída acontecem no mínimo 28 brigas.
  • Monte Castelo: Antro de bêbados. Para cada 1 casa, existem 8 barzinhos. A maioria das pessoas moram de aluguel e tiram onda que moram no Laranjal.
  • Niterói: Lugar de tibianos riquinhos, mongolóides.
  • Perequê: É o bairro de Volta Redonda mais próximo do mar, já pertenceu a Angra dos Reis. Hoje o "point" daquela galera "sarada" (que conseguiu sobreviver aos hospitais públicos) e sem condições financeiras pra ter uma casa na Região dos Lagos, mas que não consegue viver sem pegar um bicho-de pé ou uma micose de praia ao tentar pegar um sol e tirar a cor "branco-escritório" da maioria da população.
  • Roma: Situado abraçado á Via Dutra esse bairro tem o nome de uma famosa cidade do mundo, porém é só no nome mesmo. É o único bairro de Volta Redonda mais cosmopolita da região sulfaminense. Ali moram pessoas de todo o Estado e até de outros Estados brasileinhos. Pessoas inocentes que vivem ali no bem bom fazendo ligação de celular as custas de otários, os quais eles extorquem. São talentosos, alias os maiores atores do país moram no Roma no Condomínio Casa de Custódia. Ali eles imitam mamae, papai, o filhinho e a filhinha e fazem disque extorção. Adoram fumar maconha e receber visitas íntimas. Muitas pessoas famosas do mundo do crime moram lá. Ali também será construído o Aeroporto Internacional Hinja que acredita que vai voar. De tão perto do Rio o piloto vai decolar em 30 segundos aterrissar no Galinhão no Rio de Janeiro. Devido á sua grande quantidade de vacas soltas pelas ruas chegou a ser comparada a Índia, país onde as vacas são sagradas. Bairro em que predomina as mulheres do tipo BBB. Não, não são as gostosas do Big Brother Brasil não, são as mulheres do tipo Barrigudas (devido á ação de verminoses) Baixinhas, (ao estilo anãs), Bichos (de se matar com pau lógico). As casas quando não são feitas de lona e sarrafos de madeira são feitas de argila e sem nenhum tipo de embolso, neste bairro o número de animais de estimação é muito alto pois são criados para suprir a própria necessidade da população, como por exemplo os gatos que são matéria prima para churrasquinho nos botecos dos bairros. O principal produto vendido no bairro são as pingas de 500 ml que não dão nem para o cheiro devido ao excesso de pés de cana presentes no bairro. Por isso quando for visitar o bairro provavelmente a única coisa útil é o fato de se economizar 30km para ir á Angra dos Reis passando por dentro do bairro, mas evite dias de chuva pois os atoleiros são constantes.
  • São Luiz: Um dos melhores bairros para se morar em Volta Redonda (sabe-se lá pra quem???), está localizado ao lado dos motéis, sendo assim se você não pegou ninguém na noite, quando retornar para casa pode pagar barato para um traveco te chupar. Também tem os adolescentes do São Luiz, que não passam de um bando de drogados, e cheiram benzina na porta de casa.
  • Santa Cruz: Também conhecido como B13, é uma favela misturada com roça, localizada a 428 km do centro da cidade e a 1589 m acima do mar. Devido a altitude, a polícia não tem acesso ao bairro, ocorrendo uma agricultura baseada na plantação de maconha e coca, inspirado nos Andes bolivianos.
