Atalanta Bergamasca Calcio

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Atalanta Bergamasca Calcio
Escudo do Atalanta BC.png
Brasão
Hino '
Nome Oficial Tá lá a anta mascando uma berga descalça!
Origem Bandeira da Itália Itália- Bérgamo
Apelidos Cópia da Inter
Torcedores
Torcidas
Fatos Inúteis
Mascote A garota propaganda da L'Oreál Paris
Torcedor Ilustre
Estádio Atleti Azzurri d'Italia (Gewiss Stadium)
Capacidade 26.393 pessoas
Sede Bergamota
Presidente Antonio Percassi
Coisas do Time
Treinador Gian Piero Gasperini
Pior Jogador da história Nuvola apps core.png Rafael Tolói, ex-bambi
Melhor Jogador da história Crystal Clear action bookmark.svg.png Caniggia
Patrocinador Ó O GÁS!
Time
Material Esportivo Joma
Liga Campeonato Italiano
Divisão Serie A
Títulos Jejum Eterno
Ranking Nacional
Uniformes



Atalanta Bergamasca Calcio é um clube de futebol italiano. Durante muitos anos foi um mero figurante no futebol italiano que brigava na maioria das vezes pra não ser rebaixado, hoje disputa vaga na Liga dos Campeões da UEFA e na Liga Europa da UEFA, não ganha nada mas sempre enche o saco dos adversários. O time é hoje o que já foi a Udinese há alguns anos. Nas últimas duas temporadas foi o melhor ataque do italiano, mas ganhar que é bom...

História[editar]

Situado na cidade fantasma longínqua de Bérgamo, o time surgiu lá no início no século XX. Assim como o São Paulo Fashion Week teve que se fundir (ui!) com o outro time pra não ficar com o nome sujo na praça é nossa. O nome Atalanta é em homenagem a uma deusa grega, o que é algo nada incomum, visto que os habitantes da Península Itálica tem o hábito de pegar coisas dos gregos para si mesmos, desde os tempos de império. Pelo menos dessa vez não mudaram o nome que nem seus tatatatatatatata-ravôs fizeram.

Voltando aos tempos não-tão-atuais-assim, o Atalanta entrou na Serie A na década de 20, tendo que roubar uniforme da Inter de Milão pra poder ter algo que vestir nos jogos. Seu melhor desempenho nos primeiros anos foi um modesto 5º lugar em 1948, logo após a Segunda Guerra Mundial, quando os times fascistas da Lazio e AS Roma estavam quebrados por causa do fim do partido fascista que os bancava, e por isso a posição de melhor clube da Itália depois de Juventus, Milan, Inter de Milão e o Torino, que era um clube foda até aquele acidente aéreo um ano depois, em 1949.

Quase 20 anos depois ganharam a Copa Itália em 1963. Só enfrentaram pedreira no caminho: Como, Catania, Padova, Bari e Torino. Que díficil hein?

A partir daí o time virou um Coritiba da Série A. Ficava ali na dele, fazia uma graça de vez em quando indo pra uma competição internacional e chegando no mata-mata e outro ano caia pra segundona voltando como campeão um ou dois anos depois. Na temporada 2016-17 com todos os clubes italianos que não se chamam Juventus, Roma e Napoli em crise, o Atalanta ficou na 4º posição e conseguiu uma vaguinha na Liga Europa depois de muitos anos. Alguns anos depois, o time não deu apenas um, mais dois passos além: conseguiu um vice-campeonato num campeonato irrelevante (Copa da Itália), 3° lugar no italiano e se classificou para a Liga dos Campeões! Parabéns, agora só falta um vice-europeu para ficarem no mesmo nível de um time como o Arsenal, por exemplo.

Temporada 2014-15[editar]

Foi uma temporada pra esquecer (mais uma), o time ainda era bem cabaço (já tinha Sportiello no gol), caiu nas oitavas de final na Copa da Itália pra Fiorentina de 3-1 e no italiano não caiu por um pentelho, se salvou em 17° com 37 pontos, 3 acima do Cagliari. A temporada foi tão ruim que o artilheiro do time Germán Denis fez só 8 gols.

Temporada 2017-18[editar]

Depois de um milagroso 4° lugar na temporada anterior o Atalanta foi pra Liga Europa, no Grupo E pegou um grupo enjoado (na teoria) com Lyon, Everton e Apollon, mas pra surpresa de todos o Atalanta deitou e rolou no grupo, já estreou enfiando 3-0 no time morto do Everton que mesmo com Rooney continuava a mesma desgraça, seguido de um 1-1 com o Lyon, 3-1 no Apollon, 1-1 com o Apollon e no jogo com o Everton em Liverpool aplicou um verdadeiro estupro, 5-1 fora a humilhação e encerrou a participação na fase de grupos em 2017 com 1-0 no Lyon, fechando o grupo invicto com 14 pontos (sorte de principiante?) calando a boca de meio mundo. O conto de fadas do Atalanta na Liga Europa acabou na fase de 32 depois de uma derrota de 3-2 e empate de 1-1 com a grande decepção da Liga dos Campeões da UEFA de 2017/18: Borussia Dortmund. No campeonato italiano não foi tão bem e terminou em 7° e na Coppa Italia caiu pra Juve' na semifinal. O destaque da temporada foi Iličić (que 90% de vocês ainda nem sabiam que existia) com 15 gols (e pela seleção eslovena é uma luta pra marcar 1).

Temporada 2019-20[editar]

Agora com um time competitivo firmado, a Filha do Vento começou apanhando na primeira Liga dos Campeões de sua história, perdendo as três primeiras partidas os jogadores tomaram injeção na veia e somaram o primeiro ponto contra o City em 1-1, venceram o Dinamo Zagreb por 2-0 e na última rodada meteram 3-0 no Shakhtar Donetsk em Carcóvia e passaram na cagada pro mata-mata em 2° no Grupo C. Nas oitavas pegou o Valencia (que já foi forte e broxou faz tempo) e não tomou conhecimento dos espanhóis, 4-1 na Itália e 4-3 na Espanha fora o baile com Iličić fazendo um poker no segundo jogo. Aí a Champions ficou vários meses parada por causa do Coronga e em agosto enfrentou o P$G nas quartas-de-final em jogo único, Pašalić ia dando a classificação para a semifinal mas nós últimos minutos Marquinhos e Neymar Choupo-Moting deram a classificação ao time francês. No italiano terminou em 3° lugar e na Coppa Italia foi eliminado pela Fiorentina nas oitavas de final por 2-1.

Estádio[editar]

O estádio do Atalanta, cujo nome é bem difícil de se pronunciar, parece o estádio de um time feito o Criciúma ou o Náutico só que com 10 mil lugares a mais: é um estádio oval, no meio de vários prédios e um arquibancada que parece cobrir 90% dos lugares, só dando pra diferenciar por causa da coberta.

Rivalidades[editar]

A maior é com o Brescia Calcio. Mas qualquer time das redondezas minimamente decente eles consideram rival, em desconsideração ao clube citado.

Títulos[editar]

  • Uma Copa Itália (1963)
  • 6 vezes campeões da Série B (1927–28, 1939–40, 1958–59, 1983–84, 2005–06, 2010–11)
  • Classificação para um torneio europeu após 26 anos (2017)
  • Classificação para a Liga dos Campeões só com 100 anos de história (2019, a próxima vez provavelmente será novamente em outros 100 anos no ano de 2119!)
  • 5 x 0 no time morto do Milan (2019)