Desreceitas:Vinho caseiro barato

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Receita.jpg

Este artigo é parte do Desreceitas, a sua biblioteca de receitas e fórmulas


Um descíclope idiota fez a receita e aprovou. Já tá loucaço de booze

Mais uma receita visando a economia e a bebedeira que a Desciclopédia descobriu. Esta é para quem gosta de tomar um bom vinho, mas as garrafas mais baratas custam nove reais, e isso ainda é caro para os padrões "escritor da Desciclopédia fodido". Deste modo, vamos fazer um vinho caseiro barato.

Ingredientes[editar]

Vinho pra fazer umas setenta missas
  • Precisaremos de suco de uva integral. A garrafa custa em torno de seis reais o litro o mais vagabundo, aí é só diluir em água. Um litro de suco de uva integral para dois litros de água, o que totalizam três litros, para um vinho similar ao rosé. A diluição pode ser menor a depender da força que a pessoa quiser, mas para baratear as coisas, melhor socar água pra caramba;
  • Açúcar refinado, o mais barato que encontrar. Colocar cem gramas de açúcar se quiser um vinho seco, ou duzentos gramas de açúcar para cada litro se quiser um vinho suave, mas se quiser algo bem alcoólico vai mais açúcar, na dúvida, vai meio quilo de açúcar para um litro que o negócio fica suave e, ao mesmo tempo bem alcoólico, um troço bom pra encher a cara sem preocupações;
  • Fermento de pão, o mais barato, obviamente.

Modo de fazer[editar]

Misturar o suco de uva com a água, mexer bem, adicionar o açúcar, mexer bastante, inserir em qualquer recipiente que encontrar e adicionar uma pitada generosa de fermento de pão na mistura; coloque fermento suficiente para fazer dez quilos de pães, que é para o fermento fazer bastante álcool e consumir açúcar. Mexer bem o vasilhame, todos os dias, sempre que puder.

Esperar um mês e teremos três litros de vinho, pouco mais de um real e sessenta centavos o litrão de vinho, com um sabor agradável de espumante barato de Réveillon de favelado, bastante álcool, o que proporciona uma boa dor de cabeça no dia seguinte (o que aprova a desreceita), e um cheirinho agradável de massa de pão decomposta.

Dá pra fazer bastante quentão com esse vinho barato para as festas juninas, e o cravo com canela adicionais até ajudam a tiram o aroma e sabor de chorume de esgoto.

Ver também[editar]