Barueri

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Papel-ricos2.jpg Abra um champagne, vamos comemorar!

Este artigo é rico e seu autor só compra coisa chic. Seus advogados estão de olho em você, então não vandalize! Pobre? Tenho nojo de pobre, tudo o que tem é feito de prástico...

Vamos, meu bem, preciso desinfetar minha mão.



Município de Barueri
"Baruebiba"
120px-Bandeira barueri.jpg 90px-Barueri.PNG
Aniversário 26 de Março
Fundação 26 de Março de 5500 A.c
Gentílico Barueiros, Baruerino, Barueriense
Lema Capital Brasileira da Sintonização de TV
Prefeito(a) Furlan
Localização
Localização de Barueri
Estado Em decomposição
Mesorregião Não disponível
Microrregião Não disponível
Municípios limítrofes Brasília, CarapiCÚilba (Não Disponivel), Cotia, Capivara e Hamster (NE), Nordeste, Cohab 2 (?), São Paulo (S e O) Morumbicha Alphaville
Distância até a capital 0,5 km
Características geográficas
Área Infinata km²
População 4,754,154 Milhões de Habitantes hab. 23/10/2019
Idioma Não disponível
Densidade 154.254 de Nordestinos por KM² hab./km²
Altitude 7 KM metros
Clima Poluido bem sujinho Poluido
Indicadores
IDH 0,999999 em Alphaville e 0,000 na favela PNUD/2000
PIB R$ 50.000.000.000 IBGE/2003
PIB per capita R$ 666 IBGE/2003

Cquote1.png Vocês são um bando de babacas! Cquote2.png
Prefeito Rubens Furlan sobre Desciclopédia
Cquote1.png Barueri? agora se chama Pludentão Cquote2.png
presidente e jogadores do Barueri Pludentão sobre Barueri
Cquote1.png Puta que pariu agora vou ter que ir até são paulo para ver uma partida de futebol que merda Cquote2.png
morador de Barueri sobre citação acima
Cquote1.png Agora o nome do time de Barueri se chama Pludentão Cquote2.png
Capitão Óbvio sobre Barueri(ou Pludentão)
Cquote1.png Cópia falsificada de Osasco Cquote2.png
IBGE sobre Barueri
Cquote1.png Tem vaga pro meu filho ai ? Cquote2.png
Moradora de carapicuiba
Cquote1.png Tem um guia aí? Cquote2.png
Homem perdido sobre Barueri
Cquote1.png Essa cidade é bem novinha né? Cquote2.png
Michael Jackson sobre Barueri
Cquote1.png Moro perto do centro empresarial. Cquote2.png
Carapicuibano sobre Alphaville
Cquote1.png Como faço pra chegar na Anhanguera? Cquote2.png
Gauchô querendo ir pra Campinas
Cquote1.png Me da 10 centavo Ô!! Cquote2.png
Doida de Barueri sobre Barueri
Cquote1.png Careca sem talento! Cquote2.png
Prefeito de Barueri sobre BabacasCQC
Cquote1.png Babacas... Cquote2.png
Prefeito de Barueri sobre CQC


Barueri é um município do Estado de São Paulo (onde existem pessoas babacas que se acham por morar lá. obs:. não, elas não moram em alphaville, moram na favela, mas se acham por morar lá) fundado por Pe. José de Anchieta. Em tupi-guarani significa flor vermelha que espanta.

Sua economia baseia-se na servidão das empregadas domésticas mal-remuneradas pelos latifundiários malvados de Alphaville, na plantação de cana-de-açúcar nas incontáveis praças da cidade, na exploração de petróleo e enriquecimento de urânio pela Petrobrás no Tamboré, e na venda de maconha e outras drogas aos playboyzinhos de Alphaville.

Enquanto Alphaville e Tamboré representam os melhores subúrbios americanos, o resto da cidade representa as melhores favelas africanas! Como o povo barueriense é otimista, criou o slogan da cidade: Barueri, sou feliz aqui!

"Barueri, sou feliz aqui!"

Fundação[editar]

Em 1530, quando Pe. Anchieta chegou em Barueri, ele encontrou uma feliz tribo de índios jívaros que o acolheram muitíssimo bem. Durante sete dias, festejaram em homenagem ao forasteiro, com festas e orgias intermináveis. O jesuíta acreditava que havia descoberto o Paraíso terreno e, para manter sua aliança com os selvagens, plantou uma pequena flor vermelha para simbolizar o acordo de paz. No sétimo dia, os índios o mataram, realizaram um banquete canibalesco e encolheram a cabeça do padre. As comemorações anteriores faziam parte do ritual para matar o inimigo.

