Bactéria

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


Bactéria
Hhaahahahahahahah.jpg
Nome completo Bactéria Fedorenta
Local de Nascimento Lata de lixo
Raça Humano
Técnicas Campo de energia do futum
Profissão Fabricante de gás metano
Hobbies Suar bastante e soltar pum
Frases preferidas BUUURRRP!!!

Cquote1.png Quem é aquele porco? Cquote2.png
Goku sobre Bactéria
Cquote1.png Ei! Não fale assim que você nos ofende! Cquote2.png
Oolong sobre Bactéria

Bactéria foi um personagem muito inútil do grande pequeno torneio de artes marciais. Foi um figurante razoavelmente forte e quase venceu o Kuririn. Depois disso nunca mais deu as caras pelo Dragon Ball. Apesar de ter sido um grande figurante, literalmente, Bactéria foi um dos personagens que mais ficaram conhecidos.

O personagem[editar]

Este não era bonito

Gordo, cabeludo, peludo, fedorento, babão, sorridente e muitas outras características faziam de Bactéria um adversário difícil de ser combatido. Irmão de João Gordo, Bactéria tinha 50 anos e estava sem tomar banho há 43 anos. A última e única vez que ele tomou banho foi quando choveu forte em sua cidade e deu goteira em sua casa. Bactéria nunca viu sabonete, shampoo, escova de dentes, talco ou outros produtos de limpeza, com exceção à vassoura que ele usava para pentear suas madeixas. Sua mãe também era uma porcalhona de marca maior e nunca trocou a fralda do Bactéria, aliás, ele nunca usou fralda mesmo. Bactéria fazia o serviço em sua roupa mesmo e nem se preocupava em ter de limpar a desordem.

Treinamento[editar]

Ninguém suportava seu fedor

Bactéria começou a treinar artes marciais quando era um pequeno porquinho, inicialmente usando pedaços grandes de torresmo como sparring. Depois praticava com os moradores de sua cidade. Em pouco tempo, Bactéria já era o lutador mais forte de seu país, a Zuzubalândia. Quanto mais lutava, mais suava e mais fedia. Lutinhas de rua já não animavam mais o Bactéria, por isso ele começou a competir em torneios. Esteve invicto durante décadas até perder a batalha no grande torneio para Kuririn. Era o fim de sua carreira.

Bactéria queria vencer o torneio para seguir firme em sua carreira de lutador esponjoso. Em pouco tempo de luta, Bactéria não era o melhor lutador do mundo, mas era o lutador mais fedorento do Universo. Este trunfo ele já havia conseguido no primeiro dia da carreira como lutador, vencendo fácil por não existir concorrente à sua altura, ou seu fedor. Para infelicidade dos fãs deste nobre e sujo personagem, Bactéria apareceu muito pouco no torneio, e sumiu depois de ter sido derrotado. Era um personagem que tinha futuro, talvez não como lutador mas sim como porco apodrecido.

Trunfo[editar]

Bactéria encarando o pequeno Goku
Seres que dão nome a este personagem

Sua poderosa catinga criava uma aura ao redor de seu corpo, impedindo que os inimigos chegassem perto. Quem arriscava chegar perto desmaiava ou morria. O único que conseguiu atingir sua pança foi Kuririn. Foi a única derrota do Bactéria. A única derrota de Bactéria em toda a sua vida e também sua última derrota. Bactéria não estava acostumado com derrotas e foi um duro golpe. Nunca ninguém havia derrotado seu mau-cheiro. Este era o fim da carreira de sujo do Bactéria.

Poderes[editar]

Bactéria jogando sujo (literalmente)

Bactéria reunia todos os poderes catinguentos que existe. Quando comia feijoada, Bactéria se transformava em uma bomba atômica. Seu sovaco, quando pressionado no rosto do inimigo, fazia o pobre coitado morrer de traumatismo e de enjoo. Bactéria também era um grande atirador de cuspe a distância e um grande exalador de bafo. Bactéria usou o mesmo sapato durante 40 anos, então seu chulé mortal era tão efetivo quanto 200 quilos de antraz, uma bactéria tão poderosa quanto o próprio Bactéria.

Bactéria era um humano, mas tinha uma grande colônia de bactéria em seus cabelos, que dividiam o espaço com os piolhos e a seborréia. Em sua orelha, Bactéria acumulava bastante cera que ele usava para esculpir obras de arte. O nariz era um chafariz de meleca. Se eu continuar listando todos os poderes do Bactéria vou vomitar...

A luta contra o Kuririn[editar]

Isto não deveria ser mostrado num desenho

Na primeira disputa do torneio final dos grandes lutadores de artes marciais, o pequeno e careca Kuririn teve de encarar o grande, gordo e fedorento Bactéria. Kuririn ficou com muito medo, mesmo não tendo nariz. O fedor de Bactéria era tão grande que mesmo quem não tinha nariz conseguia sentir o fedor.

Isto é um ato desumano!

A imundice de Bactéria era sua grande arma e armas deveriam ser proibidas em torneios de artes marciais de mão livre. Mas ninguém ousava discordar de Bactéria e de seu cheiro de esgoto. Pior para o Kuririn. Apesar da fome, Kuririn não quis comer nada pois senão vomitaria tudo ao tentar chegar perto do seu adversário no torneio. Kuririn teria de enfrentar um inimigo gordo e pesado, um cheiro ruim e a fome, ou seja, 3 inimigos em sua batalha.

A batalha[editar]

Quando finalmente começou a batalha, todo o público presente desmaiou, até mesmo Goku. Nem os juízes resistiram ao fedor. Estava fácil para Bactéria, que começou a apelar. Kuririn sofreu os piores tormentos que uma pessoa poderia sofrer. Teve que suportar um bafo de onça, um peido assassino e outras atitudes desrespeitosas por parte do Bactéria. Até cusparada ele teve de encarar. Mas Goku, que conseguiu despertar de seu desmaio, jogou uma máscara de oxigênio para o Kuririn. Sem sentir o cheiro, Kuririn derrotou o Bactéria em uma surpreedente virada. Kuririn, que estava quase morrendo, conseguiu vencer. Ao derrotado Bactéria restou comemorar o vice.

Após o torneio[editar]

Kuririn quase morrendo

Depois de lutar no torneio e perder a luta para o Kuririn, que estava gripado e não sentia tanto a catinga, Bactéria resolveu se render e finalmente tomou um banho. Um banho de 4 dias foi necessário para eliminar todo o fedor, além de escovações de dentes, cotonetes, comida vegetariana, lava rápido, banho de assento, fio dental, detergente, água sanitária, desinfetante e soda cáustica.

Bactéria sumiu da mídia, mas continuou a lutar. Desta vez ele não tinha mais o fedor como carta na manga e apanhou bastante. Era o certo, lutar com as próprias forças mas sem apelar para o fedor. Bactéria virou um homem correto e ajudou os porquinhos do mundo inteiro.

Veja também[editar]

Goko with halo.jpg Bactéria (Dragon Ball) morreu...
E VOLTOU!!!

E ele(a) quer vingança. Fuja correndo!!

Clique aqui pra ver quem mais foi despejado do cemitério.