Xinjiang Uighur

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Jackie chan.jpg Pastel de flango, né?

Este altigo foi fablicado na China e pode queblar a qualquer momento. O autor plovavelmente luta Kung Fu e tem uma pastelalia. Não estlague este altigo, pois Jackie Chan está de olho.


A Ex-República Soviética Semi-Democrática & Semi-Socialista Popular de Xinjiang Uighur (oficialmente:شینجاڭ ئۇيغۇر ئاپتونوم رايونی; chinês tradicional:新疆维吾尔自治区、东突厥斯坦恐怖主义共和国), também conhecido como Chinaquistão e popularmente Puta-que-pariuquistão é a maior colônia da China, está localizada na Ásia Central.

História[editar]

Habitante local.

Os primeiros registros de ocupação do Puta-que-pariuquistão se dá com os árabes durante a época da conquista e criação do Afeganistão e seu principal partido político, o Talibã. Durante séculos, tudo aquilo ali era Báctria (antigo Afeganistão, lar das bactérias em latim).

Tudo parecia ir bem, até que no século XX, a União Soviética decide conquistar o mundo, e a Báctria (atual deserto de Xinjiang) foi conquistada pelos soviéticos para a realização de programas de testes nucleares e zona secreta militar para o ocultamento de OVNIs.

Com o surgimento do Império Chinês, Xinjiang foi conquistado pelo exército de Jet Li (presidente da China na época) o que culminou no fim da Guerra Fria, e a união pacífica entre China e Rússia. Hoje, Xinjiang é alvo da Jihad islâmica, tal qual o Estado de Israel.

Curiosidades[editar]

  • Xinjiang é o esconderijo perfeito para Osama Bin Laden. Os Estados Unidos nunca vão ter coragem de invadir a China.
  • Para resolver qualquer conflito interno, a Repúbica de Xinjiang Uighur tem um nome árabe (Xinjiang) e um nome mongól (Uighur).