Desmanuais:Como verdadeiramente criar um artigo copiado na Wikipédia com leves alterações cômicas

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar

Este artigo é parte dos Desmanuais, seu acervo de instruções livres de conteúdo. Nuclear-explosion.jpg

Bob Esponja com medo de um artigo copiado através da Wikipédia com leve alterações cômicas.

Antes de mais nada prefira ler o artigo principal:Artigos criados através de um texto da Wikipédia trazido para a Desciclopédia com leves alterações cômicas. Pois bem, você acha que já entendeu de tudo e mais um pouco acerca da arte de apertar os botões ctrl c + ctrl v e depois despejar tudo na Desciclopédia? Pois bem, se a resposta for sim, acho que você já pode dar um passo a frente, e se graduar em um curso superior de caganeira, compreendendo e adestrando por completo como evacuar um artigo nesse site, pois a partir de agora você irá aprender a como verdadeiramente criar um artigo copiado na Wikipédia com leves alterações cômicas.

Primeiro passo: ache um artigo do seu agrado na Wikipédia[editar]

Antes de qualquer coisa é necessário ir em busca de um artigo da Wikipédia para podermos dar início, ou seria você tão burro a ponto de ler o título desse artigo e acreditar que poderíamos pular essa parte chata de caçar uma bosta para defecar aqui? Pois saiba que você, por mais cocô que seja, não conta, pois seria considerado humor privado (humor privado, vaso sanitário, veja como as coisas se completam)... Muitos especialistas no assunto compreendem essa etapa inicial como a mais difícil de todas, pois são tantos artigos de assuntos desconhecidos na Wikipédia e por ai a fora que fica realmente complicado de se escolher um.

Portanto, aqui vão algumas dicas: pegue um tema que ninguém pouco se foda pra ele, assim talvez o seu artigo, quem sabe, passe até mesmo despercebido, escolha também um artigo minúsculo da Wikipédia, quanto mais próximo do tamanho do seu pau/da sua bunda/do seu rabo melhor, ou ainda escolha um artigo de um tema que você considere interessante, para depois não tornar nossa jornada mais entediante do que esse Manoel, digo, esse manual...

Exemplo[editar]

Cquote1.svg Leucipo de Abdera[1] (em grego clássico: Λεύκιππος; primeira metade do século V a.C.) foi um filósofo grego. Tradicionalmente, Leucipo é considerado o mestre de Demócrito de Abdera e, talvez, o verdadeiro criador do atomismo (segundo a tese de Aristóteles), que relatava que uma matéria pode ser dividida até chegar em uma pequena partícula indivisível chamada átomo.Sobre suas origens praticamente nada é conhecido, mas o lugar mais provável de seu nascimento é Mileto na Ásia Menor; em seguida mudou-se para Abdera. Parece ter sido contemporâneo de Anaxágoras de Clazômenas e de Sócrates. A tradição lhe atribui a autoria de um único livro intitulado A grande ordem do mundo, também chamada Grande Cosmologia, um texto muito diferente da Pequena Cosmologia de Demócrito. Talvez tenha escrito um segundo livro, que teria se chamado Sobre o espírito, mas este escrito pode ter sido apenas um capítulo da obra anterior. Cquote2.svg

Segundo passo: adicione leve alterações cômicas[editar]

Obviamente fosse aqui ou na China, qualquer site de humor caso visse alguém fazendo upload de conteúdo sério iria deleta-lo no mesmo instante, a não ser que fosse um texto intitulado "A Biografia do Cara que Está Lendo Essa Porra", ai tudo bem, pois a própria verdade já é engraçada por si só. Com isso, você necessita de adicionar algumas leves pitadas de humor da Praga É Nossa, e um toque de humor aqui e ali do Zorra Total, mas também não exagere muito, caso contrário o propósito desse manual estaria no lixo.

Nessa parte é possível adicionar qualquer tipo de humor ou clichê, tais como o Chuck Norris, a Dercy Gonçalves, o Et Bilu, a própria Wikipédia, o Lula, a Dilma, e por ai vai. Também está permitido aqueles trocadilhos de tiozão do tipo "É pavê ou pacumê?", ou ainda "Vamos montar uma banda? Eu toco fome".

