Andrew Jennings

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
William Wallace.jpg Thws artekille ys Scotch!

Este artigo é escocês! Ele usa Kilt, bebe whisky e Irn-Bru, arremessa troncos de árvores e martelos, toca gaita-de-foles, é fã do David Coulthard e é primo do Duncan MacLeod!

Se você traiu William Wallace, caia fora daqui!

Paisagem escócia.jpg


Escritor.jpg Este artigo é sobre um(a) escritor(a)!

Ele(a) talvez tenha heterônimos, sua "inspiração" vem de um copo de whisky e sua obra só ficará boa quando morrer de tuberculose.

Balada para ele(a) não é festa em boate! Clique aqui e vire a página.

Andrew Jennings
Andrew Jennings.jpg
Boa noite!
Nascimento Anos 40
Glasgow, Bandeira da Escócia Escócia
Morte Logo logo
Se continuar trabalhando
Nacionalidade Bandeira da Escócia Escócia
Ocupação Repórter investigativo e escritor
NovoWikisplode.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Andrew Jennings.

Cquote1.png Você quis dizer: Justiceiro Cquote2.png
Google sobre Andrew Jennings
Cquote1.png Você quis dizer: Mythbuster Cquote2.png
Google sobre Andrew Jennings
Cquote1.png Você quis dizer: WikiLeaks do esporte Cquote2.png
Google sobre Andrew Jennings
Cquote1.png Tenho medo! Cquote2.png
Regina Duarte sobre Andrew Jennings
Cquote1.png Você vive traindo o movimento “Deixa Quieto!”, veio! Cquote2.png
Dado Dolabella sobre Andrew Jennings
Cquote1.png FILHO DA PUTA! Cquote2.png
FIFA sobre Andrew Jennings
Cquote1.png FILHO DA PUTA! Cquote2.png
COI sobre Andrew Jennings
Cquote1.png FILHO DA PUTA! Cquote2.png
COB sobre Andrew Jennings
Cquote1.png FILHO DA PUTA! Cquote2.png
Scotland Yard sobre Andrew Jennings
Cquote1.png FILHO DA PUTA! Cquote2.png
FIA sobre Andrew Jennings
Cquote1.png FILHO DA PUTA! Cquote2.png
João Havelange sobre Andrew Jennings
Cquote1.png Ta revelando toda a conspiração Cquote2.png
Ricardo Teixeira sobre Andrew Jennings
Cquote1.png Faliu a gente! Cquote2.png
ISL sobre Andrew Jennings
Cquote1.png Aí sim, fomos surpreendidos novamente! Cquote2.png
Zagallo após ver o "Bola da Vez" com Andrew Jennings na ESPN Brasil
Cquote1.png Isso aí, peixe! Cquote2.png
Romário após Andrew Jennings ter aceitado seu convite para falar um pouco de verdades sobre a Copa de 2014

ANDREW JENNINGS é, segundo a Scotland Yard e a todas as entidades esportivas do mundo e de alguns outros planetas, o maior Filho da Puta que já viveu nesse universo, por causa da profissão dele: ele é jornalista e escritor, mundialmente famoso (exceto no Brasil) por contar bem até demais os acontecimentos nos bastidores do esporte no mundo, sempre com agentes da MI5, MI6, MI>8000, MI6.02 × 1023 infiltrados nas entidades esportivas.

Já escreveu alguns livros denunciando podres, e seu trabalho não é reconhecido aqui porque aceitam alienação de Rede Globo, achando que estão bem informados com Globo Esporte e Esporte Espetacular e blá, blá, fuckin’ blá. Se destaca como o mestre de Julian Assange, o dono da WikiLeaks, site criado pra concorrer com Jimbo Wales e Doutor Roberto pra ver quem consegue criar a Wiki que dominará o mundo.

