Despoesias:Uma poesia ao Bolsonaro

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Despoesias.png
Bocage-2bus.png

Este artigo é parte do Despoesias.

O seu Cancioneiro/Romanceiro livre de conteúdo.


Bolsonaro, presidente,
Ele faz bosta nenhuma,
Com o covid ele fica contente,
E é um idiota, em suma.

Sua vida é tão merda,
Cinco filhos ele tem.
01,02,03,04,
E uma 05 lerda.

Ele se diverte,
Vendo o Brasil morrer,
Este é o seu propósito,
Ele nem sabe ler,

Os artigos que tanto falam,
Que cloroquina não funciona.
Bolsonaro e companhia caçam,
Aqueles que afirmam que a ideia é cafona.

Ó sim estamos perdidos,
Se ele não levar impeachment,
Seus juramentos então perdidos,
Cobraremos até morrer,

Os ministérios ele jurou,
Diminuir vários,
Mas porra nenhuma ele fez,
E não só isso, aumentou,

Bolsonaro só promete,
Mas nunca faz nada.
A única coisa que consegue,
É fazer um monte de merda,

Nosso presidente é,
homofóbico, racista,
preconceituoso, xenofóbico,
bicha e um corrupto facista,

Diz que quer proteger,
A nossa economia,
Mas enquanto eu lia,
Percebi que ele faz o contrário,

Gostaria de dizer,
Ao nosso presidente,
Um recado bem sincero,
Vai se foder.