Exemplo[editar]

Cquote1.svg Leucipo de Abdera[1] (em grego clássico: Λεύκιππος; primeira metade do século V a.C.) foi um filósofo grego emaconhado. Tradicionalmente, Leucipo é considerado o mestre de Demócrito de Abdera e, talvez, o verdadeiro criador do atomismo (segundo a tese de Abu Cetona), que relatava que uma matéria pode ser dividida até chegar em uma pequena partícula indivisível chamada átomo, do tamanho do seu cérebro, he-he.Sobre suas origens praticamente nada é conhecido, mas o lugar mais provável de seu nascimento é na casa do caralho; em seguida mudou-se para Abdera. Parece ter sido contemporâneo de Anaxágoras de Clazômenas e de Sócrates. A tradição lhe atribui a autoria de um único livro intitulado Comi do Cu de Quem Tá Lendo, também chamada Comi Ele De Novo, um texto muito diferente da Pequena Cosmologia de Demócrito, por se considerado ainda mais boiola e bobo, chato, feio e cara-de-mamão. Talvez tenha escrito um segundo livro, que teria se chamado Sobre o espírito, mas este escrito pode ter sido apenas um capítulo da obra anterior, por que ninguém se importa com esse velho gagá. Cquote2.svg

Terceiro passo: adicione um pouco mais de alterações cômicas[editar]

Contudo, saiba que um conteúdo bosta desses não iria sobreviver nem por sequer um segundo, algo tão corrosivo para os olhos e a mente humana iria ser deletado em pouco tempo, tanto na Desciclopédia, quanto, até mesmo, no grupo de memes da South America Memes. Diante desse fato, é necessário retocar ainda mais a maquiagem humorística do seu artiguinho. Para isso tente verdadeiramente adicionar alguma piada engraçada, sem esses clichês toscos e arrombados que ninguém, nem mesmo as próprias piadas gostam (é verdade, a Dercy Gonçalves me contou numa sessão espírita).

E você, um acéfalo ou um tio que ficou preso na era do Facebook, ou seja, mais ou menos nos anos de 2010-2014, época essa que hoje em dia ninguém mais ri de um caralho produzido nela, principalmente com tantos memes árabes e shitposts sendo feitos ao redor do planeta Terra, mais precisamente na internet, talvez você não esteja por dentro dos memes de hoje em dia, portanto prefira adicionar coisas do tipo "comi o cu de quem tá lendo", "enfim, a hipocrisia", "qualquer citação do Faustão", e etc.

Exemplo[editar]

Cquote1.svg Leucipo de Abdera[1] (em grego clássico: Λεύκιππος; primeira metade do século V a.C.) foi um filósofo grego emaconhado, mais um grego das antigas que perdia tempo se questionando com burrices do tipo Cquote1.svg Porque aquela nuvem tem um formato de rola Cquote2.svg. Tradicionalmente, Leucipo é considerado o mestre de Demócrito de Abdera e, talvez, o verdadeiro criador do perdadetempoismo, também conhecido pelo nome de atomismo (segundo a tese de Abu Cetona), que relatava que uma matéria pode ser papocada até chegar em uma pequena partícula indivisível chamada átomo, do tamanho do seu cérebro, he-he.Sobre suas origens praticamente nada é conhecido, ainda bem, pois isso mostra que o pessoal está perdendo menos tempo com esses maconheiros do passado, mas o lugar mais provável de seu nascimento é na casa do caralho; em seguida mudou-se para Abdera. Parece ter sido contemporâneo de Anaxágoras de Clazômenas e de Sócrates. A tradição lhe atribui a autoria de um único hentai intitulado Comi do Cu de Quem Tá Lendo, também chamada Comi Ele De Novo, um texto muito diferente da Anal Giratório Filosófico de Demócrito, por se considerado ainda mais boiola e bobo, chato, feio e cara-de-mamão. Talvez tenha escrito um segundo hentai, que teria se chamado Porque Alguém Ainda Está Lendo Essa Desgraça, mas este hentai pode ter sido apenas um capítulo da obra anterior, por que ninguém se importa com esse velho gagá. Cquote2.svg

Quarto passo:últimos retoques[editar]

Por fim, para finalizarmos essa tortura psicológica, física, mental, espiritual, patrimonial, temporal e qualquer tipo de tortura, tipo a viver sabendo que o Nelipe Feto tem mais de quarenta milhões de criaturas inscritas em seu canal, é preciso remover todo tipo de lixo vindo da Wikipédia, tipo aqueles conteúdos entre parêntesis que eles tanto amam colocar em seus artigos como por exemplo: (10 de dezembro de 000000,0 - Pau Pequeno, França), (em inglês: I ate your ass, again (is this joke becoming anoying, isn't?)). Além disso também adicione links para outros artigos jocosos do site, tal como [[gay|um homem forte, maromba e muito macho]] esse exemplo ai.

E por fim, caso queira, coloque um entulho de predefinições no topo, porém exagere, pois aqui é um manual de artigo verídico, e não de artigo sem-graça, por mais sinônimos que eles sejam. Também lembre-se de adicionar uma imagem completamente genérica e igualmente sem-graça, ou nem coloque porra nenhuma deixe com que alguém coloque um predefinição avisando que o artigo não tem porra alguma de imagem...

Exemplo[editar]

2qjx1rl.gif "Não, cê é burro cara, que loucura..."

Este artigo é sobre algo ou alguém burro ou completamente imbecil.

Provavelmente usa Oi Velox e digita "kkk"...


Stughet.jpg
OMG!!!

