Beni Suef (governorado)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Beni Suef (um desenho de uma mão pedindo esmola em egípcio) é um estado egípcio que compreende em trechinho de nada do Rio Nilo e uma poção de areia escaldante.

História[editar]

Centro cultural de Beni Suef.

Beni Suef é aquele estado desgraçado que todo país sempre tem que ter (ver Paraíba e Alasca), durante as épocas antigas foi areia, atualmente é areia com cadáveres.

Com tanto lugar com pirâmides mais interessantes no Egito logo ali a 1000 metros de Beni Suef, o estado que é compreendido por areia, sol e lua, amarga como sendo um dos piores estados da África.

Região miserável, Beni Suef possui o record no índice de região onde mais gente morre de sede por hora no mundo.

Beni Suef recomenda-se ser o último local a se visitar quando em férias no Egito, o estado não possui camelos, não há ouro, não possui pirâmides que sobrepujem 5 metros de altura, nenhum faraó nunca ousou pisar em Beni Suef, faz calor e não há saneamento básico.

Geografia[editar]

Localizado relativamente próximo aos grandes centros culturais egípcios e o Rio Nilo, o estado de Beni Suef é aquele ao qual os viajantes concortam, ou atravessam rapidamente sem olhar para trás.

Economia[editar]

Uma das regiões mais fudidas do mundo. Para se ter uma ideia da situação, imagine o interior nordestino do Brasil. Uma vez imaginado, multiplique a miséria e nível de desgraça por 100 e você poderá ter uma ideia de como é a casa do governador de Beni Suef.