Arin Ilejay

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
ÒO..gif

Arin Ilejay é poser!

E acha que tocar rápido um instrumento é tocar bem.

Ele(a) acha que entende tudo de mitologia grega porque jogou God of War.

Emblem-sound.svg.png Arin Ilejay
Images (3).jpg
{{{legenda}}}
Nome Richard Arin Ilejay
Origem California, Estados Unidos
Sexo link={{{3}}} Masculino (ou não)
Instrumentos
Nuvola apps kcmmidi.png
Bateria.
Gênero Metalcore e Rock Gospel.
Influências ?
Nível de Habilidade Médio-cre
Aparência De viado.
Plásticas Nenhuma
Vícios
Nuvola apps atlantik.png
Tocar punheta bateria e antigamente beber e fumar maconha
Cafetão/Produtor
Crystal Clear action bookmark.svg.png
Matthew Shadows

Cquote1.png Não acredito que eles me trocaram por esse viado! Cquote2.png
Mike Portnoy sobre Arin Ilejay.

Introdução[editar]

Arin Ilejay é um baterista americano que ficou mundialmente conhecido por ser baterista do Avenged Sevenfold e por tocar numa outra banda gospel chamada Confinde.

História[editar]

Nascido no dia 2417 de fevereiro de 88 na California, Arin sempre foi um moleque perturbado, tava sempre a enrabar a cadela do vizinho e roubar bananas da feira no centro da cidade, tudo graças a influeêcia do Black Metal que ele ouvia com o pai, era o briguento cracudo do colégio, era viciado em pinga, 51 e maconha (tudo isso aos 12 anos) adorava dar tapas na bunda professora e tacar fogo zelador. Esse comportamento nada exemplar fez seus pais ateus e satanistas quererem dar um jeito no filho, eles resolveram mandar Arin pro pior lugar imaginável, Osasco, mas deu tudo errado.

Arin e um amigo de infância brincando.

Já nessa cidade do demónio Arin chegou chegando tá ligado? Ele foi preso por abusar de um travesti, ficou dois meses na cadeia, esse pirralho era tão filho da puta que os outros ficaram com medo dele, Arin ficou esse tempo curto na cadeia porque ele foi expulso da prisão pois todos tinham medo dele (principalmente quando ele estuprou um negão na hora do banho). Já livre, conheceu uns fãs de Racionais MCs e a partir daí meu amigo, FUDEU!! Foram 8 passagens pela polícia, por roubo de velotróis e CDs da Galinha Pintadinha. Um dia nessa vida loka Arin estava num carro com um carregamento de danoninho que tinha levar até a Paraisópolis na capital, ele estava correndo feito um louco pois a polícia estava na sua cola, quando um bodi atravessou a estrada e Arin como era um Psychosocial tentou passar por cima do bodi e acabou capotando e bateu a cabeça numa pedra, o fez mudar de personalidade e se tornar nesse gay jovem bonzinho e carismático cristão.

Carreira[editar]

Quando ele não tava tocando o terror ele ficava fazendo batuque com dois pedaços de pau em latas e tampas de panela, o que lhe deu habilidade como baterista, passou por uma bandinha que eu não sei o nome, depois pelo Confide e em 2011 entrou no cu dos para o Avenged Sevenfold, saindo da banda em 2015.