Zacatecas (estado)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Nota: Este artigo fala do estado mexicano, se procura pela cidade consulte Zacatecas (cidade).


Zacatecas é um dos 31 estados do Império Asteca, e sua capital é a cidade-ruína-fantasma de Zacatecas. O estado é centro da cultura indígena da Mesoamerica.

História[editar]

Uma típica noiva de Zacatecas.

O estado foi habitado na antiguidade pelos Xiximecas, parentes próximos e antihigiênicos dos astecas. Naquele território relativamente espaçoso, os xiximecas construíram diversas pirâmides com tecnologia importada do Egito. O mapa de Zacatecas parece uma gosma derramada no México, as suas fronteiras com os outros estado mexicanos é dúvida até hoje.

Com a chegada dos galegos, e a criação da República da Nova Espanha, Zacatecas passou a ser aqueles últimos refúgios dos índios. Este estado é hoje assim chamado porque, quando os espanhóis, sob a liderança de Hernán Cortés estava em seu cavalo e gritando. "Auqeles ruídos acabaram nomeando o atual estado de Zacatecas.

A Revolução Mexicana em Zacatecas foi comandada pelo frei Francisco García Salinas, ele estava fugindo de Aguascalientes, depois que foi descoberto que ele comia todas as noivas da cidade. Usando toda sua virilidade, Francisco foi decisivo para acabar com os índios de Zacatecas.

Com a Revolução de 1910, ficou decretado a lei que proibe o homossexualismo em Zacatecas. "Emos e gays, favor visitem Veracruz", diz a placa de entrada do estado.

Cultura[editar]

Zacatecas é muito conhecida pelos trajes típicos que fazem as pessoas parecerem estarem nuas. Tanto os homens como mulheres, vestem apenas tangas. O estado é um dos maiores importadores de silicone de todo o México, já que os seios das mulkheres zacatecas é que são essenciais para o acasalamento e reprodução desse povo.

Mestres na prática do sexo, as mulheres de Zacatecas estão entre as mais cobiçadas em renomadas casas de prostituição da Europa.

A cultura Zacateana é muito famosa pela sua culinária, onde os apreciadores desta culinária exótica comem de cus(naturalmente) à mafagafos!