Deslivros:Homem na Balada

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Wikify.png Por favor, alguém arrume este pobre artigo segundo as diretrizes estabelecidas no livro de estilo antes que alguém infarte lendo esse artigo mal formatado...
AVISO: NÃO REMOVA ISSO ANTES DE TER CERTEZA ABSOLUTA QUE O ARTIGO JÁ FOI COMPLETAMENTE "WIKIFICADO", SENÃO VOCÊ PODERÁ SOFRER AS CONSEQUÊNCIAS!
Dica: não sabe como wikificar um artigo? Então leia AGORA o nosso tutorial de wikificação! Ou peça ajuda para os usuários mais experientes...
Nuvola apps bookcase.png
Este artigo é parte do Deslivros, a sua biblioteca livre de conteúdo.
Típica situação de um virgem em uma balada

INTRODUÇÃO

Após mais de 10 anos de vida de “baladeiro” (nunca gostei desse adjetivo) tentarei através desse texto demonstrar que baladas não são compatíveis a homens, nem financeiramente e muito menos sexualmente.


Primeiro, pergunte-se. Qual o maior motivo de um homem ir à balada? Mulheres, e quem sabe fazer SEXO com alguma delas depois.

Segundo, pergunte-se novamente. O que devo fazer para conquistar mulheres na balada? Ser bonitão e ter muita grana?


Terceiro, pergunte-se mais uma vez. Qual é o padrão do homem bonito, charmoso, e rico? (1) Usa boas roupas de grife?(2) tem um bom carro?(3) dinheiro na carteira?


O que você faz?

(1) Vai ao shopping, torra dinheiro em roupas de marcas e paga tudo em 243 prestações.

(2) Pega o carro Sedan do pai.

(3) Sai com todo o salário ou a mesada que ganhou da família.


NO ESTACIONAMENTO


Lá você constata que o carro do seu pai é inferior que aquele esportivo italiano do cara que vai à mesma balada que a sua. Você começa a pressentir que a coisa não está legal (Não desanime, garotão!!).

Realidade: Nem o carro do seu pai supera o possante do filho de um grande empresário, além do que aquele “seu” Sedan já te denuncia – “Carro de tiozãooo”-.

OTÁRIOOOOOOOOOOOO!!!!!


ENFIM DENTRO DA BALADA


Está cheio, você mal consegue dançar, andar, um calor infernal (Você realmente gosta disso?)

Realidade: Muitas casas noturnas deixam o ambiente quente para você consumir mais liquido e alavancar as vendas do bar

Mas lá dentro está cheio de mulheres lindas, gostosas e cheirosas (Ué estranho!! Elas passam por você como se sua pessoa não existisse!)

Realidade: Mulheres não vão a balada para “caçar” e transar, elas podem facilmente “liberar geral” para o chefe, o personal training, ou o colega bonitão e rico da faculdade, mas não com um “Zé-Ruela” como você. Mulheres vão a balada principalmente para impressionar as outras mulheres, mostrarem como são desejadas pelos homens, como atrai olhares, tudo isso para massagear seus egos( E você,bobão,é um brinquedinho desse jogo.)


Daí você pensa –“Vou pegar uma garrafa de Vodka para impressionar”-(Enquanto isso no camarote do playboy do esportivo italiano está estourando Champagne)


Realidade: Você pagou numa Vodka 4 vezes mais caro que no supermercado e nem impressionou guria nenhuma, no máximo elas beberam alguns copos e depois que a garrafa acabou, elas te viraram as costas.

OTÁRIOOOOOOOOOOOO!!!!!


HORA DE IR EMBORA:


Outra fila kilometrica para pagar, você gastou mais que podia, não pegou ninguém, está passando mal de tanto beber, e está se sentindo frustrado (Levante a cabeça, campeão, a noite ainda não acabou)

Realidade: Com o dinheiro que você gastou na balada, poderia ter indo em um puteiro e cumprir a missão, fazer SEXO.

Mas antes de ir embora você vai precisar sair na porrada com outros machos frustrados que não pegaram ninguém (Vai, você consegue, quero ver sangue.!Ai,ai, corre, corre, o cara é faixa preta de Jiu-Jítsu!!)

Realidade: Cincos horas antes você se achava o Brad Pitt, galã e ricão, e agora se acha um lixo, um bosta, e o pior de todos os homens.



FIM


Ah, já estava me esquecendo: