Ribeirão Ex-Votoraty Futebol Clube

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Ribeirão Ex-Votoraty Futebol Clube


Votoraty Futebol Clube
[[imagem:|150px]]
Brasão
Hino "Votoraty, o Master de Votorantim, Rumo a Ribeirão"
Nome Oficial Votoraty Futebol Clube
Origem link={{{3}}} São Paulo Votorantim
Apelidos Tigre de pedra
Torcedores Tigres
Torcidas Não tem
Fatos Inúteis
Mascote Tigre branco drogado
Torcedor Ilustre Não tem
Estádio Domenico Paolo Metidiere
Capacidade 10000
Sede Votorantim; Rua do Savóia, 3
Presidente Mauricinho
Coisas do Time
Treinador Fernando Diniz
Pior Jogador Nuvola apps core.png Baiano
Melhor Jogador Crystal Clear action bookmark.svg.png Paulo Kraftauss
Patrocinador Tigre Tigre, versão Votorantinense do Leão Leão
Time
Material Esportivo Não tem
Liga Campeonato Paulista
Divisão 3
Títulos O Quê?
Ranking Nacional 9000°
Uniformes



Votoraty Futebol Clube é um ex-time de futebol da cidade de Votorantim, no interior do Estado de São Paulo, fundada em 12 de maio de 2005.

História[editar]

A ideia do nome Votoraty remete à história de Votorantim, já que, em Tupi-Guarani, Votoraty significa cascata branca, símbolo que deu origem ao nome da cidade. A cidade de Votorantim sempre foi tradicional neste esporte. Diz a história que o futebol no Brasil iniciou-se com o Savóia, que era o time da cidade de Votorantim ainda no início do século XX, formado dentro das indústrias têxteis de origem inglesa. Depois veio o Clube Atlético Votorantim que em muitas oportunidades travou grande duelos com o São Bento de Sorocaba/SP.

O Tigre branco, mascote da equipe

Em 2004, um grupo de empresários da empresa Cascadura decide montar um time na cidade de Votorantim, nascia então o Puta Que Pariu Futebol Clube. Um ano depois, a equipe mudou o nome para Votorantim FC. E em 2006 conseguiu o acesso a série A3 do Campeonato Paulista de Futebol profissional. Nos dois anos seguintes a equipe bateu na trave e não conseguiu garantir o acesso para a série A2 no último jogo do campeonato.

Após grave crise que destruía a equipe devido aos reflexos da crise econômica mundial no patrocinador, o clube e a vaga na Série A3 foram compradas por um grupo empresarial de Ribeirão Preto, que também mantinha posse do Olé Brasil Futebol Clube. Para ganhar dinheiro, a equipe promocionou uma suruba no campo da equipe. Foi um recorde de pessoas, cerca de 99,9% da população de Votorantim, já que o estádio ocupa 69% da cidade.

Depois da tempestade, o clube conseguiu se estruturar bem e, mesmo montando o elenco para disputa da série A3 de 2009 a dez dias do início da competição, a equipe conseguiu disputar a final do campeonato, se sagrando campeã e trazendo junto com o caneco, o inédito acesso a Skolândia e um passe para a Série A2. No segundo semestre, para completar o ano a equipe ainda conseguiu chegar a final da Copa Paulista, vencendo o Paulista de Jundiaí por 5x1 em Votorantim, e garantindo vaga a Copa do Brasil de 2010.

Em 2010 o Votoraty, quase se classificou para o quadrangular final do série A2, saindo do mesmo na última rodada, o Tigre ficou em 9°. Na Copa do Brasil, O Votoraty conseguiu passa pelo Treze-PB, mas foi eliminado na segunda fase pelo Grêmio no Olímpico ao perder por 3x0, jogo esse que seria o último da história grená.

Em 9 de abril de 2010, foi publicado na imprensa que a sede do Votoraty estaria de mudança para a cidade de Ribeirão Preto, em São Paulo, e que, a partir daquele momento, o Votoraty passaria a se chamar Ribeirão Futebol Clube. A notícia, informava que a transferência se dava pelo fato de que o Votoraty foi comprado no início de 2009 pela holding Manoel Leão S/A, que é sediada em Ribeirão Preto. Como a holding também é dona do Olé Brasil Futebol Clube, é possível que ocorra a fusão das duas equipes no final do ano.