Alice: Madness Returns

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg Alice: Madness Returns é um jogo virtual (game).

Enquanto você lê, Bomberman monta em um Louie.


Alice madness returns.jpg
Informações
Desenvolvedor Spicy Horse
Publicador Electronic Arts
Ano 2011
Gênero Jogo de pulo (com uma ligeira dose de matança)
Plataformas PlayStation 3, Xbox 360, Macintosh
Avaliação 110%
Idade para jogar Livre para toda família americana e seus bons valores

Alice Madness Returns é um remake de American McGee's Alice, jogo desenvolvido exclusivamente para PolyStation 3 e pirateado para os computadores.

Enredo[editar]

Se não ouviu falar do primeiro jogo, não há qualquer pista do que diabos esta acontecendo nesta desgraça, e mesmo assim, tu vai suar a camisa pra acompanhar essa doideira( serio, o jogo é sobre doideira pura e simples.) Apenas após zerar que com alguma boa vontade é possível interpretar alguma coisa do engavetamento de caminhões monstro da história do jogo.

Alice Liddell tem 21 anos e ficou biruta com 7, por isso foi presa (não internada, foi presa mesmo) no asilo Rutlede em Londres pra se tratar do uso excessivo diário de violência contra qualquer babaca desavisado enquanto indigente de rua motivo de sua grave depressão após um incêndio que destruiu sua casa e matou sua mãe (não a tua, a dela), seu pai (o dela também) e sua irmã (de novo porra, a irmã dela, se é retardado mesmo pra não ter se ligado).

Quando foi presa no asilo ela teve o cabelo raspado e sofreu lobotomias diárias. Pra se ter uma noção do lugar, uma enfermeira, médica, tratadora, sei lá que merda ela era, dizia para nossa heroína( já pensou no pó mágico, né seu filho da puta!?): um buraco no cranio da mais espaço para os problemas saírem. Após o episodio do asilo ela foi trabalhar como cuidadora em um orfanato com um nome escrotão quinem "lar Bumby para a juventude perdida e desviada" ou alguma porcaria assim. O dono dessa porra era o psicologo dela, um mané chamado Angus Bumby (QUE MERDA DE NOME É ESSE??!!), que iria apagar a memoria da noite do incêndio, mas ao invés disso ele contribuiu para o país das maravilhas se tornasse diabolicamente diabólico. Após a sua primeira consulta, que teve direito a uma alucinação do coelho branco com a cabeça decepada jorrando um chafariz de sangue( já já você entende porque o Angus não largou a paciente), Alice volta a Terra do Nunca ao país das maravilhas apos cair de um telhado, como ela sobreviveu sem um arranhão nunca vamos saber, mas com o trem infernal no controle do lugar fazendo tudo ficar diabolicamente diabólico.

Alice pousa em Wonderland como uma pomba encima de uma nuvem e encontra lá o Gato de Cheshire, bebem pra caralho e tem uma daquelas conversas longas cheias de chatice( pra explicar de onde vem os bebes pra uma criança de cinco anos sem usar as palavras cegonha, repolho e primavera tava mais fácil). Ela acorda de ressa... Peraí, do que a gente estava falando? Ah sim, depois ela dá uma volta na floresta e encontra esse mesmo gato de merda, e dalhe conversa afiada, se bem que já teve tanta nem afiada ta mais, e finalmente o bichano dá de novo uma peixeira (a mesma Vorpal Blade do primeiro jogo) que estava jogada por lá nas tripas do monstro do primeiro jogo e ainda ensanguentada. Com ela Alice começou a matar todos os demônios, capetas, belzebús, cobradores, atendentes de hospital e outros sinônimos do terror que tinham na floresta e matou todos inclusive umas borboletas feitas de vidro com um parafuso.

E parabéns, se você aguentou ate agora vai dar para começar a jogar um jogo de verdade. Eu sei que os jogos tem cutscene pra caralho, mas este aqui supera. Um bom truque é deixar o seu primo pequeno, aquele fedelho chato de doer, jogar o começo, assim se passa as chatices e é só correr pro abraço.