O Começo:[editar]

Andrew Jennings já mostrava que tinha aptidão pra jornalismo ainda na pré-escola, quando viu que a “tia” estava meio estranha numa aula, então, juntou uns coleguinhas e começou a investigar com eles, algo bem “Bebês Geniais” mesmo, aliás, esse filme foi inspirado na infância de Andrew, e descobriram que ela tinha uma “vida secreta” nos becos de Glasgow, causando sua demissão e o início das vigilâncias nos becos escoceses gostando da brincadeira e resolvendo continuar nessa vida de jornalista investigativo.

Seu 2º trabalho foi tentar entender a birra entre Católicos e Protestantes de lá, mas concluiu que era tudo viadagem e palhaçada mesmo, nada digno de investigações mais profundas. Seu pai viu que ele não gostava de usar kilt, e sabia que a Inglaterra estava cheia de corrupção, e que seu filho seria uma espécie de salvador, então vai pra lá e vai esperando o tempo passar até ele começar a fazer a faxina na Beatlesland.

O Trabalho:[editar]

VS. Scotland Yard:[editar]

Posando de simpático

Andrew Jennings encontrou um nicho pra trabalhar: percebeu que estava todo mundo ocupado ouvindo Beatles, ele fazia seu trabalho, começando pela Scotland Yard, caguetou ao mundo que Hippies trabalhavam lá (logo os Hippies, que imploravam por paz, sem nenhum sucesso), assim, fazendo com que a entidade policial entrasse em crise, expulsando os “infiltrados”, assim, ganhando um emprego num dos famosos, lendários e odiados tablóides sensacionalistas, cometendo um grande erro com isso. O Banco Lloyds na Baker Street foi assaltado e os bandidos saíram impunes porque acidentalmente roubaram fotos e documentos sórdidos da Rainha (pega aquele dinheiro que você tá juntando pra assistir “Amanhecer” no cinema e compra o DVD de “Efeito Dominó” pra entender melhor isso), mas, como um dos ladrões estudava com ele, e era fácil perceber quando ele estava mentindo, ele foi mais a fundo nessa história, e, como esse ladrão fiou fora de contato, teve que investigar sozinho, descobrindo tudo o que o filme mostrou, mas, como trabalhava em tablóide, não o levaram a sério.

VS. COI e FIFA:[editar]

Palestrando e apreoveitando pra fazer aquela propaganda dos seus livros

Após alguns anos, ficou enojado da polícia e resolveu trabalhar no ramo esportivo, ainda quando o presidente da FIFA era um cara que nem sabia que se tornaria imortal, João Havelange é seu nome, isso sem falar do COI, que ele acusou de ter causado o “Setembro Negro”, e que todo mundo aceitava propinas, numa época onde isso ainda chocava a sociedade, assim, lançando seu 1º livro: O Senhor dos Anéis Os Senhores dos Anéis, onde explicou melhor sobre o verdadeiro “espírito olímpico”, mostrando que o importante é competir, mas, é mais importante ainda lucrar, lucrando com isso, mas com o lucro sendo revertido pra pagar o processo da COI, alegando que tudo era mentira. Até hoje não provaram.

O livro foi um Best-seller. Os fãs das suas obras pediram uma continuidade, e ela veio como uma trilogia, começando com Os Novos Senhores dos Anéis, após os antigos serem sacaneados pelo Smeagol afastados e, a última parte com The Great Olympic Swindle, onde ele acha que todos que leram seus livros já fossem feras no assunto Jogos Olímpicos.

A próxima vítima foi a FIFA de João Havelange, onde denunciou a meinha conspiração entre ele e Ricardo Teixeira, dono do futebol brasileiro e o projeto de fazer da FIFA a maior casa de apostas do mundo.

O tempo passou, trocou o presidente, mas não as conspirações, dessa vez, a ISL (sim, aquela empresa que faliu o investiu no Flamengo e no Grêmio), onde ali mostrou sua veia rubro-negra (o que foi crucial numa investigação passada sobre Papeletas Amarelas, ali achando que seu time favorito no Brasil estava o envergonhando, mas, concluindo o que todo mundo que usa a cabeça sabe: que isso nada mais é que intriga de vascaíno de merda), e descobriu que a ISL ofereceu mais propina do que devia a Dona FIFA (vocês flamenguistas e gremistas têm a quem culpar agora pelas ameaças de rebaixamento no início da década e ao rebaixamento gremista. Culpem o Blatter).