Contudo, numa das orgias, um dos índios contraiu sífilis do jesuíta. A doença rapidamente se espalhou e dizimou a população. Os que restaram fugiram para a Bolívia. A flor vermelha plantada pelo padre tornou-se símbolo de desgraça e vingança desde então - daí o nome Barueri, flor vermelha que espanta.

Desde então, Barueri tornou-se desabitada até meados do século XX, quando membros das famílias paulistas quatrocentonas resolveram mudar-se para lá e criar um jardim. Acabaram ficando por aqui, fundando Alphaville e Barueri. Como careciam de empregadas domésticas, facilivam a migração de caipiras e nordestinos, criando um sistema feudal baseado na servidão nas lavouras das inúmeras praças da cidade. Nascia assim a cidade de Barueri como a conhecemos! (Barueri sofro bem aqui!)

Atualmente[editar]

Barueri é a 2ª cidade mais pobre e patetica, com inveja de Osasco rica e poderosa do estado de São Paulo, com ricos e milionários graças a Alphaville, Tamboré, Petrobrás e sua mãe!

Terroristas famosos informaram que iram efetuar um ataque a alphaville somente para que Barueri acabar como Carapicuiba.

Ameaças à soberania[editar]

'Baruerienses' têm um extremo ego e ficam tirando a cara de ''itapeviados'' e 'carapicuibenses' por estudarem muitas vezes na "linda" cidade deles, mesmo que de cada 200 bons alunos, 190 são das duas cidades vizinhas. E depois, vem um bando de pé rapado reclamando dos alunos externos, sendo que são eles que levantam um pouco da pouca moral da cidadezinha sustentada por Alphaville. Além disso, temos os ITB's (escolas da FIEB com uma reputação bonitinha e fofa para os que não estudam, quando na realidade ninguém estuda e passa de ano com 15 notas vermelhas no boletim), que a prefeitura manda 80% dos alunos de Barueri sem necessidade serem aprovados por vestibulinho (detalhe: muitos deles nem sabem ler direito), e os outros 20% que não moram na cidade precisam fazer, ou seja, só uns 30% da escola é boa, e o resto não sabe contar de 1 até 2.

 O novo prefeito de Barueri está retirando enfermeiros e outros funcionários que não moram lá. 

Me pergunto agora, senhores, por que não retiram os médicos que não moram lá também?

Respondendo... 

Claro, porque quantas pessoas se formam em medicina em barueba??

Baruerenses reclamam também o tempo todo do uso dos hospitais publicos e escolas publicas por pessoas de cidades vizinhas, mas, quando têm uma hemorroida
e os médicos de Barueri recusam a atendê-los, 

eles vão procurar os médicos de Osasco e da cidade de São Paulo, irônico, não?

Baruerenses também vão estudar na UNIFIEO (osaxcu),
e na UNINOVE, mas reclamam das pessoas que vão estudar numa porcaria de escola estadual da sua cidade medíocre. 
Baruerenses se acham porque sua cidade tem Alphaville, 

mas as pessoas de Alphaville odeiam o resto de Barueri, e querem se separar da cidade. Ou seja, se isso acontecer, Barueri virará a Favela da Rocinha.

Baruerenses contam uma lenda de que os profissionais que moram lá são os melhores,
sendo que 90% dos professores concursados que trabalham lá, são das cidades vizinhas.

Professores do ITB odeiam a ideia absurda de 80% dos alunos enchedores de saco estudarem lá só porque moram em barueri (mesmo sendo semi-alfabetizados), mas não podem fazer nada, então ficam estressados com pessoas inúteis e desinteressadas.

Além disto, as empregadas mal-remuneradas deles veêm competir por emprego em Barueri. Isto causa uma enorme rixa entre domésticas baruerienses e carapicuibanas. Melhor para os latifundiários-burgueses-malvados de Alphaville, que tem mão-de-obra com custo tão baixo quanto à mão-de-obra escrava.

Apesar da prefeitura alegar que o comércio de narcóticos em Barueri provém de Carapicuíba, ONGs internacionais de defesa dos direitos humanos afirmam que a maconha e a cocaína são produzidas na própria cidade: nas inúmeras praças onde também é cultivada a cana-de-açúcar. O público-alvo são os playboys de Alphaville, que gastam em média 700 dólares em drogas por mês.