  • Santo Agostinho: Bairro localizado do outro lado daquela grande montanha avistada nos fundos do matagal do Aero. 98,5% da população desse bairro mora nos morros em volta da rua principal. Os outros 1,5% dormem na rua. A maioria dos homens desse bairro são ladrões que andam em busca de moradores de outros bairros para os roubar. O controle do bairro está nas mãos de um misterioso senhor que anda sempre armado com suas pistolas 300 milímetros e anda em sua moto meia cilindrada super potente. Os aventureiros que tentam entrar no bairro sem autorização não conseguem sair vivos. Boatos dizem que um colégio do bairro aterrado teria um acordo com este bairro para realizar a troca de informações sobre as gostosas que estudam lá, já que o grande poder de investigação santa agostinense é o maior de Volta Redonda.
  • São Carlos: Bairro entrincheirado no alto de um grande morro. Tem como vista Mordor, digo, CSN. Trava com o Eucaliptal, morro vizinho, um atribulada relação comercial de artigos ilícitos. Seus moradores costumam dizer que moram no Conforto.
  • Sessenta: Lugar onde reside a corja da cidade, possui um Royal falido que vende peixes(?) que são pescados em um córrego/esgoto que passa por lá, e é famosa por ostentar uma praça que possui miniaturas fuleiras de aviões, além de ser o único lugar do mundo que encontramos cavalos vira-latas!
  • Siderópolis: Localizado na Região onde o ar é mais puro na cidade, pois é vizinho ao pulmão de Volta Redonda, a Mata da Cicuta. Lugar onde só moram aposentados com seus filhos vagabundos que precisam da grana dos véios pra pegar geral. Mais conhecidos como os meninos do siderê, já pegaram juntos metade do Auê e a Lili Vassorão da Vila Mury, inclusive a mãe de seus colegas de bairro - não se ofendam, isso é fato. Hoje, muitos jovens se reúnem na quadra poliesportiva, um lugar de lazer, onde a diversão vira fumaça. Enfim, um lugar seguro de se viver, pois é monitorado constantemente pelo tchuí-tchuí (barulho da buzina) em sua poçante moto, tererê. Nesse bairro tem uma menina que é muito falsa, e que também da o cuzim pra quem ofereçar uma geladinha pra ela, ela mora naem frente a do colegio ACRE.
  • Vale Verde: Um tipo de Vila Brasília, mas com traficantes montados em cavalos e porcos brigando por causa de plantação de farinha.
  • Vila Brasília: Um lugar onde nem o BOPE entra. O nome deriva-se da capital federal, dada a semelhança na quantidade de criminosos nesses locais. Para que não congestione mais o tráfego no Retiro, a prefeitura mandou fazer um cemitério ao lado do bairro, assim os defuntos são enterrados bem perto do local da morte.
  • Vila Americana: Bairro onde todos tem um amor incrível pela condução oferecida pela prefeitura para o bairro. Seus moradores são eternamente gratos pelo viaduto localizado lá que não ajudou em nada o bairro.
