Despoesias:Deixa eu ser Napoleão

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Despoesias.png
Bocage-2bus.png

Este artigo é parte do Despoesias.

O seu Cancioneiro/Romanceiro livre de conteúdo.


Porque sou Napoleão
Aqui, neste Império Macedônico do cão
Deixa eu te mostrar minhas conquistas imensuráveis
Da América ao Japão
Vai, toma! Se submeta ao meu poder inquestionável!

Eu sou Napoleão,deixe eu te dominar
Se você recuar, meu exército vai te penetrar
Deixe eu ser Napoleão e destruir o seu país
O que me importa é o chupar o seu nariz

Vou conquistar o seu território corporal
Matar tuas ovelhas rebeldes
Porque sou Napoleão, o maioral
E nem bote o dedo nas suas neves

Deixe eu colocar meu exército na tua caverna
Vou explorar você com uma lanterna
Não se faça de resistente e incite motim
Porque sou Napoleão e ninguém ganha de mim

Deixe eu te mostrar o meu poder,a minha virilidade
Eu posso te jantar todos os dias e todas as noites
Porque sou Napoleão e ninguém questiona minha habilidade
E se questionar eu mando cortas as cabeças com foices

Não seja mocreia como a Ravena
Entenda que te comerei com bolacha maizena.
Porque sou Napoleão e você é uma criada
E se discordar, vai levar espada.