Amanda Gontijo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Mapaminas.gif Minas Gerais... quem te viu, não te esquece jamais...

Uai, sô! Este artigo foi inscrito pur um minerim! Se ele inda num tá completo é por causo de que o disgramado deve tá comeno um pão de quêjo, um paster de milho ou a vaca atolada da tua mãe purque minêro come quéto!

Amanda Gontijo Soares
Amanda bbb.jpg
Nascimento 22 de outubro de 1990
Divinópolis Bandeira do Brasil Brasil
Ocupação Gostosa do Instagram
Altura 1,75 m
Peso 59 kg
Cabelo Ruivo

Cquote1.png Só isso?! Cquote2.png
Amanda Gontijo sobre cachê e vendas da sua Playboy.
Cquote1.png Já achei foi muito! Cquote2.png
Eu sobre citação acima.

Amanda Gontijo é mais uma dentre tantas mulheres desocupadas que se prestaram a participar do Big Brother Brasil em busca de fama e fortuna. Como foi eliminada ainda na metade do programa, o jeito foi se contentar em virar Coelhinha da Playboy para não cair no esquecimento.

Sobre[editar]

Quando entrou para o elenco do Big Brother Brasil 14, Amanda Gontijo foi anunciada meramente como estudante de engenharia, mas na verdade já era relativamente conhecida na mídia pela carreira de modelo. Ou seja, ela foi mais uma das gostosas escolhidas a dedo para o reality show através de uma seleção via ficha rosa. Antes disso, seu feito mais notável foi ter sido eleita Miss Divinópolis em 2012, e apenas isso mesmo. Aliás, este foi seu único trabalho como modelo até então, mas ela mesmo assim era considerada uma profissional.

No BBB, estava crente de que seria a grande musa onanística da vez, mas foi brutalmente ofuscada pelo casal de lésbicas posers Clara Aguilar e Vanessa Mesquita, que apenas forjaram um namorico para chegarem à final. A estratégia funcionou, e Vanessa foi eleita a campeã não apenas do programa, mas também das punhetas batidas em sua homenagem graças às cenas picantes que protagonizava junto de Clara.

Foi a primeira daquela edição a posar nua, mas somente porque foi pessoalmente se oferecer à Editora Abril para ser capa da Playboy. Por ser ruiva natural, Amanda achava que receberia um cachê milionário para sair na revista, mas como ela não é nenhuma Marina Ruy Barbosa, teve que se contentar com um valor bem abaixo do esperado, que foi um pastel de feira acompanhado de um copo de caldo de cana. Sua edição foi considerada a menos vendida de toda a história da Playboy brasileira, de acordo com aqueles rankings bastante confiáveis elaborados pelo BuzzFeed.

Atualmente, planeja dar o golpe da barriga no empresário trouxão com quem está casada. Enquanto isso não acontece, ela segue ganhando a vida postando fotos de biquíni no Instagram.