Wulingyuan

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Jackie chan.jpg Pastel de flango, né?

Este altigo foi fablicado na China e pode queblar a qualquer momento. O autor plovavelmente luta Kung Fu e tem uma pastelalia. Não estlague este altigo, pois Jackie Chan está de olho.


Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Wulingyuan (do mandarim Hooligans ou Vândalos Malditos) é uma reserva ambiental próxima a cidade de Zhangjiajie na Província de Hunan, distante das confusões de Changsha, sofre com as invasões mongóis de Xing Ming. Wulingyuan é ainda o caminho para a cidade secreta de Láĺálálá no Tibet. Os grandes destaques do parque são as montanhas de Dragão que Ascende Majestosamente aos Céus e a Cordilheira Wuling que reúnem os maiores picos e depressões da China, símbolo da fertilidade do povo chinês.

Geografia[editar]

Wulingyuan, o símbolo da fertilidade chinesa.

O grande destaque do parque, são seus mais de 3.000 pilares de granito sólido, considerados a maior formação natural dedicada ao culto do pênis humano. Wulingyuan detêm também uma grande variedade de gargantas e cavernas, consideradas também a maior formação natural dedicada ao culto da vagina humana. E assim xamãs hinduístas e budistas carecas é o que não falta por aqui. E Wulingyuan é o centro da pornografia chinesa.

Wulingyuan tem grande importância para a formação da cultura chinesa, muito difundida no mundo pela pornografia explícita dos mais variados temas, o parque simboliza também a fertilidade do povo chinês, e acredita-se que as energias místicas de Wulingyuan sejam responsáveis pelo número da população chinesa.

Geologia[editar]

Estudos das rochas do parque, são a maior prova de que o dilúvio de Noé realmente ocorreu, uma vez que encontram-se vestígios de atividades oceânicas nessa área a quilômetros do atual mar