Satélite artificial

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(dif) ← Edição anterior | ver versão atual (dif) | Versão posterior → (dif)
Ir para navegação Ir para pesquisar

Cquote1.svg Na União Soviética o satélite é atingido por VOCÊ!! Cquote2.svg
Reversal Russa sobre satélite
Cquote1.svg Lá em Brasília tem um monte né? Cquote2.svg
Carla Perez sobre cidade satélite

Satélite artificial é o nome dado a um monte de lixo que os humanos colocam em órbita da Terra afim de eventualmente ferrar com a vida de Sandra Bullock num dos filmes dela.

História[editar]

Tudo bem Yuri?

O primeiro satélite criado chama-se Lua e foi criado por Chuck Norris Deus quando ele resolveu plantar uma enorme esfera de queijo rocha na órbita da Terra com o intuito de enfeitar o céu e regular o ciclo menstrual biológico dos lobisomens.

Já o primeiro satélite vivo foi criado em 1943 quando os russos colocaram uma cadela chamada Laika em órbita, e então, após passar 7 alegres dias em órbita comendo biscoitos pra cachorro, Laika retornou em segurança (ou não) para o seu lar em Kiev.

Então em 1958 foi criado o primeiro satélite humano quando os russos (sim os russos de novo) achando que fritar uma cadela em órbita não era o bastante fizeram com um tal de Yuri Gagarin o mesmo que eles haviam feito com a Laika. Yuri pôde retornar à segurança do seu lar na Mãe Rússia após uma aterrissagem forçada segura no Iraque.

Tipos[editar]

  • Satélite Natural: Em geral aglomerações compactas de rocha, queijo, lixo e muito raramente de materiais valiosos, costumam orbitar planetas e outros corpos massivos (Jô Soares, Ed Motta...). Sua principal característica é serem formados naturalmente ou pelas mãos de seres divinos como Chuck Norris ou o Deus Metal.
  • Satélite Artificial: São porcarias criadas pelo ser humano e postas em órbita esperando pela oportunidade de cair na cabeça de idiotas. Em geral são feitas de prástico e materiais semelhantes como madeirite e papelão.
  • Satélites militares: São satélites artificiais feitos por países desenvolvidos com o objetivo de ferrar com os países pobres. Costumam estar carregados de materiais bélicos perigosos como ogivas nucleares e mafagafos.
  • Satélites de Telecomunicação: São satélites também artificiais postos em órbita por empresas de telefonia móvel e estratégicamente programados para pararem de funcionar no instante em que você mais precisar fazer uma ligação emergencial. Também servem pro governo federal e a mídia fingirem que o Brasil é um país desenvolvido por que nós temos a tal tv digital, que aliás eu nunca vi.