Alice Braga

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
002.png Este artigo pode levar-te para o Lado Azul da Força!

Este artigo contém fatos sobre sapatas e adora carne mijada.

Madonna-Britney-Aguillera.gif
Alice Braga Moraes
Alice braga.jpg
Alice praticando zoofilia.
Nascimento 15 de abril de 1983
link={{{3}}} São Paulo
Nacionalidade Bandeira do Brasil Brasil
Ocupação Atriz
Olhos castanhos
Cabelo castanho

Alice Briga Brega Braga é uma premiada atriz brasileira que nunca precisou atuar em nenhuma novela podre para ficar conhecida. Fez sua estreia profissional direto no cinema e desde então virou figurinha carimbada nas telonas, indo parar até mesmo em Hollywood.

O sucesso dela é por causa do talento? Claro que não! A verdadeira razão de sua carreira ser tão bem sucedida é o conchavo que tem por ser sobrinha de Sônia Braga, outra atriz tupiniquim que chamou atenção da gringalhada, embora esta tenha um passado mais vergonhoso estrelando várias pornochanchadas clássicas que fizeram alegria de muito punheteiro atualmente idoso.

Trajetória[editar]

Embora seja frequentemente lembrada por seu parentesco com Sônia Braga, Alice não tem apenas sua tia trabalhando no meio artístico. Seu pai é o jornalista Ninho Moraes, sua mãe é a também atriz Ana Braga (irmã de Sônia, não confunda com aquela apresentadora matinal) e sua irmã é a produtora Rita Moraes. Com uma família assim, é fácil virar queridinha da mídia...

Aos dezenove anos de idade, Alice resolveu abandonar os estudos na faculdade para imitar a mãe e a tia, a quem sempre acompanhava pessoalmente no Projac quando ainda era criança. Fez bico de figurante em peças teatrais e comerciais televisivos até 1998, quando participou de seu primeiro filme, um curta-metragem desconhecido que ninguém assistiu.

Seu primeiro papel de destaque foi no premiado Cidade de Deus, filme de 2002 que tinha um elenco feio de doer, e como Alice na época era bem gostosinha e aparece de biquíni na praia, serviu de colírio para o público. Sua genial interpretação fazendo porra nenhuma também rendeu a ela seu primeiro prêmio, na categoria de melhor atriz coadjuvante (e bota coadjuvante nisso).

Em 2005, atuou em outro filme muito parecido com Cidade de Deus chamado Cidade Baixa, no qual interpreta uma stripper que dá para Lázaro Ramos e Wagner Moura. Por seu belíssimo desempenho pagando peitinho, venceu mais uma caralhada de prêmios, firmando-se definitivamente na carreira de atriz pornô.

Seu primeiro trabalho internacional foi em 2006, no filme independente 12 Horas até o Amanhecer, onde foi comida pelo ator Brendan Fraser. Desde então, Alice trocou o Brasil pelos Estados Unidos, mas de vez em nunca ainda dá uma passadinha em terras brazucas quando pagam bem, normalmente em algum seriado enlatado distribuído pelas filiais da Globo.

Saindo do armário[editar]

Vive uma união estável com a colega de profissão Bianca Comparato desde 2017, mas o relacionamento veio à tona somente em 2020, ano em que tinha tanta merda acontecendo que Alice achou propício assumir sua sexualidade sem se preocupar com a imprensa cair matando em cima.

Ver também[editar]