Depois de muito tempo na terra do nunca esfolando geral, Alice volta ao mundo real, vai numa loja de armas e compra balas apimentadas de calibre 50 pra sua metralhadora moedora de cana customizada. E vai lá ver como estava o presunto do corpo de sua irmã Lizzie Lindell que morreu primeiro no incêndio (peraí, peraí, como ela morreu primeiro se o incêndio estava longe do quarto dela na sala abaixo? EA Games, seus filhos da mesma puta( todos eles), forçando a gente a joga pra só sabe como nos finalmentes... (Detalhes, Detalhes...).

Cenário do Beta do jogo.

De volta ao inferno país das maravilhas ela aprende com a galera de lá fazer chá de cogumelo capaz das mais loucas viagens e alucinações, que te ajudam pra caralho no jogo (se acha que poder encolher e ver dicas escritas por não sei quem nas paredes não é muita viajem!?). Então acidentalmente ela ouve que a Redtube Queen (Ou Rainha de Copas Para os nOObs) estava viva mesmo perdendo pra Alice numa partida de Poker mortífero (e perdendo feio) no jogo anterior. Daí a rainha assume que Lizzie apareceu (ué assim, do nada?) e que um demônio chamado Crawdineyson Doll Maker assumiu o trem Infernal e tá matando o país das maravilhas (Caralho, Ele tá destruindo um país! Chupa Coringa , se nem pra ferra uma cidadezinha de merda e esse mano destruindo um pais( imaginário, mas isso é um detalhe.))

Cquote1.png O Louco, Bicho Cquote2.png
Faustão sobre o Doll Maker destruindo o Pais das Maravilhas

E após Alice vencer uma leva infinita de monstros ela chuta a bunda do Doll Maker que é revelado que é o psicólogo Dr. Bumby é na verdade um pedófilo filha da puta que faz lavagem cerebral em criancinhas para vendê-las como sextoys para padres que não podem ser excomungados e que ele foi o responsável pelo incêndio em sua casa para matar Lizzie, que foi abusada por ele, mas descobriu o número do Disque-Denúncia e iria entregar o agressor às autoridades; e como se ainda fosse pouco, ele é o responsável por todas as series de TV que tiveram um final que foi uma bosta sem tamanho, tipo o do LOST e o do Smallville, e não satisfeito com isso o boçal fez as pernas de rã terem gosto de frango; e ainda não obstante a culpa é dele pelo 7X1 mais fudido da historia do Brasil e pelas broxadas mundo a fora e por nunca terem feito um ciclope descente nos X-men dos cinemas. Alice decide fazer justiça com as próprias mãos e empurra o pedófilo na linha do trem, afinal ele foi inteligente o bastante para ficar ali dando mole, e vê o psicologo do caralho se estripar com o trem passando por cima dele o decapitando e cortando o intestino e jorrando sangue e todas aquelas coisas mais lindas que o Quentin Tarantino iria vibrar. Depois de uns 20 minutos gargalhando do estrago que fez no bostinha e fazendo uma bostinha encima das sobras do cadaver (você quer me dizer que teria respeito por um cadaver de um vendedor de escravos sexuais mirins estuprador e só deus sabe mais o que?), Alice sai da estação e vê uma Londerland (merda, Londres de novo) com estátuas do gato que deu a Vorpal Blade pra ela. Enquanto ela tivesse lá, as memorias dela estariam seguras, por enquanto...(quer dizer, ate lancharem o Alice OtherLands e o Alice Asylum e começar a esfolação de inimigos).

Jogabilidade[editar]

Se você gosta de pular, esse jogo é bom.

Apesar da história ser mais interessante que todos os crepúsculos juntos, na prática o jogador em nada explora esse enredo, ficando este condenado a passar pelo menos 6 horas de sua vida por mundo dando pulos e rodopios no ar em fases intermináveis de repetitivas. Ao longo dos 6 mundos a que deve atravessar é tudo sempre igual: Pular, encolher, pular em jatos de fumaça, encolher, pular, repetir ao infinito. Mesmo assim eles até que conseguem sair dessa merda de saltar mil vezes, com a existência de um Nêmesis do Resident Evil 3, só que em versão carta de baralho, que te persegue em toda parte e uns mini-games que tem a opção de passar batido. Sem falar de muito bicho feio para esviscerar ocasionalmente que são mais bizarros e criativos e legais que os monstros de todos os Power Rangers. Mas se você não é bom em jogo de pulo, não chega nem perto disso que se não vai passar nem da parte das cutscenes.

