AKB48

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
AKB48
Akb48.jpg
Tudo puta
Origem Akihabara, Tóquio
País Bandeira do Japão Japão
Período 2005 - atualmente e para sempre
Gênero(s) Jpop, Ecchi
Gravadora(s) Já teve várias
Integrante(s) Muita gente
Ex-integrante(s) Mais gente ainda
Site oficial https://www.akb48.co.jp

Cquote1.png Você quis dizer: Morning Musume com muito, mas muito mais gente? Cquote2.png
Google sobre AKB48
Cquote1.png Experimente também: inimigas do Nogizaka46. Cquote2.png
Sugestão do Google para AKB48

AKB48, abreviação de Akihabara 48, é uma das muitas bandas de adolescentes japonesas gostosinhas, literalmente uma das maiores, tanto em sucesso quanto em número de integrantes. Atualmente, existem várias franquias (?) derivadas do grupo principal espalhadas por toda a Ásia.

História[editar]

Tudo começou em 2005, quando o produtor musical espertalhão Yasushi Akimoto teve a brilhante ideia de correr atrás de todas as meninas que já haviam sido anteriormente reprovadas no teste do sofá para participar do Morning Musume e reuni-las em um novo projeto rival. Ele só não esperava que o Momusu já tivesse dispensado nada mais, nada menos que QUARENTA E OITO gurias retardadas, um número de pessoas aparentemente impossível de ser adaptado para integrar um mesmo grupo musical, a menos que fosse uma orquestra, mas claro que aquele bando de pirralha não tinha o menor talento para tanto. Mesmo assim, Akimoto não se deu por vencido e achou um jeito de enfiar em todas elas, dando origem assim ao maior (mas não melhor) girl group de todo o planeta. Pouca gente sabe, mas na verdade o cara já havia lançado uma banda semelhante durante a década de 1980, a Onyanko Club, que aliás tinha mais gente ainda e somava cinquenta e duas garotas, mas como naquela época ele ainda não era bem sucedido o bastante, não conseguiu emplacar.

Sucesso[editar]

É menina demais nessa banda! Elas nem devem lembrar o nome uma da outra.

Assim como o Morning Musume e outras porcarias similares, o AKB48 vai se renovando de tempos em tempos, substituindo suas integrantes depois que elas atingem a maioridade e ficam velhas demais para fazer aquele ridículo papel lolicon em cima do palco. Muitas delas conseguem fazer sucesso na carreira solo depois, como é o caso da dentuça Tomomi Itano, mas outras simplesmente entram em depressão e desaparecem misteriosamente após serem dispensadas.

Além de trocentas músicas e álbuns lançados, o AKB48 conta ainda com uma infinidade de produtos licenciados que levam sua marca. Já chegaram a ganhar até programa de televisão próprio e um estabelecimento de café temático inspirado nelas, coisa de japonês fanático. Mas o maior feito alcançado pela banda até hoje foi ter entrado para o Guiness Book na categoria de maior grupo pop do mundo, e provavelmente vão seguir invictas ali por um bom tempo, porque ninguém vai inventar de ser maluco o suficiente para querer criar um que tenha mais integrantes.

Franquias[editar]

Você deve estar se perguntando como caralhos conseguem fazer quarenta e oito criaturas se apresentarem juntas. A resposta é: não conseguem. O AKB48 é dividido em grupos criativamente separados pelas iniciais da sigla (grupo A, K, B, 4 e 8), assim fica mais fácil de transportar e organizar todo mundo, se bem que japoneses são todos magrelos e nanicos, então isso nem deveria representar uma dificuldade. Mas além disso, também existem versões paralelas espalhadas por todo o continente asiático, tudo devidamente oficializado e agenciado por Yasushi Akimoto. Algumas das mais famosas:

  • SKE48 - É praticamente a mesma merda, só que a sede do grupo fica localizada em Sakae, Nagoya ao invés de Akihabara, Tóquio.
  • SDN48 - Versão adulta do grupo, com integrantes maiores de idade para as quais você pode bater punheta sem culpa. A maioria de seus shows são à noite e a putaria rola solta.
  • NMB48 - Outra encheção de linguiça que se diferencia da matriz apenas pela localização, que neste caso fica em Namba, Osaka.
  • TPE48 - Esta é a versão chinesa do grupo, portanto é a mais vagabunda. O nome vem de Taipei, em Taiwan.
  • HKT48 - Mais uma franquia japonesa onde só muda o lugar. O bairro da vez é Hakata, que fica em Fukuoka.
  • JKT48 - Versão indonésia, mais especificamente de Jakarta. As integrantes frequentemente recebem ameaças de morte terroristas porque a maioria do país segue a religião muçulmana.
  • OJS48 - Sem dúvidas, esta é a pior versão, pois ao invés de ninfetas, tem como integrantes senhores pedófilos idosos com mais de sessenta anos de idade. A sigla adotada vem da expressão oji-san, que significa "velho" em japonês.