Vovô Dançarino

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Bob marley.jpg Vovô Dançarino dá um tapa na pantera!

Por isso ninguém entende o que ele(a) diz!

Clique aqui se você quiser dar um tapa também.

Cquote1.png Você quis dizer: Juntas de Ferro Cquote2.png
Google sobre Vovô Dançarino
Cquote1.png Você quis dizer: Dr. Chapatin Cquote2.png
Google sobre Vovô Dançarino
Cquote1.png Você quis dizer: Foragido do asilo Cquote2.png
Google sobre Vovô Dançarino
Cquote1.png Meu fã número 1 Cquote2.png
Lady Gaga sobre Vovô Dançarino
Cquote1.png Aprendeu Breike comigo! Esse minino ixprusivo vai longe! UHU, AWEY!!! Cquote2.png
Gil Brother sobre Vovô Dançarino
Cquote1.png A força nele eu sinto. O mais velho aluno meu ele é Cquote2.png
Mestre Yoda sobre Vovô Dançarino

Quem é o velhote?[editar]

Vovô Dançarino fazendo seus alongamentos antes de entrar em uma pista de dança
Vovô Dançarino paquerando umas garotas na balada

Fila de INSS? Bingo? Jogo de cartas na praça? Esqueça, pois Vovô Dançarino jamais faz essas coisas. Este simpático senhor saiu do anonimato aproveitando uma festa chata e parada para exibir um talento que, até então, era desconhecido de sua família: a Dança. Com a ajuda de um poderoso coquetel de substâncias ilícitas (Lady Caca, Olho Vermelho e etc) combinado com uma mistura de energéticos (Red Bull, Viagra, Ecstasy, Providência e Pau do Índio), Vovô dançarino executou passos revolucionários de dança rítmica, não ligando nem para os olhares estupefatos, nem para a vergonha que seus filhos e netos estavam passando e nem para seus joelhos, que gritavam por socorro.

Vovô Dançarino é a sensação das pistas de dança. Munido de seu poderoso coquetel e um suprimento suficiente de fraldas geriátricas, o velhote põe qualquer jovem no chinelo e se torna o senhor das baladas de qualquer pista, dançando Pop, Break nervoso Dance, Jumpstyle, Dança Russa, Dança do Siri e Frevo. Danças como Macarena, Tango, Valsa e Samba estão fora do repertório do Vovô pois são por ele consideradas "danças de velho".

História[editar]

Vovô dançarino e seu irmão, ambos com insônia
Musa inspiradora do Vovô Dançarino

Tudo começou em um asilo de localização secreta, onde um velhinho desconhecido se levantou contra o sistema opressivo dos capatazes funcionários do recinto que dizia que todo velho tem que cagar nas calças, reclamar, falar besteiras e sentir dores nas costas. Decidiu aprender dança, pois desde pequeno queria ser dançarino, mas seu pai dizia que era coisa de boiola, além de ter lhe presenteado na época com uma coça de cano de plástico por ter tido tal ideia.

No começo do aprendizado, o velhinho decidiu começar com passos mais humildes, como Dança do Robô, Dança de Auditório e Ragatanga (que quase lhe quebrou a bacia). No entanto, para atingir todo seu potencial, o velhinho precisava de dopping uma forte alimentação e deixar de comer aquelas papas servidas no asilo feitas com mistura de fungos, roupa velha e lavagem. Por isso, resolveu fugir do asilo à noite, enquanto os funcionários dormiam.

Depois de muito viajar, o velhinho chegou em Las Vegas e, em um show de horrores, conheceu sua musa inspiradora que lhe deu algumas dicas de como ser ridículo aprimorar seus passos de dança e lhe ensinou o escroto aclamado rebolation, que lhe serviu como base para qualquer dança moderna.

Passos de dança executados pelo vovô[editar]

Alguns dos passos do Vovô Dançarino merecem destaque, pois são aqueles que qualquer um vê e se pergunta: "Nossa!! Como esse velho ainda não se quebrou?". Eis os passos:

Vovô em toda sua glória[editar]

Vovô no dia seguinte[editar]

Vovô jogado no primeiro lugar que conseguiu encontrar, esperando a próxima balada