Ametista

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Ametista é um quartzo do Lado Roxo da Força, o seu nome vem do grego, e significa "amethuskein" (antiveneno), pois é a pedra usada nos RPG para curar personagens envenenados.

Ametistas não podem ser encontradas em qualquer parte do mundo, mas apenas em países que aderiram ao Lado Roxo da Força. Os principais extratores são Brasil, Rússia, Sri Lanka e Vanuatu. Na feirinha é possível encontrar cascalho e latão pintados de roxo e disfarçados de ametista.

Características[editar]

Lembre-se, ametistas não são comestíveis!

A fórmula química de uma ametista genuína é NaSO2H7SiQxS3, sendo composta por 80% de óxido de silício, 15% de manganês (minério da manga, o motivo da coloração roxa), 5% de pimenta e oliva e uma pitada de enxofre para dar o sabor característico.

Uma autêntica ametista é roxa, apesar de quando exposta ao calor de 5 trilhões de graus Celsius torna-se amarelada.

É considerada uma versão mineral do âmbar, capaz de preservar fósseis em seu interior por milhões de anos.

Usos[editar]

A ametista é uma pedra preciosa que durante séculos teve diversos usos além de adornar brincos, colares e aneis de esposas de cornos.

Na Idade Média surgem os primeiros registros do uso da ametista. Os magos usavam a ametista como repelente de cornos e ingrediente chave na produção de itens como Phoenix Downs, Cepacol, Novalgina e outros inseticidas e vacinas contra venenos. Soldados iam para a guerra carregavam ametista por acreditar que a pedra protegeria sua honra e que suas esposas e namoradas não os traíssem enquanto eles ficavam anos no campo de batalha, por algum motivo, a ametista não funcionava muito bem.

Um bruxo prendendo uma amazona eternamente num esquife de ametista.

Ametistas são muito importantes na astrologia, sendo útil para a revelação profética do futuro. Diz-se que fortalece a sabedoria, a fé e a religiosidade e ajuda a crescer forte, como se fosse um Biotônico Fontoura e Sadol espiritual.

É muito usado como antídoto contra macumbas, bruxarias, trabalhos e venenos. Pode ser usado no pulso, no pescoço, na testa, depende de onde a maldição o atingiu.

É graças a ametista que os videntes podem fingir que veem o futuro lendo uma mão.

A ametista vai ser comprada pela Polishop, eita pedra de 1001 utilidades, dizem até que serve para proteger cavalos de ataques de vampiros.

Na cultura popular[editar]