Note que quase não dá pra notar onde fica Alphaville e outro bairro comum de Barueri, é quase a mesma coisa...

Situação Política[editar]

Atualmente, Alphaville vem requerendo sua independência político-financeira de Barueri. Os moradores da alta (e fútil) sociedade alegam que tem condições necessárias para serem um país independente. A separação é apoiada pela Argentina, que não perde uma oportunidade para fuder o Brasil, e por Israel, que organizou a construção dos muros para isolar os favelados, ops!, moradores baruerienses com menos condições financeiras.

Alguns analistas, como Diogo Mainardi, afirmam que o movimento separatista decorre da herança medieval de Barueri: os nobres-alphavillienses não querem se misturar ao povão da cidade. Alguns estudiosos dizem que são "pessoas Diferenciada" A nobreza condena veementemente as ideias socialistas, como-por-exemplo-pleonástico, a reforma-agrária nas inúmeras praças de Barueri. São comuns os confrontos entre os nobres-latifundiários e os servos, ops!, empregadas domésticas mal-remuneradas.

A prefeitura esforça-se constantemente para manter a situação sob controle, do contrário, a cidade estaria em guerra civil como a vizinha Carapicuíba. Assim, como Pão e Circo para o Povo, Para tanto, é preciso agradar ao povão e aos alphavillienses. Para os primeiros, foi construído o estádio Arena Barueri, onde pode-se assistir aos jogos do Corinthians e do time local. Para os fru-fru, está em construção uma filial do Shopping Iguatemi - que apesar do nome, Nao se localiza em Alphaville, mas sim na Divisa com Carapicuiba a beira do corrego no meio do pantano de Antonio Joao! A intenção é fazê-los pensar que moram em São Paulo!

Economia[editar]

A economia de Barueri baseia-se atualmente em:

  • comércio de muamba nas lojinhas do Boulevard
  • cultivo de cana-de-açúcar nas inúmeras praças da cidade para fabricar pinga
  • extração de petróleo do Rio Tietê pela Petrobrás
  • comércio ilícito de narcóticos entre jovens da periferia e Alphaville
  • nos jogos de futebol no estádio local, o Arena Barueri
  • Nas empresas (da prefeitura) de Sintonizacao de TVs

População[editar]

Rio tiete em Barueri

Em Barueri os nordestinos representam 106% da população, eles são QUASE a grande maioria, chega a quase 99,999% de favelados corinthiânus e pedreiros da região que são escravisados pelos fazendeiros da parte nobre da cidade(alphavila) assim que mostrão seus currículos escritos de carvão em saco de pão. Formado tambem por "PleyBOIS" da area não civilizada de Alphaville, representando 0,001% da populacao tambem por Domesticas foragidas de Itapevi e Carapicuiba que sonham no golpe do bau nos Senhores Feudais de Alphaville.

Demografia[editar]

Dados do Sem Censo - 2000

Típico morador de Barueri

População Total: 4.754.154

  • Urbana: 2.256Milhões de Habitantes
  • Traficantes: 7.000.000.000.000
  • Manos:32.000
  • Minas: 32.001
  • Prayboy: 987.659.658

Densidade demográfica (hab./km²): 900 Bolivianos por km² (Ô raça ruim)

Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 600.0525

Expectativa de vida (anos): Depende-rá se morra em alphaville ou alphavella!

Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 30

Taxa de Alfabetização: 0,15% (apenas alunos dos ITBs

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): Neandertal

  • IDH-M Renda: Pão e água.
  • IDH-M Transportes: Onibus quebrado que nunca vem e custa 4,20!!!!
  • IDH-M Longevidade: Asilos. Clube da Maturidade (velhinhas de maiô na piscina)

(Fonte: IPEADATA)

Etnias[editar]

  • Branca: 61.1%
  • Negra: 4.6%
  • Muito Negra: 47.6%
  • Preto: 11.6%
  • Parda: 32.5%
  • Amarela: 0.3%
  • Indigena: 0.3%
  • Capivara: 69.6%
  • Bulldog: 3.6%
  • Playboy: 17.1%
  • Sem raça definida: 98%

Fonte: Censo 2069

Hidrografia[editar]

Ferrovias[editar]

Trem moderno partindo para Inferno Brás.