E, o fatality foi um novo livro, Jogo Sujo! O Mundo Secreto da FIFA, que fala sobre várias coisas, como: as propinas pra ISL e pro governo do Japão, esse último pra acabar com a Konami e, consequentemente, o fim do PES, um pé-no-saco da FIFA, a abertura de rabo pros times europeus, o fato de ela só reconhecer a Europa como lugar onde se joga futebol, assaltos quanto a preços de ingressos, vida social e sexual de Blatter, as meinhas com o Ricardo Teixeira e outras coisas.

O dono do futebol mundial usou a Censura Chinesa pra ninguém ver esse livro, e ainda usou o fato de ser um moderador malvado do esporte, o banindo de eventos organizados pela entidade, já que o contador da FIFA era um agente infiltrado pra ter acesso as finanças deles, onde se via muito “ISL’s Bribes” escrito, e isso foi impresso no livro. Isso sem falar da elitização o esporte e mostrar que estava puto da vida por ver um canalha sendo substituído por outro canalha no comando da FIFA, e ainda se pergunta: “Esse Havelange nunca vai morrer?” Mal sabe ele que o dirigente talvez tenha roubado a imortalidade da Dercy Gonçalves.

Em 2010, deu uma passadinha na ESPN Brasil, o maior (e talvez o único) bloco radical de esquerda da imprensa esportiva brasileira, para divulgar seu trabalho.

Atualmente:[editar]

Divulgando o trabalho no Brasil, mas, como brasileiro é uma espécie que só aceita informação se ela vier da Globo, quase ninguém prestou atenção.

Atualmente, está enchendo o saco investigando a FIA da puta e o escândalo sexual do ex-presidente Max Mosley, procurando as prostitutas, convicto de que ele ainda é adepto do Nazismo, que acredita que ainda não acabou, e que têm reuniões secretas em algum canto lá num paraíso fiscal na América Central e continua no cangote do Havelange, agora com suspeitas de que justamente roubou a imortalidade da Dercy está certo de que ele tem planos para roubar também a do Oscar Niemeyer. Em breve lançará mais um livro pra exaltar o trabalho do dirigente.

E ainda tenta provar os motivos da Inglaterra ser a sede dos próximos Jogos Olímpicos, falando muito em propinas, calendário Maia, 21/12/2012, gente do Comitê Olímpico Britânico cuspindo e cagando no túmulo do Barão de Coubertin, ameaças de shows do McFly na frente das casas dos líderes do COI, o Oasis se dissolvendo porque foram influenciados pra forjarem uma briga pra fingirem se reconciliar em 2012 pra tocarem na abertura dos jogos pra arrecadarem mais e outras coisas, e investigando até o Doutor Roberto, acreditando que ele ofereceu dinheiro pra quem falasse merda sobre ele na Desciclopédia.

Ele foi convidado para tomar chá com biscoitos por Romário aqui em Terras Brasilis: ele está aqui com o objetivo de sujar (ainda mais) o nome de Ricardo Teixeira e fazer com que a Copa não seja no Brasil, relatar as meinhas dele com Joseph Blatter. Seu trabalho já deixou vários legados: Orlando Silva Júnior caiu, os impostos do contribuinte brasileiro estão sendo usados para construir a Gambá Arena, e ele está quase sendo extraditado do Brasil só por causa de seu trabalho.

Biblografia:[editar]

MarcoFeliciano.png Este artigo trata de uma personalidade mortalmente,
putaqueparivelmente e filhadaputamente odiada!
Provavelmente ele(a) é um(a) idiota inútil que não vale porra nenhuma!

Conheça outros filhos da puta clicando aqui.