  • Vila Rica Esse bairro teve o desgosto privilégio de ter o nome escolhido pelo Capitão Sarcasmo. Dizem que as portas do inferno são bem próximas ao bairro, e por isso podemos encontrar vários seres que parecem ser um "cruzamentos de raças". Apesar de muitos falarem mal da Vila Rica, dizendo que Vila Rica e Três Poços são o ânus de Volta Redonda, na verdade esse é um bairro bem ligado à tecnologia, por causa dos ladrões de celular já que foi o primeiro bairro de Volta Redonda a ter um artigo próprio na Desciclopédia, e isso o fez ganhar o prêmio "Mamilos Polêmicos de Ouro 2011" na categoria "Maior concentração de inúteis".
  • Vila Santa Cecília: Habitada, nos dias úteis, por veículos particulares e aos domingos, por barracas da feira-livre. A presença humana é observada apenas em dezembro, com a visita do Papai Noel, na Praça Brasil, já que os metidos a ricos que moram nas transversais da 33 e num decadente prédio do século XIX (Gacemss), raramente saem de casa com medo de serem assaltados. Os habitantes desse bairro contam com um equipamento preciso de mergulho, já que rio poluído nunca tem água, mas quando chove, transborda!
  • Vila Santa Cecília II: É o lado pobre da do bairro, localizado do outro lado do rio. Os habitantes dessa parte do bairro se orgulham em dizer que moram na Vila. As ruas se confundem formando um labirinto nominados por "rua 41 de A à Z". Os cortiços do lugar abrigam todo o tipo de pobres, devedores, caloteiros, cachaceiros, assaltantes do lado rico da Vila e consumidores das Casas Bahia. Essas pessoas tem o hábito de ir aos domingos pegar o restou da feira pra abastecer a geladeira e dar de comer pro que sobrou da família depois da enchente provocada pelo rio.
  • Vila Rica (CoHab): Bairro formado com a privatização da CSN onde os peões-trouxas se conformaram e acreditaram na história que ficariam ricos com a entrega da Companhia, que lhes pertencia, a um judeu empresário. Hoje alguns moradores da Cohab Vila Rica se divertem tomando banho no córrego do bairro, outros escutando jogo pelo radinho, uma vez que nem Gatonet tem por lá. E tem uma garota que da o cu pra quem ofereça uma balinha de menta para ela, uma menina de igreja. E tem uma garoto que tem uma cabeça maior que uma tela de computador, também não podemos esquecer de um garoto que fala um monte asneiras, ja falo que o tio dele tem uma leoa no citio dele, e mais varias historias mentirosas.
  • Vila Mury: Neste bairro a cada 4 passos, você recebe 8 facadas nas costas e 9 tiros simultâneos vindo de fendas no muro, onde se abrigam gnomos, seres mágicos e pistoleiros renegados. O único monopólio industrial que prevalece é o China Burger, que tem controle sobre todos os moradores da região, como única fonte de bom alimento e comida não-envenenada, já aos arredores, se encontram falidos donos de oficinas mecânicas onde vendem churrasquinhos de gato envenenado com farofa de bitu podre.
  • Voldac o Bairro é conhecido como antro de viadinhos da cidade. Metem marra, mas sempre tomam porrada. Lugar onde preferem apanhar? Na bunda é óbvio, se não é na bunda é no Raulino onde estão sempre apanhando pras torcidas organizadas que vem de fora da cidade doidos pra descer o cacete, e no caso os Voldaquianos adoram.

