Webmaster

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

O webmaster é o coitado que toda vez que algum servidor cai, ele te manda contatar este coitado pra ver se ajuda em alguma coisa. Ele é o responsável pelo CRUDzão e emaranhado de gatos que mantém no ar e que vive caindo de tempos em tempos, como sistemas do governo (em especial o site do INEP), sites de banco de talentos ou mesmo a Desciclopédia.

Origem[editar]

Firefox dedurando quem é o mantedor de todos os bugs que a Desciclopédia possui.

Essa infortunada profissão surgiu com o falecido Geocities, quando os webmasters eram conhecidos como barões da internet, já que naquele tempo pra ter um blog de fofocas como o OFuxico tinha que manjar muito de tabelas no HTML 4.01 e cagar dinheiro, literalmente, já que uma conexão custava tanto quanto sobreviver custa hoje em dia.

Com o passar do tempo, a profissão passou a ser executada por pré-adolescentes ou adultos que não conseguiam sair da casa dos pais e precisavam de alguns trocados. Com o fim do Geocities, aquele povo migrou para os RPGs e os poucos que sobraram migraram para o Blogger ou Wordpress, ou pagaram uma nota pra montar seu servidorzinho de meia tijela numa Localweb da vida onde criaram o próprio sistema de padaria (99,9% deles criados com PHP). E foi assim também que surgiu a Wikipédia, quando Jimbo Wales procurou uma alternativa pra continuar recebendo de anúncios que ele mantinha em em blogs no Geocities e resolveu criar seu próprio outdoor na interwebs.

Com o passar do tempo, os webmasters tiveram que aprender várias tranqueiras a mais como ter o dom da frescura para a parte de design e também a copiar e colar códigos, antes de virarem sinônimo de criadores de conteúdo, como são em sites institucionais do governo.

Hoje em dia, com exceção daquelas empresas bem bostas (aquele onde o dono não paga nem ele mesmo), as demais organizações dividiram esse cargo tortuoso em outras várias.

Atribuições[editar]

De tão desvalorizada, a tarefa passou a ser realizadas por macacos especializados no SeuTubo.

Um webmaster está para os anos 2000 assim como o desenvolvedor devOps está para os anos 2010, ou seja, é o faz-tudo pelo preço de um. Ele cria site, põe no ar, arruma os servidores, passa pano no CPD, faz café para ele e os demais funcionários da empresa, vai buscar a filha do chefe da escola, realiza o pagamento de contas e alimenta animais de estimação da família do patrão (inclusive ele mesmo), além de ser o responsável pela segurança individual de cada um dos que tem contato com ele na empresa.

O webmaster também é o responsável por prevenir marotagens de usuários que não satisfeitos, insistem em colocar letras em lugares de números, barra invertida em campos de texto, dezenas de Shift + Enter, tudo isso antes de enviar os dados para o servidor e criar o caos no sistema.