Zsanett Égerházi

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.
ESTE ARTIGO É SOBRE UMA GOSTOSA!!

Ela provavelmente não sabe atuar, dançar, cantar, desfilar, praticar esportes, fazer cálculos matemáticos ou qualquer coisa de útil para a humanidade. Mas quem liga? Todo mundo a conhece apenas porque ela é uma baita duma

GOSTOSA

Tori Black na cama.jpg
Zsanett Égerházi
Zsanett Égerhazi 99.jpg
Cquote1.png Vamos brincar de índio? Cquote2.png
Nascimento 17 de Dezembro de 1976
Bandeira da Hungria Hungria
Ocupação Advinha?
Altura 1,68
Signo Sagitário
Cabelo Loira

Zsanett Égerházi (17 de Dezembro de 1976), é uma atriz pornográfica húngara que possui um dos nomes mais impronunciáveis do mundo da putaria (para se ter uma ideia de como é difícil pronunciar/escrever o nome dela, para redigir este artigo, eu tive que usar o Ctrl-C + Ctrl-V). Apesar disso, ela possui um estereótipo que os europeus adoram: Ela é loira, topa tudo por dinheiro e possui um belo corpo (e bota belo nisso).

História[editar]

Já que nos vídeos o talento de Zsanett Égerházi estava sendo ofuscado, ela resolveu fazer a alegria dos punheteiros aparecendo em revistas de putaria. E parece que deu certo... fap, fap, fap...

Zsanett Égerházi nasceu na Hungria, na cidade de Budapeste (o que é bem compreensível, afinal, Budapeste é a única cidade da Hungria que possui mais de 2 habitantes vivos). Ninguém sabe o que ela fazia quando era criança, mas isso não interessa, afinal, ela ainda não tinha peitos. Quando entrou na adolescência, Zsanett Égerházi começou a trabalhar em uma banquinha de churros, que era uma filial da Churros Higiênicos da Florinda®. Apesar de gostar de trabalhar nesse bebércio comércio, o salário era péssimo, pois a fundadora da empresa, que se chamava Florinda Corcuera Vidialpango viúva de Matalazcayano, era uma velha chata e queria ficar com todos os lucros. Zsanett Égerházi queria abandonar esse emprego, até porque ela sabia que não teria futuro. Mas, como precisava se sustentar com as pernas, ela acabou tendo que continuar trabalhando para a Churros Higiênicos da Florinda®.

Certo dia, um cliente bem misterioso apareceu na banquinha de Zsanett Égerházi. No princípio, Zsanett Égerházi achou que esse sujeito estava apenas querendo um churro de chocolate, porém, ele a convidou para trabalhar em uma indústria de filmes pornô, dizendo que já a estava observando faz tempo. Como sabia que Zsanett Égerházi estava precisando de dinheiro, o sujeito misterioso disse que, se ela aceitasse a proposta, ela ganharia, aproximadamente, 666 mil dólares em barras de ouro que valem mais do que dinheiro. Como Zsanett Égerházi já estava mesmo querendo abandonar o seu emprego, ela aceitou a oferta imediatamente, e entrou com força no mundo da putaria.

Carreira[editar]

Que presentão de Natal, hein?

Quando começou a carreira, como Zsanett Égerházi já tinha mais de 20 anos, ela teve facilidade em se "adaptar" aos filmes, afinal, ela já tinha bastante experiência em sexo. Por conta disso, no mesmo ano em que estreou, Zsanett Égerházi ganhou o prêmio de revelação (e que revelação). Apesar desse começo promissor, com o passar do tempo, Zsanett Égerházi acabou meio que ficando apagada, até porque apareceram atrizes mais jovens e bundudas, como a Madison Parker. Por conta disso, o único prêmio que Zsanett Égerházi ganhou foram mais de 8000 punhetas que os onanistas fazem em sua homenagem (bem, assim como dizem os artistas, o melhor reconhecimento é o do público).

Atualmente, percebendo que não conseguiria se manter com o mesmo ritmo na indústria pornô, até porque já tem mais de 30 ânus anos, Zsanett Égerházi decidiu apenas aparecer em revistas masculinas, como por exemplo, a Playboy húngara. E essa estratégia deu certo, pois ela começou a ser homenageada por toda a população que não tem computador para entrar no RedTube.

Prêmios[editar]

  • Melhor revelação, após ela ter revelado o que tem de melhor
  • Nome mais impronunciável (se bem que, com o corpo que tem, Zsanett Égerházi nem precisava ter nome)