Bandung

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar

Cquote1.svg Ninguém se importa com essa porra de cidade Cquote2.svg

Bandung é mais uma dessas cidades extremamente poluídas e sujas na Indonésia. Pode ser definida como um aglomerado de caos urbano cercado por plantações de arroz por todos os lados. É a capital de Java Central, mas quem se importa?

História[editar]

A cidade é tipo a Veneza, mas troque as águas límpidas por um esgoto a céu aberto, e as gôndolas por geladeiras, fogões, colchões e o que mais um tsunami possa arrastar.

Fundada por cheiradores de gatinhos em 1810, holandeses que fizeram a cagada e foram embora deixando aquela montanha de lixo em forma de cidade para os indonésios viverem.

Muitas das batalhas de independência da Indonésia foram travadas em Bandung. Basicamente os holandeses prezavam suas plantações de maconha, e os indonésios só queriam um lugar para contrabandear prostitutas tailandesas. No final das contas, as catapultas de lixo indonésias foram suficientes para deter os holandeses e proclamar a independência.

Em 1955 foi realizada a Conferência de Bandung, que reuniu 155 países fudidos e deu início ao Movimento Não-Alinhado, um acordo onde os países membros ficariam proibidos de importar lixo e guerras da Europa e América do Norte.

Atualmente, Bandung é só mais uma cidade indonésia com um crônico problema de lixo urbano, uma vez que a tecnologia da reciclagem e tratamento de água e esgoto ainda não chegou nesse lugar, então a população se adaptou ao chamado "ciclo natural antropológico indonésio", onde toda a porcaria que você despeja no esgoto a céu aberto ao lado de sua casa, é sugado por um sistema de aspiradores de pó que reaproveitam parte desse líquido para ser consumido pelos indonésios, que eliminam através da urina no esgoto a céu aberto, e assim sucessivamente em um ciclo.

Geografia[editar]

Localizado na ilha de Java a 18 quilômetros do vulcão Tangkuban Perahu, que entra em erupção uma vez a cada semana lançando cinzas tóxicas, chamas, lava e pedras hiper-aquecidas num raio de 17,9 quilômetros quadrados.

Terremotos também são comuns, mas um engenhoso sistema de muros e diques de lixo evitam a destruição de edifícios.

População[editar]

Bandung possui 4 milhões de habitantes divididos entre tailandeses perdidos, miseráveis, zumbis carnívoros, canibais vegetarianos plantadores de arroz e pescadores de camarão.

Cultura[editar]

Bandung é o centro cultural da ilha de Java, tendo uma grande influência na gastronomia indonésia. Entre os pratos que surgiram lá está o famoso Martabak, um delicioso empanado de cérebro de macaco.