Yuji Naka

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Jaspion metaltex.jpg

Made in Japan
Este é um artigo com tecnologia do sol nascente né.
E usa gravata na escola.

O deus dos Cegos e pai do Sonic(não é a cara?)

Cquote1.png Você quis dizer: Yuji Baka Cquote2.png
Google sobre Yuji Naka
Cquote1.png Você quis dizer: Yudi Tamashiro Cquote2.png
Google sobre Yuji Naka

Cquote1.png Sonic, EU sou seu pai Cquote2.png
Yudi Naka sobre Sonic

Cquote1.png MADNESS? THIS IS SONIC BOOOOOOOOOOOM! Cquote2.png
Yuji Naka sobre frase que ele usou para convencer a fazer o Sonic

Cquote1.png Eu Sou Melhor Que Voce!! Cquote2.png
Shigeru Miyamoto sobre Yuji Naka

Cquote1.png Adimita, seu Sonic não seria nada sem a MINHA guitarra Cquote2.png
Jun Senoue sobre Yuji Naka

Yuji Naka (do japonês: 中裕司 ou ainda Baka Yuji), nascido em 17 de setembro de 1965) é um deus-designer da Sega, muito venerado por nerds-gamers alem de ser o pai biológico de Sonic the Hedgehog e sua turminha. Alem disso também criou outros jogos de menor fracasso como Sega Superstars, NiGHTS: Into Dreams... e Phantasy Star Online.

Biografia[editar]

Yuji Kidd da Silva Baka Hedgehog Egg paNaka cursou uma graduação no ensino médio pra ver se conseguia ficar bem de vida; não foi o que aconteceu. Com a sua pouca popularidade nerd acabou ficando de recuperação em matemática em sua cidade natal Osaka(no Japão? Não, na China oh! dãããã) alem de não ir para a faculdade; com isso ele chegou a trabalhar muito tempo em empregos vagabundos em que se pagavam muito pouco, mas como dizem que...

Yuji quando criança era bem macho(ou não)

Depois que largou seu último emprego Yuji soube que a Sega estava procurando mentes nerds peritas em otakises e outras besteiras gamisticas, assim como situações desesperadas exigem medidas desesperadas Nakazinho, apos uma rapida entrevista de emprego, foi contratado e logo começou a trabalhar feito um condenado num joginho de quinta chamado Girl 's Garden(nem eu conheço essa porra) . Em 1991 Yuji não agüentava mais ver tantas borradas da Sega e com isso resolveu criar alguma coisa interesante para fazer a empresa ficar pra história(ou aumenos só na lembrança), então ele botou a caixola pra funcionar e apartir de uma mistura de youkai + Goku + Flash + Punheta + BadBoy + azul + Chuck Norris o resultado foi o famoso Sonic The Hedgehog que mais tarde deu um pé na bunda de Alex Kidd e passou a ser mascote da Sega(depois disso Sonic começou a pegar um fighter com o Super Mario pra ver quem é o personagem mais foda dos games, mais isso não vem ao caso...ou não). Depois disso Yuji the paNakahog foi retribuído por seu trabalho tendo que criar outros jogos como NiGHTS Into Dreams (em 1996) que perdeu feio pro encanador bigodudo com o lançamento do Mario 64 e Crash Bandicoot (que pena pra ele); Depois disso Naka trabalhou em Burning Rangers num jogo de bombeiros do futuro(certamente pra abaixar o fogo dele)e também em Phantasy Star Online para a alegria de RPGistas; Em jogos mais recentes só ganhou credito como um grande FDP que ficou na cola do tiozinho Yu Suzuki(criador de jogos de arcade como Hang-On,Out Run,After Burner 2 e o Virtua Fighter). Com o passar dos anos Yuji Naka não serviu pra mais nada na Sega, tanto que chegou a trabalhar em uma versão de emulador de Nes(sim! Ele é um traidor dos Cegos) mas que nunca foi lançado por razões ilegais como contrabando de drogas e porte de armas.

Em 8 de maio de 2006, Yuji deixou seu cargo na Sega e abriu seu próprio estúdio, o Prope Sonic Team, onde ele poderia entupir de games com personagens de sua própria autoria(ou não) .

Jogos de menor fracasso creditados por Yuji Baka Naka[editar]

60px-Bouncywikilogo.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Yuji Naka.
Como andara meu filho nesses tempos remotos?
A culpa também é do Hirokazu(o priminho do Yuji)
Graças a ele hoje temos um ouriço-mascote-hyper-ativo, mais duas gurias retardadas, um animalzinho baka e um futanari.


 
v d e h
v d e h

Aquele povo que aparece nos créditos finais dos jogos