Este artigo fala de uma raríssima Loira Inteligente!
Não ouse vandalizar, pois esta moça provavelmente tem um QI muito superior ao seu e pode te detonar!
MWAHAHAHAHAHA!

Image27.gif Este artigo está poluído!

Pegue uma máscara de oxigênio e uma garrafa vazia
para carregar ar. COF! COF! COF!

Cquote1.svg Leucipo de Abdera foi um filósofo grego emaconhado, mais um grego das antigas que perdia tempo se questionando com burrices do tipo Cquote1.svg Porque aquela nuvem tem um formato de rola Cquote2.svg. Tradicionalmente, Leucipo é considerado o mestre de Demócrito de Abdera e, talvez, o verdadeiro criador do perdadetempoismo, também conhecido pelo nome de atomismo (segundo a tese de Abu Cetona), que relatava que uma matéria pode ser papocada até chegar em uma pequena partícula indivisível chamada átomo, do tamanho do seu cérebro, he-he.Sobre suas origens praticamente nada é conhecido, ainda bem, pois isso mostra que o pessoal está perdendo menos tempo com esses maconheiros do passado, mas o lugar mais provável de seu nascimento é na casa do caralho; em seguida mudou-se para Abdera. Parece ter sido contemporâneo de Anaxágoras de Clazômenas e de Sócrates. A tradição lhe atribui a autoria de um único hentai intitulado Comi do Cu de Quem Tá Lendo, também chamada Comi Ele De Novo, um texto muito diferente da Anal Giratório Filosófico de Demócrito, por se considerado ainda mais boiola e bobo, chato, feio e cara-de-mamão. Talvez tenha escrito um segundo hentai, que teria se chamado Porque Alguém Ainda Está Lendo Essa Desgraça, mas este hentai pode ter sido apenas um capítulo da obra anterior, por que ninguém se importa com esse velho gagá. Cquote2.svg

Hebe camargo.jpg Um artigo com imagens fica uma gracinha!
Este artigo possui poucas ou nenhuma imagem o ilustrando. Por favor considere adicionar novas imagens para deixá-lo mais interessante.
Nuvola apps atlantik.png Coloque mais dados aqui. Como verdadeiramente criar um artigo copiado na Wikipédia com leves alterações cômicas merece!

Aqui poderiam estar mais dados relevantes ao invés dessa merda.
Esclareça os fatos, melhore a redação e assim salve uma alma do purgatório.
Seja útil uma vez na vida e contribua para este artigo ou seção melhorar: edite-a

Conclusão[editar]

Quando eu estou escrevendo um artigo de lixo.

Em resumo, para criar um artigo verídico na Desciclopédia, para quem for um baiano da gota serena e tenha ficado com preguiça de ler toda essa embromação, basta seguir as seguintes regras: pegue qualquer peste de algum site tipo a Wikipédia, adicione alguns trocaralhos do carilho, depois vá aos pouquinhos tentando trocar todos ou quase todos os termos sérios por zoeiros (ex: político por ladrão de terno, filósofo por maconheiro que fica perdendo tempo questionando inutilidades), e por final coloque predefinições engraçadas, só que não, e links para artigos zombeteiros. Prefira criar artigos curtos e pequenos tal como a paciência de quem se depara com um artigo lixoso desses, para que essas regras são levem muito tempo, pois assim você poderá infestar esse site com trezentos artigos horríveis por mês.

A conclusão que podemos tirar disso é que copiar artigos blá blá blá com leve alterações cômicas é algo deveras fácil de se fazer, contudo não é a forma mais recomendada de se de fato fazer um artigo. Portanto, caso você queira fazer um artigo de um tema que você não domina muito bem, primeiramente estude acerca do tema, depois domine a arte de encher linguiça, tal como eu estou fazendo, até porque eu poderia muito bem ter terminado com o artigo completinho ali, porém se o leitor for burro o suficiente, ou não tenha nada demais para fazer ele pode muito bem ler muita mais merda do que ele gostaria, de modo forçado graças ao tédio, e por fim, depois de tudo isso, crie um artigo de fato engraçado, e não somente idiota.

Contudo, ainda assim não é recomendado ficar perdendo tempo tentando escrever um artigo, desista de tentar copiar um artigo, pois no fim das contas se você não domina uma área acerca do assunto do artigo, ele irá ficar muito menos engraçado do que caso um perito em escrever bosta no assunto escrevesse-o. Por isso, se você for uma pessoa com dois dígitos ou menos de QI, daqueles que se autoproclamam verdadeiros mestres em cagar artigos ruins, tente buscar temas mais fáceis para o seu cérebro infanto-juvenil, tais como artigos de canções, que em sua maioria já é uma porra de qualquer jeito, ou artigos de animes, personagens de animes, fãs de animes, mangás de animes e criadores de animes, ou qualquer tema tão imbecil quanto os citados..

Ver também[editar]

Artigo escrito seguindo as instruções do desmanual de como verdadeiramente criar um artigo copiado da Wikipédia com leves alterações cômicas