Despoesias:Poema dedicado ao Lula

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Despoesias.png
Gregorio-de-matos.gif

Este artigo é parte do Despoesias.

O seu Cancioneiro/Romanceiro livre de conteúdo.

Lula, poderias ir à merda?
Lula, poderias ir se fuder?
Lula, poderias ir à morte?
Lula, poderias ir se matar?

Lula não me roube
Lula não me estorças
Lula não me ataque
Lula não me xingue

Lula, fodeste o Brasil
Lula, estupraste o Brasil
Lula, alopraste o Brasil
Lula, destruíste o Brasil

Lula vá à merda
Lula vá se fuder
Lula vá à morte
Lula vá se matar

Enquanto Lula bebe uma breja
O povo a sua morte deseja
Enquanto Lula bate punheta
O povo planeja a vendeta

Se o Lula acha algo eu discordo
Se o Lula fala algo eu sou surdo
Se o Lula tem 100 fãs não sou um deles
Se o Lula tem 100 haters eu sou um
Se o Lula tem 1 fã eu não sou ele
Se o Lula tem 1 hater eu sou ele
Se o Lula não tem fãs o mundo é melhor
Se o Lula não tem haters eu não existo
Se o Lula erra eu julgo