Desconversas:Doente

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(dif) ← Edição anterior | ver versão atual (dif) | Versão posterior → (dif)
Ir para navegação Ir para pesquisar
Papo cabeça

Este artigo faz parte do Desconversas, o maior acervo de papo furado da Internet.

  • Médico: O que você sente?
  • Paciente: Umas tristezas repentinas.
  • Médico: E o que você imagina que possa ser?
  • Paciente: Virgindade.
  • Médico: Será? Vamos examinar?
  • Paciente: Sim.
  • Médico: Qual sua idade?
  • Paciente: Trinta e oito anos.
  • Médico: Sua altura?
  • Paciente: Um metro e sessenta e oito.
  • Médico: Seu peso?
  • Paciente: Hoje estou com cento e vinte e sete quilos.
  • Médico: Tem dinheiro?
  • Paciente: Não, por isso vim até aqui, pelo SUS.
  • Médico: Entendo. Profissão?
  • Paciente: Desempregado, mas vivo com a mãe, então dá pra viver.
  • Médico: Suas tetas masculinas balançam quando você dá tchau pra alguém?
  • Paciente: Sim.
  • Médico: Esse seu mau hálito é recorrente?
  • Paciente: Sim.
  • Médico: Qual o tamanho do seu piru?
  • Paciente: Contei uma vez, deu oito centímetros.
  • Médico: Duro?
  • Paciente: Sim.
  • Médico: Bom... Pela minha análise clínica, você realmente tem virgindade. E não tem cura, infelizmente.
  • Paciente: Tudo bem, doutor. Agradeço pela consulta.