O município é servido pelos comboios trens da linha 8 da CPTM, contando com quatro estações da linha:

  • Estação Antonio João: É a estação mais fodida de toda a CPTM, conhecida como estação fantasma, é assombrada pelos passageiros que morreram atropelados pelos trens por terem que passar pelos trilhos pra sair de lá.
  • Estação Barueri: É a melhor estação da cidade por ser no centro. É conhecida por seus banheiros menores que casa de cachorro e suas filas enormes pra comprar passagem.
  • Estação Jardim Belval: É uma estação do século 18, que possui uma escada de concreto infinita, onde os velhos e cadeirantes só conseguem subir se criarem asa.
  • Estação Jardim Silveira: Quase tão deserta quanto Antonio João, Silveira é uma estação esquecida e sem importância.

O Mais novo investimento em tecnologia ferroviária de Barueri, o novo trem da CPTM é um luxo que apenas os baruerienses e osasquenses tem, chega a incrível velocidade de 300 cm/h.

Bairros[editar]

  • Centro: O centro de Barueri é conhecido por suas ruas extremamente estreitas que causam congestionamentos enormes. Além das poucas lojas, onde os baruerienses são roubados com preços absurdos. Possui a famosa praça do Boulevard onde foram gravadas a maioria das pegadinhas do Silvio Santos, sem contar o chafariz verde e radiotivo da praça, onde se localiza os mais diversos tipos de urina.
  • Alphaville: Cerca de 80% do PIB de Barueri sai de Alphaville. É o bairro que mais concentra playboys drogados no estado de São Paulo, além de ser moradia de vários famosos também drogados como Raul Gil e Zezé di Camargo. Possui as mais belas mansões que são quase sempre assaltadas por carapicuibanos.
  • Tamboré: É um Alphaville sem reconhecimento. Apesar de também ter muitas mansões, todos os moradores falam que moram em Alphaville, pois se disserem que moram no Tamboré, ninguém vai saber onde é. Tem esse nome pelos antigos índios que batiam tambor na região.
  • Jardim Belval: É o bairro mais populoso de Barueri. É conhecido por sua infinidade de cana de açúcar nas praças habitadas pelos mendigos da cidade, além de possuir uma escola e um COHAB em cada esquina. Também é conhecido por ser o bairro onde se localiza a Arena Barueri, e na época que os times paulistas não tinham estádio e mandavam jogos pra lá, eles lucravam mais que Alphaville.
  • Jardim Silveira: Conhecido por ser o bairro que Barueri roubou de Jandira, o Silveira não passa de uma extensão do Belval.
  • Jardim Califórnia: É o maior favelão de Barueri, e possui o maior numero de barracos por metro quadrado no mundo. As ruas são tão estreitas que nem duas bicicletas conseguem passar uma do lado da outra.
  • Engenho Novo: É o bairro mais perigoso de Barueri, lá ao invés de chover água, chove tiro. Possuí o maior numero de bandidos e traficantes de Barueri. Apesar do nome, é um bairro velho e mal acabado.
  • Boa Vista: Só é lembrado pois é o bairro onde se localiza o Parque Municipal de Barueri, onde se concentram o maior numero de animais silvestres contrabandeados do estado.
  • Jardim dos Altos: É um bairro deserto e cheio de mato, possui uma floresta com várias raças de macaco e esquilo desconhecidas pela ciência. O mato e a floresta contrastam com o lixão do bairro, onde todo o lixo radioativo da cidade é enterrado no solo.
  • Aldeia da Serra: É um bairro rico tipo Alphaville, mas ao invés de mansões, tem condomínios fechados. Possui belos lagos onde os playboys usam pra mijar depois da balada e os assassinos usam pra desovar corpos. O povo desse bairro consegue ser mais esnobe que os Alphavillenses.
  • Aldeia de Barueri: É um bairro no meio do nada com o menor numero de casas, lojas e pessoas por metro quadrado no mundo. É conhecido pelo Parque Shopping Barueri, graças a esse shopping algumas almas vivas vão até a Aldeia ou passam pela estação fantasma Antonio João da CPTM, onde os passageiros correm risco de morrer atropelados por terem que passar pelos trilhos pra saírem da estação e irem ao Shopping.
  • Fazenda Militar: O nome já diz tudo, é uma fazenda onde se localiza um quartel militar. É o maior campo de concentração nazista do Brasil.
  • Jubran, Cruz Preta, Mutinga, Votupoca e Imperial: São bairros ricos, empresariais, pouco habitados e que ninguém liga.