Witch Hunter Robin

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
BruxaBrancaDeNeve.jpg Este artigo é sobre uma Bruxa!

ou algo tão feio e horripilante quanto uma bruxa...

Se você vandalizar, será transformado em juiz de futebol.

Witch Hunter Robin
ウィッチハンターロビン
Whr.png
Gostei da bruxinha
Gênero Bruxaria, Wicca
Mangá
Autor J. K. Ralho
Divulgação Hogwarts Comics
Onde sai Nas bancas do Acre
Primeira publicação Algum dia
N° de volumes Quem sabe
Anime
Dirigido por Shukou Murase
Estúdio Sunrise
Onde passa Japão, Itália
Primeira exibição 2002
N° de episódios 26
Filmes
OVAs

Cquote1.png Experimente também: Witch Hunter Goblin Cquote2.png
Sugestão do Google para Witch Hunter Robin

Caçadores de Bruxa em ação.

Cquote1.png Com apoio do governo, aí é fácil Cquote2.png
personagens de Supernatural sobre Witch Hunter Robin
Cquote1.png Vocês tem a Área 51 Cquote2.png
Robin sobre citação acima

Witch Hunter Robin é uma série animada escrita pela ocultista J. K. Rowling baseada em textos em latim do mesmo criador de Splinter Cell, Tom Clancy. É aclamado no gênero bruxaria e presença garantida nas estantes de macumbeiras fãs de Harry Potter.

O gênero do anime é suspense com ocultismo pagão, sendo o público alvo bruxas otakus que fazem cosplay da Robin, a protagonista do anime. Góticas otakus também são fãs de Witch Hunter Robin.

A animação é fosca para dar o ar de ambiente sinistro e a qualidade do som é inexistente, até as vozes das personagens é pouco perceptível.

Sinopse[editar]

Spoiler5.JPG
Atenção! O texto abaixo pode conter (ou não) um ou mais spoilers.
Ou seja, além de deixar o artigo com mais pressão aerodinâmica nas retas e mais estável nas curvas de alta, ele pode revelar, por exemplo, que o Jaqueta Amarela é um Skrull, ou que Lassie é uma cadela.
Spoiler3.jpg

Robin confeccionando algum feitiço pagão.

A história de Witch Hunter Robin é baseada nas experiências sobrenaturais de Robin (uma mulher, mas ela é fã de Batman mesmo assim), uma bruxa caçadora de criminosos anormais (primos do cão). Ela se junta a um grupo especialista de caçadores de bruxa a mando da igreja e queimam suas presas (STN-J). Robin vive numa casa com uma traíra, é sempre a primeira a chegar no trabalho e a última a sair. Como se pode esperar ela fica fazendo monólogos platônicos, como qualquer protagonista em animes.

A cada episódio o grupo de caçadores quebra os 10 mandamentos e pecam desenfreadamente no objetivo de queimar coisas-ruins e enjaular bruxas, sendo que a cada episódio também há uma nova bruxa a ser caçada e mandada para a Factory (como o nome diz, é uma indústria que fabrica a partir dos corpos de bruxas, alguma coisa secreta). No final a própria organização se volta contra as caçadoras de bruxa, porque os caçadores afinal são todos bruxos bonzinhos.

Amon se embebedando no horário de folga.

Os episódios em Witch Hunter Robin são bem previsíveis: Robin acorda e faz seu ritual matinal de se olhar no espelho por alguns minutos e fazer suas tranças, faz alguns monólogos, vai ao trabalho, o time STN-J joga conversa fora, Amon passeia pela cidade com seu carro, uma bruxa aparece, há uma conversa, algum tipo de plano improvisado é feito (a STN-J só trabalha de improviso), Robin queima a bruxa, a Factory leva o bandido embora.

Ocorre ainda um romancezinho sem sal entre Robin e Amon (o general com cara de poucos amigos da STN-J).

STN-J[editar]

Os salários da STN-J são generosos. Nota-se pelo carrão.

A STN-J (Sociedade de Terceiros Nacionalistas (Japonesa)) é uma espécie de grupo de limpeza étnica que não pergunta antes de acabar com bruxas.

Parece sigla de telejornal americano, mas a sua verdadeira vinculação é com a Santa Inquisição, sendo o seu principal integrante Van Helsing, mas este prefere atuar na Romênia e não dá as caras no Japão único local no mundo aonde bruxas são caçadas sob película anime.

A primeira atuação da STN-J foi na captura, julgamento e execução de Joana d'Arc, uma grande e poderosa bruxa que enfeitiçou todo um país a executar uma reviravolta.

Todos os integrantes da STN-J são especialistas em bruxarias gerais e sempre levam consigo coisas como essência de asa de morcego que eles chamam de Orbo que protegem

A base de operações não-secreta da STN-J fica na esquina mais próxima, sendo logicamente um ambiente facilmente sabotável e invadível, então coisas desse tipo que só dificultam o trabalho dos heróis que toda hora têm que trabalhar no improviso para capturar bruxas. Há ainda uma garagem ampla com um poço secreto, o motivo dessa ala é desconhecido, mas veio a calhar quando Robin e Amon estavam fugindo da SWAT. Para quem caça bruxas, esse esgoto também foi um ótimo local romântico.