Personagens[editar]

  • Alice Liddell - Uma magrela deprimida que quer matar tudo na sua frente para descobrir o que aconteceu em seu passado (uma matadora em busca de uma vingança brutal pela família assassinada? Dalhe cliches)! É capaz de matar até o criador do game, é extremamente violenta (Em todos os sentidos), veste um vestido curtinho azul e branco (ô, que beleza) e dependendo do quanto você for bom de jogo, ela troca de Roupa. E as novas sim dão uma ajuda de verdade, não é aquela bosta que os programadores só dão pra você parar de choramingar nos fóruns.
  • Gato de Cheshire - Correção: Gato de merda. Ele ajuda Alice a vencer O FDP do Doll Maker. É tatuado e tem um brinco na orelha esquerda, o que significa que ele não é gay. Na prática, fica aparecendo por ai pra falar uns troços sem sentido, mas se aparece de repente, quer dizer que ele ta seguindo nossa heroína (e la vai você pensando em das uma injetadinha de novo) no melhor estilo stalker. A sei, falar uma bostas que não te ajudam em nada ta firmeza, mais ajudar naqueles pulos sem fim não rola!? Alguém cheira ele por favor.
  • Coelho Branco - Nunca mais foi visto. Tem umas bombas que parecem ele e uma cutscene que a cabeça sai e o corpo solta jatos de sangue com a mesma pressão que bombeiros usam para apagar incêndios nas alturas e SÓ ISSO. (Já imaginou se no lugar das bombas a arma dele fosse um jato de sangue e não umas bombinhas toscas que não matam nada alem do inimigo mais fraco do jogo!?)
  • Red Queen - A gostosona do primeiro game voltou só que desta vez como uma personagem secundaria que ajuda (pelo menos uma Vez) a Alice a achar o Doll Maker. Igual Dragon Ball: Todo mundo é inimigo, se odeia se mata mas é só aparecer um vilão mais fodão que vira BFF de infância na hora.
  • Chapeleiro Maluco - O torturador também voltou dessa vez para terminar o que começou:Torturar PESSOAS MWAHAHAHAHAHA! Mais louco que 10 Jokers juntos; mas não o bastante pra deixar o doll maker cagar a porra toda.
  • Doll Maker - Um Filha da Puta Que ta destruindo o Pais das Maravilhas que resumidamente é o Dr.Bumby Tentando limpar a Porra dele da Cabeça da Alice (interprete como quiser).
  • Dr.Bumby - Um velhote pedófilo que queria que Alice trocasse os tentáculos da rainha pelo trem dele, mas acaba tendo uma morte estripante antes de dar uma única transadinha com a magrela.GWAHAHAHAHAHA! BEM FEITO SEU BABACA!

Armas[editar]

Como o jogo é descaradamente machista, todas armas de Alice são utensílios de cozinha:

  • Peixeira - Uma faquinha fodona cheia de sangue que dá pra matar qualquer um (Inclusive Você.)
  • Metralhadora de Pimenta - É uma arma muito útil no game, você pode matar o Bule de Chá com ela, e talvez detonar um Show do Restart. Se nem percebe e OPÁ já usou mais que a arma mais apelona do CS GO.
  • Bomba-Coelho - EXPLODE TUDO!!!! Explode nada, só explode uma porta de ferro meio detonada e olhe lá.
  • Bule de Chá - Um bule de chá magico que joga chá. Usado pra dar banho em inimigos que estão muito sujos. Um lança-foguetes de granadas de chá verde, nessa os caras se superaram.
  • Guarda-Chuva - Um guarda-chuva que rebate qualquer coisa que joguem em Alice. Útil, mas usar direito da uma canseira dos infernos.
  • Marreta-Cavalo - É uma Marreta Biônica em forma de cavalo. É uma das armas mais fodas cada marretada pode matar mais de 1000 e depois que se pega ela, da pra esquecer tranquilamente de todas as outras armas. Conta-se lendas de que é capaz do feito dos feitos: MATAR UM Mafagafo ESTILO ONE-HIT-KILL.

Poderes[editar]

  • Increase Health ou Hysteria Mode ou ainda Modo Berserker (ou possessão demoníaca )- Esse modo a deixa imortal por um curto período de tempo, esse modo é ativado pouco antes de morrer (serve principalmente para salvar sua bundinha)