Yin-Yang

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Pastel chines original.jpg Pastel de flango, né?

Este altigo foi fablicado na China e pode queblar a qualquer momento. O autor plovavelmente luta Kung Fu e tem uma pastelalia. Não estlague este altigo, pois Jackie Chan está de olho.

Descartes.jpg Este artigo é relacionado à filosofia.

Se vandalizar este artigo, o rei vai preferir ser temido!

Cquote1.png Sua intenção era pesquisar: Yin Yang Yo? Cquote2.png
Google dando uma de adivinho com a pesquisa de Yin-Yang
Cquote1.png Meu ki vem do Yin-Yang. Cquote2.png
Son Goku sobre Yin-Yang.
Cquote1.png Yin-Yang é o calalho! O regal é comer criancinhas! Cquote2.png
Mao Tsé-Tung sobre Yin-Yang.
Cquote1.png No Haiti NÃO HÁ Yin-Yang! Cquote2.png
Escassez haitiana sobre Yin-Yang.

O símbolo do Satanismo Yin-Yang.

Yin-Yang são os dois princípios ativos da filosofia chinesa, também chamada de Taoísmo, que segundo a lenda da loba alada do da Sibéria setentrional seria as duas forças que regem o Universo. Explicando melhor o Yin-Yang é uma forma de dualismo chinês, só que meio-chapado pelo ópio e pelo excesso de Kung Fu que acabou atrofiando o cérebro dos chinas (Mas já não era atrofiado antes?).

A invenção do Yin-Yang[editar]

Deve-se meditar no Yin-Yang vinte e cinco horas por dia.

No século XIV, haviam na China duas facções que disputavam o título de os mais sábios de todo o Extremo Oriente e por isso caíam no tapa direto para conseguir uma coisa que no final não valia porra nenhuma. A facção Kongoru Mancou era liderada pelo mestre Himito Mermo; sendo caracterizada pelo seu modo bruto e prático de ver as coisas, e por esta razão uma das facções mais adorada pelos chineses da época. A facção Taypano Zorelha era liderada pelo viado mestre Kanja Imbiro; sendo caracterizada pelo seu modo emotivo, detalhoso, bipolar e colorido de ver as coisas, sendo a facção apoiada pela população LGBT da China naquela época. Para acabar com as intermináveis brigas entre as facções filosóficas chinesas uma facção neutra interviu nos assuntos da KongoruMancou e Taypano Zorelha e resolveu a situação com um Comitê Oligárquico Lúdico Acadêmico (COLA):

Cquote1.png Fica decidido no dia de hoje, 5 de onzembro de 1453, que as duas facções chinesas serão representadas pelas forças Yin e Yang, tendo que fica juntos como Tom e Jerry desde o presente momento. Cquote2.png
Resolução do COLA.

A partir daquele dia as duas facções incorporariam os dois princípios que regem a realidade insensível e que só foram descobertos depois que a COLA falou aquilo lá. Segundo novas investigações da COLA, as atribuições do Yin-Yang seriam estas:

  • Yin - O princípio terrestre, feminino, passivo, frio e obscuro das coisas, ou seja, é a parte preta. O yin é a força que faz as pessoas perderem tempo fofocando no salão de beleza ou lavando roupas. Como é um princípio "obscuro" ele é meio vampiro e não se dá bem durante o dia.
  • Yang - O princípio celeste, masculino, ativo, quente e luminoso das coisas, ou seja, a parte branca. O yang é a força que faz as pessoas terem vício por coçar o saco, bater punheta e olhar para bunda de mulheres. É a força safada que rege o Universo.

O Yin-Yang são duas forças opostas e ao mesmo tempo complementares que são a base do Taoísmo e de todas as outras coisas. Fora isso é só mais uma coisa chinesa falsificada que os ocidentais não entendem.

Utilidade do Yin-Yang[editar]

Até hoje não se sabe porquê raios o pessoal do olho-puxado gosta tanto do Yin-Yang e de seu símbolo macabro. A teoria mais provável é que como o governo censurou a população de fazer filhos, e por conseguinte do sexo, os chinas precisavam de alguma coisa para dedicarem suas vidas, já que a pirataria é uma coisa passível de prisão. De qualquer forma o Yin-Yang é algo que faz parte do mundo e por isso você não pode nem sequer pensar em questionar. Senão pode levar uma voadora no meio das fuças!

Ver também[editar]