Zhoukoudian

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Zhoukoudian é um aldeia indígena fundada por tupiniquins e portugueses a poucos quilômetros de Pequim para servir como barraquinha de vendinha de produtos exóticos do ocidente. O local é famoso pelo grande número de esqueletos antigos de macacos.

História[editar]

Um crânio do "Homoerectus Penis Pekinensis", espécie hominídea que deu origem à raça oriental.

Em 1991 paleontólogos, geólogos, escoteiros e playboys austríacos faziam trilhas e caminhadas nos arredores da Cidade Imperial de Pequim quando durante seu pic-nic, ocorreu uma terrível tempestade e o grupo se perdeu em uma misteriosa caverna aonde ossos e outras coisas mortas ambulantes atacaram e devoraram a expedição.

Depois que as forças especiais de Resident Evil (S.T.A.R.S.) limparam a região, foram descobertos fósseis antigos de símio, que por alguma razão estranha, ficaram famosos.

Em 1937, durante a invasão pirata japonesa ao país, a caverna foi exaustivamente dinamitada para a extração urgente de carvão para abastecer a guerra e assim foram descobertos crânios de milhões de anos, bem como crânios dos operários das escavações. Aqueles crânios foram apelidados carinhosamente de "Homem de Pequim", devido a sua singular estranheza e feiura.

Após a criação de República Popular da China ficou proibido as escavações no local que agora é um ambiente sagrado de descanso eterno de espíritos.

O Homem de Pequim[editar]

A espécie hominídea encontrada em Zhoukoudian é conhecida como "Homoerectus Penis Pekinensis". Esse fóssil é chave para a explicação do tamanho diminuto do pênis dos homens orientais. Com ele Darwin pode explicar que os homens de pênis extenso eram mais propícios a morrer de ataques de gaúchos, muito numerosos na região tinham preferência pelos homens de pênis mais carnudo. Com o tempo, a seleção natural tratou de moldar a sexualidade oriental, e os gaúchos tiveram que migrar para a América do Sul, lar de Bengalelê Motumbo, seu Deus.