Alternativa Bolivariana para as Américas

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Evo.jpg

Este artigo vem da Bolívia e tem altas doses de coca!

Como todo bom artigo boliviano, ele fala sobre como o Imperialismo Norte-Americano deve ser combatido.

Nicolás Madruga.jpg En este artígo se habla venezolano!

Se no entiendes un carajo de lo artículo, no jodas más, si no,
Er Conde del Guácharo te vaya a pegar!

Cquote1.png A realização de um sonho! Cquote2.png
Evo Morales sobre ideais de seu ídolo Simón Bolívar

Alternativa Bolivariana para as Américas, ALBA, é uma versão boliviana da ALCA (pretenssão demais da Bolívia), obviamente jamais vai sair do papel, mas foi arquitetada mesmo assim apenas para afrontar planos americanos e tentar modernizar o mercado de cocaína no continente.

Proposta de Criação[editar]

Uma das propostas bolivarianas é a liberação de práticas desportivas em altitudes acima de 5000 metros acima do nível do mar.

A ALBA surge unilateralmente à ALCA como resposta a criação desse plano imperialista, como um espelho e ideias comunistas de criação de um bloco econômico nas Américas. Apesar de tanto rodeio, a ALBA não passa de um mercadão cocaíneo das Américas.

Inspirado no traidor da pátria espanhola Simon Bolivar, a ALBA é um bloco econômico que visa milagres e impossibilidades em geral aos seus países membros, todos pobretões. Entre os planos impossíveis da ALBA, está o de consagrar algum time boliviano campeão da Libertadores.

Muitos países estão cautelosos quanto a proposta boliviana, pois pode muito bem se tratar de uma tática traiçoeira de Abraço Boliviano.

Ao contrário da ALCA, extremamente badalada, com países que prestam como Estados Unidos e Canadá, a ALBA é uma verdadeira feirinha americo-latina de produtos paraguaios e ervas bolivianas.

Os países membros ficam então trocando figurinhas e tem como obrigação apenas, que sempre em qualquer discursso, criticar o imperialismo americano.

Objetivos[editar]

Permitir jogos esportivos a altitudes bolivianas. Todo país membro tem direito de nacionalizar o que bem entender, os presidentes dos países membros podem reeleger presidentes por tempo indeterminado e o objetivo principal do bloco: legalizar a cocaína e acabar com os impostos alfandegários do produto entre seus países membros.

A maior diferença entre a ALBA e a ALCA, é que a proposta bolivariana visa não apenas a redução das taxas alfandegárias, mas também a interação social dos povos, eufemismo para emigração para os Estados Unidos.

Países Membros[editar]

Membros Observadores[editar]

NAFTA logo.png
Organizações Internacionais
v d e h

Blocos económicos: AECALBAALCAAPECASEANCAFTA-DRCANCAOCARICOMCEDEAOCEEACEEACCEIMercosulNAFTAOCDESADCUAUEUMAUNASUL

Outras panelas: BRICSCOICommonwealthCPLPCruz VermelhaEixo do MalFIFAFrancofoniaG1G3G4G5G8G20G77G193GAAAAALiga ÁrabeOPEPOTAN