Coisas que só tem em Volta Redonda

  • O Aterrado era um brejo que foi sepultado para as bichas e travestis desfilarem à noite
  • Para entrar na prefeitura como governante é preciso ter um título de familia, de preferência "neto", "filho" etc. Por exemplo: Gotardo Neto, Antônio Francisco Neto, Nelsinho Gonçalves Filho, Nelsinho Gonçalves Neto. Os voltaredondeses tem enorme tesão nesse negócio de ser neto.
  • O Bela Vista dá vista para chaminés de fábrica expelindo poluição
  • O Escritório Central (que só funcionam 2 andares de todos que tem) fica no canto
  • Tudo é da CSN e se você duvida é melhor checar antes que cerquem
  • A volta não é redonda é um semi-circulo
  • A maior parte das esculturas das praças é um pedaço de sucata enferrujada da CSN
  • Os habitantes não tomam banho em casa, e sim nas praças com esguichos feitos com artesianos para desperdiçar a água do planeta
  • Jardim Primavera não tem flor, só favela
  • O interior do obelisco da Praça Brasil(Terra da Garoa) esconderia terríveis segredos e um portal para outra dimensão segundo os habitantes mais antigos
  • O Arigó, avô do voltaredondense, deixou de herança um capacete, mas ninguém mais quer usar porque saiu de moda
  • O Shopping Pontual até hoje tá atrasado em suas obras
  • Memorial Zumbi, onde desaparecem carros.
  • O Jardim dos Inocentes não é nada inocente
  • O Clube dos Funcionários o que menos têm são funcionários
  • PET em Volta Redonda não é garrafa plástica, é onde os metidos a rico, a classe média falida, vai banhar-se espremidamente no verão. São milhares de bundas para pouca piscina.
  • Toca da Traíra nem sempre têm traíra, você come conglio rosa, conglio branco fecha os olhos pensando estar comendo peixe nobre. Na hora de pagar você vai entender tudo.
  • Sider Shopping tem a menor C&A do mundo, é a Entra & Sai de tão pequena, assim como também a livraria de bolso, e a maior loja de malas da região. De tanto que as pessoas viajam.
  • A fila mais espremida de todas as Lojas Americanas é em Volta Redonda
  • Supermercado mais engraçado fica na entrada da cidade, onde você pode levar sua empilhadeira e fazer compras tranquilamente
  • Têm um lugar ainda indefinido no mapa, as pessoas se referem sempre como atrás do Banco do Brasil, fica depois do Aterrado.
  • Tem a avenida que mais fica alagada no país, em baixo da ponte de nome pitoresco PEQUETITO AMORIM.
  • Cuidado, o voltaredondense gosta de nomes de cidades e países para confundir os correios e não chegar cartas e cobranças. Vila Americana, tem rua Argentina (simpatia) e Niterói, um bairro que só serve no Natal para os bobos tirar retrato da casas para dizer que moram ali
  • A Ponte Alta foi feita para proteger os cornos para não bater a cabeça nela
  • Chafariz coisa que voltaredondense ama, também não é lugar de tomar banho de dia, é lugar de pegar mulher feia e fica na Ponte Alta
  • Eles adoram número: rua 24, bairro 249. Você tem que guardar sua senha de banco, número de capacete na CSN, placa do carro e número das ruas e bairros
  • A falta de criatividade ao nomear ruas e bairros: Açude 1, Açude 2, Açude 3, Açude 4, Açude 5...Rua A, Rua B, Rua C...
  • O bairro Jardim Ponte Alta não é reconhecido oficialmente pela cidade, levando as pessoas a pensarem que "Jardim" é apenas um acréscimo inútil dado à "Ponte Alta", talvez pra parecer mais bonitinho. Barra Mansa e Volta Redonda até hoje disputam no tapa quem é o dono do bairro, e seus habitantes vivem sem saber onde moram.
  • Colégio em Volta Redonda só tem nome de estado: Tocantins, Rio Grande do Sul, Paraíba, Minas Gerais...

Colégios

  • Macedo: colégio onde tem o conjunto de filhinhos-de-papais antiemos onde se acham gente para poder falar dos outros na maioria preconceituosos, normalmente frequentam o shopping sextas e sábados, onde podem encontrar putinhas e pessoas como eles e se divertirem a noite toda fazendo orgia, e com um auto indice de levar um tiro dos mano aba reta /fato.
  • Colégio Professora Themis de Almeida Vieira: Em primeiro lugar ninguem sabe quem foi essa mulher e nem se realmente existiu, lá os professores sao tao velhos que sem dúvida deram aula pra Cabral e pra Dercy Gonçalves, os alunos só vao pra aula pra pergar as alunas atrás da escola e a diretora vai ter que assumir todas as disciplinas quando os educadores arcaicos partirem.
  • Instituto Presbiteriano de Educação: O IPE,é o único colégio particular/público,que tem preços abaixo do normal(em relação a colégios particulares)a estrutura do colégio é horrível,na educação física todos vão para a Quadra da prefeitura que os alunos só podem utilizar quando não há ninguém por lá pois o colegio tem uma quadra toda ferrada que tem um muro pequeno,e nem tem bolas o suficiente!O Colégio diz ser por princípios mais só tem princípios até a 4°série porque da 5°série em diante só tem metidinhos a traficantes,e escrevem nomes de facções nas paredes com corretivo.Resumindo é um colégio particular,para pessoas que não tem dinheiro para estudar no Macedo,e melhoraram de vida!

Ligações Externas

v d e h
RIO DE JANEIRO
RJ
RJ
Ferramentas pessoais
Ver e modificar namespaces

Variantes
Ações
Navegação
Colaboração
Votações
(F)Utilidades
Novidades
Redes sociais
Correlatos
Ferramentas