Yojimbo (Final Fantasy)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Fang Wanted.png Este artigo é sobre um mercenário!

Não importa a merda que você peça, ele vai cobrar pelo serviço.

Clique aqui pra ver outros mercenários, mas primeiro, o dinheiro!

Yojimbo


Yojimbohead.jpg
Raça Samurai mercenário que anda com um cachorro bugado
Gênero Masculino
Poderes Fatiar e picar seus inimigos, desde que lhe paguem por isso

Yojimbo (用心棒、ようじんぼう no Japão) é um samurai mercenário presente em Final Fantasy X, que oferece seus serviços para Yuna em troca de um prato de arroz e mais 100 milhões de ienes (mais ou menos R$2, na cotação atual).

Ele não é como as outras invocações, que são leais a Yuna, na verdade, ele apenas ataca quando lhe é oferecido algum valor, mesmo que apenas simbólico. Ele possui uma técnica quebrada, denominada "Zanmato", que fatia e mata com apenas um golpe até mesmo os chefões impossíveis, como as versões negonas das invocações. O problema é que ele apenas usa essa técnica quando lhe é oferecido uma quantia putaqueparivelmente grande de dinheiro, quando Yuna lhe dá apenas algumas moedas, o máximo que ele faz é enviar seu cachorro para chutar o inimigo.

Origem[editar]

Yojimbo e Auron, dois parceiros de cachaça e mercenários de profissão.

Yojimbo nasceu na cidade de Shimonoseki, em algum ano perdido no espaço-tempo.

Na infância, era um moleque meio magrelo e retardado, que apanhava e era humilhado pelos valentões de sua escola, que o faziam de paga-lanche. Até as menininhas o zoavam, e seu único amigo era um cachorro poodle que tua mãe lhe deu.

Disposto a mudar este panorama, Yojimbo adotou uma rotina de treinos, puxando ferro todos os dias no dojô de teu pai, e alimentando-se apenas com batata doce, frango e whey. Nas horas vagas, treinava arduamente na arte da espada de pau, para aprender os movimentos dos samurais

Após alguns meses de treinamento, Yojimbo virou um cara bombado, e passou a espancar os antigos armários que o incomodavam. Para continuar mantendo a dieta e seu vício por whey, bebida, carrões e putas pagas, Yojimbo passou a oferecer seus serviços para os outros moleques magrelos que não aguentavam mais apanhar na hora da saída, pedindo em troca de proteção apenas algumas moedas para financiar os seus hábitos.

O problema é que Yojimbo, com apenas suas mãos e sua espada de pau herdada de teu pai, não era páreo para as carabinas de caipira, que os valentões começaram a carregar. Após levar um tiro, o protagonista deste artigo morreu de morte matada, mas estava puto demais para apenas descansar no inferno, até porque o fdp's não pouparam nem o seu amigo poodle, que também foi morto com um tiro a queima roupa e virou tapete. Ele queria continuar com a sua rotina de putarias e de quebramento de cara de valentões, e para manter-se no mundo dos vivos, ele aceitou trabalhar para Yuna, uma invocadora com capacidade de trazer para o mundo dos vivos a alma dos mortos. E a alma de seu cachorro continuou o acompanhando, já que era leal demais para abandonar seu mestre, por mais bosta que ele fosse.

Retorno[editar]

Uma pintura de Yojimbo com seu poodle, feita em um templo para Fuda.

Após alguns anos de molho em uma caverna no cu do mundo, já que o seu antigo mestre/invocador/financiador foi morto com uma flechada no joelho, Yojimbo recebeu uma nova proposta de trabalho, dessa vez por parte de Yuna, que ofereceu sua alma e seu cuzinho em troca de ajuda para derrotar as forças do mal que assolavam o seu planeta. Não podendo recusar uma proposta destas, Yojimbo aceitou acompanhar Yuna em sua jornada, mas com uma condição, sempre que ela precisasse de algum ataque, ela precisaria pagar alguma quantia em dinheiro para ele.

Agora de volta ao mundo dos vivos, Yojimbo vive fazendo o que sabe fazer de melhor, espalhar o terror entre os seus inimigos, que nunca sabem quando ele vai usar a fodendo "Zanmato", ou apenas vai ordenar que o seu cachorro poodle de estimação os chute e não cause quase nenhum dano. A segnda opção é a mais provável, já que ninguém em sã consciência oferece milhões de moedas de ouro apenas para conseguir que Yojimbo use um golpe.

Dark Yojimbo[editar]

A versão negona de Yojimbo, Dark Yojimbo, é provavelmente um dos chefes mais roubados do jogo, até mais do que o líder de todos, o Dark Anima. Diferente de sua versão original, que faz cu doce para usar sua habilidade mais poderosa e roubada, Dark Yojimbo não está nem aí pra nada, ele sai usando "Zanmato" sempre que reúne o poder necessário, e o pior é que é uma versão ainda mais bombada da habilidade original, pois mata o grupo inteiro instantaneamente, independente de suas defesas e pontos de vida. A única maneira de sobreviver a isso é usando uma invocação como bode expiatório mesmo.

Poderes e Habilidades[editar]

Yojimbo possui uma ampla variedade de habilidades com a espada, porém ele cobra para usar qualquer uma delas. Em 90% das oportunidades, mesmo oferecendo uma quantia mais ou menos de ouro para o mercenário, ele usará apenas a sua habilidade mais bosta, que é ordenar que o seu poodle chute o inimigo, lhe causando cócegas e vontade de rir. E ainda fará isso com a maior má vontade.

Para que Yojimbo use sua habilidade mais poderosa e roubada, é necessário que lhe sejam oferecidas muitas moedas de ouro, na verdade milhões, e ainda que uma virgem seja sacrificada em seu nome. Aí ele poderá considerar em usar a "Zanmato", apenas considerar mesmo.

Além dessas técnicas em extremos, Yojimbo, muito raramente, também usa outras duas artes samurais, a "Kozuka", que nada mais é do que tacar várias agulhas de tricô no inimigo, costurando o mesmo na parede, e a "Wakizashi", uma habilidade inspirada no apaga-luz do Akuma, que finaliza seu inimigo com um golpe sorrateiro da espada de pau.