Integrantes da STN-J[editar]

Cena aonde Robin queima bonecas voodoos flutuantes.
  • Robin Sena - Nascida na Itália, lar de caçadores de bruxas, sofre de miopia mas acha óculos feios e está sempre batendo cabeça, enquanto as suas tranças totalmente fora de moda ela não liga de sair na rua exibindo-as, sem contar com suas roupas funerárias. A única coisa que parece que gosta é da sua vespa, que apesar de charmosa é lenta e não agiliza o trabalho, pelo contrário, atrasa. Robin foi criada num convento, mas não deu certo como freira porque era comportada demais, então passou a treinar magia e aprendeu um craft que é um poder de queimar coisas, e então ela ficou perfeita para o trabalho de caças bruxas, mesmo sendo uma. Então vai para o Japão aonde sobram bruxas, coisa comum em todas as cidades locais, e entra para o grupo STN-J especialista no assunto. Depois de se enturmar com todos desmascara uma organização suspeita desde o início com a ajuda do Chapolin Colorado.
  • Amon - Irmão de Dr. Tenma (Monster) é o chefe de operações da STN-J, está constantemente com cara de mau, mas na verdade aquilo é só fome. Ele é o cara de preto misterioso que faz atitudes misteriosas, fala coisas misteriosas, fala com pessoas misteriosas, some misteriosamente por semanas sem dar notícias, conhece um poço secreto misterioso, é um cara totalmente suspeito, mas todos sabem que ele é gente boa. Para um humano ele é bom em caçar bruxas.
  • Dean Winchester - Veterano, já matou o diabo uma vez e agora trabalha para a STN-J com uma identidade falsa do FBI. Gosta de usar armas de sal, profanar corpos, morrer e voltar vivo para contar.
  • Haruto Sakaki - Um jovem metido a dono da situação. Ele possui uma moto o que mostra ser um playboy. Nunca ajuda, só atrapalha, nunca consegue falar sem gritar o que o torna um moleque irritante, ainda mais num anime aonde todos falam aos sussurros.
STN-J atuando na antiguidade.
  • Michael Lee - O hacker, é o nerd que nunca falta em grupos de colegas japoneses. Michael Lee fica 24 horas na Internet jogando Tibia e reunindo nesse e em outros MMORPGs informações sobre bruxas. É Michael que sempre propõe os planos improvisados da STN-J assim como informações sempre não confiáveis e mais dúvidas do que respostas.
  • Miho Karasuma - Mais fraca do grupo, tem poderes psíquicos telepáticos, o que nunca ajuda funcionalmente. Miho atrapalha mais ainda quando decide ir caçar bruxas no braço e sempre leva porrada. Alguns dizem que Miho serve apenas para levantar a moral da bruxa alvo, que fica cheio de si e distraído, e depois que é derrotada por Robin, fica no ar aquele cheiro de humilhação e revanche.
  • Yurika Dōjima - A filha do chefe, por isso é toda descompromissada, sempre chega atrasada, fica parada sem fazer nada, enfeita o cenário, e é obviamente odiada por todos, que estão trabalhando duro ali.
  • Shintarō Kosaka - Chefe burocrático com bigodinho estilo Hitler. Como é gordo e careca não tem moral nenhuma, e Amon, que é mais simpático e carismático sempre consegue a frente das operações.
  • Shohei Hattori Hanzo - Um ninja disfarçado de mordomo.
  • Takuma Zaizen - Dono maligno da STN-J. Homem cheio de segundas intenções, mas na verdade nem ele sabe quais são suas próprias intenções. Ele é o cara que aponta arma para seus próprios companheiros e não possui moral alguma. Comete o erro de pegar um elevador quando o prédio está em chamas no episódio final, como todos sabem, os bombeiros recomendam as escadas ou saídas de emergência, o elevador foi incinerado.
  • Yuji "Master" Kobari - Dono de um restaurante-bar-boteco-café-openbar aonde os integrantes da STN-J gostam de passar o Happy Hour ou mesmo ir beber café nas manhãs. Master é aquele barmen que conversa com todos sinistros que sentam ao seu balcão e por isso é fonte infinita e confiável de informação sobre anormalidades da natureza.

Bruxas[editar]

A maior inimiga dos caçadores de bruxa.
  1. Bruxo dos choques - Possui o controle da eletricidade e sabe voar, fica fazendo joguinho um tempão para só no final sair voando e finalmente virar presa.
  2. Encosto 1 - Aquela bruxa capturada em um episódio lá.
  3. Guria dos quadros - Uma amante de corvos e de um parque. Quando descobre que vão demolir o parque, a guria começa a matar políticos e pessoas que erram a lata de lixeira se achando a justiceira.
  4. Mendigo - Possui o poder de controlar a mente das pessoas, e se disfarça de mendigo sem teto no metrô da cidade. Ele é gente boa, mas infelizmente precisa se alimentar de carne humana para sobreviver, então foi caçado.
  5. Encosto 2 - Apareceu lá pro meio do anime e morreu queimado.
  6. Mulher do Voodoo - Uma colecionadora de bonecas macabras. Gosta de atacar carros em movimento espetando seus voodoos quando suas vítimas estão dirigindo. Ela foi descoberta e capturada pela STN-J na pura sorte.
  7. Harry Potter - Poderoso bruxo. Levou 3 episódios para ser queimado por Robin.
  8. Bruxa do 71 - A líder de todas as bruxas e última chefão. Ela tem o poder de chamar o Satanás e tem poderes de oráculo.

Curiosidades[editar]

Robin dorme nua.
  • Witch Hunter Robin é um anime recheado de ocultismo e todos que assistiram a essa animação vão cometer suicídio em dezembro de 2012.
  • Esse artigo de Witch Hunter Robin na Desciclopédia é recheado de ocultismo. Se você o abriu em seu computador, está sendo conjurado nesse instante vírus em seu disco rígido.
v d e h
Este artigo fala sobre um anime.